xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/08/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 agosto 2015

Movimentos sociais lançam campanha de protesto contra Olimpíadas de 2016

olimpiada-para-quem-

Para marcar a contagem regressiva de um ano para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, movimentos sociais lançaram a campanha Olimpíada para Quem?, em protesto contra supostos abusos e violações de direitos por parte do poder público e econômico. As Olimpíadas serão realizadas de 5 a 21 de agosto do ano que vem.

Cerca de 100 pessoas fizeram ontem (5) um ato em frente à prefeitura para marcar o dia e depois caminharam até a sede do Comitê Rio 2016, ambas na Cidade Nova, centro do Rio. Com uma jornada de lutas que envolve lançamento de dossiês, plenárias, festivais e atos, são colocados 16 pontos para construir “um outro Rio 2016”.

Segundo Mariana Werneck, pesquisadora do Observatório das Metrópoles e integrante do Comitê Popular Rio Copa e Olimpíada, os pontos discutem o modelo de cidade que está sendo construída “a pretexto da Copa em 2014 e das olimpíadas em 2016”. “A zona portuária é uma mega-área que está sendo apropriada pela Concessionária Porto Novo. Na Barra da Tijuca, o Parque Olímpico também está sendo entregue para a iniciativa privada por meio de outra PPP [parceria público-privada]. Isso tudo traz efeitos sobre a cidade. Remoções, camelôs impedidos de trabalhar, greve dos garis, despoluição da Baía de Guanabara, o escândalo do campo de golfe. É uma série de pautas que  estamos trabalhando ao longo de anos para a construção de uma massa crítica a respeito desse evento”, disse Mariana.

De acordo com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro, a recuperação da área envolve diversos projetos sociais, como o Porto Maravilha Cultural, que já destinou R$ 105 milhões para a valorização do patrimônio material e imaterial; e o Porto Maravilha Cidadão, que “procura preparar os moradores para a nova dinâmica social que está surgindo na região”, com a oferta de capacitação e apoio para novos empreendedores e cursos profissionalizantes.

Entre as reivindicações dos movimentos sociais estão a popularização do Maracanã; a reabertura do Estádio de Atletismo Célio de Barros e do Parque Aquático Júlio Delamare; transporte público de qualidade e com tarifa zero; e o fim da violência policial. Mariana informou que, para sábado (8), está marcada uma barqueata no Flamengo e que, no dia 25, será lançado um dossiê sobre a falta de legado esportivo na cidade.

“Isso é colocado como uma bandeira por quem defende as Olimpíadas, mas a gente vê que, na verdade, não existe legado nenhum. Os equipamentos esportivos estão sendo privatizados e nossos atletas estão treinando fora, nos Estados Unidos ou outros países”, argumentou Mariana.

Na apresentação do legado olímpico, na semana passada, o secretário de Governo da Prefeitura do Rio, Pedro Paulo Carvalho, garantiu que os equipamentos construídos para os Jogos de 2016 ficarão para uso da população, sendo que uma parte do Parque da Barra será desmontada e reutilizada na construção de quatro escolas públicas.
O ato que lançou o ano de mobilização reuniu principalmente camelôs e moradores da Vila Autódromo. Ex-moradora da comunidade, Inalva Mendes Brito conta que foi obrigada a deixar sua casa, mas que ainda há resistência na comunidade que fica perto da futura Vila Olímpica.

A Subprefeitura da Barra e Jacarepaguá informa que praticamente todas as famílias que estavam no traçado das obras na Vila Autódromo já se mudaram e que 145 que não precisariam sair procuraram a prefeitura para deixar a comunidade. “Todos os moradores tiveram opção de escolher uma unidade no empreendimento Parque Carioca, do Programa Minha Casa Minha Vida na Estrada dos Bandeirantes, a 1 quilômetro de distância da Vila Autódromo, ou indenização”. Os que ainda permanecem aguardam decisão judicial.

A coordenadora do Movimento Unido dos Camelôs (Muca), Maria de Lourdes, lembrou que a repressão à categoria começou na época dos Jogos Pan-Americanos, em 2007, e que a situação está cada vez pior. “Estão fazendo apreensão de mercadoria sem dar o auto de apreensão e deixando as pessoas falidas, pois apreendem dentro dos depósitos”.

De acordo com Maria de Lourdes, os ambulantes não estão conseguindo reaver suas mercadorias apreendidas, mesmo que apresentem nota fiscal, e os depósitos utilizados por eles são clandestinos porque a prefeitura não autorizou o funcionamento de nenhum.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública informa que as apreensões seguem o Código de Posturas Municipais e a Lei nº 1.876, de 1992. “Só pode exercer o comércio ambulante aquele que tem autorização da Prefeitura. Aquele que exerce a atividade sem autorização está ilegal e sujeito à fiscalização, inclusive com apreensão da mercadoria.”

Segundo a secretaria, para reaver as mercadorias apreendidas, o responsável deve apresentar, no depósito da Secretaria Municipal da Fazenda, nota fiscal, identidade, CPF e comprovante de residência. Aí será feita a análise do pedido. O material não reclamado pode ser doado, destruído ou vendidos em leilão após três dias úteis.

Agência Brasil

Inep lança portal para explicar resultado da Prova Brasil

 

inep

Portal permite saber exatamente o que ocorre em sala de aula, diz o ministro Renato JanineAntonio Cruz/ABr

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) lançou hoje (6) um portal na internet que “traduz” em liguagem pedagógica os resultados da Prova Brasil, principal exame para avaliar qualidade da educação básica do país.

A plataforma Devolutivas Pedagógicas disponibiliza os itens da prova, incluindo comentários e explicações sobre o que o aluno errou ou acertou. Ela explica os objetivos curriculares das questões da Prova Brasil e os conhecimentos e habilidades necessários para o aluno respondê-las corretamente.

