xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 19/10/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

19 outubro 2015

TRE aprova novas eleições em Araripe

trece

 

O Tribunal Regional Eleitoral aprovou, por unanimidade, durante sessão desta segunda-feira, a Resolução TRE-CE nº 599/2015 que marca para o próximo dia 6 de dezembro novas eleições no município de Araripe (Região do Cariri) para os cargos de prefeito e vice-prefeito.

A eleição suplementar será realizada em decorrência de decisão do Pleno do TSE, no último dia 22/9, no Recurso Especial nº 13426 que ratificou decisão da Corte do TRE mantendo a cassação do prefeito e do vice-prefeito de Araripe, José Humberto Germano Correia e Guilherme Lopes de Alencar, respectivamente. Determinou ainda a realização de novas eleições.

A eleição suplementar, que havia sido marcada para o dia 17 de maio, fora suspensa por decisão liminar concedida pelo ministro do TSE, João Otávio de Noronha, também derrubada pelo Pleno do TSE, no último dia 22/9.

O prefeito e o vice-prefeito foram cassados pelo TRE-CE, por abuso de poder político, em face da contratação de servidores públicos em caráter temporário, no período vedado por lei. Em março deste ano, por unanimidade, a Corte do TRE-CE deu provimento à Petição nº 1334-10, que determinou a realização de eleição suplementar. Decisão ratificada agora pelo TSE.

(Site do TRE/CE/Fot – Divulgação)

Cinturão das águas terá aporte de R$ 40 mi do BNDES

cinturaodasaguas2

Juazeiro do Norte. Mesmo com a dificuldade no repasse de recursos do Governo Federal para o projeto do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), não há perspectiva de paralisação das obras, segundo o secretário de Recursos Hídricos do Estado (SRH), Francisco Teixeira. Continuam sendo executados serviços em áreas consideradas prioritárias, incluindo o lote 1, na parte mais próxima da barragem de Jati, que receberá, até setembro do próximo ano, as águas da transposição do Rio São Francisco, e, no lote 5, com menor número de trabalhadores. São construídos nove túneis, com mais de 5 quilômetros. Até setembro, o CAC receberá um aporte do Governo do Estado, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 40 milhões.

No próximo mês, segundo a Secretaria de Recursos Hídricos do Estado do Ceará (SRH), deverão ser injetados pela União, cerca de R$ 20 milhões. Os repasses atuais são em torno de R$ 10 milhões. A obra conta nos dois trechos onde estão sendo realizados os serviços, com 1.163 trabalhadores, a maioria de 802 pessoas no lote 1, que dá prioridade aos 38 Km dos 150 Km da primeira etapa do projeto do Cinturão das Águas, iniciado em 2013 e que deveria estar pronto em 24 meses. Os trechos mais prejudicados serão os que incluem os lotes 3 e 4. Segundo Teixeira, a meta é que, em 2016, as dificuldades de repasses sejam minimizadas. Os novos aportes de recursos serão para as empresas.

O projeto já empregou, desde 2013, mais de 3 mil pessoas. O investimento total é de R$ 6,8 bilhões. Na primeira etapa, estão previstos gastos de R$ 1,6 bilhão, com recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). A crise de investimentos e a quebra nos repasses motivam a lentidão no avanço as obras.

O secretário ressalta que, pela magnitude do Cinturão das Águas, para chegar à sua conclusão, o projeto deverá passar por cinco administrações. "Estamos diante de dificuldades no Brasil, que acabam refletindo nos estados", explica Teixeira. Ele esclarece que o CAC não tem relação com o abastecimento da Capital.

Conforme o secretário, as águas da transposição serão recebidas no Ceará na Barragem de Jati (em conclusão), e dali derivarão para a Barragem Atalho (já existente). Em seguida, Barragem dos Porcos, em Brejo Santo, também em fase de conclusão, derivando para o Rio Salgado, que é tributário do Rio Jaguaribe e que abastece o Castanhão. Depois, passam pelo Eixão das Águas até a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Essas águas, chegadas por esse caminho, abastecerão as comunidades instaladas nos vales do Salgado, médio e baixo Jaguaribe, bem como a RMF.

Ele ainda ressalta que as obras da transposição seguem em ritmo normal. São 10 mil pessoas trabalhando, inclusive com turnos de 24 horas.

Diario do Nordeste - Regional

Urca lança projeto Observatório da Violência no Cariri

urca1

 

