xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 01/10/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 outubro 2015

Bancários anunciam greve a partir da terça-feira

bancogreve4

Um reajuste salarial de 16%, além de um ganho real de 5,7%, levaram os bancários de todo o país a anunciarem na noite desta quinta-feira (1º) uma greve da categoria em todo o país, a partir da terça-feira (6).

A Federação Nacional dos Bancos (Fenabran) propõe um reajuste de 5,5%.

(com agências)

Ministério prevê superávit de até US$ 15 bi este ano

graficos-crescimento-positivo-seta

A estimativa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio é que o saldo da balança comercial encerre o ano positivo em até US$ 15 bilhões, informou nesta quinta-feira (1°) o diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação da pasta, Herlon Brandão. Na avaliação dele, a previsão é “realista”. De janeiro a setembro, a balança acumula superávit de US$ 10,246 bilhões.

O saldo positivo acumulado deve-se, principalmente, à queda do déficit na conta-petróleo em relação a 2014. A diferença entre as exportações e importações brasileiras de petróleo e derivados estava negativa em US$ 12,884 bilhões de janeiro a setembro do ano passado. No mesmo período deste ano, o déficit caiu para US$ 3,555 bilhões, o que significa redução de US$ 9,329 bilhões.

Segundo Herlon Brandão, a melhora da conta-petróleo decorre da redução no volume financeiro tanto das importações quanto das exportações do produto e seus derivados, em função da queda de preços no mercado externo. Ele destacou, no entanto, que o Brasil conseguiu aumentar a quantidade exportada do produto. A quantidade de petróleo bruto exportada pelo Brasil cresceu 51,8% de janeiro a setembro na comparação com igual período de 2014. Já os preços tiveram queda de 49,1% no mesmo período.

(Agência Brasil)

Semace já emitiu mais de 2.850 licenças ambientais neste ano

semace2

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), através da Diretoria de Controle e Proteção Ambiental (Dicop), já emitiu 2.855 licenças ambientais no Ceará, o que dá uma média de 317 por mês. Isso só nos primeiros nove meses deste ano, segundo informa sua assessoria técnica. Em setembro, a autarquia concedeu 341, totalizando 23 a mais que no mesmo período do ano anterior e superando em 24 a média mensal de 2015.

O diretor de Controle e Proteção Ambiental da Semace, Linconl Davi Mendes, comemora os números do último mês. “O setor de licenciamento teve uma boa performance em setembro. Mas me chama a atenção, também, a quantidade de licenças prévias (LP’s) emitidas, pois elas significam novos empreendimentos no Estado que já estão nascendo seguindo todos os cuidados e deveres com o meio ambiente, além de fortalecer economicamente o Ceará”, diz Mendes. Só esse ano, foram protocolados 232 pedidos para LP’s. O número de emitidas chegou a 221, sendo 44 em setembro.

O Povo

Governador empossa nova composição do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

governodoestadoce

O governador Camilo Santana empossa a nova composição do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), em solenidade marcada para as 9 horas desta sexta-feira (2/10), no Auditório do Palácio da Abolição. Participam do momento ainda a vice-governadora, Izolda Cela, a primeira-dama do Estado, Onélia Maria Leite de Santana, além de secretários e demais representantes estaduais com assento no Conselho e dos integrantes da sociedade civil que irão compor a nova formação da entidade.

O Cedca no Ceará foi instituído em 1991 e opera sempre em caráter paritário, com representantes governamentais e da sociedade civil. A nova composição tem 22 representantes, sendo 11 de órgãos governamentais e 11 de entidades não governamentais, com vigência entre 2015 e 2017.

Entre as funções da entidade se destacam a promoção e defesa dos direitos da Criança e do Adolescente, nos termos constitucionais e do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); como o acompanhamento e controle das ações dos órgãos e entidades governamentais e não governamentais que atuam na área; a gestão do Fundo Estadual para a Criança e o Adolescente; trabalhar em cooperação com Conselhos Tutelares e com o Conselho Federal e Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente; e manter relação com outros fóruns, como o do Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes e o da Exploração do Trabalho Infantil.

Entidades representadas no Cedca 2015/2017:

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS)
Coordenadoria Especial de Políticas Públicas nos Direitos Humanos (Gabinete do Governador)
Secretaria da Educação (Seduc)
Secretaria da Saúde do Estado (Sesa)
Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social
Secretaria da Cultura (Secult)
Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag)
Secretaria do Esporte (Sesporte)
Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Secitece)
Secretaria do Turismo (Setur)
Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
Fundação Pirata Marinheiro
Instituto Tecnológico e Vocacional Avançado (Iteva)
Grupo Bailarino Cristo Amor e Doação
Associação Beneficente da Criança e Adolescente em Situação de Risco (Pastoral do Menor)
Centro de Defesa da Criança e do Adolescente no Ceará (Cedeca)
Casa do Menor São Miguel Arcanjo
Cáritas Brasileira Regional Ceará
Associação Barraca da Amizade
Instituto de Assistência e Proteção Social (IAPS)
Estação da Luz
Movimento de Saúde Mental Comunitária do Bom Jardim

Serviço
Posse da nova composição do Cedca 2015/2017
Data: 2/10 (sexta-feira)
Horário: 9 horas
Local: Auditório do Palácio da Abolição (Rua Silva Paulet, 400, Meireles)

Ciro Câmara
Gestor de Célula / Secretaria

Governo do Estado do Ceará
Coordenadoria de Imprensa - Casa Civil

Dez abalos foram sentidos no Ceará

terremotoe

Iguatu De janeiro até a semana passada, foram registrados dez tremores de terra no Ceará, de magnitude entre 2.2 e 3.2 graus na Escala Richter, sentidos pelas pessoas nas áreas atingidas; e mais de 30 secundários, muitas vezes não perceptíveis pela população. A maior incidência neste ano ocorreu em Irauçuba, que registrou o mais recente (2.8 graus), no último dia 15, antecedido de uma série de pequenos sismos. Ceará e Rio Grande do Norte são áreas de maior ocorrência de abalos sísmicos no Nordeste.

