xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 08/04/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

08 abril 2015

Unesco: Brasil cumpriu duas das seis metas da Educação estabelecidas em 2000


O Brasil cumpriu duas das seis metas do Marco de Ação de Dakar, Educação para Todos: Cumprindo nossos Compromissos Coletivos, firmado em 2000 por 164 países. De acordo com o último relatório de monitoramento divulgado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), apenas um terço dos países cumpriu as metas.

unesco_maria_rebeca_otero_0116_0

Coordenadora de Educação da Unesco no Brasil, Maria Rebeca Otero apresenta relatório sobre metas para a Educação. Das seis metas da agenda, o Brasil conseguiu universalizar o acesso à educação primária, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, e incluir meninos e meninas na escola, independentemente do gênero. Reduzir o analfabetismo dos adultos, garantir educação de qualidade aos jovens e as crianças com menos de 5 anos de idade continuam sendo desafios para o país.
“O Brasil avançou muito em todas as metas, no entanto, não conseguiu alcançar em sua totalidade algumas delas. Há um grande desafio para o Brasil, sabemos que o país tem um tamanho continental, são milhares de escolas, professores, alunos, tem uma grande complexidade, mas tem todo o potencial para alcançar as metas”, avaliou a coordenadora de Educação da Unesco no Brasil, Rebeca Otero.
O Brasil precisa vencer o analfabetismo, que atinge ainda 8,3% da população com mais de 15 anos, segundo os últimos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Precisa melhorar o ensino médio, em termos de atratividade e da oferta do ensino técnico público. Além disso, por lei, até 2016, terá que colocar todas as crianças de 4 e 5 anos, cerca de 700 mil, no ensino infantil.
No relatório, o país é citado como o que “teve os ganhos mais substanciais entre as crianças das famílias mais pobres comparados com os de famílias menos pobres”. Um dos fatores para isso ter ocorrido são os programas de inclusão de renda como o Bolsa Família, que é citado mais de uma vez no documento. O texto, no entanto, ressalta que o programa não possibilita resolver a questão da inclusão: “Mesmo programas relativamente bem orientados como o Bolsa Família não chegam aos extremamente pobres e não resolvem os seus desafios”, diz.
Rebeca ressalta que, apesar de vencida a meta da universalização do ensino fundamental, o Brasil, que chegou a uma taxa de 97% de inclusão, ainda não atende plenamente a populações mais vulneráveis como a indígena, quilombola e de pessoas com deficiência. Em relação à questão de gênero, a coordenadora diz que faltam políticas nacionais orientadas para tal. Para Rebeca, a suspensão do chamado kit anti-homofobia, que seria distribuído nas escolas para a abordar, a homossexualidade e questões de gênero foi um retrocesso. A questão gerou polêmica principalemente entre grupos religiosos e a presidenta Dilma Rousseff acabou suspendendo a distribuição do kit em 2011.
“O Brasil tem passado nesse âmbito um certo retrocesso, tem tido algumas restrições nesse sentido. É importante buscar trabalhar isso [questões de gênero e sexualidade] com os nossos jovens para que não haja retrocesso”, disse Rebeca.
O Marco de Ação de Dakar, Educação para Todos: Cumprindo nossos Compromissos Coletivos foi firmado em 2000 por 164 países. A Unesco acompanha o progresso das metas que deveriam ser cumpridas até 2015. O resultados estão no Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos 2015 “Educação para Todos 2000-2015: progressos e desafios”, a última edição do monitoramento, produzido por uma equipe independente da Unesco. Uma nova agenda deverá ser definida pelos estados-membros até setembro deste ano.

Editor Aécio Amado
Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil|Agência Brasil


Juca Ferreira lança Política Nacional de Cultura Viva

 

O Ministério da Cultura lançou, nesta quarta-feira (8) a Política Nacional de Cultura Viva, e com isso os Pontos e Pontões de Cultura agora fazem parte de uma política de Estado. A ideia é fortalecer a rede de criação e gestão cultural com base nos Pontos de Cultura, de modo a desburocratizar e facilitar o reconhecimento dos grupos culturais.

juca

O ministro Juca Ferreira no lançamento da Lei Cultura Viva e da regulamentação da Política Nacional de Cultura Viva José Cruz/Agência Brasil

De acordo com o ministro da Cultura, Juca Ferreira, quem tem mais de dois anos de atividade cultural e perfil de Ponto de Cultura poderá se autodeclarar. Os grupos integrarão o Cadastro Nacional dos Pontos, que facilitará o mapeamento das ações no país e a articulação entre eles.

O representante da Rede de Matriz Africana (Rema), no Espírito Santo, Geovan da Silva, destaca que o grupo conseguiu desenvolver mais ações voltadas à sociedade depois do reconhecimento como Ponto de Cultura, há quatro anos. Hoje, de acordo com ele, a Rede opera ações para 100 mulheres de povos e comunidades tradicionais de matriz africana. Elas participam de cursos profissionalizantes, como corte e costura e artesanato, e depois se tornam multiplicadoras.

Coordenadora do Ponto de Umbigada, em Pernambuco, e integrante do Conselho Nacional de Política Cultural, Mãe Beth de Oxum acredita que a Política Nacional de Cultura Viva representa maior protagonismo da população, e vai garantir visibilidade aos grupos tradicionais.

