xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 08/05/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

08 maio 2015

De família pobre, jovem do RJ será primeiro brasileiro formado no Bolshoi

davidbolshoi

Divulgação
David Motta Soares chegou em Moscou, na Rússia, em 2010, para estudar na Escola do Teatro Bolshoi. Sem saber falar inglês ou russo e então com 13 anos, ele encarou todas as dificuldades e, hoje, se tornou o primeiro brasileiro a se formar na sede de uma das escolas mais tradicionais de balé do mundo.
Natural de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, David é filho de um guarda municipal e de uma auxiliar de serviços gerais. Por conta disso, teve de encarar também a origem humilde para se formar na renomada escola.
“Aqui [Bolshoi] estamos sempre em contato com os bailarinos do teatro, é uma inspiração para nós. E os professores estão sempre contado história dos bailarinos antigos e de agora. Por estar numa escola estatal russo e ter ganho espaço, acho que tem ciúme e inveja. No caso, por ter ‘roubado’ lugar dos russos”, afirma David em entrevista à Folha de S.Paulo.
Sem dinheiro para se manter na Rússia, David contou com despesas pagas pelo Itamaraty para terminar os estudos. A ajuda de custo foi bem utilizada e, a partir de setembro, o garoto foi chamado para atuar na companhia a partir de dezembro. O retorno ao Brasil, até o momento, está descartado.
“Uma vez, fui reconhecido na rua por uma senhora que me viu dançando no teatro. Ela me agradeceu por eu ter dançado e fiquei pensando: no Brasil isso nunca iria acontecer. No Brasil, arte é só futebol”, explicou ele à Folha para justificar sua permanência na Europa.

 

Por Redação Yahoo! Brasil

Mais de vinte baleias encalham e morrem na costa sul do Chile

baleia2 

Mais de vinte de baleias com cerca de 10 metros de comprimento foram encontradas mortas depois de encalhar ao norte do Golfo de Penas, situado na costa austral do Chile, informou o Serviço Nacional de Pesca (Sernapesca).

"O número de baleias mortas seria de mais de 20, mas ainda não quantificamos o total", disse nesta sexta-feira à AFP uma fonte do Sernapesca, que pediu para manter sua identidade em sigilo.

A Sernapesca informou horas antes em um comunicado que a cifra preliminar de exemplares mortos era de 15, que estariam encalhados em uma área próxima do Farol Raper, no norte do Golfo de Penas, 1.950 km ao sul de Santiago.

Os exemplares foram encontrados por um grupo de cientistas estrangeiros que trabalha na zona e que denunciou imediatamente o fato às procuradoria da cidade de Puerto Aysén, que anunciou uma investigação sobre o caso.

Estas baleias são da espécie "Sei", que podem chegar a medir 16 metros de comprimento e pesar 30 toneladas, e estão sob proteção internacional após ter sido longamente caçada durante a metade do século XX.

AFP

Camilo participa da elaboração da Carta de Natal em evento com governadores do Nordeste

Novagovernadores

O governador Camilo Santana participou sexta-feira (8) da elaboração da Carta de Natal, documento que tem 14 propostas e será entregue à Presidência da República. A lista foi formatada durante o Encontro dos Governadores do Nordeste, realizado no Centro de Convenções da capital potiguar. O evento contou com a presença dos ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, além dos governadores dos nove estados da região.
“Esse é um momento importantíssimo para o Nordeste, temos aqui todos os governadores reunidos. Há uma unidade, um consenso em torno dos temas de interesse para a região. Isso demonstra o grande poder que nós temos, estando organizados”, citou o governador Camilo Santana.
O governador do Ceará sugeriu que, no próximo encontro entre os governadores do Nordeste, no Piauí, os ministros da Saúde, Arthur Chioro, e da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, sejam convidados para que os gestores possam debater, entre outros assuntos, novas formas de financiamentos para a Saúde e as questões relacionadas à previdência. “Aproveito para agradecer a receptividade de todos aqui no Rio Grande do Norte”, enfatizou Camilo Santana.  
Pela manhã, os gestores estaduais ficaram reunidos por cerca de duas horas com o ministro Joaquim Levy. “O Nordeste tem muita capacidade de investimento.  É importante que se tenha confiança de que é bom investir na região. O Nordeste não precisa estar com o pires na mão”, citou o ministro Joaquim Levy. “O ajuste fiscal é essencial para a retomada do crescimento, para manter a capacidade de financiamento e investimento e para garantir a região Nordeste como a que mais cresce no Brasil”, disse Levy.