 

Ainda na semana passada, uma equipe de técnicos do Laboratório de Sismologia (LabSis) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Comissão Estadual de Defesa Civil (Cedec) esteve em Irauçuba para instalar uma rede provisória de oito estações sismológicas e fazer o trabalho de campo com palestra de orientação aos moradores e distribuição de cartilhas com medidas preventivas.

O chefe do Núcleo de Sismologia da Cedec, Francisco das Chagas Brandão Melo, lembra que o tremor de terra de maior intensidade, em Irauçuba, neste ano, ocorreu no distrito de Coité, área muito próxima ao epicentro do terremoto registrado em 1991, de 4.8 graus, na localidade de Juá, o maior da região Norte do Estado.

As estações instaladas em Irauçuba devem permanecer por seis meses, com o objetivo de estudar a série de sismos que vem ocorrendo desde o último dia 9. "Queremos entender o que a natureza quer dizer para nós", observou Brandão. "Os tremores vão diminuir? Serão mais intensos e em maior quantidade? São respostas que não podemos dar".

Quem já vivenciou um tremor de terra de intensidade em torno de 3.0 graus dos que ocorrem geralmente no interior cearense relata segundos de medo, móveis, portas e telhados tremendo e costuma-se ouvir um estrondo, que se confunde com um trovão.

Somente neste ano, de março a setembro, já foram observados dez tremores de magnitude acima de 2 graus e mais de 30 de menor intensidade, atingindo nove cidades: Beberibe, Quixeramobim, Jaguaruana, Meruoca, Alcântaras, Morada Nova, Granja, Camocim e Senador Sá.

Medidas simples devem ser adotadas pelos moradores no momento de um tremor de terra: ir para debaixo de uma mesa ou ficar no portal, protegendo o corpo e cabeça de queda de telha. Evitar proximidade com janela de vidro. Em seguida, passado o primeiro abalo, sair de casa, ir para uma área livre, distante de edificações.

Incertezas

Quando será o próximo, onde e qual a magnitude? A sismologia não tem respostas, mas sabe-se que quanto mais demorada a ocorrência do fenômeno há probabilidade de ser mais intensa por causa da energia acumulada. É o que nos ensina o professor Joaquim Ferreira, coordenador do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

No dia 20 de setembro, pela manhã, o LabSis/UFRN registrou um tremor de terra na região da Baixa Verde, ao Norte do Estado. Segundo a UFRN, o evento teve magnitude 3.6 e o epicentro foi no limite dos municípios de João Câmara, Pureza e Poço Branco. Área de intensa movimentação sismológica. Moradores das três cidades relataram terem sentido o fenômeno. "Foi rápido, cinco segundos, a terra tremeu e saímos todos de casa, com medo", disse o agricultor Francisco Oliveira.

Os relatos dos moradores são semelhantes. Em março passado, um tremor na localidade de Boqueirão do Cesário, em Beberibe, assustou habitantes. "Estava dormindo e acordei com a grade da janela balançando. O armário também tremeu e houve um estrondo como se fosse um trovão", contou, na época, a diretora do Centro de Educação Municipal Betesda, Dalva Silva, que mora na localidade de Boa Vista. "O tremor foi sentido em toda a vizinhança", disse.

No Ceará, as ocorrências de tremores de terra são recorrentes na região da Serra da Meruoca, Irauçuba, parte do Litoral Leste e no Baixo Jaguaribe. O primeiro registro deste ano foi em 25 de março, na localidade de Boqueirão de Cesário, em Beberibe, de magnitude 3.0 graus na Escala Ritcher. O mais recente, no mês em curso, em Irauçuba, com cerca de 30 eventos entre os dias 9 e 15, sendo que o último chegou a 2.8 na Escala Ritcher.

Em abril, houve duas ocorrências. No dia 15 daquele mês, em Quixeramobim, de 2.5 graus. Dois dias depois, em Jaguaruana, sentido em Palhano, Itaiçaba e Russas, de 2.2 graus. Em maio passado, a terra voltou a tremer na Serra da Meruoca, em Alcântara e Sobral, com dois registros sismológicos, nos dias 5 e 13. Naquela região, os abalos vêm ocorrendo desde 2008, quando ocorreu evento de maior magnitude (4.2).

No último dia 4 de junho, abalo de 2.9 graus foi sentido em Morada Nova, Ocara, Cascavel e Beberibe. No dia 17 de agosto a terra tremeu novamente em Quixeramobim. Em todos os casos, não houve vítimas, apenas pequenas rachaduras nas casas, barulho e medo entre a população.

Mais de 40 municípios já registraram tremores de terra no Ceará. O primeiro registro é de 1807, em Pereiro. O maior abalo das regiões Norte e Nordeste ocorreu em Pacajus, em 1980, com 5,2 graus na Escala Ritcher. "É um fenômeno recorrente, e não previsível", explicou Ferreira. O Estado tem cinco estações sismológicas permanentes, em Morrinhos, Sobral, Cascavel, Pedra Branca e Mauriti, que integram uma rede brasileira de sismologia operada em parceria entre a UFRN, a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Nacional de Brasília (UnB) e o Observatório Nacional no Rio de Janeiro. Há ainda uma unidade isolada de observação no Açude Castanhão.