Mas lembra que ainda há muito a avançar, principalmente na área da comunicação. “A gente ainda está no país onde a comunicação ainda não tem fala para a cultura. Os povos indígenas, os povos quilombolas, os povos de matriz africana não têm direito à comunicação. Qual o canal afrobrasileiro que a gente tem?”, questiona.

A Política Nacional de Cultura Viva vai fortalecer ações culturais de várias partes do país, incluindo grupos indígenas, quilombolas, crianças, adolescentes e mestres da cultura popular. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), são mais de 4 mil pontos em cerca de mil municípios brasileiros.

A iniciativa, instituída pela Lei 13.018/14, conhecida como Lei Cultura Viva, foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff em julho do ano passado.

Editor Stênio Ribeiro

Karol Assunção - Repórter do Radiojornalismo/EBC|Agência Brasil

Ancine abre inscrições para o programa Encontros com o Cinema Brasileiro

cinema3

Estão abertas até o dia 26 deste mês as inscrições para a primeira etapa do 10º Encontros com o Cinema Brasileiro, iniciativa conjunta da Agência Nacional do Cinema (Ancine) e do Ministério das Relações Exteriores que tem como objetivo aumentar a visibilidade do cinema brasileiro no mercado internacional. Nesta edição, o programa trará ao Brasil, para assistir a filmes nacionais de produção recente, representantes dos festivais de Veneza, na Itália; Locarno, na Suíça; San Sebastián, na Espanha, e Toronto, no Canadá.

Na primeira etapa, a curadora delegada para a América Latina do Festival de Veneza, Violeta Brava, virá a Sâo Paulo para assistir a uma seleção de 12 longas-metragens, entre os dias 8 e 10 de maio, em sessões exclusivas no Museu da Imagem e do Som (MIS). Também no início de maio serão abertas as inscrições para a segunda etapa desta 10ª edição, que trará ao Rio de Janeiro, entre 3 e 6 de julho, representantes dos festivais de Locarno, San Sebastián e Toronto.

De acordo com a Ancine, podem se inscrever filmes de longa-metragem finalizados e ainda inéditos fora do território nacional ou obras em fase de finalização que têm corte provisório capaz de ser projetado em formato digital. Os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível no portal da Ancine  e indicar um link onde esteja disponível para visualização um teaser ou trailer do filme, com duração entre dois e cinco minutos e legendas em inglês.

Agência Brasil

BNDES: desembolsos para infraestrutura devem atingir R$ 60 bilhões este ano

bndes

O valor dos desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o setor de infraestrutura, envolvendo operações diretas, indiretas e automáticas, deverá se manter este ano em torno de R$ 60 bilhões, patamar similar ao de 2014. O superintendente da Área de Infraestrutura do banco, Nelson Siffert, disse hoje (8) no Congresso da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (Abvcap), no Rio de Janeiro, que esse volume de recursos considera não só os segmentos de energia e logística, mas também o de mobilidade urbana, saneamento e parte da linha de empréstimos Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos), para aquisição de máquinas, locomotivas, vagões, material elétrico, incluídos em infraestrutura.

Os recursos gerais a serem liberados pelo BNDES em 2015 deverão ficar da ordem de R$ 170 bilhões, mostrando retração em comparação ao total liberado em 2014, que chegou a R$ 187,8 bilhões, disse. “Então, você tem a perspectiva de infraestrutura ser em torno de pouco mais de 40% do orçamento geral do banco”, acrescentou.

A ideia, disse Siffert, é o BNDES não depender de suporte financeiro do Tesouro Nacional e estimular uma participação crescente do mercado de capitais no financiamento ao setor produtivo, por meio de emissão de debêntures. “Portanto, o BNDES não tendo um orçamento que possa crescer de forma elástica, é fundamental que o mercado de capitais se some ao esforço do banco de financiar infraestrutura”. O superintendente acredita que as debêntures terão um papel mais relevante no financiamento não só da infraestrutura, mas da economia como um todo.

No primeiro trimestre deste ano, os desembolsos para energia e logística, dentro de infraestrutura, cresceram 10%, em relação a igual período do ano passado, “o que está em linha com a nossa projeção anual de crescer também em torno de 10%”.

Nelson Siffert reforçou que a área financeira do BNDES está trabalhando no sentido de equacionar o funding (fontes de recursos para empréstimos), para não recorrer a captações junto ao Tesouro. Ele acredita que o mercado de capitais vai se somar ao BNDES no sentido de suprir “qualquer hiato de funding que os projetos venham a demandar”. Ponderou que isso é viável, apesar de a taxa básica de juros Selic estar em um patamar elevado e com projeção de crescimento. “A Selic está com essa projeção mas, a médio prazo, a tendência é de queda”.

Lembrou que o investidor de infraestrutura olha os projetos mais a médio e longo prazo e que a emissão de debêntures pode ocorrer em diversos períodos do projeto. Nos últimos anos, foram feitas operações de emissões de debêntures de infraestrutura em 32 projetos, somando valor captado pelo mercado superior a R$ 8 bilhões, dos quais o BNDES comprou R$ 1 bilhão.