“Antes, estávamos muito ligados à medida, ao número. Com essa plataforma, damos um passo importante para transformar o número em algo curricular, que possa ser utilizado em sala de aula. É o encontro entre a medida e a relevância pedagógica”, explicou o presidente do Inep, Francisco Soares.

Com a ferramenta, é possível selecionar a escola e visualizar em um gráfico a distribuição dos alunos nos níveis de eficiência de cada área ou etapa avaliada. Também é possível comparar a distribuição à de escolas similares, além de contextualizar fatores como os níveis socioeconômico e de formação dos docentes.

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, destacou que o portal permite saber exatamente o que se passa em sala de aula. “Os professores e gestores podem ver o que está dando certo ou errado em sua escola. Checar com outras escolas, repartir experiências, avaliar práticas que mais dão certo”, acrescentou.

A Prova Brasil é aplicada aos alunos de 5º e 9º anos do ensino fundamental. A avaliação é um dos componentes do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), além de fornecer dados de aprovação escolar. Até hoje, o Inep divulgava os resultados do exame apenas em números, sem contextualização pedagógica.

“Estamos preocupados em que professor entenda quais conhecimentos e habilidades o aluno precisa dominar. O foco agora é o que significa o número no currículo”, concluiu o presidente do Inep.

Editor Armando Cardoso

Da Agência Brasil

Economistas apontam irresponsabilidade do Congresso ao aprovar aumento de gastos

Economistas

A aprovação recente de medidas que aumentam os gastos públicos num ano de crise econômica representa um descompromisso do Congresso Nacional com a realidade do país. Segundo economistas ouvidos pela Agência Brasil, os parlamentares estão pondo disputas políticos à frente dos interesses do país.

Ontem (5) à noite, a Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que vincula o salário de advogados públicos e de delegados de polícia à remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal. O texto estabelece 90,25% do salário dos ministros do STF como a maior remuneração de cada carreira.

De acordo com o Ministério do Planejamento, a proposta terá impacto de R$ 2,4 bilhões nos cofres federais em 2015. A partir de 2016, o impacto aumenta para R$ 9,9 bilhões ao ano. Para os economistas, essa despesa é insustentável em um momento de queda da arrecadação que obrigou o governo a reduzir a meta de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida pública.

“Sob qualquer ponto de vista, o Congresso está sendo, no mínimo, irresponsável. O que está em disputa não é a questão fiscal, mas uma disputa política para aprovar propostas que aumentem o desgaste do governo. Um dos ingredientes é aprovar um conjunto de condições fiscais que inviabilizam qualquer governo”, dissse o professor Francisco Lopreato, especialista em política fiscal da Universidade de Campinas.

Doutora em economia pela Fundação Getulio Vargas, Virene Matesco também reprova a postura do Congresso, ao não levar em conta as dificuldades fiscais do país. “Quando o Congresso se predispõe a atacar pessoalmente um presidente, mostra que não trabalha para a população, nem representa o povo que o elegeu. A solvência do país tem de estar acima de quaisquer interesses partidários”, afirmou.

Quanto ao quadro econômico atual, os economistas consideram que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, rendeu-se à realidade ao reduzir de 1,1% para 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) a meta de superávit primário. Para eles, a recente atuação do Congresso agrava as dificuldades fiscais do país, que enfrenta queda de arrecadação por causa da contração da economia.

“Mesmo com a incapacidade de cortar gastos, o ministro Levy precisa passar ideia de que há comprometimento em manter as finanças em ordem. A ajuda do Congresso é importante para isso”, afirmou Virene.

Segundo a economista, a articulação política seria importante para mostrar empenho em aprovar projetos que aumentariam as receitas do governo, como a repatriação de recursos enviados legalmente ao exterior e a redução da desoneração da folha de pagamentos.

Para Virene, a diminuição do esforço fiscal representou um sinal de transparência de Levy, que reconheceu rapidamente as dificuldades em executar o ajuste inicialmente prometido. Ela diz que o Congresso deveria atuar como parceiro, não como adversário da equipe econômica.

“O governo tem margem pequena para cortar gastos e precisa do apoio do Congresso para diminuir despesas obrigatórias. Se a receita está caindo de um lado, por outro, o revanchismo dos parlamentares complica ainda mais o ajuste fiscal”, concluiu.

Agência Brasil

Lucro da Petrobras diminui 90% no segundo trimestre e chega a R$ 531 milhões

PETROBRAS/ESPIONAGEM

A Petrobras registrou lucro líquido de R$ 531 milhões no segundo trimestre deste ano. O resultado, de acordo com a companhia, é 90% inferior ao do período anterior e reflete maiores despesas operacionais que compensaram o aumento do lucro bruto.

O resultado operacional ficou em R$ 9,5 bilhões, o que representa 29% menos que no trimestre anterior. A Petrobras informou que o valor, em parte, é em função do reconhecimento de despesa tributária de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de R$ 3,1 bilhões.

O detalhamento dos resultados está sendo divulgado agora na sede da empresa, no centro do Rio.

No primeiro trimestre deste ano, a Petrobras registrou lucro líquido de R$ 5,3 bilhões. O valor foi 1% inferior ao obtido no mesmo período do ano passado.

De acordo com a companhia, o resultado refletiu o aumento da despesa financeira líquida da companhia, principalmente, em função da depreciação do real em relação ao dólar.

No primeiro semestre, o lucro líquido chegou a R$ 5,9 bilhões, representando queda de 43% em relação ao mesmo período do ano passado. A empresa informou que o aumento de despesas financeiras líquidas e o reconhecimento de despesa tributária de IOF influenciaram o desempenho.