Castanhão

O segundo tremor de terra de maior intensidade no Ceará foi observado em 1991, em Irauçuba, com intensidade de 4.9 graus. Desde a construção do Açude Castanhão, na década de 1990, que há discussão e preocupação entre técnicos. Alguns apontam aquela área como sendo de falha geológica e susceptível a abalos sísmicos, por isso criticaram a localização da barragem. Outros defenderam argumentando não haver risco à estrutura de concreto.

Qual o risco de ocorrência de um tremor de terra danificar o Açude Castanhão? O professor Joaquim Ferreira, que desde 1979 estuda o fenômeno, reafirma: "Isso não se sabe. Não se pode prever". A barragem é monitorada por equipamentos e técnicos, com acompanhamento antes e depois da construção.

FIQUE POR DENTRO

Os maiores registros do Brasil

1. Mato Grosso, 1955 - Na Serra do Trombador, de 6.6 graus na escala Richter, o maior da história do Brasil. Não houve morte nem danos

2. Espírito Santo, 1955 - Em Vitória, 6.3 graus. Susto, mas sem feridos ou danos

3. Rio Grande do Norte, 1986 - Em João Câmara, de 5.1 graus, provocando destruição de 4 mil imóveis.

4. Ceará, 1980 - Em Pacajus, magnitude de 5.2 graus, sentido na Capital.

5. Minas Gerais, 2007 - Em Itacarambi, atingiu 4.9 graus. Uma criança morreu e seis pessoas ficaram feridas, além de cinco casas destruídas

6. Acre/Amazonas, 2007 - Na divisa entre os dois Estados, tremor de 6.1 graus, sem registro de danos ou vítimas

7. São Paulo, 2008 - terremoto de 5.2 graus atingiu regiões do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro sem acidentes

Mais informações:

Comissão Estadual de Defesa Civil

Fone: (85) 3101-2115 e (85) 3101-4620

Laboratório Sismológico

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN)

Fone: (84) 3215-3796

Diario do Nordeste - Regional

Orelhões estão com ligações interurbanas gratuitas

orelhao

As ligações interurbanas feitas de orelhões da Oi para telefones fixos estão gratuitas no Ceará e em outros 13 estados, a partir desta quinta-feira, 1º. A gratuidade foi estabelecida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) porque a Oi não atingiu os patamares de disponibilidade de orelhões nesses estados.
Além do Ceará, estão gratuitas as ligações interurbanas em: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Em abril, a Anatel determinou a gratuidade de ligações locais para telefones fixos a partir de orelhões da empresa nesses 14 estados e em Sergipe – único que pôde voltar a cobrar pelas chamadas originárias de telefones públicos da Oi.
Segundo a Anatel, a última medição, realizada 30 de agosto, mostrou que os estados continuam a não atender aos critérios. As chamadas seguem gratuitas até que os patamares exigidos pela Anatel sejam alcançados. Novas medições serão feitas nas datas: 29 de fevereiro, 30 de agosto de 2016 e a cada seis meses a partir dessa data.

flavio pinto

Shopping Iguatemi é condenado a pagar indenização de R$ 102 mil a cliente

dinheiromuito

O juiz José Cavalcante Júnior, titular da 27ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza, condenou o Shopping Center Iguatemi S/A a pagar indenização por danos morais e materiais no valor de R$ 102.740,00 para cliente que foi atropelada por manobrista da empresa.
No dia 13 de novembro de 2011, a vítima foi ao Iguatemi para assistir filme com uma amiga. Ao atravessar uma rotatória no local, foi atropelada por um manobrista do shopping. Ela ficou desacordada e apresentou fraturas e hematomas na face, no punho direito, cortes no corpo, além de dentes quebrados.
A cliente foi removida por funcionários do local do acidente para uma sala sem que fosse devidamente imobilizada, mesmo reclamando de muitas dores e correndo o risco de sofrer problemas ainda mais graves. Posteriormente, foi levada por uma ambulância ao Hospital São Mateus.
Por conta do ocorrido, a vítima ingressou com ação, requerendo indenização por danos materiais de R$ 2.470,00, além de 150 salários mínimos por danos morais.
Na contestação, o shopping confirmou a ocorrência do acidente. Disse que todas as providências cabíveis foram tomadas, havendo uma mobilização da equipe em relação à vítima, com um socorrista retirando-a do local do acidente para evitar a possibilidade de outra ocorrência, além de preservar sua integridade física e moral.
Ao analisar o caso, o juiz afirmou que os prejuízos decorrentes de cirurgia plástica, exames médicos, reconstrução dentária, fisioterapia, acupuntura, médicos traumatologistas, compra de óculos novos e medicamentos foram satisfatoriamente provados pela vítima por meio dos documentos acostados aos autos.
“A configuração dos danos morais sofridos pela autora é provada no momento em que esta nos mostra os diversos traumas que vivenciou ao ter sofrido fraturas, cortes, hematomas e perfurações, além de todo um choque psicológico que este tipo de acidente vem a causar e a impossibilidade que teve para trabalhar pelo período de três meses”, concluiu.
O magistrado condenou o Shopping Center Iguatemi a pagar indenização de R$ 100 mil por danos morais e R$ 2.740,00 por danos materiais.

flavio pinto

Robô Curiosity não pode passar por zonas de Marte com potencial de vida

curiosit2Após gastar milhares de milhões de dólares para colocar na superfície de Marte um robô destinado a procurar indícios de vida, a Nasa não pode enviá-lo a zonas onde há possibilidade de encontrá-los por temor de que sejam contaminados com micróbios da Terra.