Nelson Siffert disse que o banco pretende lançar ainda este ano no mercado um fundo lastreado nessas debêntures. Para coordenar e estruturar a oferta pública de quotas de fundo de investimento com lastro em debêntures de infraestrutura da carteira do BNDES, foi selecionado o consórcio composto pelos Bancos Bradesco BBI e BTG Pactual. A gestão e administração do fundo ficarão a cargo da Caixa Econômica Federal, que também integra o consórcio. “A ideia é atrair essa poupança privada para aportar 'funding' para projetos de infraestrutura”.

A carteira de infraestrutura do BNDES engloba hoje 399 projetos, com financiamentos de R$ 199,6 bilhões, que representam investimentos de R$ 362 bilhões. (Alana Gandra)

Agência Brasil

Google registra patente de robôs com personalidade

robos

 - Dollar Photo Club/@jim-Fotolia

RIO — O Google conquistou recentemente uma patente curiosa, que retoma o debate sobre os limites no desenvolvimento de inteligências artificiais. Concedida pelo Escritório de Patentes e Marcas dos EUA no dia 31 de março, o documento descreve “métodos e sistemas para o desenvolvimento de personalidade em robôs”. O registro não significa que um novo produto esteja a caminho, mas indica que, ao menos, algo neste sentido está sendo desenvolvido.

 

O sistema descreve um mecanismo pelo qual um robô acessa um dispositivo do usuário para coletar informações pessoais. Com base nesses dados, a máquina configura uma personalidade para interagir com o usuário. Outras informações, como reconhecimento de voz e face, também poderão ser utilizadas para melhor identificar o dono. Além disso, a personalização pode ser transferida para outros robôs ou compartilhada pela nuvem.

Esse tipo de tecnologia já está presente, até certo ponto, nos assistentes pessoais, como Siri, Google Now e Cortana, que analisam informações de uso de dispositivos móveis e oferecem serviços complementares, via comando de voz. Mas as pesquisas do Google vão além.

Dotar uma máquina de personalidade não é mudar a voz, ou informar o horário que a pessoa deva sair para chegar pontualmente no trabalho. Segundo o documento, a personalidade dá ao robô a capacidade de representar “condições de felicidade, medo, surpresa, perplexidade, reflexão, escárnio, e assim por diante. Estes estados de humor podem ser desencadeados por circunstâncias detectadas pelo robô, ou por comando”.

Outro ponto interessante (ou macabro) da patente é que ela cita que os robôs podem ser programados com visuais e atributos que são únicos daquela máquina. “O robô pode ser programado para assumir a personalidade de pessoas do mundo real (por exemplo, um ente querido falecido, um celebridade), de modo que os traços de caráter das pessoas sejam emuladas pelo robô”.

Essa definição é muito próxima da temática explorada por Steven Spielberg no filme “Inteligência Artificial”. Na ficção, um casal adota um androide dotado de sentimentos para substituir um filho que está em estado vegetativo.

De acordo com a patente, os robôs vão se relacionar com humanos por voz e movimentos, com habilidade para improvisação. Eles vão agir de forma passiva, respondendo a estímulos de humanos ou do ambiente, e ativa, com a máquina dando início a uma conduta ou interação. Com o armazenamento em nuvem, as personalidades poderão ser transferidas entre os robôs, seja por causa de uma troca ou em viagens.

“A personalidade pode ser compartilhada com outros robôs, assim como a um clone deste robô. Desta forma, um usuário pode viahar para outra cidade e fazer o download da personalidade em um robô naquela cidade (outra ‘pele’)”, diz o documento.

O GLOBO

Ronda do Quarteirão será remodelado e Boletim de Ocorrência será feito nas viaturas

Ronda-do-QuarteiraoO programa Ronda do Quarteirão vai passar por remodelação pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) a partir de julho deste ano, com implantação gradual do novo modelo primeiro em Fortaleza e depois na Região Metropolitana da Capital e Interior.

O novo projeto do Ronda terá o slogan “De mãos dadas com você”. A reestruturação em Fortaleza contará com a criação de 25 Unidades Integradas de Segurança (Unisegs) divididas nas seis Áreas Integradas de Segurança (AISs) da cidade. Cada Uniseg possuirá uma companhia do Ronda e uma delegacia da Polícia Civil funcionando 24 horas.

As 25 companhias do Ronda possuirão 88 policiais cada. E terão o funcionamento de um Núcleo de Policiamento e Acolhimento Social, responsável pelas políticas comunitárias, como o Ronda Maria da Penha, o Grupo de Apoio às Vítimas de Violência, e visitas comunitárias com foco nas escolas e equipamentos de enfrentamento à drogadição. Além disso, Bases Móveis do Ronda serão deslocadas para pontos críticos da cidade. Estruturalmente, as companhias serão dotadas com uma van, seis viaturas, duas motos e equipamentos de comunicação.

Segundo o governador Camilo Santana a remodelação do Ronda serve para aproximar ainda mais o policiamento da população. “Essa reestruturação fará com que a Polícia fique ainda mais próxima da população, o que é, na verdade, a essência do programa. Em paralelo a isso, é fundamental que o policial esteja motivado para desempenhar a função”, frisa o governador.

