xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/09/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 setembro 2015

Se um asteroide gigante viesse na direção da Terra, a humanidade teria salvação?

 

asteroide


Se um asteroide gigante estivesse prestes a atingir nosso planeta, como nos defenderíamos? Para cientistas, no momento, de maneira nenhuma. A Terra, informam eles, não tem mecanismos de defesa suficientes para evitar uma tragédia em massa em um caso como o suposto.
De acordo com o astrônomo Phil Plait, ainda é bem difícil que uma ameaça desse porte seja real — pelo menos nos próximos séculos. De qualquer modo, ele aponta que existem melhoras que podem ser feitas e que evitariam que a humanidade tivesse o mesmo fim trágico dos dinossauros há 65 milhões de anos.
Para Plait, é necessário com urgência que os seres humanos tirem do papel projetos de vigilância espacial. Atualmente, o NEOCam, da Nasa, é o mais próximo de existir, mas nada concreto até o momento. Esse, porém, seria apenas o primeiro passo.
O astrônomo garante que, após identificadas as ameaças, os problemas estarão apenas começando: destruí-las é o maior objetivo. Plait propõe a utilização de sondas para desviar os asteroides e tirá-los da órbita da Terra. Para isso, seria utilizado um “impacto cinético somado ao puxão gravitacional”.
A ideia consiste em enviar a sonda em direção ao asteroide, forçando a colisão e tirando-o da rota que acertaria a Terra. Para funcionar, porém, o plano depende especialmente do primeiro passo. Os alertas de Plait, afirma ele, são feitos com antecedência de séculos a possíveis tragédias. Ou seja, dá — e muito — para a ciência avançar neste sentido.

Super Incrível

MEC apresenta proposta de base curricular nacional para ensino fundamental

renatojanine

O ministro da Educação, Renato Janine, apresenta a Base Nacional Comum Curricular Antonio Cruz/Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (16) a proposta da Base Nacional Comum Curricular (BNC), que deverá nortear o ensino básico no país. Entre os dias 25 de setembro e 15 de dezembro a pasta receberá contribuições individuais e de entidades do setor pelo portal da BNC para a construção do documento final, que deverá ser entregue até abril ao Conselho Nacional de Educação.

“[A proposta] é uma base de discussão para determinar o que cada aluno deve saber. Para saber, por exemplo, o que se deve aprender de matemática em cada ano, como e quando se deve aprender equações de segundo grau, como deve ser o desenvolvimento da biologia”, explicou o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro.

Segundo o documento preliminar, a BNC terá 60% dos conteúdos a serem aprendidos na educação básica do ensino público e do privado, e os 40% restantes serão determinados regionalmente, com abordagem que valorize peculiaridades locais e também que considere escolhas de cada sistema educacional sobre as experiências e conhecimentos a serem oferecidos aos estudantes ao longo do processo de escolarização. 
De acordo com Janine, no documento final, o percentual poderá ser alterado de acordo com cada disciplina. “[A BNC] iguala as oportunidades e vai fazer com que cada região seja emponderada”, enfatizou o ministro.

A construção de uma base nacional comum de ensino está prevista no Plano Nacional de Educação, sancionado 2014. O documento reúne direitos e objetivos de aprendizagem relacionados a quatro áreas do conhecimento — ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e matemática — e seus respectivos componentes curriculares para todas as etapas da educação básica.

Segundo o secretário de Ensino Fundamental, Manuel Palácios, a proposta traz um conjunto de temas integradores, como sustentabilidade, tecnologia, educação financeira, questões dos direitos humanos, além de incluir a diversidade de gênero, que poderá estar presentes em mais de uma área de conhecimento.

Agência Brasil

Correios ingressam com ação de dissídio coletivo contra greve de trabalhadores

correiosemgreve

Os Correios ingressaram, no final da tarde desta quarta-feira (16), com ação de dissídio coletivo junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST). Com isso, a empresa retoma sua última proposta aos trabalhadores que propõem um reajuste de 6% nos salários, sendo 3% retroativos a agosto e 3% em janeiro de 2016, além de outros itens. A decisão ficará a cargo do TST.

Os trabalhadores decretaram greve na noite de terça-feira (15) em diversos estados e cidades do país, que são representados por sindicatos locais e regionais. Segundo os Correios, 19 sindicatos decretaram greve: Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Tocantins, Brasília (DF), região metropolitana de Belo Horizonte, região metropolitana de Porto Alegre, região metropolitana de São Paulo, Bauru (SP), Campinas (SP), São José do Rio Preto (SP), Vale do Paraíba (SP).

De acordo com os Correios, 17 sindicatos não deflagraram paralisação: Acre, Pernambuco, Roraima, Goiás, Alagoas, Amapá, Paraná, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Sergipe, Santa Maria (RS), Uberaba (MG), Juiz de Fora (MG), Ribeirão Preto (SP) e Santos (SP).

“A empresa tomou a iniciativa [de ingressar com dissídio] devido à divisão dos trabalhadores em relação à proposta de acordo coletivo apresentada pelo vice-presidente do TST, ministro Ives Gandra, na última sexta-feira.

Na noite de ontem, dos 36 sindicatos dos Correios no país, 17 decidiram não deflagrar paralisação, sendo que 16 aceitaram a proposta do TST. Não houve, portanto, maioria suficiente para a assinatura de acordo”, explicou a empresa, em nota.

No principal centro de distribuição de cartas e encomendas no Rio, em Benfica, houve piquete de grevistas na parte da manhã. Eles queriam impedir a saída dos caminhões de entrega, principalmente os que levavam Sedex, mas os veículos conseguiram sair com a chegada da polícia.