Funcionários da Nasa informaram à AFP que a frustrante situação é resultado da decisão, adotada anos atrás, de baixar o nível de limpeza requisitado pelos protocolos da Nasa para o material que entra em contato com o entorno úmido de Marte onde possa haver vida, se é que ela existe.

"Não queremos ser lembrados como a espécie que chegou a outro planeta e acabou com a vida existente", comentou Jorge Vago, pesquisador do projeto ExoMars da Agência Espacial Europeia (ESA) - que pretende enviar uma sonda a Marte em 2016 e um robô de exploração em 2018.

O espectro desta possibilidade voltou a pairar na segunda-feira com o anúncio de novas provas sobre a presença de água na superfície do planeta vermelho, não apenas num passado remoto, como também atualmente.

Tratam-se de linhas que cortam as encostas de Marte por onde fluem o que parece ser água ultra-salgada.

Curiosity, o laboratório móvel da Nasa que pousou na superfície do planeta vermelho em agosto de 2012, especialmente desenhado para detectar a presença de micróbios.

Sua missão é coletar e analisar amostras de solo em busca de "matéria orgânica e as condições ambientais que possam ter levado à existência de vida, agora ou no passado", de acordo com a ESA.

No entanto, como um cirurgião incapaz de operar por falta de sabão, o robô não pode sequer aproximar-se - muito menos escavar - as ranhuras que apareceram esta semana porque está muito sujo.

- Fora do permitido -

"Curiosity não foi desenhado para ir a um lugar capaz de ter vida microbiana", explicou Michael Meyer, cientista do programa da Nasa de exploração de Marte. "Para isso, precisaríamos de um nível superior de limpeza", disse à AFP.

A presença de uma poderosa bateria de ferramentas capazes de detectar a vida é tão mais irritante para alguns cientistas quanto o primeiro aparato que a Nasa conseguiu pousar com sucesso sobre Marte, há 40 anos, o Viking, caso cumprisse com o requisito.

"As missões que enviamos desde a Viking não foram limpadas no mesmo nível. Viking era essencialmente estéril", admitiu Catharine Conley, que dirige o escritório de proteção planetária da Nasa, encarregado de evitar uma contaminação entre a Terra e outros corpos celestes do Sistema Solar.

"Seria muito bom voltar a ter aquela capacidade, poder ter acesso às ranhuras e coletar amostras", agregou.

Mas o perigo de enviar o Curiosity para uma "zona quente" onde possa existir vida marciana é real.

As zonas de Marte designadas como "especiais" estão fora de jogo, esclareceu Vago.

Cada bactéria que vem do clandestino a bordo de uma nave espacial "pode, em certas circunstâncias, encontrar condições adequadas para prosperar. E isso deve ser totalmente excluído", acrescentou.

A ES, a Nasa e outras agências espaciais estão regidas por um tratado internacional destinado a "evitar uma contaminação danosa" na exploração espacial.

Essa contaminação poderia resultar em outro cenário problemático.

"Nós também tentamos matar todas as bactérias presentes nas sondas para que não acabemos descobrindo a existência de vida em Marte que seria, na verdade, traços de nossa própria imundície", disse Conley.

- Dinheiro, dinheiro, dinheiro -

Há muitas razões pelas quais a Nasa optou por não por elevar o Curiosity e outras missões em Marte aos níveis esperados para entrar em contato com a vida extraterrestre.

"Mas não havíamos confirmado a presença de água na superfície de Marte no momento em que o Curiosity foi criado", destacou Jim Watzin, diretor da agência de exploração marciana da agência espacial norte-americana.

"Curiosity foi desenvolvido para seguir explorando descobertas anteriores que haviam estabelecido, através da geologia, que a superfície de Marte havia abrigado água em um passado remoto mas não no presente", informou o especialista à AFP.

O laboratório móvel pode recorrer a seus sensores remotos para coletar informação nas rachaduras a certa distância, esclarece.

O dinheiro também foi um fator. "É uma questão de pressuposto e prioridades", disse Conley. "As pessoas tendem a preferir que se faça pesquisa científica com baixo orçamento".

Outro fator é que as mesmas técnicas usadas para esterilizar o material da Viking - essencialmente o expondo a altas temperaturas durante dias - poderia danificar ou destruir os novos equipamentos científicos.

A próxima missão da Nasa rumo ao planeta vermelho, Marte 2020, não foi desenvolvida especialmente para condições super limpas, informou Watzin, embora tenha agregado que isso pode mudar.

"O maior desafio para a Marte 2020 é obter o máximo nível de limpeza necessário para garantir as nossas amostras sejam mantidas em condições ideais de limpeza e possam ser estudada na Terra", agregou.

AFP

Obama: derrota do EI exige 'novo líder' na Síria

obama1O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira que a derrota do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na Síria só será possível com a saída do presidente Bashar al-Assad do poder.

"Na Síria, derrotar o EI requer um novo líder", afirmou Obama para uma centena de líderes mundiais reunidos na Cúpula antiterrorista, realizada à margem da Assembleia Geral da ONU em Nova York.

"Nossos esforços militares não serão suficientes", advertiu Obama, insistindo na necessidade de se atacar as condições que "permitiram que o EI criasse raízes" neste país, entre as quais a guerra civil, os conflitos religiosos e a má administração.

"Vai ser um processo complexo", avaliou o presidente, reafirmando que está disposto a trabalhar com "todos os países", incluindo Rússia e Irã, aliados do regime de Bashar al-Assad.