Ao todo, serão 2.200 homens em atuação na Capital. O cronograma de implementação contempla cinco áreas em julho: Vicente Pinzon, São Miguel, Genibaú, Praia de Iracema e Bom Jardim. Ainda este ano outras cinco áreas serão contempladas em Fortaleza. As 15 Unisegs restantes serão instaladas até setembro de 2016.

Ainda de acordo com o governo, a SSPDS realiza levantamento para a criação de 28 Unisegs no Interior e 14 na Região Metropolitana de Fortaleza. A intenção é iniciar as ações na RMF e em Juazeiro do Norte e Sobral ainda este ano.

Viaturas farão BOs

Outra novidade do remodelado Ronda é a criação do Boletim de Ocorrência Móvel (BOM). A partir de julho, o cidadão que acionar uma viatura para casos como roubos e furtos, por exemplo, poderá formalizar o Boletim de Ocorrência no próprio veículo, através de sistema integrado ao da Polícia Civil.

Para o Tenente-Coronel Fernando Albano, Comandante do Ronda, a iniciativa será um divisor de águas na segurança pública do Ceará. “Vamos ter ações mais qualificadas no acolhimento à comunidade e uma presença maior da Polícia Militar em toda Fortaleza, além de que a Polícia Civil estará funcionando com sua capacidade máxima 24 horas”.

Ceará Agora

Cancelamento da refinaria Premium não se deve à Lava Jato, diz diretor

comissao-refinariasA decisão da Petrobras de cancelar a construção de duas unidades de refino no Maranhão e no Ceará (Premium I e II) não tem relação com os efeitos da Operação Lava Jato, que investiga corrupção na companhia, e foi motivada apenas por fatores econômicos.

A afirmação foi feita nesta quarta-feira (8), em audiência pública, pelo diretor de Abastecimento da estatal, Jorge Celestino Ramos, em resposta à pergunta da deputada Eliziane Gama (PPS-MA). A deputada é coordenadora da comissão externa da Câmara dos Deputados que analisa a suspensão dos dois investimentos.

De acordo com Ramos, o cancelamento dos dois projetos, anunciado em janeiro passado, foi motivado por três fatores: a queda dos preços do mercado mundial de petróleo e refinados, que reduziu as “margens de refino” (retorno financeiro, descontado o custo das matérias-primas) e tirou a atratividade dos empreendimentos; a desistência da companhia petroquímica chinesa Sinopec, que estava negociando participação nas unidades; e a necessidade da empresa de preservar seu caixa.

De acordo com ele, somente a retomada do crescimento mundial e a melhora nos preços do petróleo e dos refinados poderão levar a companhia a retomar projetos de construção de novas refinarias no País. “Na medida em que as margens de refino se reposicionam e tenho financiamento, tenho mercado em expansão, posso voltar a rediscutir os projetos”, afirmou o diretor da estatal após pergunta do deputado Chico Lopes (PCdoB-CE).

Durante a audiência pública, Ramos afirmou que o prejuízo já declarado com o cancelamento da obra do Maranhão, de cerca de R$ 2,1 bilhões, representa entre 1% e 2% do custo global da unidade. No total, a companhia declarou, em comunicado ao mercado, perdas de R$ 2,7 bilhões com o encerramento dos dois projetos, que se destinavam à produção de refinados como óleo diesel, gás de cozinha e querosene de aviação.

O prejuízo refere-se principalmente aos projetos e às obras de terraplenagem realizadas nos terrenos cedidos pelos governos estaduais para as usinas, que ficam nas cidades de Bacabeira (MA) e Caucaia (CE).

O diretor de Abastecimento disse que a Petrobras está negociando com os governos dos estados do Ceará e Maranhão a devolução dos terrenos e cancelando convênios que haviam sido firmados. A negociação, segundo ele, é uma exigência da legislação, pois a empresa precisa dar baixa nos ativos que não usará mais.

Segundo ele, os estados não foram avisados com antecedência porque a legislação das sociedades anônimas exige que o mercado seja informado em primeiro lugar. Isso foi feito por meio de um Fato Relevante divulgado em janeiro. “A gente entende que essa não foi a melhor forma de discutir o assunto”, reconheceu Ramos, após questionamento do deputado Weverton Rocha (PDT-MA).

Apesar da explicação, a decisão da estatal de não informar previamente os governos foi criticada pelo deputado Pedro Fernandes (PTB-MA). “Isso é história para boi dormir. Ou o projeto foi mal pensado, aí a Petrobras se corrige cancelando, ou [a suspensão] foi de uma irresponsabilidade muito grande. O cancelamento dos projetos foi na calada da noite”, disse Fernandes, que decidiu sair da reunião em protesto contra as palavras do diretor da Petrobras.

Nova audiência
Na próxima quarta-feira (15), a comissão externa vai realizar uma nova audiência pública, desta vez para ouvir o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga. O convite para ele ainda será formulado. Na próxima sexta (17), o colegiado deverá visitar a cidade de Bacabeira, onde seria instalada a unidade maranhense.