Fotos: Carlos Gibaja

Veja a Carta de Natal na íntegra 

III ENCONTRO DOS GOVERNADORES DO NORDESTE

CARTA DE NATAL

Reunidos em Natal, Rio Grande do Norte, os Governadores do Nordeste, com a participação do Ministro de Estado da Fazenda, Dr. Joaquim Levy e do Ministro para Assuntos Estratégicos, Dr. Roberto Mangabeira Unger, somam esforços em prol de uma agenda de desenvolvimento nacional e regional, que contempla as seguintes aspirações:

1. AJUSTE FISCAL

- Apoiam as medidas de ajuste fiscal do governo federal, a fim de recuperar a capacidade de investimento e acelerar o crescimento econômico e o desenvolvimento social.

- Defendem o fim das renúncias fiscais concedidas pela União com receitas estaduais. Os estados brasileiros sofreram grandes perdas em razão de desonerações fiscais federais.

- Ressaltam que a política de ajuste fiscal não pode representar o bloqueio de recursos essenciais ao desenvolvimento dos estados nordestinos.

2. DESONERAÇÃO DO ICMS SOBRE BENS DE CAPITAL

- Incentivo à modernização e competitividade da indústria nacional, propiciando crescimento e revertendo a retração da economia.

3. ALÍQUOTAS INTERESTADUAIS DO ICMS

- Os Governadores do Nordeste, unindo esforços em prol de uma convergência visando ao fortalecimento da integração regional como fator fundamental de competitividade, acordam, por unanimidade, em aderir às regras insculpidas no Convênio ICMS 70/14, desde que seja promulgada emenda constitucional que promova a criação de um fundo de desenvolvimento regional, com recursos da União, vinculados constitucionalmente, considerados como transferências obrigatórias mensais e antecipadas, não sujeitas a contingenciamento, por um prazo de 20 anos, sendo 50% (cinquenta por cento), entregues aos Estados e ao Distrito Federal para custear os programas dos governos estaduais.

4. CONVALIDAÇÃO DE BENEFÍCIOS

- É imperiosa a convalidação dos benefícios e/ou incentivos fiscais e/ou financeiros concedidos, de modo a respeitar os contratos elebrados, e assim restabelecer a segurança jurídica necessária à atração de novos investimentos.

- Apoio ao PLP 54/2015, em tramitação na Câmara dos Deputados, que teve origem no PLS 130/2014, já aprovado pelo Senado, e que dispõe sobre a matéria.

5. EMPRÉSTIMOS / FINANCIAMENTOS / INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA DOS ESTADOS

- Assegurar a continuidade das operações de crédito, que são fundamentais para os estados tocarem projetos já planejados e os que estão à espera de recursos.

- Não perder os investimentos em infraestrutura, essenciais ao desenvolvimento econômico e social da região.

- Reivindicamos investimentos na infraestrutura e logística do Nordeste: rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, visando ao fortalecimento da integração regional como fator fundamental de competitividade e a inclusão de estudos que viabilizem a implantação de uma malha aeroviária da Região; para isto solicita-se:

a) Autorização do Tesouro Nacional às solicitações de empréstimos feitas por estados;

b) Abertura para novos financiamentos;

c) Estabelecer juros praticados pelo BNB abaixo daqueles de outras instituições de crédito, como instrumento de desenvolvimento regional;

d) Inclusão no Programa Nacional de Concessões.

- Defendemos a criação de uma linha de crédito especial, PROINVESTE NORDESTE, para investimentos em infraestrutura dos Estados, nos moldes do Proinveste atualmente em execução.

- Pleiteamos a continuidade dos investimentos federais nos estados por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida.

6. DEPÓSITOS JUDICIAIS E ADMINISTRATIVOS

- Apoiamos a utilização de parte dos recursos de depósitos judiciais e administrativos de processos em andamento.

7. AÇÕES DE COMBATE AOS EFEITOS DA SECA

- Disponibilização de recursos orçamentários para obras hídricas necessárias ao combate aos efeitos da seca, tais como: construção de adutoras,  instalação de poços e retorno dos carros-pipa aos municípios, assegurando o fornecimento de água a populações atingidas pela seca no semiárido.

8. DÍVIDAS DOS ESTADOS

- Compromisso do governo federal que, se houver folga de caixa, celebre antes de 31 de janeiro de 2016 os aditivos contratuais, com a correspondente devolução dos valores pagos a mais, inclusive daqueles já liquidados, em razão dos descontos sobre o saldo devedor das dívidas com base no novo limitador da evolução da dívida, a taxa básica de juros (Selic), priorizando a regulamentação com ressarcimento aos estados credores.

9. UNIFICAÇÃO DOS SISTEMAS DE SEGURANÇA PÚBLICA

- Adotar como prioridade nacional o combate à violência na região nordeste.

- Pleiteamos a redefinição do papel da União com a construção de uma política nacional que contemple a modernização das Forças de Segurança (polícias militar, civil e bombeiros) dos estados, bem como a elaboração de um plano nacional integrado de combate às drogas e armas, e a imediata implementação do Programa Crack: é Possível Vencer, que, apesar de anunciado pelo Governo Federal, ainda não foi totalmente implantado, bem como a criação do Fundo Complementar para a segurança pública.