Precisamente o destino do líder sírio é o ponto-chave da disputa entre Washington e os aliados de Assad.

O secretário americano de Estado, John Kerry, disse nesta terça-feira que Washington poderá cooperar na Síria caso Assad deixe de empregar barris com explosivos contra civis.

Kerry discutiu o tema com funcionários iranianos e com seu homólogo russo, Serguei Lavrov, durante a Assembleia Geral da ONU.

"Ambos estão em um lugar de onde podem decidir impedir Assad de lançar bombas, em troca talvez de algo que possamos fazer", disse Kerry.

Na segunda-feira, Obama disse que "os Estados Unidos estão preparados para trabalhar com qualquer país, incluindo Rússia e Irã, para resolver o conflito" na Síria, mas estabeleceu uma linha vermelha, denunciando nações que apoiam "tiranos" como Al-Assad.

AFP

Energias renováveis serão responsáveis ​​por 26% da produção elétrica em 2020

energiasolar2As energias renováveis (eólica, solar, hidrelétrica, etc.) representarão 26% da produção de eletricidade no mundo em 2020 contra 22% em 2013, prevê a Agência Internacional de Energia (AIE), num relatório publicado nesta sexta-feira - que também pede políticas mais espontâneas.

De hoje até 2020, 700 gigawatts de novas capacidades verdes serão instaladas - o equivalente a 700 reatores nucleares - e isso representará quase dois terços das novas capacidades acrescentadas ao sistema elétrico mundial nesta data, explica a AIE em seu relatório sobre as energias renováveis.

O desenvolvimento de energias renováveis será particularmente importante nos países emergentes. A China sozinha representará 40% das novas capacidades instaladas.

Em inúmeros países as energias renováveis, especialmente a eólico terrestre e a solar fotovoltaica, viram seus custos de produção diminuir fortemente e tornaram-se competitivas com relação a outros tipos de energia, explicou a AIE.

É especialmente o caso da África do Sul, Brasil, Índia, Oriente Médio ou alguns estados dos Estados Unidos.

A agência prevê que 230 bilhões de dólares serão mobilizados anualmente de hoje até 2020 para desenvolver as energias renováveis. No ano passado, os investimentos passaram para os 270 bilhões de dólares.

A estimativa decorre "da diminuição do ritmo de instalações de novas capacidades mas também da redução dos custos de investimentos para as tecnologias mais dinâmicas", especialmente a solar e eólica terrestre.

A diminuição dos custos destas energias, já observada nos últimos anos, deve continuar.

A AIE mostra-se menos otimista sobre os biocombustíveis, com um crescimento que continuará apesar da redução do preço do petróleo, mas num ritmo estável. Eles representarão 4% da demanda por combustíveis no setor de transporte terrestre em 2020.

O sucesso do desenvolvimento de energias renováveis, e então da luta contra o aquecimento global, precisa "reduzir as incertezas em matéria de regulamentação, que freia uma maior implementação", prevê a AIE.

Caso a energia eólica e a solar fotovoltaica "não tiverem mais de um alto investimento público", sua atratividade "dependerá fortemente dos aspectos regulamentares e do funcionamento do mercado", considerou a agência.

Nos países emergentes, os riscos hoje em dia são "os entraves regulamentares, as restrições de redes e as condições microeconômicas", enquanto nos países desenvolvidos "o desenvolvimento rápido das energias renováveis obriga a fechar as centrais elétricas térmicas, colocando pressão sobre as empresas de energia", detalhou a agência.

AFP

BB tem condições de ser importante agente para ajudar País sair da crise

BB_logoO presidente do Banco do Brasil, Alexandre Abreu, afirmou que a instituição será um importante agente que contribuirá para o País a sair da crise. Segundo ele, o BB tem condições de apoiar fortemente os exportadores em meio à disparada do dólar. "Atravessei no banco 12 crises, essa é a 13ª e não é a pior que eu já vi", disse durante palestra no Ibmec, em Brasília, que tem como tema "Banco do Brasil: um banco de mercado com espírito público".

Ele defendeu que a crise, atualmente, teve origens e fatores externos, mas admitiu que há também problemas domésticos. Abreu afirmou que, por conta desses problemas externos, o governo tomou uma série de medidas anticíclicas e que, agora, se acumularam. Abreu citou o preço do petróleo e do minério de ferro, que segundo ele perderam dois terços de seus valores, como parte dos problemas que alimentam a crise no Brasil. Além disso, ele lembrou que a China, um importante parceiro comercial do País, tem crescido menos. Do lado doméstico, ele afirmou que os problemas fiscais pesam nessa conta.

Apesar do cenário desenhado por ele, Abreu colocou o banco como um meio para ajudar o País a sair da crise. "Nossa inadimplência está bastante controlada. Temos condições de apoiar fortemente as exportações. Temos condições de ser um importante agente para ajudar o País a sair da crise", afirmou.

Questionado sobre concentração de mercado no Brasil, ele afirmou que "estamos em concentração máxima e não há mais espaço para o avanço dela". Ele disse, por sinal, que há espaço no mercado para "desconcentrar" o sistema bancário.

Rentabilidade

Alexandre Abreu afirmou também que a rentabilidade da instituição deve melhorar este ano, mas dentro guidance de 14% a 17%. Questionado sobre o porquê da rentabilidade das instituições privadas ter sido maior que a do BB, ele afirmou que dois bancos no País apresentam esse avanço, Itaú Unibanco e Bradesco. Ele argumentou, no entanto, que a rentabilidade do BB em comparação a padrões internacionais é elevada.