Com Agência Câmara

Operação Lava Jato – Juiz bloqueia R$ 163,5 milhões da empreiteira Queiroz Galvão

sergiomrorfo-625x320

“O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela investigação da Operação Lava Jato na primeira instância, determinou o bloqueio de R$ 163,5 milhões da empreiteira Queiroz Galvão, acusada de pagar propina para obter contratos com a Petrobras. O valor é referente a um precatório do governo de Alagoas que deverá ser pago à empresa.

Moro atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que a quantia fosse bloqueada a fim de garantir o ressarcimento aos cofres públicos. O MPF avalia em R$ 372, 2 milhões o valor que a Queiroz Galvão deve devolver. A quantia foi calculada levando-se em conta 3% dos contratos que a empresa assinou com a Petrobras. O percentual era a média de propina que deveria ser paga a então diretores da estatal pela assinatura dos contratos, segundo delatores do esquema.

Na decisão, Sérgio Moro disse que, embora seja necessário o aprofundamento das investigações sobre o cartel, as provas colhidas até momento permitem o bloqueio. “Há o depoimento dos criminosos colaboradores a respeito do envolvimento da Queiroz Galvão no cartel das empreiteiras e no esquema de propina e lavagem. Há alguma prova documental, como alguns pagamentos efetuados por consórcio do qual a Queiroz Galvão fazia parte a contas controladas por Alberto Youssef [doleiro] e há o próprio contrato de consultoria acima referido que o próprio Paulo Roberto Costa afirma ser fraudulento, sendo utilizado apenas como subterfúgio para pagamento de propinas”, diz o juiz.”

(Agência Brasil)

PIB cearense fecha 2014 em 4,36% e, pelo sétimo ano consecutivo, supera índice nacional

ipece

ipeceA economia cearense em 2014, medida pelo Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no Estado, cresceu 4,36% em relação a 2013 e supera pelo sétimo ano consecutivo o desempenho nacional, que ficou em 0,1% no ano passado. No quarto trimestre de 2014, o PIB do Ceará fechou em 2,7%, também superando o brasileiro no mesmo período, que foi de menos 0,2%. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (8), em entrevista coletiva na sede do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).
“Tivemos um crescimento muito expressivo (4,36%). Se comparar com o Brasil (pouco mais de 0,1%), o desempenho do Estado foi muito forte. Isso está, de certa forma, relacionado ao volume de investimentos que foi realizado nos últimos anos”, afirmou o professor Flávio Ataliba, diretor geral do Ipece.
O setor Agropecuário, dentre os três segmentos que compõem o PIB, foi o que apresentou melhor desempenho em 2014, com um crescimento de 65,07%, bem superior ao nacional no mesmo período, de 0,4%. O segundo lugar ficou com Serviços, com evolução de 3,59% (nacional foi de 0,7%).

Quarto trimestre de 2014
O setor Agropecuário do Ceara encerrou em 37,22% no quarto trimestre de 2014; Serviços ficou em 2,8%, superando, respectivamente, os índices de 1,2% e 0,4% apresentados pelo PIB nacional no mesmo período. O PIB é um indicador que mostra a tendência do desempenho da economia no curto prazo, com base nos resultados dos três setores: Agropecuária, Indústria e Serviços.
Mais uma vez, o resultado do PIB cearense confirma a estimativa do Ipece, órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado, que estimava índice de crescimento da economia cearense entre 3,5 a 4,5% em 2014 e que o resultado seria superior ao registrado para o PIB nacional.
Todos os dados relativos ao Produto Interno Bruto já podem ser acessados no www.ipece.ce.gov.br.

Investimentos do Ceará
O principal setor para a economia do Ceará é o de serviços, pois representa 73,8% do PIB do Estado. “Nessa dinâmica recente da economia cearense, o setor de turismo se destacou, não só diretamente, mas através do setor de serviços, com as contas de alimentação, alojamento e transporte”. Ele cita ainda o comercio com um destaque importante, com 16% de participação no PIB.
Para ele, todos os equipamentos que podem fortalecer esses segmentos são fundamentais, como o Centro de Eventos e Acquário.  “Tem um importante impacto na atividade econômica do Estado”.
De acordo com o diretor do Ipece, o Ceará se consagra como o quarto maior volume de investimentos do País, com R$ 16,8 bilhões, ficando atrás somente de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. “Isso mostra que os investimentos públicos são muito importantes para dar a dinâmica da economia cearense, que ainda precisa muito da presença do Estado”.
Ataliba lembra que o ICMS foi a principal fonte de financiamento dos investimentos. “Grande parte dos investimentos não foram recursos de terceiros, ou seja, através de endividamento, e sim, de recursos próprios. Ou seja, o Ceará tem uma capacidade de endividamento muito grande”, disse. Ele acrescenta que mesmo haja dificuldade de investir com recursos próprios para crescer o Ceará tem uma capacidade de levantar recursos e créditos internacionais “muito grande”.