10. INVESTIMENTOS NA SAÚDE

- Solicitamos prioridade nacional na recuperação da saúde pública dos estados nordestinos.

- Defendemos novas fontes de financiamento para a saúde que garantam a elevação do patamar de atendimento à população, que tem se tornado cada vez mais difícil, bem como a ampliação dos serviços contemplados com as atuais fontes de financiamento.

- O Governo Federal e o Congresso Nacional precisam abrir uma discussão que traga recursos financeiros para o custeio do Sistema Único de Saúde, com o direcionamento prioritário dos recursos para a Média e Alta Complexidade, possibilitando eficiência com a implantação de novas formas de gestão.

11. FUNDOS PREVIDENCIÁRIO E FINANCEIRO

- Defendemos a autonomia dos estados para decidir sobre seus fundos previdenciário e financeiro. Para tanto, a portaria MP 403/08 deve ser alterada.

12. DESONERAÇÃO DO PIS E CONFINS SOBRE O FATURAMENTO DAS COMPANHIAS ESTADUAIS DE SANEAMENTO BÁSICO

- Pleiteamos a desoneração do PIS e CONFINS sobre faturamento das companhias estaduais de Saneamento Básico.

13. POLÍTICA DE MANUTENÇÃO DA ATRATIVIDADE DE INVESTIMENTOS

- Defendemos a existência de instrumentos diferenciados de incentivos com objetivo de construir políticas públicas regionais que aproximem e desenvolvam os Estados nordestinos, criando um novo ciclo de industrialização.

- Em nome de um combate a uma suposta guerra fiscal, não se pode deixar toda uma região sem instrumentos legítimos e necessários para atrair e manter empresas, preservando e aumentando o comprovado potencial econômico do Nordeste.

- Garantir na aplicação dos recursos dos bancos oficiais a proporcionalidade entre o volume dos recursos aplicados e a população de cada região.

14. COMBATE À CORRUPÇÃO

- Apoiamos as investigações dentro do Estado de Direito e o combate incessante à corrupção, com a punição de todos os culpados em quaisquer casos. Porém, entendemos que o Brasil não pode ser o País da agenda negativa e única. É preciso convergir esforços para superar os problemas e construir soluções que coloquem o País num cenário de crescimento, competitividade, aumento e distribuição de riquezas. O Brasil precisa de uma nova agenda política e econômica.

Natal, 08 de maio de 2015

Renan Filho / Alagoas

Rui Costa / Bahia

Camilo Santana / Ceará

Flávio Dino / Maranhão

Ricardo Coutinho / Paraíba

Paulo Câmara / Pernambuco

Wellington Dias / Piauí

Robinson Faria / Rio Grande do Norte

Jackson Barreto / Sergipe

 

Thiago Cafardo
Porta-voz do Governador

Odorico Monteiro anuncia: Comissão Externa da Transposição do São Francisco visitará o Ceará

 

oricoo-625x417

O deputado federal Odorico Monteiro (PT-CE), titular da Comissão Externa que acompanha as obras do Projeto de Transposição e Revitalização do Rio São Francisco, integrou comitiva de ministros, deputados federais e autoridades que participaram de seminário que discutiu, nesta sexta-feira, o “Impacto nas Cidades Ribeirinhas” da obra de transposição e revitalização do São Francisco. O evento ocorreu na cidade de Pirapora (MG). No grupo, também o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB/CE).

O seminário faz parte da estratégia da comissão de visitar in loco toda a região da bacia do Rio São Francisco. “Vamos iniciar o ciclo de visitas por Pirapora, região de nascente do rio. Nosso objetivo é discutir o impacto da obra, a gestão das águas e a revitalização da bacia do São Francisco, que envolve o saneamento básico dos municípios das regiões ribeirinhas, discutir uma nova cultura dessas população em relação ao rio”, explicou Odorico, ao destacar a obra como uma das mais importante do século XXI para segurança hídrica do Nordeste brasileiro.

Odorico adiantou que a comissão também fará visitas dessa natureza no Ceará, onde serão discutidas a situação das bacias receptoras das águas do São Francisco, mas que ainda não tem data definida. “Não adianta transpor as águas do São Francisco, sem debater a gestão e o cuidado dessas águas nas bacias receptoras. Nesse sentido os Seminários se inserem numa estratégia importante de levantamento de informações e discussões que irão contribuir muito com os trabalhos da Comissão”, afirmou o deputado. O Seminário em Pirapora contou com a participação enquanto palestrantes, dos ministros Gilberto Magalhães Occhi, ministro de Estado da Integração Nacional e do ministro Helder Barbalho, da Pesca e Aquicultura.