Já o lucro operacional no mesmo período atingiu R$ 22,8 bilhões, uma elevação de 39% na comparação com o primeiro semestre de 2014.

O presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, disse que, dadas as condições de mercado, não há perspetiva de aumento nos preços dos combustíveis, mas não descartou uma elevação caso mudem as condições. "Não posso fazer futurologia sobre o preço", afirmou.

Bendine acrescentou que 2015 ainda é um ano de ajustes para a Petrobras. "Queremos deixar a companhia saneada, com seus passivos e tudo que tem de enfrentar", concluiu.

Agência Brasil

Jogador pentacampeão Roberto Carlos visita as estruturas do Centro de Formação Olímpica do Nordeste

 

robertocarlosjogador"Esta é a melhor estrutura olímpica que já vi em todas as cidades que já passei. Com essa estrutura, ao invés de irmos para o exterior, que os atletas estrangeiros possam vir para cá, pois temos uma estrutura de primeiro mundo”, destacou o pentacampeão mundial Roberto Carlos durante sua visita, na manhã desta quinta-feira (6), às instalações do Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO). Guiado pelo secretário do Esporte, Jeová Mota, o atleta conheceu as estruturas, passando pelas principais instalações, alojamentos e locais de treinamentos das diversas modalidades.

Com uma área total de 85.922,12m², sendo 45.117,87m² de área construída, o projeto da praça esportiva cearense faz parte do legado dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, fazendo parte da Rede Nacional de Treinamento, que vem sendo estruturada pelo Ministério do Esporte. “Ter um atleta desta referência visitando, gabaritando e divulgando para o mundo nossas instalações é de grande relevância para o Estado. Nós, que estamos sempre por aqui, já sabemos da grandiosidade que tem este equipamento, mas ver alguém de fora – com suas referências e experiências – destacando o valor cultural, esportivo e educacional do CFO, valida os trabalhos do Governo do Estado”, comentou o secretário Jeová Mota.

RcastelãoCFO3O Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO), que está sendo construído em frente à Arena Castelão, em Fortaleza, teve o início de sua obra 14 de agosto de 2013, com o valor total do investimento de R$ 250,4 milhões, sendo gerados 1.123 empregos. Com previsão de entrega em setembro, o equipamento vai receber os Jogos Escolares da Juventude, que deve reunir mais de 4 mil atletas na Capital. Para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, o complexo será usado como base para delegações estrangeiras no período de aclimatação.

Somado ao Castelão, o CFO formará o maior complexo desportivo do País, abrigando 26 modalidades olímpicas e paraolímpicas: atletismo, natação, badminton, nado sincronizado, basquete, pentatlo moderno, boxe, rúgbi, ciclismo, tênis, handebol, taekwondô, esgrima, tênis de mesa, futebol, tiro com arco, ginástica, triatlo, levantamento de peso, voleibol, hóquei sobre grama, vôlei de praia, judô, polo aquático, lutas e saltos ornamentais; além de futsal e caratê.

RcfointImpressionado com a grandiosidade do equipamento, o jogador e treinador Roberto Carlos enfatizou a necessidade do poder público em apoiar os esportes. “Ver que o Estado tem se preocupado e colocado em suas políticas públicas a importância do esporte para a socialização, educação e desenvolvimento das crianças e jovens do Brasil, faz com que o trabalho feito por nós, profissionais, até aqui não está sendo em vão”, disse o jogador que anunciou sua ida para o indiano Delhi Dynamos.

Calçada da Fama (Foot Fame)

RvisitaCFONa ocasião, o lateral-esquerda da Seleção Brasileira pentacampeã também recebeu uma homenagem na Calçada da Fama (Foot Fame), no Museu da Arena Castelão. O jogador foi eternizado em uma estrutura de gesso dourada, por suas atuações como lateral pela camisa da Seleção nas Copas do Mundo (2002), Confederações (1997) e a América (1997 e 1999). Além de ter recebido diversos títulos de destaque pela Champions League (1997-98, 1999-00, 2001-02), Mundial de Clubes (1998 e 2002) e o Campeonato Espanhol (1996-97, 2000-01, 2002-03, 2006-07), ambos pelo Real Madrid, além do Campeonato Brasileiro (1993 e 1994), defendendo o Palmeiras. Anteriormente do seu anúncio ao time indiano, o brasileiro chegou a atuar e treinar o Anzhi Makhachkala entre 2011 e 2012.

Também foram homenageados os ex-jogadores Geraldino Saravá – maior artilheiro da história do Castelão, com 98 gols -, Erandyr Montenegro – responsável pelo primeiro gol do Castelão – e Francisco Nunes “Pacoti” Rodrigues, por suas contribuições ao esporte do Estado.

Foto: Ariel Gomes

 

Governo do Estado do Ceará
Coordenadoria de  Imprensa - Casa Civil

Governador lança “Pacto por um Ceará Pacífico” nesta sexta-feira (7)

cearapascifico

O DNA da gestão do governador Camilo Santana será impresso definitivamente no campo das políticas públicas do Ceará a partir desta sexta-feira (7). O Palácio da Abolição vai sediar, às 10 horas, o lançamento do Pacto por um Ceará Pacífico, ação intersetorial na área de segurança pública inserida no âmbito do Plano de Governo “Sete Cearás”.

A cerimônia vai contar com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e a assinatura de uma série de ações e protocolos para a construção do Pacto por um Ceará Pacífico, como o Decreto que institui o programa, o Termo de Adesão e o Termo de Compromisso Social para a instalação do primeiro território de atuação, o bairro Vicente Pinzon, em Fortaleza. De mãos dadas com Camilo Santana e o secretariado do Governo, entram em ação parceiros como o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, o Ministério Público, a Assembleia Legislativa, prefeitos e autoridades municipais, sociedade civil organizada e iniciativa privada.