Metas
A população do Estado do Ceará representa 4,5% da população brasileira e o PIB cearense representa cerca de 2% do PIB nacional. “O crescimento vem sendo muito forte nos últimos anos, nós precisamos continuar esse esforço de crescimento continuado até chegar a 4,5% do PIB nacional. Essa é a grande meta. Isso significa que a gente vai ter a mesma média da renda nacional”.
08.04.2015
Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece)
Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará
Assessor de imprensa: Luiz Pedro( comunicacao@seplag.ce.gov.br / 85 3101.4495)
Twitter: @SeplagCeara
Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias


Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Funcap investirá R$ 1,6 milhão no desenvolvimento da pós-graduação cearense

funcap
A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) divulga hoje (8) as propostas aprovadas no edital nº 05/2014 – Estímulo à cooperação científica e desenvolvimento da pós-graduação – Fase 2, realizado em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). No total, foram aprovadas 17 propostas, somando R$ R$ 1.605.054,00 em recursos a serem investidos.

O edital visa fortalecer o ensino de pós-graduação stricto sensu (mestrado acadêmico e doutorado) no Ceará, por meio do financiamento de despesas de custeio inerentes à execução dos mesmos.

O prazo máximo de execução dos projetos aprovados é de 18 meses, desde que não ultrapasse a vigência do Acordo CAPES/FUNCAP, em vigência até 10 de agosto de 2016.

Clique aqui e confira o resultado:

08.04.2015

Assessoria de Comunicação da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento
Científico e Tecnológico (Funcap)
Telefone: (85) 3275-9629
www.funcap.ce.gov.br
Twitter: @FuncapCE

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias
sabrina.lima@gabgov.ce.gov.br / (85) 9128.1288

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará

Internos realizam o sonho do matrimônio em casamento coletivo na CPPL II

cpplII

Seis casais, seis histórias. Juntos em uma cerimônia e com um sonho em comum: o de constituir uma família feliz fora das grades que os separam de seus cônjuges. O desejo teve seu primeiro passo, nesta quarta-feira (8), quando seis internos da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II) oficializam a relação com suas companheiras em cerimônia promovida pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus).

Com a presença de amigos e familiares, a ação também contou com a participação de um líder religioso e um juiz de paz que consolidou a união dos casais. Adeliane dos Santos, 21 anos, era uma das noivas que, como as outras, tinha a consciência de que este evento deu mais dignidade tanto a ela quanto ao seu noivo. “Quero agradecer a todos do Governo do Estado e, principalmente, da Casa de Privação por me proporcionar este momento. Para mim, tudo isso é único. Ter me dado esta chance de renovar a minha vida e a do meu companheiro só nos dá cada vez mais ânimo para vivermos a nossa vida de maneira mais justa e saudável”, fala emocionada a noiva.

A demanda dos internos em oficializar o matrimônio ainda no período do encarceramento é encaminhada aos assistentes sociais das unidades que reúnem as documentações necessárias para a oficialização do casamento. Com pedidos feitos com frequência, apenas no ano passado, a CPPL realizou 120 casamentos, sendo realizadas, em média, 30 solicitações por mês.

O coordenador adjunto da Coordenadoria do Sistema Penal (Cosipe) da Sejus, Nilton de Souza, afirmou que este evento ajuda os internos. “A família é uma instituição bastante importante para ressocialização. Nós buscamos sempre a integração de todos, além de nos preocuparmos com a humanização dos internos, buscando também uma maior aproximação entre seus familiares. A palavra-chave para nosso trabalho aqui dentro é a humanização”, aposta o coordenador.

08.04.2015

Wilame Januário
Repórter/Célula de Reportagem
(85) 8873.6999

Gestor de Célula/Secretarias
Ciro Câmara ( ciro.camara@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Dia Nacional do Braille: primeira-dama destaca linguagem escrita para os deficientes visuais