Abreu afirmou ainda que quando se tem subida dos juros básicos (Selic), instituições com linhas de mais longo prazo, como o BB, são mais impactadas. O executivo ponderou que apesar do cenário, o resultado recorrente do BB no primeiro trimestre foi maior que o de igual período de 2014.

Estadão Conteúdo

Suspensão da Lei do Bem provoca críticas

dinheiropacoteO governo editou nesta quinta-feira, 1, uma medida provisória com aumento de tributo e redução de incentivos. Embora as medidas já tivessem sido anunciadas, alguma delas já sofreram fortes críticas pelos setores atingidos.

A MP enviada ao Congresso Nacional aumenta de 15% para 18% a alíquota de Imposto de Renda cobrada na distribuição de juros de capital próprio (JCP) a titulares, sócios ou acionistas das empresas. A medida faz parte do pacote de aumento de receitas anunciado pelo governo em meados de setembro. A mudança na alíquota deve reforçar o caixa em R$ 1,1 bilhão em 2016.

Na MP, está ainda a redução de benefícios no pagamento de PIS/Cofins pela indústria química, mudança que renderá ao governo outros R$ 800 milhões no ano que vem. Em resposta, representantes do setor químico alertam para o risco de a indústria enfrentar aquela que está sendo chamada de "tempestade perfeita".

A MP afeta principalmente a petroquímica Braskem, mas os efeitos da redução dos incentivos se estenderão de forma direta por uma cadeia formada por 50 empresas. É o caso de grandes indústrias, como Basf e Oxiteno, responsáveis pela produção de insumos químicos utilizados por outras indústrias do País. "Acreditamos que é um absurdo encerrar um incentivo concedido há tão pouco tempo após negociação de anos com o governo", destaca o diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor), Martim Afonso Penna.

A MP ainda suspende, para 2016, a permissão dada às empresas de excluir do lucro líquido, na determinação do lucro real e da base de cálculo da CSLL, porcentuais gastos com pesquisa tecnológica e desenvolvimento de inovação tecnológica. Em reação à medida, nove associações empresariais ligadas à pesquisa e desenvolvimento emitiram hoje um manifesto de repúdio ao fim do incentivo fiscal à inovação. As entidades lembraram que a chamada "Lei do Bem", criada no governo Lula, foi essencial para que o País atraísse 15 centros globais de pesquisa de empresas multinacionais nos últimos quatro anos. Por meio da Lei do Bem, as empresas podem abater os investimentos em inovação do Imposto de Renda.

"Os executivos das multinacionais negociaram com a matriz das empresas recursos para investir em centro de pesquisa e desenvolvimento no País, apontando a Lei do Bem como um dos maiores incentivos fiscais. São projetos de pesquisa para oito, dez anos. A interrupção abrupta do benefício passa uma imagem negativa do País e deve afugentar investimentos", disse Naldo Dantas, secretário executivo da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), entidade cujos associados investem cerca de R$ 10 bilhões em inovação por ano. (Colaboraram Luci Ribeiro, Marina Gazzoni e André Magnabosco)

Por Lorenna Rodrigues | Estadão Conteúdo

Miguel Rossetto assumirá Ministério do Trabalho e Previdência

miguel-rossetto

 

O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Miguel Rossetto, vai assumir o Ministério do Trabalho e da Previdência Social, pastas que serão fundidas na reforma a ser anunciada nesta sexta-feira, 2, pela presidente Dilma Rousseff. Carlos Gabas, atual titular da Previdência, assumirá a secretaria nacional do ministério.

Ricardo Berzoini, ministro das Comunicações, comandará a nova Secretaria de Governo, que vai abrigar funções da Secretaria Geral da Presidência e fará a articulação política do Palácio do Planalto com o Congresso

Estadão Conteúdo

Contas de Cunha na Suíça têm mais de R$ 20 milhões

cunha20mi
Dinheiro estaria distribuído em pelo menos quatro contas, uma em nome da mulher de Cunha

 

Alerta deu um início a uma investigação formal, que resultou em um congelamento dos ativos de Cunha e de parentesGustavo Lima/14.07.2015/Câmara dos Deputados

A Suíça congelou perto de US$ 5 milhões (pouco mais de R$ 20 milhões segundo a cotação atual do dólar) em ativos em nome do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de seus parentes. Uma auditoria interna do banco que guarda esses valores, cuja identificação não foi divulgada, foi responsável pelo informe que levou à abertura de ação criminal no país europeu por suspeita de lavagem de dinheiro. A investigação foi enviada ontem pelo Ministério Público suíço à Procuradoria-Geral da República no Brasil (PGR).
A instituição financeira entregou aos procuradores da Suíça, em abril de 2015, um informe em que apontava para as irregularidades e fazia duas constatações: Cunha havia criado uma estrutura para tentar esconder seu nome da conta e a renda movimentada era muito superior ao que o peemedebista havia declarado como salário.
O alerta deu um início a uma investigação formal, que resultou em um congelamento dos ativos de Cunha e de parentes em diversas contas.

"O Escritório do Procurador-Geral da Suíça confirma que abriu um processo criminal contra Eduardo Cunha sob a base de suspeita de lavagem de dinheiro, ampliando em sequência para corrupção passiva", indicou o MP suíço.
"Em abril de 2015, a Procuradoria recebeu um informe de lavagem de dinheiro por um banco suíço", confirmou o escritório do procurador Michael Lauber.

O valor estaria dividido em pelo menos quatro contas controladas pelo presidente da Câmara. Uma delas está em nome do parlamentar e da mulher dele, a jornalista Claudia Cruz, segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo.