(Com Agências)

Sejus firma convênio com marca cearense de jeans para se instalar no presídio feminino

jeans

A arte do bordado transformada em uma alternativa de emprego e renda para internas do Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa. Este é o objetivo de um novo convênio que a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) firma na próxima segunda-feira (11). A parceria é com a marca Fill Sete, empresa cearense de jeans conhecida por apresentar peças trabalhadas com grafite, rendas e etc. A assinatura do convênio ocorre, às 9h, no presídio feminino (KM 27 da BR-116), com a presença do secretário Hélio Leitão e dos sócios da marca, Thaty Rabelo e Adriano Mota.

Com a assinatura do convênio a marca irá contratar cinco internas que trabalharão em uma linha de produção da empresa instalada dentro da unidade prisional. As artesãs serão responsáveis por bordar as peças da empresa. Com o trabalho, além da remuneração, as internas são beneficiadas com a remição da pena, para cada três dias trabalhados, um é abatido da pena.

Para o secretário Hélio Leitão, a chegada de mais uma empresa à unidade prisional vem fortalecer o esforço de humanização que a gestão busca para o sistema penitenciário. “O trabalho é um dos principais – talvez mesmo o principal – instrumento de ressocialização dessas pessoas. E levar empresas para dentro das unidades prisionais é mostrar à sociedade que temos pessoas capazes de desenvolver um bom trabalho e, sobretudo, dignas de uma oportunidade”, pontua Leitão.

A diretora da marca, Thaty Rabelo, destaca que a ação mostra um lado inclusivo da moda. “É muito gratificante saber que estamos contribuindo para a ressocialização dessas mulheres. Quando saírem da unidade prisional, elas poderão ter uma vida digna, com um ofício”, aponta.

O diretor Adriano Mota deseja ser um estímulo para outras empresas cearenses. “É preciso mostrar que, como empresários, também temos nosso papel social, que as empresas privadas podem e devem investir em projetos que melhorem a vida das pessoas”, afirma.

A Sejus, dentro do projeto “Cadeias Produtivas”, busca levar a industrialização para dentro das unidades prisionais. No IPF já funcionam linhas de produção das marcas Famel e Colmeia. Na Penitenciária Francisco Hélio Viana está em fase de instalação uma linha de produção de pães congelados.

Grafite
E a parceria entre Sejus e Fill Sete não deve parar no IPF. A marca cearense já desenvolve um projeto de estímulo ao grafite como manifestação artística e formação profissional: o “Grafitando Emoções”. A partir do projeto, a empresa passa a apoiar o projeto já desenvolvido pela Sejus de ensinar grafite aos internos do sistema prisional.

Atualmente internos do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II) e da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo têm aulas de grafite dentro do projeto apoiado pela empresa.

 

Assessoria de Comunicação da Sejus

Semana Nacional dos Museus, homenagem, dança, teatro e música na programação de maio

muralziraldo

O Brasil celebra o Dia Internacional do Museu em 18 de maio e a programação cultural dos equipamentos da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará destaca a 13ª Semana Nacional de Museus, que reúne ações de diversas entidades de todo o País, trazendo como tema “museus para uma sociedade sustentável”. A ideia é estimular a reflexão, debater e trocar experiências sobre o assunto. Os museus da Secult participam da Semana, entre os dias 18 e 23 de maio.

No Teatro Carlos Câmara, atrações de Fortaleza e de outras regiões do Ceará são o destaque da programação especial de maio, com os espetáculos selecionados através da convocatória pública recentemente promovida pelo TCC. O espetáculo "Bravíssimo", de Ricardo Guilherme, vem com texto inspirado em crônicas de Nelson Rodrigues; um dos grandes destaques do novo rock cearense, a banda Verônica Decide Morrer fará apresentação de novas músicas e antigos sucessos, no show "Testemunho de Trava", especial do projeto Viva o Centro.

Também no Teatro Carlos Câmara espetáculos de dança da 2 Cia De Dança, do N infinito, da Cia OMÍ e da Rudá Cia de Dança também sobem ao palco, juntamente com apresentações da cena contemporânea de várias regiões do Ceará, como o "Burtonescos", do Grupo 2 de Teatro, e a música do caririense Dudé Casado, egresso do grupo Dr. Raiz, baseada no rock’n roll, no folk e na psicodelia.

Arquivo Público

Até o dia 12 de maio, o Arquivo Público do Ceará recebe inscrições para a Oficina de Preparação de Candidaturas para o Programa Memória do Mundo, da Unesco. A atividade será realizada no dia 15 de maio, turnos manhã e tarde, e contará com as palestras do presidente do Comitê MOW/Brasil, Vítor Manoel Marques da Fonseca, e do diretor-geral do Arquivo Público do Estado do Ceará, Márcio Porto, membro do MOW/Brasil.

Durante a oficina, eles abordarão assuntos como os Acervos Brasileiros e o Programa Memória do Mundo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), além de prestar orientações sobre como preencher o formulário de candidatura. As orientações se destinam aos interessados em apresentar candidaturas de acervos documentais, para receberem reconhecimento pelo programa Memória do Mundo.

