xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Governador Camilo Santana dá nota baixa para atuação econômica | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

05 janeiro 2016

Governador Camilo Santana dá nota baixa para atuação econômica



Depois de um ano difícil para a economia do País, com problemas políticos latentes, o governador Camilo Santana avaliou com uma nota baixa o trabalho realizado pela sua gestão, para a economia do Ceará em 2015. "Eu mesmo me avalio com uma nota muito baixa, mas quem tem que avaliar é a população. Eu me cobro muito, gostaria de ter feito muito mais do que nós fizemos ainda neste ano (em 2015), mas as condições não permitiram isso", lamentou em entrevista ao Diário do Nordeste, antes do recesso de fim de ano. O governador esclarece que a economia do Estado não será resolvida apenas em "um passe de mágica", porque a situação nacional reflete na realidade do Ceará. Entretanto, apesar da insegurança dos cearenses em relação ao atual cenário, Camilo está otimista, prevendo uma melhoria na economia em 2016. O governador ressalta que o Ceará foi o terceiro Estado do País com maior volume de investimentos públicos em valores nominais em 2015, ficando atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, algo que considera um grande resultado. O diagnóstico para superar a crise, para Camilo, é que o governo continue honrando os seus compromissos, efetuando os pagamentos em dia e realizando novos investimentos. "Isso é um esforço do setor produtivo, do setor empreendedor, das equipes de trabalho, né?. Ninguém faz nada sozinho", declara.

Em 2016

Quando questionado sobre projetos que o governo não conseguiu efetuar em 2015 e pretende implantar em 2016, Camilo Santana enfatiza o investimento que foi realizado na área de energias renováveis. De acordo com o governador, o Estado se preocupou em criar um ambiente atrativo para que os investidores de fora venham para cá, para ampliar o setor de energia eólica e estimular o de energia solar, grandes potenciais do Ceará. Em relação a esses possíveis investidores, a expectativa do governo é que a China faça grandes empreendimentos em solo cearense. Como incentivo, o governo está desonerando os impostos de alguns segmentos, como o de confecções e de energia.

ICMS

Ele comenta que houve um aumento de 17% para 18%, em praticamente todos os estados, sobre a alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), enquanto que o Ceará manteve-se em 17%. "O Piauí também manteve (a alíquota), foram os dois únicos estados. Como aqui a cobrança do percentual de impostos é menor que os dos nossos estados vizinhos, isso pode estimular nossa economia agora, em 2016. Então, a gente tem feito um grande diálogo com o setor produtivo. Desoneramos agora, por exemplo, o setor de camarão, que vai crescer significativamente neste ano aqui no Ceará", esclarece Camilo, lembrando que o Estado é responsável por 52% da produção do camarão de cativeiro do Brasil.

Fonte: Portal Verdes Mares




0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30