As entidades integram o comitê permanente de acompanhamento, monitoramento e orientação das políticas públicas. A instância terá papel fundamental na "internalização" do planejamento participativo e no fortalecimento da cultura intersetorial. É uma estratégia concreta para melhorar os processos de tomadas de decisão, manter o foco na agenda construída publicamente e atingir os resultados programados sem desperdício de recursos.

"Desejo que abracemos essa questão da violência. Nós não vamos avançar se não houver a participação de todos. O importante é fazer algo focado nesse momento e envolvendo a comunidade. Se não fizermos contato direto com a comunidade, não funciona", aponta o governador Camilo Santana.

Os “Sete Cearás”

O programa faz parte da elaboração do Plano de Governo pautado pelo diálogo com diversos segmentos da sociedade antes mesmo da posse de Camilo Santana. Um dos grandes momentos dessa construção em conjunto foi o Seminário de Validação e Consolidação das Propostas do Plano de Governo, realizado entre 2 e 4 de dezembro do ano passado. Na ocasião, 1.300 cidadãos debateram temas importantes para a gestão, validando e sintetizando propostas do documento preliminar; apontando ações para o primeiro ano e sugerindo as que compõem o Plano Plurianual.

Os debates deram vida, além do Ceará Pacífico, a outras seis linhas de atuação do Governo: o Ceará Sustentável, de Oportunidades, o Democrático, o Acolhedor, o do Conhecimento e o Saudável. Em todos está inserida a marca da intersetorialidade e participação ativa como a melhor forma de comprometer os indivíduos e governos com objetivos e resultados de interesse público.

O Ceará Pacífico

Coordenado pela vice-governadora Izolda Cela, o Ceará Pacífico abrange programas, projetos e ações voltadas para a prevenção da violência e redução da criminalidade. Com o objetivo de construir uma cultura de paz em todo o território cearense, vai operar a partir de políticas públicas interinstitucionais de prevenção social e segurança pública. A meta é a melhoria do contexto urbano, por meio de ações que possibilitem o monitoramento e a avaliação contínua da sociedade, criando as condições de acolhimento das populações mais vulneráveis e o enfrentamento da violência.

O eixo de atuação do Ceará Pacífico é a atuação integrada e compartilhada dos órgãos e entidades públicos estaduais, municipais e federais, junto da sociedade civil. O Pacto será realizado a partir de atividades conjuntas nas áreas de Segurança Pública e Defesa Social, Justiça e Cidadania, Direitos Humanos, Educação, Ciência e Tecnologia, Saúde, Politica sobre Drogas, Cultura, Esporte, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, e Juventude.

“Foi um compromisso meu abraçar e cuidar especialmente da segurança pública do Estado. Sei que é um trabalho árduo e difícil, mas temos esse grande desafio de enfrentarmos a questão da violência e garantir mais tranquilidade para o povo cearense. O Ceará é conhecido como 'Terra da Luz' e o meu desejo é que o nosso Estado também seja conhecido como 'Terra da Paz', pois nós somos conhecidos como um povo pacífico, trabalhador e acolhedor”, destaca Camilo Santana.

Comunidades Indígenas e Conselhos Comunitários

Durante o evento, também será realizada a Assinatura do Acordo de Terras dos Índios Tapeba de Caucaia, que trata de 5.780 hectares de área negociada entre a Funai e o Ministério da Justiça, e a Assinatura de Portaria Declaratória da Terra Indígena Tremembé da Barra do Mundaú, em Itapipoca, também pelo MJ. No fim da solenidade serão empossados ainda 300 conselheiros integrantes dos Conselhos Comunitários de Defesa Social.

Serviço

Lançamento do Ceará Pacífico

Local: Palácio da Abolição (Rua Silva Paulet, 400, Meireles)

Quando: 7/8 (sexta-feira)

Horário: 10h

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

Geo oficinas em Santana do Cariri

santana_do_cariri

Santana do Cariri. A Universidade do Rio de Janeiro (União) realiza projeto de capacitação neste município. Uma equipe de técnicos especializados está promovendo as Geo Oficinas de réplicas de fósseis nas Escolas.

A primeira unidade a ser atendida foi a rede estadual no colégio Adrião do Vale Nuvens. Na ocasião, houve um treinamento para cerca de 40 alunos. Além disso, nas dependências da Câmara Municipal, aconteceu a capacitação com parte teórica e prática para professores da rede pública e particular além de ONGs do município.

O projeto Geo Oficina objetiva instigar o interesse dos alunos, professores e instituições educacionais para a Paleontologia e Geologiacriando criando um espaço para discussão e troca de experiências, através da confecção de material para uso didático e paradidático, sobre esses temas. Para a pesquisadora Deusana Machado da Unirio, coordenadora do projeto, "as oficinas proporcionam uma nova didática de como se trabalhar a paleontologia com os alunos, principalmente em Santana do Cariri.

Já para Ypsilon Félix, coordenador local do projeto, as geo-oficinas iniciam um longo trabalho que deverá ser feito no território do Geoparque Araripe, buscando promover e capacitar as pessoas deste território, para que elas valorizem mais o sentimento de valor em relação a todo este patrimônio do Araripe.

Diario do Nordeste - Regional

Padre Ibiapina é centro de debates

PadreIbiapina

Missão Velha. O II Seminário Nacional Padre Ibiapina foi aberto oficialmente, ontem, na igreja matriz deste município, data de nascimento do religioso. Neste ano, o seminário aborda o tema "150 anos de ações missionárias no Cariri cearense". Por ter iniciado seu apostolado na região do Cariri em Missão Velha, a cidade foi escolhida para abrir o seminário que reunirá diversos estudiosos do assunto.