Segundo o diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios (Fentect) Emerson Marinho, a greve conta com adesão de 50% dos funcionários e afetou cerca de 70% das entregas. Muitos dos funcionários que trabalharam, segundo ele, são terceirizados. Marinho disse que a expectativa é que a adesão à greve aumente a partir desta quinta-feira (17).

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores, estão a reposição da inflação mais um aumento de 10% de ganho real, a manutenção das condições do plano de saúde da categoria, a realização de concurso público imediato e a contração de 1.500 trabalhadores.

Os Correios informaram que a proposta apresentada pelo TST previa um reajuste equivalente a cerca de 20% do salário inicial do agente de Correios, em forma de gratificação, equivalente a um reajuste linear de R$ 200.

Segundo a empresa, o reajuste médio dos empregados dos Correios no período 2011-2014 foi de 36%, para uma inflação de 27,3% no mesmo período. Além disso, de acordo com os Correios, os carteiros recebem vale-alimentação mais cesta básica de cerca de R$ 1.000 mensais, adicionais de atividade, plano de saúde, auxílio-creche e babá, bolsas de estudo e vale-cultura.

Agência Brasil

CNJ determina corte de ponto dos servidores grevistas da Justiça Federal

cnj2

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou hoje (16) o corte de ponto dos servidores da Justiça Federal. O conselho atendeu a um pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo a ordem, a paralisação está provocando prejuízos na prestação dos serviços jurisdicionais à advocacia e aos cidadãos.

A decisão foi proferida pelo conselheiro Fabiano Silveira e vale para os grevistas da Justiça Federal, Justiça do Trabalho e Eleitoral. Silveira explicou que os dias parados poderão ser compensados, mas a medida depende de acordo com os tribunais.

“A meu ver, se alguma faculdade existe, é a de compensar os dias não trabalhados pela extensão da jornada quando do fim da paralisação. Essa é, pois, a discricionariedade da Administração diante de movimentos grevistas de razoável duração. Contudo, a compensação é um problema que se coloca para o futuro, devendo ser discutida mais adiante, conforme a realidade de cada tribunal, no caso de retomada dos trabalhos.”, decidiu o conselheiro.

Os servidores do Judiciário da União estão em greve há três meses e reivindicam, principalmente, a derrubada do veto da presidenta Dilma Rousseff ao projeto de lei que previa o reajuste salarial da categoria entre 53% e 78,56%, de acordo com nível do servidor.

Os servidores rejeitam a proposta de reajuste definidos entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Ministério do Planejamento. O projeto de lei do STF prevê que o aumento individual oscile entre 16,5% e 41,47% e seja pago em oito parcelas semestrais, a partir de janeiro de 2016.

No mês passado, o CNJ também determinou que o ponto dos servidores grevistas da Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro e de Salvador fosse cortado.

Agência Brasil

FESTIVAL FORTALEZA INSTRUMENTAL CHEGA À TERCEIRA EDIÇÃO

Quinteto-de-Brasilia-e1376507434443

Festival anuncia atrações que tem como destaque o Quinteto Brasília (DF) e inscreve para atividades de formação em diversas modalidades de instrumentos de sopro

O festival que movimenta a cena da música instrumental de Fortaleza está de volta! O evento que já teve entre suas atrações Toninho Horta, Wagner Tiso e Zé Menezes, entre outros grandes nomes da música instrumental acontece nos dias 25 e 26 de setembro, no SESC Iracema, com vasta programação gratuita que inclui shows, seminários e oficinas.

Em sua terceira edição, o Festival Fortaleza Instrumental, dedica-se aos instrumentistas que desenvolvem trabalhos com instrumentos de sopro (a primeira edição foi dedicada às cordas e a segunda aos tecladistas) e reúne nomes de referência do gênero, proporcionando intercâmbio com instrumentistas de vários estados do país.

Nesta edição o público será presenteado com shows com diversos timbres  de instrumentos de sopro, tais como, sax, pífano, trompete, flauta e outros menos comuns, como é o caso Quinteto Brasília (DF), que já possui DVDs e um CD gravados e conta com participações em importantes projetos como o Sonora Brasil, Caixa Cultural, Feira da Música Brasil. Formado pelos músicos José Medeiros (oboé), Sérgio Barrenechea (flauta), Felix Alonso, (clarineta), Gustavo Koberstein (fagote) e Stanislav Schulz (trompa), o grupo apresenta um conjunto ímpar de sonoridades e timbres.

Os outros shows do 3º Festival Fortaleza Instrumental ficam a cargo do carioca Márcio Resende que se apresentará com sua banda; da Orquestra de Sopros de Pindoretama, experiência premiada em vários festivais e com vários prêmios em seu currículo; do professor de Música do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Marcelo Leite, que fará show de flauta transversal acompanhado do grupo Sons Transversal;  do instrumentista Hugo D’Leon, trompetista recém chegado dos EUA e quem vem se apresentando em importantes festivais como, Festival Jazz & Blues 2015,  e da  Banda de Pífaros Sons da Vila, composto por jovens entre 14 e 22 anos, oriundos da zona rural de Aquiraz (CE) participantes do Projeto Inovart e  alunos do maestro Marcelo Freitas.

Outra grande característica do festival está em seu caráter de formação com  atividades  oficinas temáticas específicas de  instrumentos de sopro tais como, oficinas de improvisação, de trompete, de pífano e flauta, seminário de educação musical e ainda oficinas de projetos e leis de incentivo.

Toda a programação do 3º Festival Fortaleza Instrumental é gratuita e as inscrições estão abertas. Os interessados podem se inscrever por meio do e-mailassociacaosolar@gmail.com ou na hora do evento a programação completa do festival se encontra no Facebook:

https://www.facebook.com/events/871972779551075/

O 3º Festival Fortaleza Instrumental é realizado pela Associação Cultural Solidariedade e Arte (Solar). Apoio: Atlântico Sul e SESC. Agradecimento: Coca-Cola. Projeto realizado com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria da Cultural do Estado do Ceará (Secult).