Após as denúncias, o presidente da Câmara cancelou viagem que faria à Itália nesta quinta-feira (1º) onde discursaria no Fórum Parlamentar Itália-América Latina e Caribe. Ele negou que a decisão tenha relação com a investigação sobre suas contas na Suíça e justificou que pretende comparecer ao casamento do senador Romero Jucá, seu companheiro de partido.

Questionado, ele se recusou a comentar as denúncias e disse que se manifestaria apenas por seus advogados. Cunha também declarou que não teme perder apoio no Congresso devido à investigação.

Lava Jato

A Suíça investiga pagamentos relacionados à Petrobras desde março de 2014, quando foi deflagrada no Brasil a Operação Lava Jato. Durante meses, o Ministério Público suíço pediu que bancos entregassem à Justiça detalhes sobre dezenas de contas. Até agora, mais de 300 já foram identificadas e bloqueadas.
No caso de Cunha, a confirmação veio justamente do informe de um banco. "Depois de abrir um processo, os ativos de Eduardo Cunha foram congelados", confirmaram as autoridades suíças.
Fontes próximas do caso indicam que os documentos enviados ao Brasil apontam para cerca de US$ 5 milhões congelados em nome do deputado e de seus familiares, em diferentes contas e com diferentes ativos. Mas o MP suíço prefere não divulgar o valor oficialmente por enquanto.


Os suíços passaram a examinar com cuidado os dados dos depósitos depois que ficou claro que Cunha aparecia como "beneficiário" de uma conta apontada pelo banco como "suspeita". Segundo investigadores suíços, a manobra é normalmente usada por quem tenta esconder algo, seja da Justiça ou de algum ator exterior.
O banco também encontrou "disparidades" entre a renda do deputado declarada e os valores transferidos, além de registrar que parte dos depósitos vinham de contas que já estavam sendo rastreadas.
Sob pressão da Justiça, mais de 30 bancos suíços passaram a colaborar desde meados de 2014 no caso, entre eles o Julius Baer Pictet, Cramer, HSBC e outros de grande porte. A Suíça chegou a alertar que o "caso Petrobras" teve um importante impacto na praça financeira suíça e revelou a fragilidade dos controles dos bancos em identificar a origem do dinheiro.
Berna também indica que decidiu transferir a investigação sobre o caso para o Brasil, sob a justificativa de que não faria sentido manter a ação diante da impossibilidade de pedir a extradição do brasileiro. Mas insiste que a meta da transferência do caso é a de permitir que o deputado seja investigado e julgado no Brasil.
Delatores
Outro fator-chave foi a pista dada por operadores do esquema. No início da semana, o Estado revelou que os suíços abriram investigações criminais contra os lobistas Fernando "Baiano" Soares e João Augusto Henriques, apontados como operadores do PMDB no esquema na estatal petrolífera, sempre com o foco em Cunha e com o objetivo de fechar o cerco no deputado.
Henriques, preso em 21 de setembro, disse que fez um depósito em uma conta na Suíça para Cunha. Mas não saberia dizer quem era o titular da conta. Ao rastrear o depósito, o MP suíço constatou que de fato Cunha era o beneficiário do dinheiro.


Comissões para obras da Petrobras no Benin, na África, teriam alimentado a conta, segundo a suspeita da Justiça.
Depois de uma semana de negociações entre o MP suíço e o brasileiro, os dados da conta secreta que teria Cunha como beneficiário foram repassados ao Brasil em meados da semana, assim como os detalhes de quem fez depósitos.
No total, a Suíça anunciou a existência de US$ 400 milhões bloqueados em mais de 300 contas do país. Mais de US$ 150 milhões já estão autorizados a retornar ao Brasil.
No caso de Cunha, porém, o dinheiro bloqueado apenas seria devolvido se o deputado aceitar sua entrega aos cofres públicos brasileiros ou se for condenado em última instância no País. O processo, porém, pode levar anos.
Outro fator importante no processo foi a investigação aberta também na Suíça contra o ex-gerente da área Internacional da Petrobras Eduardo Musa, novo delator da Operação Lava Jato e que também citou o presidente da Câmara. Seus ativos já foram bloqueados e procuradores tentam traçar o destino e origem do dinheiro que alimentou suas contas. No Brasil, Musa afirmou que chegou a ter US$ 2,5 milhões no banco Cramer e admitiu ter usado também o Credit Suisse e o Julios Baer.
Musa ainda disse à força-tarefa ter ouvido de Henriques que "quem dava a palavra final" em relação às indicações para a Diretoria Internacional da Petrobrás era o deputado Eduardo Cunha.
Condenado na Operação Lava Jato, Fernando Baiano fechou acordo de delação premiada e confirmou o relato de outro lobista, Julio Camargo, de que o presidente da Câmara teria recebido propina de pelo menos US$ 5 milhões por contratos de aluguel de navios-sonda pela Petrobras.

 

Do R7, com Estadão Conteúdo

Atirador mata ao menos dez e fere sete em universidade nos EUA

Autoridades emitiram alertas a estudantes e professores para manterem distância da Umpqua Community College, no Oregon; o assassino foi morto por policiais quando fugia

Ao menos dez pessoas morreram e sete ficaram feridas após um jovem abrir fogo de forma aleatória nas pessoas que circulavam por uma universidade no estado de Oregon, nos EUA, nesta quinta-feira (1º). O número de vítimas foi confirmado pelo comandante da polícia local à agência de notícias AP. Anteriormente, as autoridades haviam divulgado saldo de 13 mortes e 20 baleados.

