xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 03/06/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

03 junho 2015

Semace realiza audiência pública para discutir usina fotovoltaica em Massapê


solar
Na manhã da terça-feira (02), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), por meio do Núcleo de Impacto Ambiental (Nuiam), presidiu no município de Massapê mais uma audiência pública referente ao licenciamento ambiental. Na ocasião, foi discutido o projeto da usina fotovoltaica da empresa Fotowatio do Brasil Projetos de Energias Renováveis Ltda, a ser instalada naquela região.
Durante o evento, a comunidade local teve a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre a implantação do empreendimento, que terá potência nominal de 30 MW, sendo composto por 129 mil módulos solares, em área de implantação de 100,83 hectares. Na oportunidade, a consultoria Ampla Engenharia fez a apresentação dos estudos ambientais da usina explanando aspectos como a localização, definição, características geomorfológicas, metodologia, prazos, custos e benefícios.
De acordo com a empresa, o parque solar será instalado em uma região com potencialidade para a geração de energia elétrica por meio da irradiação solar (luz). A captação e transformação da luz solar ocorre por meio de células fotovoltaicas, através do efeito fotovoltaico que gera uma corrente elétrica sem a necessidade da intervenção de efeitos mecânicos ou físicos.
A audiência foi presidida pelo supervisor do Nuiam, José Wilker, que informou que a equipe multidisciplinar de técnicos da Semace, presente também no evento, realizou vistoria na área do empreendimento, seguindo os trâmites do procedimento do licenciamento. “O mais importante desta audiência é que a comunidade fique ciente do que é o projeto pois é ela que vai conviver ao longo dos anos com a implantação do empreendimento, e é a comunidade que mais entende sobre a área onde a usina deverá ser instalada”, frisou Wilker referindo-se à comunidade de Salgadinho, representada pelo líder comunitário, José Wilson, presente no evento.
Ainda na oportunidade, Wilker ressaltou também sobre a divulgação da audiência pública feita com antecedência pela Superintendência, visitando a comunidade diretamente afetada, órgãos públicos federais, estaduais e municipais, além de veículos de comunicação.
Após a realização e conclusão do estudo, a equipe multidisciplinar da Autarquia deverá emitir um parecer técnico para apreciação e aprovação do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema) sobre a emissão da licença ambiental.
Além da comunidade local, o momento, ocorrido na Escola Profissional Francisca Neilyta Carneiro Albuquerque, também contou com a participação de representantes das secretarias de meio ambiente de Massapê e Sobral, e da Câmara dos Vereadores de Massapê.

Ana Luzia Brito
Assessora de Imprensa da Superintendência Estadual do Meio Ambiente

Reserva do Castanhão chega a 20% e deixa população apreensiva



REGIONAL


Jaguaribara. É de perto que moradores e gestores deste município acompanham com aflição a rápida diminuição no volume do açude Castanhão. Há apenas quatro anos, a situação era bem diferente. Em 2011, o maior reservatório do Estado abria suas comportas com mais de 70% de sua capacidade hídrica. A atual marca, de 20,69%, ameaça o abastecimento de moradores circunvizinhos e a economia da cidade.