Serviço

3º Festival Fortaleza Instrumental

Shows, oficinas e seminários

Sesc Senac Iracema

Rua Boris, 90C, Praia de Iracema (ao lado do Dragão do Mar)

Dias 25 e 26 de setembro

Oficinas e seminários: 13h às 17h30

Shows a partir das 19h30

Inscrições e informações: (085) 3226 1189

Associação Cultural Solidariedade e Arte (Solar)

Avenida da Universidade, 2330 - Benfica

Associacaosolar@gmail.com

Evento no Facebook:  https://www.facebook.com/events/871972779551075/

Ceará é Notícia

Servidores federais anunciam protesto contra o pacote fiscal para o dia 23

dinheiropacote

“A Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef) anunciou hoje (16) que, em protesto contra as medidas de austeridade fiscal anunciadas pelo governo federal, fará na quarta-feira (23) paralisações em todos os estados. De acordo com a assessoria da entidade, outras 20 entidades sindicais devem participar do movimento, chamado Dia Nacional de Luta.

De acordo com a Condsef, estão previstas atividades em frente a diversos órgãos do governo federal. Os organizadores afimaram que as medidas de austeridade não se justificam por não estarem focadas nas áreas onde realmente há excesso de recursos. Por meio da assessoria, a entidade informou que o governo “não está tirando da gordura” para atingir a meta fiscal.

Representando cerca de 800 mil servidores – metade dos quais já aposentada – a Condsef acredita que, devido à preocupação causada pelo anúncio do governo, a paralisação alcance uma adesão “bastante significativa”, uma vez que as medidas preveem suspensão de concursos e a eliminação do chamado abono de permanência, concedido aos servidores que atingem condições para aposentadoria, mas continuam a trabalhar.

A entidade estima que atualmente há no país cerca de 101 mil servidores na ativa que já poderiam estar aposentados.”

(Agência Brasil)

Uece abre inscrições para a XX Semana Universitária

Uece_Fachada_2

Estão abertas as inscrições para as escolas de Ensino Médio que desejam oferecer aos alunos uma experiência que vai ajudar a decidir sobre o futuro. Durante a realização da XX Semana Universitária, que ocorrerá entre os dias 9 e 13 de novembro, a Universidade Estadual do Ceará (UECE), promoverá também, por meio da Pró-Reitoria de Políticas Estudantis (PRAE), a III Feira das Profissões. O evento acontecerá nos dias 10 e 11 de novembro, no Campus do Itaperi, das 8h30 às 12h e das 14h às 17h.

Os principais objetivos da Feira é contribuir para que os alunos de escola de Ensino Médio, pública e particular, e de cursos pré-vestibular conheçam a instituição onde poderão estudar no ensino superior, decidir que profissão escolher, esclarecendo dúvidas e fornecendo subsídios de como funcionam os cursos de graduação de uma universidade, e sobre a diversidade profissional, estimulando o interesse pela continuidade dos estudos.

Para inscrição das escolas, os responsáveis deverão acessar o site da Semana Universitária e realizar cadastro. A participação da escola será confirmada pela comissão organizadora do evento através de email. A Feira das Profissões da Uece conta com a parceria da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Mais informações: 85 3101-9680

16.09.2015

Adriana Rodrigues
Assessoria de Imprensa da Universidade Estadual do Ceará (Uece)

Domingo Neto: "Ronaldo tem ligação estreita com Guimarães e isso o impede de ir para o PSD"

 

DOMINGOS_NETO

"O prefeito Ronaldo tem uma ligação muito estreita com o deputado José Guimarães, do PT. Ele mesmo faz questão de dizer isso. Então não há lugar pra ele no PSD". A afirmação é do deputado federal Domingo Neto, cuja mãe é a prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, e presidente estadual do PSD.
Domingo Neto declarou suas palavras em entrevista à  Rádio Princesa do Crato  e disse ainda que Ronaldo teria sido levado ao PSD por lideranças próximas e amigas do PSD. "Mas como o prefeito diz que seu mentor é deputado Guimarães, isso fez com que nos aproximássemos do Ettienne Trezi, o "Gaúcho", que deve ser o presidente do diretório no Crato e no que depender de mim, será nosso candidato no Crato", completou Domingos Neto.
Na entrevista, o deputado disse que pretende fortalecer o PSD cratense com novas filiações e que até o final de outubro se reunirá com Gaúcho e junto devem fazer o lançamento de sua pré-candidatura.

flavio pinto

Novo show de Hamilton de Holanda chega ao Cineteatro São Luiz

 

A turnê nacional "Pelo Brasil" do premiado bandolinista Hamilton de Holanda chega ao Cineteatro São Luiz, neste domingo, 20/9, às 18h. Contemplado pelo programa Petrobras Cultural, o músico lança, simultaneamente no Brasil e na Europa, o disco homônimo à turnê. No mesmo dia, o equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) recebe uma programação especial. Às 10h, o São Luiz recebe a equipe da Rádio Universitária FM, que irá transmitir ao vivo o programa “Brasileirinho”, com entrada gratuita e participação de Hamilton de Holanda. Uma grande “Roda de Chorinho” em frente ao cineteatro na Praça do Ferreira, também gratuita e com apresentação e mediação do jornalista Nelson Augusto, acontece às 16h. Os ingressos para o show de Hamilton de Holanda estão à venda na bilheteria do Cineteatro São Luiz e no site no site Ingresso Rápido (https://www.ingressorapido.com.br/).Preços: Meia: R$20,00 e Inteira: R$40,00.