Durante os três dias de evento, que se estende até amanhã, serão apresentados diversos estudos acerca do trabalho desenvolvido na região pelo padre e sua repercussão. Os debates acontecem no auditório da Fundação Padre Ibiapina, em Crato, onde serão realizadas mesas redondas, grupos de trabalho e apresentações.

A professora Fátima Pinho, do Departamento de História da Universidade Regional do Cariri (URCA), e da equipe organizadora do evento, explica que a programação dos dois primeiros dias terá temas relacionados às casas de caridade e o seu papel como elemento de intervenção social. "Teremos oito grupos de estudos com os mais variados enfoques, três mesas redondas, palestras, lançamentos de livros e exibições de filmes", acrescenta Fátima. Amanhã, acontecem as visitas guiadas ao Caldas, em Barbalha.

Fátima lembra que o Padre Ibiapina tinha um carinho especial pelo local, o qual considerada "as águas de Caldas milagrosas". No jornal que ele editava, A Voz da Religião, relatava casos de curas das pessoas que se banhavam no local. Ele orientava as pessoas a tomarem banho nas águas "cálidas de Barbalha", hoje o Caldas. Os espaços considerados sagrados em Juazeiro do Norte serão visitados neste mesmo dia.

História

O religioso nasceu em Sobral. Foi advogado e atuou durante algum tempo na área. Ordenou-se padre de forma especial, porque ele não precisou fazer o seminário secular.

Após a sua ordenação, passou a exercer uma ação diferente dos padres da época. Iniciou suas missões pelo interior do Nordeste, pregando oração e trabalho religioso.

Essa filosofia apostólica chegou a ser incorporada pelo Padre Cícero. Ibiapina iniciou suas missões no Cariri em 1864.

No Cariri, fundou quatro casas de caridade, nas cidades de Crato, onde ainda há a edificação, Barbalha, Missão Velha e Milagres. Esses locais acolhiam órfãos e viúvas, chegando a funcionar até como hospitais. O edifício no Crato foi construído em 1870.

Diario do Nordeste - Regional

Servidores estão em greve há 50 dias em Várzea Alegre

[NREGIONAL - 3]  DIARIO/NREGIONAL/1_MATERIAL<NREG03> ... 06/08/15

Várzea Alegre. Já dura 50 dias a greve dos servidores públicos deste município. Auxiliares de serviços gerais, merendeiras e vigias reivindicam melhores condições de trabalho e reajuste salarial. Segundo a líder grevista Luíza Adeiuza Clementino de Souza, a paralisação já atinge mais de 50% da classe. "Ao todo, 168 servidores aderiram à greve. É uma luta que a cada dia vem sendo encorpada, estamos firmes nas nossas reivindicações", disse.

Na manhã de ontem, os grevistas participaram de audiência com representantes da prefeitura para debater as pautas. Um dos pontos discutidos foi o corte no salário dos servidores paralisados. No último dia 23, o prefeito Francisco Vanderlei de Sousa Freire (PSD) tinha assinado ofício que determinava "desconto nos salários dos servidores grevistas, tendo em vista a ausência de serviço prestado ao município", disse.

Os grevistas, por meio de um advogado, conseguiram requerer junto à justiça a reposição do valor cortado, referente ao tempo de paralisação. De acordo com Adeiuza, o pagamento será efetivado até a próxima segunda-feira, dia 10. Outra reivindicação é a criação de Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR).

"As escolas, creches e postos de saúdes estão prejudicados com a paralisação. No entanto, contamos com o apoio maciço da população que entende nossa luta por melhores salários e condição de trabalho", ressaltou Luíza Souza, ao finalizar dizendo que "cerca de 300 profissionais recebem ordenado inferior ao mínimo nacional".

A chefe de gabinete, Adriana Suaid, explica que os servidores cujos vencimentos estão abaixo do mínimo são referentes a carga horária. "Na verdade, são 278 servidores que trabalham 4h/dia e, portanto, recebem equivalentes ao tempo trabalhado", afirmou. Quanto as demais reivindicações, Suaid salientou que "a prefeitura, por hora, não tem como arcar com os valores pedidos". Ela ressalta, porém, que uma comissão será formada através da Secretária de Finanças do município para promover um estudo detalhado e avaliar o impacto financeiro caso as reivindicações sejam atendidas em sua totalidade.

Cortes

O prefeito anunciou, no começo da semana, cortes de despesas como forma racionalizar recursos públicos financeiros. Segundo o gestor, "a medida foi tomada após reunião com secretários e subsecretários, em detrimento da situação econômica do município e as condições financeiras da prefeitura".

O secretário de Finanças da prefeitura, Dakson Aquino, lembrou "que a cidade de Juazeiro do Norte, com mais condições de arrecadação, está promovendo cortes de centenas de servidores para manter sua folha de pagamento. Não chegamos a esse ponto ainda, mas talvez seja necessário". De acordo com relatórios do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), dos 184 municípios cearenses, apenas 29 não tinham atrasado folha de pagamento e os demais tinham pelo menos um mês de atraso. "Várzea Alegre está entre estes municípios que vêm conseguindo manter a falha de pagamento em dia", garantiu Aquino.

O prefeito assinou portaria que corta as horas extras e a concessão de diárias. Ele cobrou dos secretários que ajustem suas equipes nas secretarias para darem conta do trabalho sem a necessidade de fazerem horas extras. A gestão tem detalhado que atualmente Várzea Alegre paga uma conta de energia estimada em R$ 300 mil, cerca de R$ 15 mil com consumo de água e outros de R$ 40 mil referentes a conta de telefone.