Para a sub-bacia do Médio Jaguaribe, onde esta localizado o Castanhão, a quadra chuvosa deste ano foi muito inferior à do ano passado. De acordo com os dados do Portal Hidrológico do Ceará, mantido pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), órgãos responsáveis pelo monitoramento da situação hídrica do Estado, em 2014, o total de chuvas na Bacia do Médio Jaguaribe entre os meses de fevereiro a maio foi de 479,1 mm.
Já este ano, esse acumulado ficou em 315.9 mm, ou seja, o desvio em comparação com o mesmo período do ano passado foi de -34%. O pouco que choveu já foi consumido. É o que mostram os números da evolução do volume d’água armazenada na Bacia do Médio Jaguaribe. No início do ano, o volume total era de 19% e hoje é de 19,2%. Com relação ao Castanhão, em primeiro de janeiro de 2015, mantinha 1,72 bilhões de metros cúbicos de água, o equivalente a 25,77% de sua capacidade. Hoje, seus 20,60% representam menos de 1,4 bilhões de m³.
"Nós vemos com preocupação a situação que vive hoje o Castanhão. Temos os registros de pouca chuva e a água indo embora, principalmente para Fortaleza. Não vemos uma ação de combate ao desperdício, de economia de água. Além disso, essa crise ainda há de se agravar", alertou o prefeito de Jaguaribara, Francini Guedes.
O município, que tem pouco mais de 10 mil habitantes, vive hoje um clima de tensão com relação ao Castanhão, já que grande parte da economia local gira em torno dele, por meio da piscicultura. "Se algo não for feito de imediato, de modo a assegurar a água que ainda temos, de uma forma que ela seja utilizada de uma maneira mais consciente, Jagaribara vai parar. Hoje, pelo menos duas mil famílias vivem da piscicultura e isso vai ser um problema muito sério", acrescentou Guedes.
Os jaguaribarenses não estão enfrentando esse problema por opção. A população teve que abandonar sua cidade em 2001 para que fosse construído o açude. O antigo local, distante cerca de 50 km de onde é a cidade hoje, permitia condições melhores de trabalho e sobrevivência. Os moradores contavam com a pesca, agricultura e com água passando na porta de casa.
"Lutamos tanto para que não acontecesse o Castanhão que agora temos que lutar para mantê-lo", desabafou o poeta e morador de Jaguaribara Ediberto Carneiro da Silva.
No clima de incertezas, moradores que vivem ao lado do reservatório, temem o desabastecimento, realidade que já é identificada em comunidades a poucos quilômetros do açude. De acordo com o professor Xavier Silva, morador da península do Curupati, a falta de infraestrutura nos assentamentos rurais, para onde centenas de famílias foram realocadas da antiga cidade, tem prejudicado o abastecimento humano e a agricultura. "Só a chuva nos próximos anos amenizará esse problema. Os prognósticos, porém, não são animadores e por isso tememos o pior", lamenta.
Para um dos integrantes do Movimento Atingidos Por Barragem (MAB), Édipo Oliveira, a forma como a água é distribuída hoje causa muito mais prejuízos do que benefícios para as comunidades afetadas. "A situação vivida pelos moradores de Jaguaribara requer uma reorganização popular para cobrar medidas dos governos. Comunidades ao lado do Castanhão estão sem água. Precisamos organizar a população para avançar no debate sobre para quê essa água está sendo usada e para quem", completou Édipo.
O Castanhão, maior açude de múltiplos usos do Estado, é responsável por manter a perenização do Rio Jaguaribe (e com isso abastecer cidades ribeirinhas no seu percurso até sua foz, no Litoral Leste), bem como garantir água para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), servindo também para indústria e agricultura irrigada. As atenções dos beneficiados pela água do Castanhão estão voltadas para a próxima reunião do Comitê de Bacias, que será realizada entre os meses de junho e julho, quando será posta a realocação de águas para o segundo semestre deste ano.
Com a quadra chuvosa bem abaixo da média – constatados 444.3 mm dos 607.4 mm estimados para o período -, a situação de reserva hídrica do Estado do Ceará é preocupante. Ao fim da estação chuvosa deste ano, os níveis dos açudes no Ceará somam 19,6% o que significa 38,7% a menos de acúmulo de água do que no mesmo período de 2014, quando, após os meses de chuva, as reservas ficaram em torno de 34%.
Quadro crítico
Dentre as Bacias, o quadro mais crítico é a do Baixo Jaguaribe com 1,3% da sua capacidade normal. Porém, ela conta com os açudes Castanhão e Orós, que ajudam no abastecimento de muitos municípios. As bacias do Sertão Central e de Crateús também inspiram preocupação. A bacia do Banabuiú acumula apenas 4,27% enquanto a do Sertões de Crateús 4,68% da sua capacidade.
ENQUETE
Como você avalia a situação do açude?
"Lutamos tanto para que não acontecesse a construção do Açude Castanhão, destruindo a antiga cidade de Jaguaribara, que agora temos que lutar para mantê-lo funcionando, com água"
Edilberto Carneiro
Poeta
"É bastante preocupante a situação atual. Comunidades ao lado do Castanhão estão sem água. Precisamos organizar a população para avançar no debate sobre para quê essa água está sendo usada e para quem?"
Édipo Oliveira
Integrante do MAB
"Se algo não for feito de imediato, de modo a assegurar a água que ainda temos, de uma forma que ela seja usada de maneira mais consciente, não tenho a menor dúvida de que Jaguaribara vai parar"
Francini Guedes
Prefeito de Jaguaribara
Mais informações
Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme)
Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota – Fortaleza (CE)
Fone: (85) 3101-1088
Ellen Freitas
Colaboradora
Diario do Nordeste – Regional