Secretário de Justiça, Hélio Leitão participou do lançamento do Observatório

O Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), José Patrício Melo, lançou, na sexta-feira (16), o Observatório da Violência Contra a Mulher do Cariri.  Na ocasião, foram inaugurados os espaços do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e Comissão de Direitos Humanos (CDH-URCA), além do Observatório, que funcionarão nas instalações da URCA, no anexo do bairro São Francisco. O projeto, que atuará sob diversas vertentes e de forma multidisciplinar, começa com a parceria da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado do Ceará.
A abertura dos trabalhos foi realizada pelo Reitor da URCA, e o Secretário de Justiça do Estado, Hélio Leitão. O Observatório da Violência conta com a coordenação da Professora Lurdes Góes, que estará à frente do Projeto Flor de Jitirana, além da Professora Cileide Araújo, com o projeto de Violência Doméstica. A CDH é presidida pelo Professor Hermano José de Sousa.
Durante a solenidade, o secretário de Justiça do Estado recebeu solicitação da Universidade, para o compartilhamento institucional de dados e documentos relacionados aos casos de violência na região, necessários para os estudos e encaminhamentos dos trabalhos, nas suas mais diversas vertentes. Hélio leitão destacou a importância do projeto pioneiro na Região, desenvolvido pela URCA, ao mesmo tempo em que enalteceu a criação do Observatório, para desenvolver estudos relacionados às diversas formas de violência. “Temos que buscar novos rumos para combater a violência na sociedade. Diante do que existe, por maior que seja o aparato policial, não tem resolvido”, afirma ele.
(Assessoria da Urca)

Cunha volta a afirmar que não vai renunciar à presidência da Câmara

cunha1

Cunha já não tem o mesmo apoio para se manter no cargo, mas ainda se vê forte porque não há um movimento amplo que pressione pela saída dele.

Sobre o processo contra o presidente da Câmara no Conselho de Ética, Eduardo Cunha disse, mais uma vez, que não pretende renunciar, apesar de estar cada vez mais isolado.

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, escolheu as palavras ao falar sobre a situação do presidente da Câmara.

“Essa questão não é uma questão de governo. O que a gente quer fundamentalmente com o presidente da Casa é que ajude a esta pauta da economia andar”, afirmou.

O deputado Eduardo Cunha disse que o que cabe a ele foi feito.

“Todas as medidas do governo foram votadas aqui até com muita celeridade. Se o governo mais não conseguiu foi porque o governo não tem uma base sólida. O presidente é apenas o coordenador dos trabalhos e o pautador”, disse.

Cunha já não tem o mesmo apoio para se manter no cargo, mas ainda se vê forte porque não há um movimento amplo, público, que pressione pela saída dele.

Os únicos partidos que pedem a renúncia são PSOL e Rede. Nesta segunda-feira (19), o PSOL anunciou que vai reforçar o pedido de cassação do mandato usando, por exemplo, as cópias dos documentos de Cunha para abrir as contas na Suíça.

“Ele não reúne mais condições políticas e morais para conduzir qualquer sessão da Câmara dos Deputados”, disse Ivan Valente (PSOL-SP).

Mas Eduardo Cunha está disposto a brigar para se manter no poder.

“É importante deixar claro o seguinte: eu fui eleito para a Casa. Aqui só cabe uma maneira de eu sair: é renunciar e eu não vou renunciar. Aqueles que desejam por ventura a minha saída vão ter que esperar o fim do mandato para escolher outro”, afirmou Cunha.

Em meio a acusações sobre quem estaria fazendo acordo com ele, governistas e oposicionistas trocaram críticas.

“É um ambiente constrangedor para a oposição, eles atuaram conjuntamente na questão do impeachment e em outros temas, e agora a oposição eu acho que não sabe como se livrar dessa carga pesada que virou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha”, disse o senador Jorge Vianna (PT-AC).

“Em hipótese alguma há constrangimento. Na verdade, o que ocorreu na Câmara dos Deputados foi a adoção de uma estratégia por parlamentares. Oposição é mais abrangente. Falar em apoio da oposição não é ser correto na afirmação”, rebateu o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

G1

Novo livro do Pe. João Carlos Perini

O Pe. João Carlos Perini, da Ordem Salesiana, já lançou o seu mais novo livro. Trata-se de “Uma excomunhão que não atingiu Padre Cícero”. Pe. João Carlos empreendeu uma grande busca em muitos documentos, revendo esta fase da vida do Padre Cícero, para concluir sua opinião, como indica o título do seu novo livro. Um assunto polêmico que julgamos tenha pesado no entendimento de autoridades eclesiásticas com vista ao pedido (ora em estudo no Vaticano) da reconciliação da herança espiritual  do Padre Cícero com a Igreja Católica. Este livro visa esclarecer definitivamente esta pendência histórica.



Crato vai sediar Encontro Nacional da Pastoral da Juventude em 2017 – por Patrícia Silva


“Mãe do Céu Morena, Senhora da América Latina
De olhar e caridade tão divina, de cor igual à cor de tantas raças.
Virgem tão serena, Senhora destes povos tão sofridos,
Patrona dos pequenos e oprimidos, derrama sobre nós as tuas graças”
Buscar conhecer onde o Mestre mora é um exercício permanente para a Pastoral da Juventude. Reconhecer o Mestre no rosto sofrido de nosso povo e de nossa juventude precisa ser feito com muita sensibilidade e compromisso. Essa é a nossa missão. Isso dinamiza e dá sentido para a nossa caminhada. De Belo Horizonte, em 2014, o trem da história da Pastoral da Juventude passou por Manaus em janeiro de 2015, no nosso 11º Encontro Nacional; e hoje segue para uma nova terra, acolhendo em mais gente em seus vagões.
Hoje, dia de Nossa Senhora Aparecida, anunciamos com muita alegria o chão que a Pastoral da Juventude  do Brasil inteiro fará morada nos dias 22 a 29 de janeiro de 2017, na cidade de Crato. O chão seco e fértil do Nordeste será a casa de acolhida de muitas histórias, jeitos, sotaques e sonhos. A Diocese de Crato, no Ceará (Regional Nordeste 1), acolherá a Ampliada Nacional da Pastoral da Juventude. E é à ela, Padroeira do Brasil, nossa Negra Mariama, que pedimos que nos abençoe nesse processo que se inicia hoje, no desejo de seremos sempre fieis ao Evangelho e à vida de nossa juventude.