André Costa

Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Radialista executado quando apresentava programa em Camocim

 

 

radialista_camocim_facebook

Foto: Facebook

O assassinato do radialista Gleydson Carvalho, morto a tiros dentro do estúdio da Rádio Liberdade, de Camocim, na Região Norte do Ceará, ganhou repercussão nacional. Vários sites e canais de notícias divulgaram o crime ocorrido no início da tarde desta quinta-feira (6). O radialista era contumaz em fazer críticas a políticos da região.
Gleydson Carvalho foi baleado enquanto trabalhava por dois homens que invadiram o estúdio e fizeram os disparos. O radialista ainda chegou a ser socorrido para o hospital, mas já teria chegado morto. Os executores fugiram e estão sendo procurados pela Polícia.
No final desta tarde, dois homens chegaram a ser levados para a delegacia, mas até o início da noite desta quinta-feira (6), a Polícia não confirmou uma possível participação deles no homicídio.
A Polícia ainda não sabe a motivação do crime.

flavio pinto

Secretaria de Saúde emite nota de esclarecimento sobre apreensão de medicamentos

medicamentoscrato

Sobre a apreensão de medicamentos realizada no depósito da Secretaria de Saúde do Crato, o secretário Lucimilton Macêdo, enviou a esse blog o seguinte esclarecimento:
NOTA DE ESCLARECIMENTO
"O secretário de Saúde do Crato, Lucimilton Macêdo, esclarece que a medicação apreendida nesta quarta-feira, 5, na Sede da Secretaria de Saúde do Crato, não se encontra fora dos padrões para a quantidade encontrada no depósito da secretaria. Está dentro dos procedimentos normais que são realizados pela pasta, todos os meses. O Ministério Público e a Polícia Civil, por meio de informações encaminhadas por vereadores, foram até o local e recolheram os produtos para averiguação.
Em todo o momento, o trabalho contou com o acompanhamento da coordenação farmacêutica responsável e do próprio secretário, que ainda ressalta ser um volume maior agora, por conta de um acúmulo de três meses. O motivo, conforme Lucimilton, foi em razão da suspensão no processo licitatório, para contratação da empresa responsável pela coleta e incineração dos remédios vencidos.
Além disso, ele destacou os cuidados em não deixar que a medicação vencida seja repassada para a população. São remédios que deveriam ser recolhidos nos três últimos meses, além daqueles do mês de agosto, como forma de prevenção para que nenhum cidadão receba medicamentos fora do prazo de validade. “É um volume considerado normal, para uma cidade do porte do Crato”, afirma. O recolhimento faz parte do montante encaminhado pelas unidades de saúde, além dos que já estavam na própria secretaria.
Ontem, os documentos necessários para que haja avaliação, foram levantados pela secretaria para serem encaminhados ao MP e à Polícia. O Promotor Igor Pinheiro disse, durante entrevista, que o material seria analisado, mas no momento não poderia dizer ser houve ou não problemas relacionados à quantidade de medicamentos apreendida.
Lucimilton Macêdo acrescenta que esse material jamais seria distribuído para nenhum local, até porque há um sistema da Secretaria de Saúde vinculado ao Ministério da Saúde que identifica os medicamentos que estão próximos da validade vencida, para não haver o risco de repassar algum medicamento vencido.
Segundo o secretário, se for dividir a quantidade de medicamentos em relação aos meses que não houve incineração, é muito pequena, e não há localidades onde isso não aconteça. “Não tem como usar todos os medicamentos e não vencer nenhum”, disse ele. Para minimizar ainda mais essa situação, a Secretaria de Saúde vem realizando políticas de permuta com outros municípios, diante do que cada um necessita. Estamos tendo esse cuidado”, admite".

flavio pinto

Astrônomos descobrem a galáxia mais distante no universo conhecido

galaxia


Astrônomos do observatório Keck, no Havaí, anunciaram a descoberta da galáxia mais distante da Terra no universo conhecido. A EGSY8p7 está localizada a 13,2 bilhões de anos luz. Como o universo tem idade estimada em 13,8 bilhões de anos, significa que a massa de estrelas observada já existia 600 milhões de anos após o Big Bang, informa o site Space.com.

A descoberta foi feita com o auxílio de um espectrógrafo infravermelho, que captou a linha de emissão Lyman-alfa, basicamente o gás hidrogênio aquecido pela radiação ultravioleta das estrelas nascentes. E captar essas emissões a uma distância tão grande surpreendeu os pesquisadores.

"Nós vemos frequentemente linhas de emissão de hidrogênio Lyman-alfa em objetos próximos, e é um dos indicadores mais confiáveis de estrelas em formação", afirmou em comunicado o líder do estudo, Adi Zitrin, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena. "Entretanto, na medida em que penetramos mais profundamente no universo, o espaço entre as galáxias contém um crescente número de nuvens negras de hidrogênio, que absorvem o sinal".

O inesperado resultado pode jogar nova luz no entendimento de como o universo evoluiu em seus primeiros anos. Os astrônomos pensam que o universo foi completamente opaco a emissões Lyman-alfa por 400 milhões de anos após o Big Bang, por causa da difusão de hidrogênio, mas isso começou a mudar com a formação das primeiras galáxias e o nascimento das primeiras estrelas.

Esse processo, conhecido como reionização cósmica, aconteceu gradualmente, com hidrogênio sendo queimado em bolhas que se expandiam. Eventualmente, essas bolhas se tocavam, tornando o universo transparente para as emissões Lyman-alfa. A detecção da EGSY8p7 sugere que o processo de reionização não foi uniforme, com algumas áreas sendo limpas do hidrogêneo antes de outras.