Sesc abre inscrições para a 17ª Mostra



sesc-novo
A partir desta quarta-feira (3), começam as inscrições para a 17ª Mostra Sesc Cariri de Culturas, que acontece de 13 a 17 de novembro na região Sul do Estado. Grupos e artistas interessados em participar devem se inscrever de forma gratuita, somente pela internet, através do preenchimento de ficha online disponível no endereço eletrônico http://sistemas.sesc-ce.com.br/inscricao-mostra até o dia 19 de julho. A programação é dividida em artes cênicas, audiovisual, artes visuais, literatura, música e culturas populares.
O evento foi idealizado pelo Departamento Regional do Sesc Ceará, a Mostra Sesc Cariri de Culturas, palco de difusão das mais diversificadas manifestações artísticas e culturais. A mostra cultural acontece no Cariri, que se transforma em cenário para apresentações de espetáculos de teatro, dança, exposições, shows, rodas literárias, performances poéticas e mostras de cinema e vídeo.
A Mostra não tem caráter competitivo e se apresenta como espaço de estímulo na produção das diversas áreas artísticas, com proposta de intercâmbios interdisciplinares para desenvolvimento de projetos colaborativos nas mais variadas categorias.
Diario do Nordeste – Regional

Secretaria de Turismo estima 41 mil turistas no Ceará durante o feriadão de Corpus Christi



Turismo_Ceara
A Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) estima que, neste feriadão de Corpus Christi, deverão circular pelo Estado cerca de 41 mil turistas. O órgão se base nos dados da rede hoteleira cearense. O número de visitantes é 5,1% maior que no mesmo período do ano passado e a previsão é de um impacto de R$ 45,9 milhões de receita direta na economia estadual, o que deve resultar em R$ 80,3 milhões de renda gerada na cadeia produtiva do turismo.
A taxa média de ocupação dos hotéis de Fortaleza está em 66,8%, o que corresponde a 22.734 turistas que devem permanecer na Capital durante o feriado. Jericoacoara é o destino com maior taxa de ocupação dos hotéis (86,2%), seguido por Porto das Dunas (82,9%), Camocim (78,4%), Canoa Quebrada (69,3%), Cumbuco (66,9%) e Praia das Fontes/Morro Branco (50,8%).
Para o coordenador de Estudos e Pesquisas da Setur, José Valdo Mesquita, os destinos nacionais estão sendo bem procurados nesse momento de alta do dólar. “Muitos brasileiros acabam desistindo de viajar para o exterior e aproveitam para conhecer mais o Brasil. A escolha pelo Ceará é reflexo de um trabalho constante de promoção do nosso estado”, diz Mesquita.
flavio pinto

IFCE: Oito unidades já aprovaram indicativo de greve. Servidores realizarão nova assembleia



IFCEFortaleza
Servidores de oito unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) aprovaram indicativo de greve. Os servidores de Juazeiro do Norte, Iguatu, Acaraú e Sobral, Tianguá, Ubajara, Camocim e Canindé aprovaram o indicativo e se somaram ao cenário de mobilização, rumo à construção de uma greve geral, que vem sendo debatida por entidades em todo o País.
A insatisfação crescente com as perdas de direitos e a consequente mobilização dos trabalhadores, rumo à construção de uma greve geral, vem crescendo em todo o País. Tal cenário é destacado por entidades como o Sindicato Nacional dos Servidores Federais de Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE), a Associação Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (ANDES) e a Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (FASUBRA), que têm trabalhado na preparação de um calendário de paralisações.
A aprovação do indicativo de greve nas diversas unidades do IFCE também foi motivada pelo descontentamento dos servidores desses campi diante da perda de direitos que já haviam sido conquistados pela categoria. Com a garantia da jornada de 30 horas semanais ameaçada pela portaria 1025/GR, com a retirada do adicional insalubridade de setores que reconhecidamente estão associados à exposição dos trabalhadores a agentes nocivos à saúde, os servidores responderam com mobilização.
Próximos passos
Representantes dos servidores do IFCE, eleitos em assembleia geral da categoria realizada no último dia 29/5, estarão reunidos durante a 131ª Plenária do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE), nos dias 13 e 14/6, em Brasília.
Os encaminhamentos dessa plenária serão debatidos durante nova assembleia geral dos servidores cearenses, que acontece no dia 19/6, às 16h, no campus Fortaleza (Av. 13 de Maio, 2081, Benfica).
flavio pinto