braile

braileA primeira-dama do Estado, Onélia Maria Leite de Santana, vem dedicando a sua atuação à garantia dos direitos das pessoas com deficiência, além de outras áreas principais como a infância, idosos e artesanato. No Dia Nacional do Braille, comemorado a cada 8 de abril, a primeira-dama reforça apoio ao segmento e destaca a importância da linguagem para os deficientes visuais.
Segundo o Censo IBGE/2010, no Brasil, são 35,7 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência visual. Já no Ceará, 1.497.949 pessoas declaram possuir deficiência visual (desde casos mais leves aos mais severos). “Gostaria de reforçar meu apoio à garantia dos direitos das pessoas com deficiência. Já começamos a construir um Ceará que queremos, com acessibilidade no sentido mais amplo desse conceito, mas precisamos avançar ainda mais", ressaltou a primeira-dama. Ela destacou ainda a importância do braille para os deficientes visuais. “O braille é a maneira que as pessoas com deficiência visual têm de aprender a leitura e a escrita. Embora estejamos na era da modernidade, com todos os avanços tecnológicos, as crianças videntes continuam sendo alfabetizadas na linguagem escrita, e o braille equivale ao escrito para as pessoas que não enxergam", completou.
Já a coordenadora Especial de Políticas Públicas para os Idosos e as Pessoas com Deficiência, Isabele Cavalcante, o Sistema Braille foi um dos grandes responsáveis pela inclusão das pessoas com deficiência visual na sociedade. “Uma vez que por falta de acesso à leitura e ao ensino regular essas pessoas por muito tempo ficaram confinadas em seus domicílios e/ ou em instituições com internos com diversas patologias", pontuou.
Serviços
O Governo do Estado disponibiliza para população os serviços da Gráfica Braille, que agrega sistemas e tecnologias assistivas de informação, contribuindo para a promoção da acessibilidade educacional e cultural de pessoas com deficiência visual. A iniciativa corresponde aos determinantes do Artigo 9º da Convenção Sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência promovendo acessibilidade através da "leitura para todos".
Dentre os serviços disponibilizados estão: transcrição e impressão de textos para braille, transcrição para áudio, com formato a sua escolha (wave, mp3 e outros), podendo a leitura ser feita por meio de aparelhos portáteis como: mp3 player, celular, tablet e etc. Os serviços da gráfica estão disponíveis na Praça Luiza Távora e no Centro de Profissionalização Inclusiva para Pessoas com Deficiência (Cepid), vinculados à Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).
Para solicitar os serviços da Gráfica Braille, basta enviar os arquivos em textos nos formatos doc, pdf e txt. É importante ressaltar que o serviço realizado é sem fins lucrativos, mas o papel é disponibilizado pelo solicitante e deve ser tipo do A4, 40 kg.
Outro órgão do Estado que possui serviços para o deficiente visual é no Centro de Referência em Educação e Atendimento Especializado do Estado do Ceará (Creaece), onde existe o Centro de Apoio Pedagógico para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual (CAP), unidade de serviços de apoio pedagógico e suplementação didática garantindo às pessoas cegas e de baixa visão o acesso aos recursos específicos e necessários aos conteúdos curriculares da escola comum, além de promover a capacitação de profissionais e demais recursos humanos da comunidade. Lá também é realizada a produção de livros digitais em áudio e transcrição de livros didáticos para atender alunos com deficiência visual matriculados nas escolas da rede pública de ensino. São atendidas 90 escolas de 36 municípios beneficiando 90 alunos com deficiência visual.
O Creaece promove cursos de formação continuada e de aperfeiçoamento pedagógico nas áreas da educação especial para professores das escolas da rede pública de ensino com alunos incluídos e demais profissionais envolvidos com a causa da inclusão educacional. Entre os cursos, está o de Formação Continuada em Deficiência Visual que inclui Braille e possui duração de 18 meses - é ofertado semestralmente.
Gráficas:
Praça Luíza Távora
Endereço: Avenida Santos Dumont – Praça Luíza Távora/CEART
Contato: (85) 3101-1652
Emails: grafica.braille@stds.ce.gov.br e grafica.braille.stds@gmail.com
Funcionamento: 8h às 17h
Centro de Profissionalização para Pessoas Com Deficiência (Cepid)
Endereço: Av Senador Robert Kennedy, 128, Planalto das Goiabeiras - Barra do Ceará
Contato: (85) 3101-2793
Email: graficabraille.cepid@gmail.com
Funcionamento: 8h às 17h
Centro de Referência em Educação e Atendimento Especializado do Ceará (Creaece)
Endereço: Rua Graciliano Ramos, 52, Bairro de Fátima
Contato: (85) 3101.2167
Funcionamento: 7h15 às 11h15 / 13h às 17h / 18h às 21h30

Assessoria de Imprensa do Gabinete da Primeira-Dama

Programação de abril nos equipamentos da Secult oferece diversas atrações

sobrado_dr_jos

Fotografia, dança, teatro, oficinas de fanzine, lançamento de livros, cursos de canto lírico e violão, além de xilografia e teatro infantil. Essas são algumas das atrações que a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará oferece ao público no mês de abril.
Com opções de arte, lazer e entretenimento, os equipamentos culturais da Secult estão em diversos bairros de Fortaleza: Centro - Museu do Ceará, Sobrado Dr. José Lourenço, Theatro José de Alencar, Teatro Carlos Câmara, Casa de Juvenal Galeno; Praia de Iracema - Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura; Bom Jardim - Centro Cultural Bom Jardim; e ainda em outros municípios, como é o caso do Museu Sacro São José de Ribamar, situado em Aquiraz. A maior parte das atividades conta com entrada franca.
Neste mês, o Sobrado Dr. José Lourenço continua com a Exposição “Entre o Documento e a Ficção - Fronteiras da Fotografia”, em cartaz até 4 de abril, de terça a sexta, de 9h às 18h e aos sábados de 9h às 17h. A mostra, composta por imagens de artistas cearenses e peruanos, traz um panorama da produção fotográfica latino-americana contemporânea e é uma parceria com o Festival Encontros de Agosto 2014.
No dia 25 de abril, o Sobrado promove a abertura da Exposição “Seres Urbanos”, com palestra e lançamento do livro “Antologia do Quadrinho Underground Cearense - Seres Urbanos (1991-1998)”. Em cartaz até o dia 23 de maio, e acesso gratuito, a exposição pode ser conferida de terça à sexta, de 9h às 18h e aos sábados de 9h às 17h.
A Casa de Juvenal Galeno convida o público interessado em aprender canto ou violão a participar do "Curso de Violão Clássico e Popular", com o maestro Enoque Del Castro e do "Curso de Canto Lírico", do Coral Vozes do Garce, com o tenor Alvarus Moreno e a zoprano Auzeneide Cândido.
A programação cultural da Secult inclui ainda as visitas guiadas ao Theatro José de Alencar; as peças teatrais "Dr. Quorpo", "Um longo terço", "Navalha na Carne", "Sobre Borboletas", "Cabaré das Travestidas", "A Raposa das tetas inchadas", os espetáculos de dança do "Festival Corpo Arte 2015" e muito mais.
Foto: Sobrado José Lourenço (arquivo Secult).