"Em alguns aspectos, o período de reionização cósmica é a peça final para o entendimento da evolução do universo", disse Zitrin. "Além de empurrar a fronteira para um tempo em que o universo tinha apenas 600 milhões de anos, o que é excitante sobre a descoberta é que o estudo de fontes como a EGSY8p7 vai oferecer nova visão sobre como esse processo ocorreu".

O Globo

Mundo lembra em Hiroshima 70 anos do primeiro bombardeio nuclear

 

hirochimaO mundo recordou nesta quinta-feira com uma cerimônia em Hiroshima o 70º aniversário do primeiro bombardeio nuclear da História, que levou o Japão à capitulação e encerrou a Segunda Guerra Mundial.

Em 6 de agosto de 1945, um B-29, denominado Enola Gay, que voava a grande altitude sobre a cidade, lançou uma bomba de urânio, dotada de uma força destrutiva equivalente a 16 quilotoneladas de TNT.

A bomba explodiu a 500 metros do solo, que ardeu a 4.000 graus, e destruiu tudo ao redor, no momento da explosão e posteriormente por efeito da radiação.

O número de mortos é estimado em 140.000, no momento do impacto e por consequência da radiação.

Uma jovem e um estudante golpearam um grande sino à 8H15 de quinta-feira (20H15 de quarta-feira em Brasília) com uma viga de madeira, horário exato do bombardeio, em meio ao canto das cigarras e do silêncio da multidão reunida no Parque Monumento da Paz de Hiroshima, cidade de 1,2 milhão de habitantes convertida em símbolo do pacifismo.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e representantes de 100 países estavam entre as 55 mil pessoas que compareceram à cerimônia.

"Como único país golpeado pela arma atômica (...) temos a missão de criar um mundo sem armas nucleares", declarou Abe ao discursar para a multidão.

"Temos a responsabilidade de revelar a desumanidade destas armas nucleares, através das gerações e das fronteiras".

O premier revelou que o Japão apresentará este ano na Assembleia Geral da ONU uma nova resolução destinada a abolir as armas nucleares.

"Precisamos dizer que é uma recordação muito forte, não apenas do impacto duradouro da guerra nas pessoas, nos países, mas também destaca a importância do acordo que alcançamos com o Irã para que seu programa nuclear seja apenas civil", disse em Kuala Lumpur o secretário de Estado americano John Kerry.

A recordação este ano coincide com a tentativa de Abe de aprovar uma lei para reforçar o papel militar do Japão no cenário internacional, algo que a atual Constituição pacifista do país impede.

Um sobrevivente de Hiroshima criticou Abe por esta política.

"Você não deve cometer os mesmos erros no Japão", disse Yukio Yoshioka, 86 anos, a Abe.

"Nosso compromisso contra guerra, o caminho pacifista realizado por nosso país jamais mudará", respondeu Abe, que não conseguiu tranquilizar Yoshioka.

"Não posso suportar isto. Ele pronuncia palavras com suavidade, mas a atitude do atual governo pisa nos sentimentos e as orações das vítimas", disse Yoshioka.

O prefeito de Hiroshima, Kazumi Matsui, qualificou em seu discurso de "mal absoluto" a arma nuclear e exortou o mundo a agir para eliminar as armas nucleares.

"Para coexistir, devemos abolir o mal absoluto e o cúmulo da desumanidade que representam as armas nucleares. Agora é tempo de agir", declarou Matsui.

Três dias depois, Nagasaki

Três dias depois de Hiroshima, a Força Aérea americana lançou uma bomba de plutônio na cidade portuária de Nagasaki que deixou 74.000 mortos. Estas duas bombas deram um golpe fatal no Japão imperial, que se rendeu em 15 de agosto de 1945, colocando, assim, um ponto final à Segunda Guerra Mundial.

Shinzo Abe depositou uma coroa de flores durante a cerimônia, que foi assistida pela embaixadora dos Estados Unidos no Japão, Caroline Kennedy, e pela subsecretária americana encarregada do controle de armamentos, Rose Gottemoeller, a mais alta funcionária de Washington já enviada ao evento anual em Hiroshima.

Sete décadas depois, o uso da bomba atômica no final da Segunda Guerra Mundial segue provocando polêmica.

Alguns historiadores estimam que se evitou um maior número de vítimas em uma guerra terrestre prolongada, mas outros consideram que o Japão estava muito próximo da derrota e que as bombas não eram necessárias para acabar com o conflito.

Hoje, 56% dos americanos consideram que os ataques nucleares foram justificados, segundo pesquisa realizada em fevereiro pelo instituto Pew Research Center.

A mesma pesquisa revela que 79% dos japoneses consideram que os ataques não têm justificativa.

Paul Tibbets, piloto do Enola Gay, disse em uma entrevista em 2002, cinco anos de sua morte, que "fez apenas o que deveria".