Tributo a Zé Menezes

O Theatro José de Alencar traz, no dia 13 de maio, show tributo em homenagem ao filho do Ceará, Zé Menezes, artista reconhecido nacionalmente. Um encontro com grandes profissionais e convidados especiais, sob o comando do consagrado violonista, compositor e arranjador Tarcísio Sardinha, mestre para gerações de músicos cearenses.

Para reforçar a importância e a dimensão da obra de Zé Menezes, também será produzido um DVD com depoimentos de pessoas que, de alguma maneira, tiveram relação com o multiinstrumentista cearense, autor do clássico “Nova Ilusão” e do conhecido tema musical que durante décadas abriu o programa de TV “Os Trapalhões”.

Além dessa atração, o TJA apresentará no mês de maio uma série de peças teatrais da Cia de Teatro Trima, do Grupo Mosaico de teatro, da Cia Camarim de Teatro, do Grupo T.U.D.O., bem como o espetáculo de dança "Eu acho que não estamos mais no Kansas, Rosana", um solo de Lua Ramos com direção de Lucas Sancho, e os Concertos de Câmara, da Orquestra Sinfônica da Uece. Uma programação diversificada e acessível, em sintonia com as diretrizes da política cultural do Estado.

Novos olhares para o Centro

Em parceria com o Instituto da Fotografia, o Sobrado Dr. José Lourenço, equipamento da Secult, sediará aos sábados, de 9 de maio a 13 de junho, das 8h às 12h, o Curso “Fotografia Básica: Novos Olhares para o Centro”. A atividade terá como facilitadores Marília Oliveira e Régis Amora. As inscrições serão realizadas pelo e-mail ifotomailing@gmail.com.

Seguem em Cartaz durante todo o mês de maio, no Sobrado Dr. José Lourenço, as exposições “Seres Urbanos-Fanzines 90's” e “Mostra Traços da Gravura Brasileira”. As visitações ocorrem de terça a sexta, das 9h às 18h e aos sábados de 9h às 17h. Acesso gratuito.

Espaço Estação

Também ao longo do mês de maio o acervo da Biblioteca Pública do Estado segue aberto no Espaço Estação (Rua 24 de Maio, 60, Centro, ao lado da Praça da Estação), enquanto duram as obras de reforma geral da biblioteca. O espaço conta com todos os setores conhecidos pelos frequentadores da Biblioteca Pública do Estado, como a sala de leitura infantil, o setor braile, o setor de empréstimos e salas de leitura individual. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 17h.

Programação completa no site da Secult: www.secult.ce.gov.br

 

Paula Candice
Jornalista - MTB JP 1632

BR-230 ainda motiva protestos

dnitvarzeaO Dnit informou à Prefeitura de Várzea que deve recuperar o trecho em breve

Foto: Honório Barbosa

Várzea Alegre O trecho de 40 quilômetros da BR-230, entre esta cidade e Farias Brito, no Sul do Ceará, permanece esburacado desde o fim de 2013. As poucas chuvas que caíram desde fevereiro passado provocaram reabertura de antigos buracos, danificando o asfalto. No fim de 2012, a via foi recuperada com operação tapa-buraco, mas, dois anos depois está estragada, com desgaste que tende a aumentar com o fluxo de veículos.

Os buracos que reaparecem são uma prova de que o serviço de recuperação do trecho foi mal feito e é mais um exemplo de desperdício de recursos públicos federais. No período de 2006 a 2012, o trecho estava em péssimo estado de conservação, com muitos buracos.

A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) anunciou a recuperação da via esburacada em fevereiro de 2012 e o serviço foi concluído em parte do trecho da rodovia, compreendendo o entroncamento com a BR-116 e a entrada da cidade de Várzea Alegre. Na época, autoridades locais se mobilizaram para a recuperação da rodovia, que é considerada de grande importância para o trânsito, fluxo de pessoas e o comércio entre as cidades das regiões Centro-Sul e Cariri.

Trecho urbano

O segmento urbano da rodovia, que corta a cidade de Várzea Alegre também está muito danificado. No mês passado, o prefeito Vanderlei Freire esteve mais uma vez reivindicando a recuperação do trecho danificado da BR-230 ao superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), no Ceará, em Fortaleza, engenheiro José Diógenes Tavares Linhares. O gestor voltou a cobrar uma solução para o problema que é mais grave no trecho urbano da rodovia, o que já provocou a mudança de atendimento da empresa Expresso Guanabara do Terminal Rodoviário local para uma lanchonete no bairro Juremal. Um dos acessos ao terminal rodoviário passa por dentro da cidade e é rota da empresa de ônibus, que mudou o atendimento, provocando prejuízos aos comerciantes da rodoviária da cidade, inclusive aos taxistas.