Romaria de Benigna acontecerá no próximo sábado

A Romaria de Benigna movimenta a religiosidade popular do Cariri. Mais de 40 mil fiéis são esperados na programação da 12ª Romaria da Serva de Deus Benigna, que acontece de 15 a 24/10 em Santana do Cariri. Neste ano, a romaria traz como tema “Com Benigna celebremos as misericórdias do Senhor”.  Um destaque especial é a participação do cantor e compositor Batista Lima, que dará seu testemunho de vida em uma missa solene às 18h, no dia 18 de outubro, e logo em seguida realizará um show acústico no calçadão de Santana do Cariri.
A programação oficial do novenário em louvor a Benigna, começa no dia 15, data de nascimento da menina Benigna. Durante os próximos dias, haverá intensa movimentação religiosa, com celebrações todas as noites. “Como providência divina, entre a data de seu nascimento e a data de sua morte há um intervalo de nove dias, justamente o tempo para celebração de novenas, então, neste ano, realizamos o novenário”, Segundo Ypsilon Félix um dos Organizadores da Romaria. O ápice da Romaria é no dia 24/10 data do seu martírio, nesta é realizada uma vasta programação, onde milhares de fiéis suplicam pela beatificação de Benigna.

Lançamento da Revista Comemorativa ao Centenário da Diocese de Crato


Convite
    Temos a alegria de convidar-lhe para participar do lançamento da Revista Comemorativa do Centenário da Diocese de Crato, que reúne – num álbum ilustrado – matérias históricas, memória dos eventos comemorativos do Jubileu desse marco, dados estatísticos, dentre outros assuntos relacionados à caminhada da Igreja Particular de Crato entre 1914–2014.
    Sua presença é importante para nós.
Dom Fernando Panico
Bispo Diocesano de Crato

Data: 20 de outubro de 2015
Hora: 09:00 h.
Local: Cúria Diocesana Bom Pastor
           Rua Teófilo Siqueira, 631
           Centro - Crato (CE)

As palavras iniciais - Por: Emerson Monteiro

Quando menos esperava, a névoa escura deixou reviver os acontecimentos da sala onde vivera na claridade horas alegres – rasgava com isso o espaço através da mesma porta que permitira sumir o tempo em toda intensidade no sumidouro da realidade desfeita nas pulsações remotas, envelhecidas. Eles (tempo e espaço), por fim resolveriam unir as ações individuais na preservação de tudo que antes virara saudades enormes, que doíam em tantos momentos difíceis que as sombras trituraram. Vultos ocasionais antes que só passavam uns pelos outros feitos zumbis (mortos vivos), agora resolviam transformar os átomos da ocasião em sinais das terras do depois que nunca aliaram o foco num abraço verificado. A luz da sobrevivência se fizera dias que jamais se desfariam os átomos no tempo anterior, isto é, virara presente eterno.

Na casa materna que visitava, naquela madrugada calorenta de outubro, notou rabiscos acesos nas paredes da primeira infância, guiado pelas mãos de pessoa que já não existia aqui entre os habitantes deste mundo. Autorizado, viera trazendo dos armários do quarto os objetos do passado, cartilhas, rabiscos, cores, e recriou o presente novo, em meio a sentimento forte em atualização das horas antigas, reconstituição do tempo em novo espaço. As emoções opacas ganharam forma outra vez. Clareava o passado do tempo e aliava o espaço em outra existência. Isto no sítio onde acontecera nas malhas do fluir contínuo que sumira nas páginas percorridas e desfeitas, restos de memórias entranhados na pele grossa do hoje.

Marcas fortes dessas ondas ficaram assim gravadas de dentro do sonho em forma de gravura e movimento, regresso lá dos penhascos a bruma do desejo de preservar o que nunca deixara de existir na alma das criaturas humanas. Força de consciência ganhava poder de juntar entre si espaço e tempo, idílio definitivo de realidade no romance de almas afins na presença justa e forte que reuniu e amor e vontade.

Isto na pessoa, cá no centro do palco das percepções, na estrutura dos sentidos que oferece consciência, espécie de valor único universal dos personagens atores da cena dos acontecimentos desfeitos bem atrás. Seria o casamento deles dois, Espaço e Tempo, bodas perfumadas de ouvidos e visão, equilíbrio de saudade e permanência, no íntimo do ser que somos nós, idílio de esperança com felicidade em final feliz sem fim.


Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30