Governo e sociedade civil iniciam pacto pela paz no trânsito




transitopaz
A reunião foi coordenada pelo secretário Élcio Batista. (Foto: Marcos Studart)
O Estado do Ceará apresentou uma redução de 27% de vítimas fatais nos acidentes de trânsito entre janeiro e abril de 2015, em comparação ao mesmo período do ano passado. O resultado foi possível graças a uma ação integrada de fiscalização dos órgãos estaduais de trânsito, que serviram de base para o Pacto Pela Paz no Trânsito. Em reunião ocorrida na manhã desta quarta-feira (3), no Palácio da Abolição, o secretário chefe de Gabinete do Governador, Élcio Batista e órgãos de mobilidade urbana, segurança e saúde do Estado e Prefeitura de Fortaleza, estabeleceram  a realização de um plano estadual pela conscientização e redução de acidentes de trânsito com a participação social.
Além de ações em Fortaleza, também foi debatida com a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece-CE) a integração com órgãos estaduais e a criação de órgãos municipais de trânsito. Dos 184 municípios cearenses, 68% não possuem órgãos específicos, conforme prevê o Código Nacional de Trânsito.
Em consenso, ficou estabelecida a elaboração de um diagnóstico para análises e proposições de medidas de segurança no trânsito, em conjunto com a população. “A intenção é se fazer um plano sistemático de redução de acidentes de trânsito, através de um diagnóstico dos índices de acidentes no Estado. Além disso, é de fundamental importância a participação efetiva da sociedade. Temos que ouvir as pessoas para que essas ações possam ser construídas em conjunto e fazendo com que todos se sintam parte do processo pelo Pacto”, ressaltou   Élcio Batista.
(Governo do Ceará

Campanha do Cariri Garden Shopping vai beneficiar entidades sociais de Juazeiro





SANGINECIRCO(2)
Alunos do Sangine Circo Escola (Foto: Divulgação)
Nesta quinta-feira, dia 4 de junho, quem usar o estacionamento do Cariri Garden Shopping estará contribuindo com as ações sociais da Sangine Circo Escola Pequenos e Grandes e o Centro de Desenvolvimento Comunitário do Bairro Timbaúbas de Juazeiro do Norte. É que neste dia parte do valor arrecadado com estacionamento será destinado às duas entidades do município.
É assim que funcionará o projeto Dia Garden do Bem, que já está mobilizando a população por meio das redes sociais no Instagram e no Facebook, onde voluntários, jornalistas e músicos da região convidam as pessoas para praticar o bem em uma corrente de responsabilidade social em prol das instituições.
Eduardo Duffles, gerente de marketing do Cariri Garden Shopping, destaca o objetivo da ação em de conscientizar as pessoas sobre a importância da solidariedade. “Será gratificante poder manter vivo os trabalhos destes dois projetos de nossa cidade. Muito mais do que uma questão financeira é fundamental poder despertar a comunidade a apoiar os projetos desenvolvidos pelas entidades do município”, comenta.
flavio pinto

Estado de saúde de Wellington Landim leva Assembleia adiar festa dos "Prefeitos Nota 10"