Segundo as informações do prefeito Vanderlei Freire, a Superintendência do Dnit informou que o trecho entrou para processo de licitação no Plano Anual de Trabalho e Orçamento (PATO) do Dnit, e que, tudo transcorrendo dentro dos prazos normais, a previsão de início de recuperação da BR-230 é 15 de maio próximo.

O superintende do Dnit tranquilizou o gestor afirmando que o órgão tem interesse em recuperar o trecho danificado da BR-230 com brevidade, dependendo apenas dos prazos legais do processo de licitação.

Há quase dois anos, foi realizado um serviço de melhor qualidade, com recapeamento geral da via entre a cidade de Várzea Alegre e a BR-116, mas o trecho já apresenta novos buracos. No segmento entre Várzea Alegre e Farias Brito, os antigos buracos foram reabertos e novos surgiram. Na época, a empresa faliu e abandonou a obra.

Atenção e paciência

Os buracos exigem dos motoristas atenção e paciência. Em alguns pontos, é preciso trafegar em ziguezague para desviar dessas crateras. "Isso é uma vergonha para o Ceará", disse o representante comercial, Pedro Quirino, que semanalmente percorre a rodovia. "Até quando vamos sofrer com esses buracos?".

O diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Várzea Alegre, Marcos de Souza Filho, lamentou a buraqueira existente na BR-230. "É um problema recorrente, que vem de muitos anos", frisou. "A empresa faz o conserto, mas logo os buracos reaparecem e ficam dois, três anos ou mais para que a rodovia novamente seja recuperada". Ele questionou o fato de que rodovias federais em outros estados, como Pernambuco e Paraíba apresentam melhores condições de tráfego e manutenção do que no Ceará.

Mais informações:
Superintendência do Dnit no Ceará
Fone: (85) 4012-9674
Prefeitura de Várzea Alegre
Fone: (88) 3541-1522

Honório Barbosa
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

População é obrigada a ligar para celular dos policiais

[NREGIONAL - 1]  DIARIO/NREGIONAL/1_MATERIAL<NREG01> ... 08/05/15A Sejus informou que a paralisação das obras de reforma e ampliação da cadeia de Santana do Cariri se deve à espera da realização de uma nova licitação

Santana do Cariri A população deste município continua temerosa em relação ao número de roubos e assaltos decorrentes das falhas no setor de segurança pública. Embora haja contingente policial militar e viatura que recentemente foi entregue pelo governo do Estado para realização de rondas policiais e auxílio na captura de criminosos, as deficiências que o setor apresenta ainda implicam na falta de confiança da população e no aumento dos índices de criminalidade.

Como em 2013, não há aparelho de telefonia fixa no local. Para realizar denúncias ou pedir o auxílio da Polícia, a população precisa ligar diretamente para os números dos celulares dos policiais em serviço.

Dentre os problemas evidenciados, a ausência de condições de infraestrutura do local utilizado como destacamento policial e o atraso nas obras de recuperação da cadeia pública municipal são os que mais chamam a atenção da sociedade local. A situação não é nova. No dia 11 de setembro de 2013 a reportagem relatou a situação da falta de segurança pública no município. Naquela ocasião, moradores e comerciantes se diziam assustados com a quantidade de roubos e assaltos registrados semanalmente na cidade.

Os crimes aconteciam em plena luz do dia. Os criminosos agiam sem receio da reação policial porque, naquele período, não havia, sequer, viatura para realização de diligências. Conforme os moradores da cidade, de lá pra cá a única mudança vista no setor foi a entrega da viatura realizada pelo Governo do Estado, em outubro do ano passado.

Por falta de delegacia, a população não tem como realizar um simples boletim de ocorrência. Em caso de prisões, os detentos são transferidos para os municípios de Nova Olinda, Altaneira, ou para a Delegacia Regional, localizada em Crato, há cerca de 53 Km de distância. O alojamento dos policiais funciona em uma casa alugada pela Prefeitura.

Em nota, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) informou que um plano de recuperação das unidades prisionais do interior já está em curso, afirmando que diversas cadeias públicas encontram-se em reforma, enquanto outras estão em construção, como as unidades de Quixadá e de Novo Oriente, além da construção da Cadeia Pública de Juazeiro do Norte.

Sobre a Cadeia de Santana do Cariri, a Sejus informou que as obras de reforma e ampliação da unidade estavam a cargo da RCL Construções. A construtora, no entanto, abandonou a obra e o trâmite para que a empresa retome os trabalhos ou para que haja uma nova licitação está em andamento no Departamento de Arquitetura de Engenharia (DAE).