HamiltonIMG_1749

Com repertório baseado em composições autorais inéditas, em seu novo show solo, Hamilton de Holanda conduz o espectador por uma travessia musical interativa que exalta alguns dos ritmos brasileiros mais representativos, como o Choro, o Baião, o Maracatu, o Samba, o Bumba-meu-boi, a Moda de viola e o Chamamé. No show que chega ao São Luiz, o músico apresenta um espetáculo interativo que mistura música, textos e projeções.

Aliado ao show, o Cineteatro São Luiz receberá uma programação que acontece durante todo o domingo. Logo pela manhã, a partir de 10h, o equipamento, em parceria com a Rádio Universitária FM, irá transmitir ao vivo o programa “Brasileirinho”, que é dedicado à música, ao choro instrumental e cantado. Apresentado pelo jornalista Nelson Augusto, o programa traz gravações, apresentações ao vivo, informações e entrevista com grandes nomes do gênero. Na ocasião, o convidado especial da vez será o próprio bandolinista Halmilton de Holanda, que conversará com o jornalista sobre sua carreira e seu show que circula o País.

Antes do show do consagrado bandolinista, o São Luiz recebe, na praça do Ferreira, uma grande “Roda de Chorinho” comandada pelos músicos Tacírsio Sardinha (violão) e Carlinhos Patriolino (bandolim). Nelson Augusto, que também apresentará a atividade, explica que vários outros músicos estão sendo convidados. “Como numa roda de choro, a ideia dessa programação é abrir espaço para convidados. Iremos convidar vários músicos cearenses a participar dessa programação e aguardamos todos para ouvir a boa música embalada por um grande nome de destaque no Brasil, que é Hamilton de Holanda”.

Pelo Brasil

Até outubro, Hamilton de Holanda deve passar por 12 estados brasileiros, com sua turnê “Pelo Brasil”. "Meu objetivo com o show é poder levar minha música de forma mais acessível a todos os recantos possíveis. Estou muito feliz por este novo desafio. Ter o suporte do patrocínio da Petrobras para compor músicas inéditas e aproximar minha arte de ferramentas de entretenimento como projeção, cenografia, iluminação e poesia, tudo isso dentro de meu País, pra mim é um luxo. Poder ajudar a popularizar o conceito, assim como já acontece no exterior, de que é normal ir a um show solo de instrumentos fora do que é considerado padrão como o violão e o piano. Possibilita a expansão do horizonte da nossa tolerância, incentiva e promove em nosso país as diferentes manifestações culturais. Multiplicidade também é identidade.”, destaca o músico.

Com direção geral de Marcos Portinari, interferências sonoras de Frango Kaos, design de luz de Marina Stoll, imagens do VJ Boca e arte de Fernando Salles, PELO BRASIL é um espetáculo interativo que mistura música, textos e projeções, possibilitando ao espectador uma experiência íntima e singular, como no momento em que Hamilton toca com sua própria imagem de quando era uma criança de apenas 6 anos. Outro ponto alto é a criação ao vivo de uma música, uma espécie de mergulho ao interior da alma. Uma tela branca pintada pelo artista, desnudo, percorrendo na frente da plateia caminhos virgens a ambos, desmistificando na prática o processo de criação e tornando cada apresentação única.

Hamilton de Holanda, o “Jimi Hendrix” do bandolim

Transgressor do instrumento e criador de uma técnica revolucionária, o bandolinista contagia plateias em turnês por todo o mundo, construindo uma carreira de inúmeros prêmios, de uma música focada na beleza e na espontaneidade. Hamilton é um músico que une tradição e modernidade passando com tranquilidade pelas mais diferentes formações (solo, duo, quinteto, orquestra), consolidando, assim, uma maneira de expor ideias musicais e impressões sobre a vida com “o coração na ponta dos dedos.” Hamilton está em constante produção e enfileira 28 lançamentos em 18 anos de profissão. Ao lado de seu empresário/parceiro, Marcos Portinari, as ideias fervilham, fluem livremente, e os projetos não param. Eles estreiam “Pelo Brasil”, na sequência de três grandes lançamentos, ambos com sucesso de crítica e púbico: “Caprichos”, projeto solo que sintetiza seu trabalho como compositor, que foi indicado ao 15º Grammy Latino entre os melhores discos de música instrumental; “Bossa Negra”, parceria inédita com o cantor Diogo Nogueira, cotado entre os melhores trabalhos de 2014; e “Hamilton de Holanda e O Baile do Almeidinha”,fruto da gafieira contemporânea que há três anos ocupa o Circo Voador. Hamilton acaba de ganhar o Prêmio da Música em duas categorias com o disco “Trio”, ao lado de Thiago da Serrinha e André Vasconcellos.

SERVIÇO::

Programação Musical Especial do Cineteatro São Luiz

Data: Domingo (20/9)

10h às 12h - Transmissão ao vivo do Programa “Brasileirinho”, da Rádio Universitária FM, com o jornalista Nelson Augusto (Entrada: Gratuita)

16h - Rodas de Chorinho na Praça do Ferreira. Apresentação e mediação do jornalista Nelson Augusto (Entrada: Gratuita).

18h - Pelo Brasil - Turnê com Hamilton de Holanda Entrada: Meia: R$20 / Inteira: R$40. Classificação livre. Ingressos à venda na bilheteria do Cineteatro São Luiz e no site Ingresso Rápido (https://www.ingressorapido.com.br/).