Washington, estreito aliado de Tóquio depois da guerra, jamais pediu desculpas oficiais por estes bombardeios.

uh/anb/mf/mvv/lr/fp

AFP

Instituto Lula vai pedir que polícia federal investigue ataque à entidade

lula2

(Foto: AFP)
O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, vai pedir ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que a Polícia Federal assuma a investigação sobre o atentado praticado na sede da entidade, que foi alvo de uma bomba caseira na noite da última quinta-feira, diz 30. Segundo o instituto, a ideia é que a PF faça uma apuração paralela à da Polícia Civil de São Paulo, que já investiga o caso.
"Já conversei duas vezes com o ministro e vou procurá-lo outra vez. Vamos alegar que a legislação sobre ex-presidentes determina que a segurança é responsabilidade da Polícia Federal", disse Okamotto.
A sede do instituto, no bairro do Ipiranga, foi alvo de uma bomba caseira lançada a partir de um carro por volta das 22h de quinta-feira. O explosivo danificou parte do portão da garagem e sua força chegou a trincar a calçada do local. Ninguém saiu ferido e o instituto classificou o episódio como um atentado político.
O caso está sob investigação na 17a DP mas pessoas próximas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobram celeridade nas apurações.
"Os investigadores falaram que estão próximos de encontrar os culpados", disse Celso Marcondes, diretor do instituto.
Ontem, integrantes da bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) encaminharam ao secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, um pedido de audiência paras tratar do assunto. Hoje os 14 deputados da bancada petista na Alesp foram ao instituto para prestar solidariedade ao ex-presidente. Eles estavam acompanhados dos presidentes dos diretórios nacional e estadual do PT, Rui Falcão e Emídio de Souza. Anteontem Lula recebeu os vereadores do partido na Capital.
"Vamos pedir ao secretário o máximo de empenho possível nessa apuração. A Polícia de São Paulo precisa ter empenho fora do comum para desvendar um fato como esse contra uma liderança do porte do Lula, que é inclusive uma liderança internacional", disse o líder do PT na Alesp, Geraldo Cruz. "Não podemos permitir que a democracia possa ser atingida por esses pequenos grupos extremados que estão atuando por aí", completou.
No dia 16, quando estão marcadas novas manifestações de rua contra o PT, entidades ligadas ao partido farão uma vigília na sede do Instituto para evitar novas manifestações de violência.
Marcondes disse que cerca de 10 pessoas portando cartazes contra o PT, Lula e a presidente Dilma Rousseff fizeram um protesto na frente do instituto na quinta-feira, poucas horas antes do atentado, e voltaram ao local no dia seguinte, quando tentaram montar uma barraca na calçada, mas foram impedidos por aliados do ex-presidente.
O instituto reforçou a segurança na área externa e nos próximos dias deve instalar câmeras de segurança mais modernas. A aparelhagem usada atualmente gravou a ação dos agressores, mas devido à baixa qualidade do equipamento, as imagens não puderam identificar a placa do carro usado no atentado.

Estadão Conteúdo

CORRUPÇÃO NO CRATO - Superfaturamentos já ultrapassam R$ 5,2 milhões, segundo Ministério Público


MATÉRIA EM DESTAQUE

Rombo já ultrapassa 5.2 milhões de reais, segundo Ministério Público. Nas fotos: Dinheiro e balas apreendidas na operação deflagrada na manhã desta terça-feira ( 04 ) em Crato. Os proprietários do Grupo Gentil ( Fornecedores ) estão sendo procurados pela justiça. 

DINHEIRO E BALAS NA MAIOR OPERAÇÃO CONTRA CORRUPÇÃO JÁ REALIZADA NO CRATO:



Fotos: R$ 290 mil e munições apreendidos na casa do proprietário das FARMÁCIA GENTIL no CRATO na manhã de hoje, dando continuidade à operação HORA DA VERDADE.

O Secretário de Finanças do Crato, Edio Oliveira Nunes foi afastado do cargo por determinação da justiça. Estão sendo investigados: O Procurador do Município, George Borges, Angélica Bezerra Lessa ( ex-dirigente do setor de licitações ) e alguns secretários de governo. Prisão preventiva já foi decretada para os dois irmãos do GRUPO GENTIL ( Farmácias Gentil ), que segundo informações, estariam foragidos e sendo procurados pela justiça. O prefeito do Crato disse em entrevista por telefone à Rádio Educadora que está em Brasília e tentou defender a sua administração.

O Ministério Público do Estado do Ceará ( MPCE ) deflagra segunda fase da 'Operação Hora da Verdade', no Crato. A Promotoria requer afastamento de agentes políticos envolvidos em fraudes.
Superfaturamentos ultrapassam valor de R$ 5,2 milhões.

O Ministério Público do Estado do Ceará e a Polícia Civil deflagram, na manhã desta terça-feira (04), a segunda fase da Operação Hora da Verdade, na cidade do Crato, região do Cariri. A operação é resultado do trabalho de uma força-tarefa para auxiliar a 2ª Promotoria do Crato, que prevê o afastamento de agentes políticos envolvidos em fraudes de licitação.

Na primeira fase da "Operação Hora da Verdade", as Polícias Civil e Militar cumpriram 51 mandados de busca e apreensão na cidade, e investigaram supostas fraudes licitatórias na prefeitura e da câmara de vereadores. Segundo os órgãos envolvidos, a força-tarefa com nove promotores de Justiça e equipes policiais foi montada, e os grupos executam mandados relacionados a secretários municipais, empresários, membros da comissão de licitação da prefeitura, advogados e um vereador.

Os promotores de Justiça requereram o afastamento de agentes públicos do cargo público e estão cumprindo mandados de busca e apreensão, por conta de supostos direcionamentos e superfaturamentos em licitações referentes à aquisição de material gráfico e medicamentos, cujo valor global ultrapassa os R$ 5,2 milhões. Procurada pelo O POVO Online, a Prefeitura do Crato afirma que ainda não possui informação sobre afastamento de servidores no município. Ela destaca, no entanto, que não foram cumpridas, até agora, diligências em prédios da Prefeitura do Crato. Ações teriam ocorrido apenas em residências e estabelecimentos do município sem relação com a gestão.

Os representantes do Ministério Público concederam uma coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira. 

Com informações de: O GLOBO1, Jornal O POVO Online. Fotos: Site RMC Cariri. Informações adicionais de Ale Bandeira, que esteve presente à coletiva de Imprensa.

www.blogdocrato.com






Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30