Welington-Landim
A solenidade que seria realizada no próximo dia 10, às 10 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa, para homenagear os quatro “Prefeitos Nota 10”, foi adiada “sine die”, isto é, outra data será marcada oportunamente.
A iniciativa do adiamento partiu do deputado Carlomano Marques, autor do requerimento, em comum acordo com o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque. Carlomano justificou que “não há clima para uma grande festa, como seria realizada, diante a situação de saúde do deputado Welington Landim”.
Welington Landim, que é pai de um dos prefeitos a serem homenageados, Guilherme Landim, de Brejo Santo, encontra-se internado num hospital de Fortaleza, vítima de meningite. Os outros três vencedores do prêmio são dos prefeitos Antônio del Bem Júnior (Cerquilho– SP), Otaviano Olavo Pivetta (Lucas do Rio Verde – MT) e Corinha Beatris Ornes Molling (Sapiranga – RS). Todos receberam as devidas placas e comendas em solenidade realizada na sede do jornal Folha de S. Paulo, no último dia 29 de abril e serão homenageados, novamente.
A divulgação do resultado foi feito pela Revista Veja, edição do último dia 22 de abril, com base no resultados do último IDEB (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica), do Ministério da Educação.
flavio pinto

Comércio fecha neste feriado de Corpus Christi, no Crato


Crato3
A Câmara de Dirigentes Lojistas do Crato (CDL-Crato), informa que nesta quinta-feira (4),  Dia de Corpus Christi, o comércio cratense será fechado em respeito a tradição religiosa da cidade. Na sexta-feira, o comércio reabre normalmente.
Corpus Christi é uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. A festa acontece sempre 60 dias depois do Domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia.
flavio pinto

Festa de Santo Antônio de Barbalha será destaque no programa Encontro com Fátima Bernardes




barbalha

A Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio de Barbalha,  bem como a tradição de festejar e reverenciar o santo será tema do programa da TV Globo, Encintro com Fátima Bernardes., desta quinta – feira ( 4).
A solteirona mais famosa do Brasil, Socorro Luna deve participar ao vivo de flash direto de Barbalha,  enquanto Raquel Calou, que foi convidada pela produção do programa vai estar ao vivo no Projac conversando no estúdio com a apresentadora.
FESTA RECOMEÇA EM BARBALHA.
Depois do luto de três dias decretado pelo prefeito José Leite, pelo morte do carregador do pau Cícero Ricart, 40, no domingo (31), os festejos de Santo Antônio recomeçam nesta quarta – feira à noite na cidade com a programação realigiosa, apresentação de quadrilhas juninas e quermesses.
A parte de shows terá início neste sábado ( 6), no Parque da Cidade, com as bandas Jonas Esticado, Banda do Vaqueiro e Bonde do Brasil. A entrada será gratuita todas as noites.
Confira as demais apresentações:
Dia 7 – Peppa Pig e Pantera Cor de Rosa (Trupe Risadinha).
Dia 10 – Cavalheiros do Forró, Forró Real e Forró Tapera.
Dia 11 – Léo Magalhães,  Marcos Lessa e Forró das Emoções.
flavio pinto

Tempo, a pulsação do Universo - Pro: Emerson Monteiro

As palavras, quando insistem, acham jeito de sair dalgum modo... Querem dizer o que a vontade quer silenciar... Nisso vencem e chegam cá fora ainda molhadas no instinto de falar falas que querem elas dizer, independente de a gente possuir força de demovê-las desse espírito de liberdade que lhes caracterizam a natureza de palavras que vêm cheias do gosto de expor as frases, as sementes da compreensão. 

Desta vez, dizer do poder inimaginável do fator Tempo, sujeito/objeto inevitável onde haja existência. Esse ritmo constante do coração das pessoas, dos animais, átomos, águas, nuvens que deslizam pelo céu; dos motores, das batidas de conjuntos musicais, relógios e horas, em tudo por tudo a eterna continuação das máquinas infinitas a comandar o sistema universal, toque de extremos que se encontram sem jamais fugir da linha imaginária dos córregos, rios e praias infinitas da constância. Lá onde persista a sobrevivência do movimento vital, ali dormirá acordado o pulsar essencial das tramas, na cortina que envolve os berços.

Em profunda reverência, o tom festivo das melodias qual quem talha as molduras de quadros monumentais, ali os cuidados da criação elege resultados mil de impressões definitivas numa saudade que vem e volta. Gravações de páginas divinas, o Tempo mexe na gente lá por dentro, contando das buscas inevitáveis do momento seguinte, aspiração dos que precisam tocar as caravelas do destino aos portos temporários da felicidade.