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Sana chega ao Cariri no próximo fim de semana

sanaUm dos pontos altos do Sana é o desfile e campeonato de cosplay, que atrai muitos jovens interessados e cultura pop

Fotos: Érika Fonseca e Helosa Araújo

Fortaleza. Nos dias 16 e 17 de maio, a Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro do Norte (Estácio FMJ) recebe a primeira edição do Sana Cariri. O evento é realizado pela Fundação Cultural Nipônica Brasileira (FCNB), em comemoração aos 15 anos do Sana, um dos maiores eventos de cultura pop multitemático da América Latina.

A diversidade de atrações presente na programação continua uma das marcas do evento: exibição de animes, videogames, desfiles de cosplays, arenas temáticas (Cavaleiros do Zodíaco, Nintendo, Harry Potter e Sana Zine, um espaço dedicado à venda e produção de fanzines), RPG, card games, estandes de venda e muito mais acontece durante os dois dias. O evento tem apoio do grupo Katsu, responsável por vários eventos de cultura oriental na região. Na lista de convidados, estão dubladores, músicos e produtores de conteúdo para a web.

Os grupos cearenses Hattori Hanzo e Shogun são conhecidos por suas versões das clássicas animesongs e dos grandes sucesso do j-rock, o mundialmente conhecido rock japonês. As bandas irão se apresentar no palco do Sana Cariri com um repertório para fãs de todas as idades.

O dublador Charles Emmanuel também é presença confirmada no evento. A voz por trás de personagens como Ben 10, BMO (A Hora de Aventura), Rigby (Apenas um Show) e Ronny Weasley (filmes de Harry Potter) estará no Sana Cariri para a alegria de fãs de dublagem.

Sucesso da Internet desde 1995, os Irmãos Piologo também participarão do Sana Cariri. Ricardo e Rodrigo Piologo, os criadores do Mundo Canibal e de hits da Internet como Avaiana de Pau e ParTOBA, irão levar muitas risadas ao público caririense durante os dois dias de evento.

No encerramento, o Sana Cariri irá trazer o show do quarteto Cavaleiros in Concert. O grupo formado por Edu Falaschi (ex-Angra e atual Almah), Ricardo Cruz (JAM Project), Larissa Tassi e Rodrigo Rossi desembarca em Juazeiro do Norte para cantar os grandes sucessos da série Cavaleiros do Zodíacos.

Além das arenas temáticas especiais para homenagear grandes produtos da cultura pop, como Cavaleiros do Zodíaco, Harry Potter e os jogos da Nintendo, o Sana Cariri traz o espaço Sana Zine, dedicado aos produtores e admiradores do quadrinhos. Lá serão produzidos e vendidos revistas produzidas de maneira autoral e independente, as famosas zines, para quem quiser conhecer um pouco mais da produção de HQs local.

Programação

8/5

Literatura e quadrinhos

Palestra do Escritor Raymundo Netto

Local: Centro Cultural Banco do Nordeste no Cariri

Rua São Pedro, 337 - Centro

Juazeiro do Norte

Horário: 18h

Entrada franca

Informações: (88) 3512-2855

8/5

"Amor"

Cine Sesc

Local: Unidade Sobral do Sesc

Rua Boulevard João Barbosa, 902

Horário: 19h

Classificação indicativa: 14 anos

Informações:

(88) 3611-0954

9/5

Show de Ranier Oliveira

Música ao Pôr do Sol

Local: Pracinha do Cruzeiro

Bairro Seminário

No Alto da Ladeira da Integração

Crato

Acesso gratuito

Informações: (88) 3523-4444

11/5

"Otelo"

("The tragedy of Othello: the moor of venice" - diretor. Orson Welles - EUA/França/Itália/Marrocos - 1952 - 90min)

Cinemarana

O Monumental Orson Welles: De "Cidadão Kane" a "Verdades e Mentiras"

Classificação indicativa: Livre

Local: Unidade Crato do Sesc

Rua André Cartaxo, 443

Horário: 19h

Informações: (88) 3523-4444

12/5

Programa ECOAR

Projeto Terças no Teatro Espetáculo Atabaques, Violas e Bambus - Vocal UFC

Horário:

1ª sessão - 19h30

2ª sessão: 21h

Acesso: R$2,00

Classificação: Livre

Local: Theatro São João

Praça São João, S/N - Centro - Sobral

Informações: (88) 3611-2430

14/5

Show Banda Som & Louvor

Local: Estacionamento do

Cariri Garden Shopping

Juazeiro do Norte

Ingressos: R$ 15,00 (primeiro lote)

R$ 20,00

Local: Loja Sankaku

SAIBA MAIS

Sana Cariri 2015

Data: 16 e 17 de maio de 2015

Horário: Das 10h às 20h

Local: Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro do Norte (Estácio FMJ)

Ingressos antecipados: R$30 (Combo para os dois dias), R$20 (Ingressos individuais para o sábado ou o domingo de evento). Valores de ingressos antecipados referentes à meia entrada.