 

Coordenação de Comunicação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará

Tem início reconhecimento da Festa do Pau da Bandeira de Barbalha

paudabandeiracapa

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) recebe nesta quinta (17), às 15h, a Proposta de Registro No 285/15, que reconhece a Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio de Barbalha (CE) como Patrimônio Imaterial brasileiro. A proposta é de autoria do deputado José Guimarães (PT), líder do governo, e foi encaminhada ao instituto por meio da Comissão de Cultura da Câmara Federal.
Após o envio da manifestação, a proposta será analisada por um Conselho Consultivo. Uma vez que a manifestação da cultura popular cearense tenha o registro concedido é reconhecida, formalmente, como parte do patrimônio brasileiro. Isso garante legitimidade e torna as políticas públicas mais acessíveis às comunidades e praticantes do bem.
A Festa do Pau da Bandeira já reuniu 350 mil em Barbalha, na região do Cariri, e homenageia o “Santo Casamenteiro”. O evento é composto por diversos momentos marcantes, como o corte de um enorme tronco de árvore nas imediações da Chapada do Araripe, a secagem da madeira e o transporte realizado por devotos do santo pelas ruas do centro da cidade.
Centenas de homens são necessários para a retirada e transporte do mastro de madeira. Ao final do cortejo, o Pau da Bandeira é fincada nas imediações da Igreja Matriz e retirar uma lasca do tronco é tido como uma simpatia. Na tradição, a mulher que tocar no pau da bandeira ou beber chá da casca do tronco conseguirá um companheiro em até um ano.

(Assessoria do deputado)

Exposição A Hora do Brasil no Cariri Garden Shopping

AHORADOBRASIL

 

Uma exposição que envolve criatividade, leveza, regionalismo está sendo realizada no Cariri Garden Shopping. A Hora do Brasil, permanece até o próximo dia 20 de setembro. A exposição vem sendo bastante admirada pela beleza dos modelos da coleção comandada pelo estilista Jum Nakao, que contou com cerca de 20 profissionais, entre estilistas, designers, costureiras, artesãos, instrutores e estudantes de moda do SENAC, no Ceará.
Ao todo, são 22 looks produzidos com elementos regionais como: couro, crochê, renda, corda e osso. A exposição ocorre das 10h às 22h, no Átrio do Cariri Garden Shopping. O projeto vem sendo realizado por meio do Senac Cariri, com a parceria do Cariri Garden Shopping. Os trabalhos são abertos à visitação do público.
“A Hora do Brasil” tem como tema central as riquezas do Nordeste. Desenvolvida, em tempo real, a coleção foi a grande atração do workshop ministrado pelo estilista Jum Nakao, como uma das ações do Dragão Pensando Moda 2012, oportunizando aos profissionais de moda uma rica experiência que aliou a teoria à prática.

(Assessoria do shopping)

Água deu, água levou - Por: Emerson Monteiro

Dentre as histórias que minha mãe contava, do tempo quando aprendia com sua avó o jeito de viver que aplicaria no decorrer de sua própria história, existem diversos provérbios os quais, à medida em recordava, pedia para os anotar e contar aos outros, ou escrevia, como quero fazer nesta oportunidade.

São brocardos populares cheios da sabedoria decantada dos tempos, alguns leves, engraçados; outros, no entanto, dotados de extremo rigor, como este que alerta sobre a malandragem dos varões para com as mulheres, num aviso de causar dó aos marmanjos irresponsáveis no trato com o sentimento alheio: Não confie em homem nem quando ele está dormindo. Os olhos estão fechados e as pestanas estão bulindo.

Nos cuidados financeiros necessários ao bem-viver social, há observações por demais pertinentes no que tange à relação com o dia de amanhã, tornada previdência útil a ordem capitalista de poupar a riqueza, sempre importante e válida: Cada qual faça por ter na bolsa quatro vinténs; no céu só entra que Deus quer, na Terra só vale quem tem. Ditado logo seguido de outro também versado nesse teor financeiro: Economize para ter e, quando tiver, economize se quiser.

Em filosofia prática e boa de exercitar, a memória acesa de minha mãe, em sua carga de experiências, trazia à boca palavras gravadas que servem de lição. E recordava dizeres do uso de seu pai, Antônio Bezerra Monteiro, exímio tocador de banjo nos festejos de Crato e nos brejos do pé da Serra. Dele me pediu que anotasse um dos chistes que gostava de dizer: Sou da lei da raposa, quando o Sol se põe ainda faço muita coisa. Ao contrário de outros, da lei da cotia, a quem, quando o Sol se põe, acabou-se o dia.

Vez por outra, ao deparar situações ocasionais, me vêm ao pensamento esses aforismos tradicionais, soltos na cabeça e preenchendo vazios de reflexão, a servir de alternativa no agir com o mínimo de senso. Nessas ocasiões, a voz de minha mãe parece dizer, ali perto, essas falas tiradas do baú das eras: Boa romaria faz quem na sua casa está em paz. De grão em grão a galinha enche o papo. Pelos santos se beijam os altares. Devagar se vai ao longe. Nem tudo o que reluz é ouro. Quem quer vai, quem não quer manda. Deus ajuda quem cedo madruga.

Nisso, as expressões matemáticas da vida surgem na forma de histórias pitorescas e moralistas, do tipo da que agora transcrevo em palavras textuais que dela ouvi.

Um português veio ao Brasil e aqui montou uma vacaria, passando a vender o leite que produzia misturado com a metade água. Algum tempo depois, retornava a Portugal, levando um macaquinho para mostrar ao povo de lá que ainda não conhecia o animal. Entre seus pertences, no navio em que viajava, transportava um saco cheio das moedas, fruto do apurado com a venda do leite. No decorrer da viagem, sem que notasse, o macaquinho deu de mão do saco e passou a jogar uma moeda no mar e devolver outra para o saco, até deixar só a metade das moedas. ‘Água deu, água levou’, assim pensou o homem quando viu o que sobrou da traquinagem do justiceiro simão.

Assim, de modo espontâneo, na didática da verdade, vem à tona o discurso informal das pessoas, restando aos que escutam usufruir o que a oralidade tão bem demonstra aos que querem ver.

