xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/10/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 outubro 2015

Os dois cachorros - Por: Emerson Monteiro

Num apólogo oriental (nos apólogos os bichos ganham o status de falar), dois cachorros estabelecem diálogo animado a respeito do que o futuro sujeita oferecer. Nesse momento, um deles avalia:

- Pelo seu jeito calmo de ser e sábio de viver, acho que logo logo chegara a época de quando outra vez voltar neste mundo já virá como ser humano - sentenciou judicioso em relação ao amigo, outo exemplar de canino atento ao que falava.

Com aquela animada cogitação, invés de agradar o parceiro, aquilo motivou a que o outro cão respondesse até meio entristecido:

- Sei não, meu amigo. Nascer entre os homens. Huuummm! Sei não. E por cima perder o nosso direito consagrado de mijar em qualquer canto, andar pelado nas estradas e ruas, virar as latas de lixo que quiser, e, de quebra, ainda ter que trabalhar para ganhar o pão e sustentar a família?! Penso nisso agora não. 

O animal, surpreendido com as considerações do camarada de aventuras, abaixou os olhos pesarosos, a examinar os argumentos que contrariavam as felizes previsões, e diz:

- É. Parece que tem razão. Pois eu também, quando vier o tempo, não sei se vou aceitar renascer entre os humanos, não. Irei estudar com cuidado a possibilidade.

Até então eles dois ficaram restritos apenas aos pontos de vista menores de ver só um dos lados da vida que levavam e quanto ao lado de tudo que lhes esperaria depois dali. Esqueciam o tanto de oportunidades bem melhores que reserva a evolução através do processo das muitas gerações. Há que se transcender aos valores acanhados das reduzidas comparações. 

(Referência ao livro Os melhores contos orientais. Seleção e apresentação: Antonio Daniel Abreu. Tradução: Yara Camillo. Editora Martin Claret).


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30