O atirador foi morto por policiais quando fugia do local do crime.

atiradorusaAP - 01.09.15

Paramédicos socorrem feridos na universidade: ambulâncias levaram dezenas a hospitais da região

O tiroteio ocorreu na faculdade Umpqua Community College, localizada em Roseburg, cidade a 180 quilômetros da cidade de Portland. Autoridades emitiram alertas no Twitter pedindo às pessoas para ficarem distantes do local.

Um fotógrafo do jornal local "Roseburg News-Review" testemunhou ter visto feridos sendo levados a vários hospitais da região por meio de ambulâncias. A instituição de ensino tem cerca de três mil alunos, que estudam nos 16 edifícios espalhados por uma área de 40 hectares.

Em coletiva de imprensa, a governadora do Oregon, Katie Brown, confirmou que o atirador era um jovem de 20 anos. "Meus pensamentos estão com as famílias e as vítimas da tragédia de hoje", escreveu ela em sua página no Twitter.

Polícia revista pertences de alunos e funcionários na saída de escola onde ocorreu o tiroteioMike Sullivan/AP - 01.10.15

Polícia revista pertences de alunos e funcionários na saída de escola onde ocorreu o tiroteio

O chamado para o tiroteio chegou à polícia por volta das 10h38. No total, cerca de cem agentes da polícia se mobilizaram na ação, vindos de diversas partes do estado. O xerife do condado não soube confirmar se o assassino teve ajuda de outras pessoas para praticar o massacre – tampouco se ele era estudante ou não da faculdade. A princípio, no entanto, foi uma ação solitária.

Imagem da faculdade onde ocorrerau o massacre; Umpqua Community College fica em OregonReprodução/Facebook

Imagem da faculdade onde ocorrerau o massacre; Umpqua Community College fica em Oregon

A Casa Branca informou que o presidente norte-americano, Barack Obama, foi informado dos assassinatos por sua assessora de Segurança Doméstica, Lisa Monaco, e que seguiu recebendo informações a respeito ao longo de todo o dia.

Ex-presidente da instituição de ensino, Joe Olson afirmou que a escola não tinha nenhuma equipe de segurança em seu interior, apenas um segurança por cada turno. Ele deixou o cargo em junho, após quatro anos de prestação de serviços.

De acordo com o antigo diretor da universidade, não havia esquema de segurança no campusAP - 01.10.15

De acordo com o antigo diretor da universidade, não havia esquema de segurança no campus

Porte de armas nos EUA
Massacres como o ocorrido no Oregon são vistos de tempos em tempos em território norte-americano, deixaram de ser incomuns. Foram dezenas nos últimos anos. E a questão sobre controle de armas sempre volta ao centro do debate quando eles ocorrem, gerando paixões entre defensores e detratores em um país em que esses objetos fazem muitas vezes parte de um estilo de vida.

Qualquer cidadão norte-americano pode comprar uma arma com facilidade e ter garantia de porte, direito básico baseado na Segunda Emenda à Constituição, promulgada em 1791. E, devido à violência de massacres como o desta quinta-feira, há acalorados pedidos para a mudança nesta norma.

O presidente dos EUA, Barack Obama, já pediu repetidamente para que se realize mudanças efetivas no controle de armas para impedir mortes banais como as praticadas nas universidades norte-americanas. Republicanos no Congresso e o lobby da indústria armamentista não ajudam, no entanto, a ideia de avançar.

O estado de Oregon permite o porte de armas de fogos aos cidadãos desde que tenham certificado do curso da National Rifle Association (NRA) e não tenham registros de antecedentes criminais.

*Com Associated Press e CNN

Por iG São Paulo *

Estado de felicidade - Por: Emerson Monteiro

No momento quando os pássaros voam suave pelo céu imaginado das tardes mornas, lá longes luzes acesas nos páramos do firmamento; olhar a paisagem quais nadas vagando entre as nuvens brancas enfileiradas, vindas do nascente; isso forma novas alegrias acesas no teto da alma da gente. Na hora em que as ondas batem nelas insistentes, saltam gotas nas asas das gaivotas que deslizam impávidas na linha do horizonte, fixas nos peixes que vêm à tona e decifram o brilho insistente espalhado no oceano. Pura alegria das flores no jardim da Eternidade, cores e perfumes entrelaçados no coração das crianças em festa. Uma paz enorme que dignifica existências no paladar das criaturas irmanadas nos fachos da claridade, seguindo sentido da energia que move o interior das células e alimenta os átomos do tempo definitivo. Poeira de astros no espelho dos milênios, a preencher perenidade no desejo da multidão das raízes que penetram a superfície habitada no seio da Terra.

Assim são as flores, lenços abertos de felicidade a balançar ao vento janelas de manhãs cedo. Pomos da beleza doce da universal grandeza, que espraia o leito dos rios entontecidos de velocidade. As abelhas, suas irmãs as borboletas, os irmãos os besouros, animais que voam e polinizam plantas, multiplicam a ordem na floresta e nos vales, rios e montanhas. Fatias de amabilidades do Criador, que somam detalhes nas pinceladas do quadro tecnicolor desenhado nas frestas horizontais dos olhos. Os outros bichos, que mexem esse movimento transcendente, acionam astros através dos infinitos, e andam felizes por dentro das pessoas que observam e param extasiadas na tranquilidade dos caminhos silenciosos.

Nisso, a música da sinfonia. Ritmo. Melodia. Sinais e símbolos da certeza de existir vida no fulgor das artérias debaixo da pele que derrama anseios e organiza sentimentos na roupa extasiante do mistério.


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30