SAÚDE DO CRATO EM FRANGALHOS - ( Médica dispensa paciente com crise hipertensiva sem nem examinar ) - Por: Valdemir Correia de Souza


Ao Blog do Crato,


Há cerca de uns 20 dias atras, meu filho Frederico sentiu uma grande dor no peito, e pediu que eu o levasse a um Hospital. Como o Hospital são Miguel é referencia em problemas cardiácos, conforme anuncia nas emissoras de radio, dirigi-me ao mesmo.Era 1:00 da manhã.Chegando lá, um porteiro atendeu, e disse que não podia atender o paciente, pois o Hospital estava lotado. Fui então para o Hospital S. Francisco, e chegando lá observei, que eles agora estão usando os mesmos sinais usados no transito, ou seja verde, amarelo e vermelho.No meu filho,  colocaram um amarelo, sinal que o caso não era muito grave. Depois de meia hora, mandaram
que o paciente entrasse.Eu não pude entrar.

Passados uns 10 minutos, um segurança, mandou que eu entrasse lá no local que meu filho estava sendo atendido.Então entrei no consultório uma senhorita muito sorridente, disse que eu podia levar o rapaz para casa, pois ele não tinha nenhuma doença.Então eu perguntei: Doutora a Sra. o examinou ? E ela disse, que não , pois somente pelo aspecto do rapaz, podia-se ver que ele não tinha nada. Então eu perguntei novamente: Doutora, a Sra. e médica ou é vidente? Ai ela disse porque a pergunta. Eu respondi que se ela somente ao olhar para um paciente vai logo falando que ele nada tem, só pode ser
vidente. Ai eu perguntei: A senhora mediu a pressão do mesmo? Não. Respondeu, que não nem
pressão nem fez o eletrocardiograma , pois os aparelhos estavam com defeito, mas que eu podia levar o paciente para casa, pois  só em olhar para o rapaz sabia que nada tinha.

Sai com muita raiva, depois de dizer umas verdades à mesma e fui para o Hospital são Raimundo.Lá também informaram que estava lotado, e eu tive que ir para o REGIONAL em Juazeiro do Norte, isto já às quatro horas da manhã, onde o rapaz foi internado com pressão alta ( Segundo informado por Valdemir numa conversa, chegou a 18/12 ), e permaneceu até quase ao meio dia.

Vejam bem, meus caros leitores do Blog, que se nos 3 hospitais do Crato não fomos atendidos
mesmo pagando, ou com plano de Saude, calcule um paciente dessasistido. Morre à mingua
sem ter para quem apelar. E como diz o Boris Casoy...Isto é uma vergonha !

Valdemir correia de souza 
Empresário





Cineasta Vladimir Carvalho é homenageado na abertura do Festival de Brasilia

O cineasta Vladimir Carvalho foi aplaudido de pé pelo público ao ser homenageado na noite de hoje (15) na abertura  do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, no Cine Brasília. Vladimir recebeu do governador do Distrito Federal (DF), Rodrigo Rollemberg, um prêmio do festival.

vlademir

O governador Rodrigo Rollemberg e os cineastas Vladimir Carvalho e Valter Carvalho durante a abertura do 48º Festival de Cinema. Vladimir foi um dos homenageadosFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

“Desembarquei em Brasília em 1964, entrei por essa porta [do Cine Brasília] com meu filme, e isso resultou numa aventura de 45 anos. Vim para ficar dois meses, e já estou há 45 anos. Não dá pra ficar aqui com hipocrisia, com falsa modéstia. Digo com toda sinceridade, sem pudor, e com humildade: eu mereço, Brasília! Obrigado!”

O longa que abriu o festival foi Um Filme de Cinema”, de Walter Carvalho, irmão de Vladimir. “Esta homenagem, com alma em festa e o coração aos pulos, coincide com a exibição do filme do meu irmão Walter Carvalho. O Walter tinha 1 ano de idade, quando nosso pai faleceu, e há uma diferença enorme de idade entre ele e eu, de 13 anos. E o pai que ele conheceu fui eu. Walter foi o filho que eu não tive”, disse Vladimir ao lado do irmão.

“A única coisa que posso dizer é que é uma satisfação muito grande quando você filma. Mas a satisfação maior é quando você entrega esse filme dentro de uma catedral, porque isso é uma catedral”, disse Walter antes da exibição de Um Filme de Cinema, que apresenta o ponto de vista de vários diretores, por exemplo, o ato de filmar, as diferentes estéticas e o que os motiva a fazer cinema.

 

Abertura do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro com homenagem a Vladimir Carvalho, seguida da exibição do longa Um Filme de Cinema, de Walter CarvalhoFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Um dos mais tradicionais festivais de cinema do país traz este ano para a mostra competitiva seis longas-metragens e 12 curtas e médias-metragens. “O público vai encontrar uma programação bastante diversificada. Não tem nenhuma tendência, cada filme é um filme, tem sua história, sua proposta. Tem filmes com um apelo de mercado, outros mais pra festivais, e muitas propostas inovadoras”, disse o coordenador do festival, Sérgio Fidalgo, à Agência Brasil.

Fidalgo destacou ainda um espaço reservado às coproduções brasileiras com outros países. Nesse sentido, o festival terá a mostra “Continente Compartilhado”. “A coprodução abre várias frentes em termos de complementação de recursos, de janelas de exibição. A gente vê o tanto que esses filmes estão sendo apresentados em outros países e nós queremos estimular isso, esse debate, para que os diretores percam esse receio, achando que é um bicho de sete cabeças”.