Quando menos importa, despertamos outra vez ao sabor dos sonhos e andamos algumas braças mais, nessa jornada pela obtenção de novos amores, na intenção forte dos desejos maiores que nós, sabores guardados na imaginação da procura. 

Ninguém fugirá, pois, à marcação dos calendários da sombra que acompanha todo passo, irmã gêmea da presença no seio das criaturas, caldo grosso de metais derretidos na alma. Às vezes encapuçados de vaidades pegajosas, segue o peregrino rumo a intervalos que contam só das travessuras do Tempo nos riscos da pele, cicatrizes e rugas que lhe compõem a história lavrada de perdidas atitudes. E os dias revelarão o sentido da reverência ao herói de todos os labirintos, deus da Verdade absoluta. Ele, Tempo Rei em tudo quanto há. 

A barba e o frade - Por: Emerson Monteiro

Depois de raciocinar um tanto, o frade optou por deixar a barba crescer. Interpretara ser a natureza que fizera desse jeito, assim devendo seguir. Quando cofiava o queixo peludo, pensava no jeito de quem obedecia por conservar a espessa barba quase passando do peito, ancorada no avantajado bucho a lhe servir de moldura.

Os alunos respeitariam frei Atanásio de qualquer modo, pois avistavam nele o exemplo de dedicação ao magistério com carinho especial, além de saber a fundo língua inglesa e biologia, as matérias de sua predileção, que transmitia nos dois turnos do colégio.

A confiança que concedia a seus alunos permitiu, naquela manhã, dar ouvidos a Tenório indagar o uso da sua barba na hora de dormir:

- O senhor bota dentro ou fora do lençol a barba, professor?  

O bom frade aquietou. Perquiriu da memória a resposta. Nada, nada se ofereceu de imediato. Portanto, sem dispor dos elementos necessários, não conseguir lembrar as coisas acontecendo debaixo dos lençóis noturnos. Sorriu desconsolado, levando a sério o assunto. 

Disse ao pequeno que deixasse a pergunta guardada e a refizesse numa outra ocasião, achando houvessem lhe pegado em grave desatenção consigo próprio. Observar-se-ia melhor das próximas vezes.

De noite, cumpriu a disciplina e se recolheu à cela, de pensamento ligado na pergunta do aluno. Num comportamento fora do habitual, zeloso afagou a cama, preparando-se para o sono...

A surpresa maior lhe esperava. Nada obedecia ao pretendido. Buscava jeito de um lado, de outro. Revirava daqui, dali. Lençol faltava nos pés, na cabeça. E a barba necas de alojar, esquentar canto. Por dentro do cobertor, espinhava, incomodava como nunca antes. Por fora, aí também não funcionava. Por fora, por dentro... Qualquer das posições causava-lhe desconforto. Rejeição total do costume que nem chegava à lembrança das noites anteriores. 

Espantado com aquilo, o sono viajou para muito longe. No seu lugar apresentou-se a indesejada vigília. Noite inteira e o frade manteve os olhos arregalados. Aquilo, sim, pôde classificar de noite em claro.  

Cedinho, quase ainda no escuro da madrugada, saiu calorento, banhou o rosto e desceu ao pátio do colégio, onde lia o breviário. Outro espanto. Quem primeiro apareceu no corredor: Tenório e sua carinha adolescente. 

De sorriso nos lábios, parecendo saber tudo que se dera durante a noite do religioso, logo veio perguntando:

- Aí, frei Atanásio, de que lado fica a barba quando o senhor dorme?

Nessa hora, o frade ferveu por dentro. Sem contar conversa, naquela hora dirigiu ao aluno extensa preleção sobre gente bisbilhoteira que, esquecida dos modos sobre o respeito, invade a intimidade alheia. Calado, atencioso, o estudante a tudo ouviu, decidindo não mais voltar a falar no assunto ao professor, que, dali adiante, sempre conservaria raspado o simpático rosto.


Nota: História ouvida do padre José Honor de Brito.

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30