Pontos de venda: MultSabor (Cariri Garden Shopping), Porão Rock (Rua Carlos Gomes, 411, Centro), Shinigami Shop (Rua Pio X, 946), Phoenix Soluções & Eventos (Rua Viena Weyne, 812, Fortaleza) e Bilheteria Virtual (http://migre.me/pfub).

Facebook: www.facebook.com/SanaFCNB

Instagram: instagram.com/sana_fcnb

Site: portalsana.com.br

Contato: Disk Sana (85) 8198-1989

Diario do Nordeste - Regional

Sem nem sinal da Operação Tapa-Buracos, moradores do bairro São José assistem caminhão da Proex atolar na lama

 

caminhaolixo

Fotos: Wilson Cardoso/Grupo Whatssap Miseria

E acoleta de lixo em Juazeiro do Norte foi prejudicada nesta sexta-feira, pelo menos para os moradores do bairro São José. É que o caminhão da empresa Proex, que faz o recolhimento do lixo nas ruas do bairro atolou no cruzamento das ruas Maria Vicência de Oliveira com Maria Tavares de Jesus. A lama impediu o trabalho dos coletores, que passaram a maior parte da manhã tentando retirar o veículo do atoleiro.
No bairro São José, os moradores continuam reclamando da Proex e, principalmente da Prefeitura de Juazeiro do Norte, pois segundo eles, a operação tapa-buracos, a qual, a prefeitura diz está em andamento, ainda não chegou as ruas do bairro. Casos como o do caminhão da Proex têm sido rotina, pois o lixo, o mato e a lama estão em todas as ruas.

 

lavio pinto

A questão carcerária - Por: Emerson Monteiro

Um dia, pelas ruas de Mangaratiba, cidade litorânea do Rio de Janeiro, visualizei o passeio dos detentos da Ilha Grande, antigo presídio hoje desativado. Quadro marcante, cortejo de homens válidos, corpulentos, em marcha batida, controlados por guardas e cães, a percorrer trechos daquela cidade. Alguns traziam consigo peças de artesanato de própria fabricação, oferecidas aos circunstantes por preços ocasionais. A cena ficou gravada para voltar ao pensamento quando, como agora, enfeixo a intrincada crise penitenciária brasileira. Aqueles zumbis, de olhos vazios, trajes encardidos, quais reses de tosquia, trastes da culpa, apenas arrastavam o tropel do destino à luz da vontade dos homens.

E revivo também a sensação cotidiana dos noticiosos quando exploram o mundo cão. São raros os meses em que deixam de ocupar o cardápio as rebeliões nas celas, com registros de fugas, incêndios, perdas de vidas e homicídios. 

Tais aspectos percebidos significam o estrangulamento do sistema penal; refletem a estrutura da sociedade como um todo, onde deficiências indicam  muito chão ainda para percorrer até a perfeição final do processo vida.

Cheira mesmo a repetição dizer que as cadeias, quais viveiros de pássaros indomáveis, converteram-se no campus da monstruosa universidade do crime, imagem conhecida, onde os apenados ali encaram desafios primitivos junto de outros em condições físicas e morais deploráveis. Daí, qual onda avassaladora, estranho relacionamento impõe e multiplica a morbidez de seres vencidos, depois lançados às sarjetas, num ciclo de miséria que aumenta os custos do subdesenvolvimento mórbido.

Intenções honestas de resolver o problema, contudo, não eliminam o atraso dessa área, vistas experiências nos países ricos, mesmo sabidas quantas falhas lá também persistem.

Planos que se cogitem devam sempre vincular a participação efetiva da força de trabalho reclusa às celas, estagnando a capacidade produtiva. Em resposta, as sentenças assim deixariam de inutilizar a mão de obra prisioneira, sobrando ao Estado o mérito de soluções criativas e geração de riqueza, alimentando e estabilizando as contas da instituição punitiva, além de profissionalizar quem chegar, de comum, sem ofício. As prisões agrícolas demonstram a viabilidade desta ideia.

Restam imaginar perspectivas novas para problema tão arcaico. O gesto de segregar aos calabouços, sem outras preocupações racionais, apenas mascara uma chaga que transborda de dor e clama decência. Compromisso pesa, pois, sobre todos os ombros, sabendo que o zelo da liberdade vem assegurado como atributo essencial, dom divino que cabe manter, sobretudo a quem necessita desde criança das poucas e limitadas oportunidades vitais.

Caminhão atola nos buracos do bairro seminário, em Crato


Compartilhando a postagem do amigo Ruan Carlos, do Facebook:

"SE SENTINDO REVOLTADO COM O DESCASO PÚBLICO NA NOSSA CIDADE. Passando agora a pouco pelo bairro Seminário (próximo ao Colégio Polivalente), me deparei com esta situação caminhão atolado na buraqueira, deixe seus comentários sobre esta situação deplorável."




Fotos e texto: Ruan Carlos





Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30