O primeiro longa da mostra competitiva, A Família Dionti, de Alan Minas, será exibido amanhã.   Nos dias seguintes o público poderá ver Fome, de Cristiano Burlan; Para Minha Amada Morta, de Aly Muritiba, Big Jato, de Cláudio Assis; Santoro – O Homem e Sua Música, de John Howard; e Prova de Coragem, de Roberto Gervitz. A programação completa pode ser vista no site do festival.

Agência Brasil

Orçamento 2016 – Governo manda informações complementares para o Congresso Nacional

Fotos produzidas pelo Senado

“O governo federal encaminhou hoje (15) ao Congresso Nacional informações complementares ao projeto de lei do Orçamento de 2016. O texto contém novas estimativas de despesas e receitas orçamentárias para o ano que vem. Ela foram estabelecidas ontem (14) no anúncio do corte de gastos e da proposta de criar um novo tributo nos moldes da antiga CPMF para custear o déficit na Previdência Social.

A mensagem presidencial está publicada no Diário Oficial da União de hoje. Como o documento é extenso, seu conteúdo foi encaminhado “exclusivamente em meio eletrônico”. A prática de produzir dados complementares não é incomum por parte do governo após o envio do Projeto de Lei do Orçamento Anual (PLOA). O pacote fiscal com o teor da proposta de emenda à Constituição que cria o novo tributo e as medidas provisórias prevendo os cortes de gastos ainda será enviado pelo governo ao Congresso.

Responsável pelo início da tramitação da peça orçamentária, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) adiou reunião que teria nesta tarde para quinta-feira (17), com a previsão de receber os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa, para ouvi-los sobre as medidas anunciadas.

Nessa segunda-feira, os ministros anunciaram um corte de R$ 26 bilhões e a proposta de criar receitas como a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), que proporcionará R$ 32 bilhões adicionais para o Orçamento de 2016.

Em conjunto, as medidas de receita devem proporcionar R$ 28,4 bilhões em arrecadação, já descontada previsão de queda de R$ 5,5 bilhões para o próximo ano. O governo anunciou ainda medidas para diminuição do gasto tributário, reduzindo ou retirando benefícios fiscais de empresas.”

(Agência Brasil

80% dos municípios do CE já atendidos por carros-pipas

[NREGIONAL - 4]  DIARIO/NREGIONAL/1_MATERIAL<NREG04> ... 16/09/15

Fortaleza A crise hídrica que assola o Ceará pelo quarto ano seguido fez com que aumentasse o número de municípios atendidos pelos carros-pipas. Até então, 109 estavam recebendo o socorro através do Exército. Hoje, já são 146.

O Comitê Integrado de Combate à Estiagem no Estado do Ceará incluiu, após reunião na última segunda-feira em Fortaleza, mais 37 municípios cearenses na lista daqueles que já são atendidos pela 'Operação Carro Pipa' da 10ª Região Militar. Dessa forma, quase 80% dos 184 municípios do Ceará (79,3%) já estão sendo atendidos por esse programa emergencial.

A 'Operação Carro Pipa', que é coordenada pelo Exército (Defesa Civil Nacional), agora alcançará 146 municípios (cerca 80% das comunas do Estado e exatamente na zona rural onde as carências são maiores). As áreas urbanas são atendidas pelos carros coordenados pela Defesa Civil Estadual.

A população atendida apenas com os atuais 109 municípios representa já quase um milhão de pessoas. Outros municípios, após formalizarem demandas (com atendimento pleno das exigências requeridas pelo programa) poderão também se beneficiar do serviço.

Entidades

O Comitê Integrado de Convivência com a Estiagem, criado em 2012 e coordenado pelo Governo do Estado do Ceará, é formado por várias entidades e órgãos ligados diretamente ou indiretamente às ações de atendimento hídrico e outros serviços sociais. Atualmente, o órgão é coordenado pelo secretário de Desenvolvimento Agrário do estado, Dedé Teixeira.

Colegiado

Conta ainda com representantes do Dnocs, Funasa, Conab, Ematerce, SRH/Sohidra/Cogerh, Defesa Civil, além de representantes dos municípios, como prefeitos e vereadores, e de comunidades de moradores e produtores rurais. As reuniões são abertas à participação de qualquer pessoa, com a finalidade de ouvir, discutir e encaminhar às diversas instâncias de solução as demandas das comunidades relativas às ações emergenciais de mitigação dos efeitos da estiagem que afeta o Ceará.

Mais informações:

Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA): Av. Bezerra de Menezes, 1820, São Gerardo

Fortaleza (CE) - (85) 3101.8002

Diario do Nordeste - Regional

Lei pode criar mais 14 municípios

centro

Fortaleza. A criação de novos municípios ganhou novo fôlego com articulações políticas no Brasil e no Ceará, a fim de aprovar uma emenda que estabeleça novos critérios para emancipação de distritos. O mais importante desses instrumentos é a emenda constitucional, que pode ser aprovada sem sanção presidencial. Com isso, 14 distritos se tornariam sedes municipais no Ceará.

 

O tema, que é recorrente, tem novo impulso com o encaminhamento do projeto-de-lei do senador Flexa Ribeiro (PSDB/PA), após a realização de um encontro realizado em Caucaia, em março passado. A reunião inspirou a elaboração de uma nova legislação, que contempla localidades com população acima de 12 mil habitantes. O projeto-de-lei foi aprovado pelo Senado e suscitou um novo encontro no Pará, nos dias 15 e 16 de agosto , no distrito no Mosqueiro, na Região Metropolitana de Belém.

Incessante

De lá para cá, o movimento no Ceará não cessou, conforme informou o presidente da Comissão de Criação de Novos Municípios, Estudos de Limites e Divisas Territoriais da Assembleia Legislativa, Luiz Carlos Mourão que afirma ser um compromisso da casa não apenas atender aos pleitos dos municipalistas, como resolver antigas pendências territoriais, que consistiriam em problemas sociais e econômicos para suas populações.

Paralela à matéria que tramita na Câmara Federal, também desde agosto vem sendo gestada a Proposta de Emenda Constitucional de (PEC), do deputado federal Danilo Forte (PSD/CE), que pode aprovar a emancipação de municípios sem depender da sanção presidencial.

Luiz Mourão lembra que a PEC é mais demorada, mas não dependeria da presidente Dilma Rousseff, que por duas vezes vetou iniciativa de criação de novos municípios.

No primeiro caso, o presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha se comprometeu em levar à votação ainda neste ano, e a matéria tramita em caráter de urgência, por requerimento do deputado federal Domingos Neto, filho do então presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho, autor de uma lei estadual para criar novos municípios, embora essa decisão deva ter respaldo na Constituição Federal, o que até o momento não existe.

Mourão lembra que o movimento corre em dois sentidos. O primeiro é fazer com que outros estados brasileiros criem federações para encaminhar seus pedidos de criação de novos municípios. O segundo é demonstrar que não há mais custos para o erário, uma vez que as cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) são para os estados, que devem distribuir por suas cidades, considerando igual quantitativo da receita.

Discussão

Esse não é o entendimento do economista Alex Araújo, que foi presidente do Iplance no primeiro governo de Tasso Jereissati. Ele lembra que não é de hoje os estudos sobre a sustentabilidade de criação de novos municípios, e as avaliações quase sempre apontam para mais aspectos negativos do que positivos. Segundo ele, existe sempre a tendência de que mais municípios fiquem dependentes do FPM.

Além disso, segundo Alex, há o contexto econômico atual que aponta para a falência das finanças públicas. Com a criação de mais municípios, são mais custos com pagamento de prefeitos, vices, vereadores, secretários e o custeio da máquina administrativa em cada cidade. Para ele, isso é algo não representa em melhoria de vida para as comunidades.

Araújo lembra que a discussão deve passar pelo pacto federativo. O argumento de que o o número populacional pode dar um maior status a um distrito, pode ser concebido com outros modelos, a exemplo de países como os Estados Unidos, França e Espanha, que dão atenção a essas questões adequando o nível de complexidades em vilas e condados.

Nepotismo

O deputado estadual Durval Ferraz também advoga contrário a esse anseio manifestado pelo legislativo estadual. Para ele, criar mais municípios é conceber mais cidades pobres. "Minha concepção é que a criação de novos municípios representa a criação de novas prefeituras, mais câmaras municipais, mais nepotismo e mais desvio de recursos públicos", afirma.

Mourão acredita que, mesmo num processo mais rápido- sendo que todos vão requerer um plebiscito- o Ceará pode passar dos atuais 184 para 198 municípios somente em 2020.

Mais informações:

Assembleia Legislativa do Ceará

Comissão de Novos Municípios

Telefone: (85). 3277.2500

IBGE

Telefone: (85) 3464-5342

Diario do Nordeste - Regional

Projeto de leitura é implantado em cidades do CearáInserir o título da postagem

Livro_1920x1200

Juazeiro do Norte. Envolver o maior número de pessoas em todo o território nacional em prol da leitura é a proposta do "Dia de Ler. Todo Dia!", programa a ser realizado no próximo dia 1º de outubro. No estado, os municípios de Acopiara, na Região Centro-Sul e Caucaia participarão do evento que abrange, ao todo, 211 cidades. Conforme a coordenação do evento, o intuito é "chamar a atenção de pais, professores, governantes e da sociedade como um todo para a importância do ato de ler".

A dinâmica da mobilização para o dia 1º de outubro é uma maratona de 12 horas de duração, envolvendo quaisquer tipos de leituras. A proposta surge diante de um quadro preocupante. A população brasileira não possui o hábito da leitura, quando comparada com leitores de outros países.

A secretária de Educação de Acopiara, Luiza Aurélia Costa dos Santos Teixeira, conta que o município já realiza, desde 2013, o projeto "Nas ondas da Leitura", que abrange 3.200 alunos entre o 5º e 9º ano das escolas municipais. A professora ressalta a preocupação do município em incentivar a leitura e destaca a importância de campanhas em nível nacional.

"É de suma importância que cada vez mais a leitura seja incentivada, não somente entre as crianças. Com quase seis mil municípios, apenas 211 estão participando, até agora, o que mostra um descaso com a leitura", observa. A titular da pasta diz que a meta é atingir 10 mil acopiarenses no próximo dia 1º.

O projeto local lançou, no ano passado, um livro na bienal. A obra "História e lendas de Acopiara" foi produzida pelos alunos ao longo de 2014. É uma releitura feita pelos estudantes de casos narrados por familiares sobre a cidade em que vivem. No fim deste ano, um segundo livro, com o titulo "Sonhar é preciso", será lançado, também com dois mil exemplares.

Surgimento

O programa surgiu em março deste ano, na cidade de Barueri, São Paulo. A intenção inicial era sensibilizar a sociedade para uma estatística incômoda. O brasileiro lê, em média, quatro livros por ano, sendo que apenas 1,5 livro é lido por inteiro. O resultado é sentido no ranking internacional dos exames que avaliam desempenho dos alunos brasileiros, como o Pisa, onde o Brasil ocupa as últimas colocações.

Na edição paulista, 93 mil pessoas, incluindo crianças não alfabetizadas, participaram de sessões de leitura, como ouvintes ou leitores. A experiência foi tão bem-sucedida que se decidiu por uma edição nacional. A coordenação do projeto afirma que não tem sido fácil conseguir uma forma de contato com os serviços municipais de educação e de cultura para que somem esforços pela leitura.

Os municípios podem se inscrever através do site www.diadelertododia.com, até o dia 30 de setembro.

Diario do Nordeste - Regional


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30