Confira a programação completa no site da Secult:  www.secult.ce.gov.br

"A memória que me contam" em cartaz

sesc

Juazeiro do Norte. O Serviço Social do Comércio (Sesc) exibe o drama "A memória que me contam", de Lúcia Murat. Em cartaz como parte do projeto Cinematógrapho, o filme pode ser conferido às 19 horas, na Unidade Juazeiro do Norte do Sesc, com entrada gratuita.

Na trama, um grupo de amigos, que resistiu ao regime militar, acompanhados de seus filhos, enfrenta o conflito entre o cotidiano de hoje e o do passado quando um deles está morrendo. A classificação indicativa é de 16 anos.

Humberto Teixeira

Amanhã, o Sesc apresenta Marcus Caffé, com o show "Humbertos". A programação, que faz parte do Armazém do Som deste mês, acontece às 20h, no Theatro São João, em Sobral. O acesso é gratuito.

O show é uma homenagem ao centenário do instrumentista, poeta e compositor cearense de Iguatu, Humberto Teixeira, que em sua carreira inovou a Música Popular Brasileira (MPB) valorizando sobremaneira o canto nordestino.

No repertório, Marcus Caffé reúne canções que marcaram a carreira do cearense, além de sucessos eternizadas nas vozes de artistas consagrados como Luiz Gonzaga, Dolores Duran, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa e Raul Seixas.

Cinematógrapho com "A memória que me contam"

Local: Unidade Juazeiro do Norte do Sesc (Rua da Matriz, 227)

Data: 8/4

Horário: 19h

Classificação indicativa: 16 anos

Informações: (88) 3512.3355/ 3587.1065

Armazém do Som com Marcus Caffé

Local: Theatro São João (Praça São João, 156, Sobral)

Data: 9/4

Horário: 20h

Informações: (88) 3611.0954

Diario do Nordeste - Regional

Apae do Crato continua em risco de suspensão das atividades

apaecrato

A entidade têm 133 alunos matriculados, que dependem dela

Foto: Roberto Crispim

Crato. A crise financeira que vem se arrastando desde o início deste ano junto à Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais deste município (Apae-Crato), continua preocupando a direção da entidade, bem como pais e responsáveis pelos 133 alunos matriculados na instituição, que temem pela possibilidade da paralisação das atividades ministradas no equipamento, caso as dívidas existentes não sejam quitadas e não sejam criadas as condições necessárias para a manutenção mensal da unidade.

Além das dívidas acumuladas em 2014, cerca de R$ 167 mil, as folhas de pagamento dos funcionários estão atrasadas há mais de três meses. Também há atraso no pagamento de fornecedores e necessidade de reparos na estrutura física de algumas salas de aula onde atividades são ministradas, bem como em veículos utilizados pela instituição. Atualmente, conforme a direção da unidade, a Apae do Crato sobrevive, apenas, por meio de doações realizadas por populares ou setores da sociedade civil organizada.

Até setembro do ano passado, a instituição recebia, por meio de um convênio, cerca de R$ 2,7 mil mensais do Fundo Nacional da Assistência Social. A parceira, no entanto, deixou de ser mantida sem que qualquer informação sobre os motivos pelos quais os recursos deixaram de ser disponibilizados fosse repassada à instituição. Em 2014, a unidade foi beneficiada com a liberação de cerca de R$ 7,5 mil pelo Município como forma de auxiliar na contratação de dois profissionais da área da saúde, um psicólogo e uma fisioterapeuta, garantindo, desta forma, o atendimento aos alunos.

Os recursos foram disponibilizados por meio de um convênio firmado pela Apae do Crato e a Secretaria de Saúde do Município. A manutenção do convênio para o exercício financeiro deste ano, no entanto, também não foi mantida. Porém, buscando minimizar o déficit financeiro da instituição, a Prefeitura vem se responsabilizando pelo pagamento de 13 dos 23 funcionários que ainda permanecem trabalhando na unidade.

Insuficiente

"Estes servidores foram cedidos pelo Município como forma de mantermos o funcionamento das atividades. Ainda assim, o número de professores é insuficiente para atender a todos os alunos", observou a diretora administrativa da Apae de Crato, Socorro Alves. No fim do mês de janeiro deste ano, uma reunião envolvendo diversos segmentos da sociedade local discutiu os problemas enfrentados pela unidade. O encontro resultou na sugestão de ações que poderiam melhorar a situação financeira da instituição.

"Foi proposto que fosse iniciada uma campanha com a finalidade de arrecadar recursos para a compra de um automóvel que, posteriormente, seria colocado como prêmio em uma rifa a ser vendida com a ajuda de alguns parceiros. No entanto, até agora, só foram arrecadados cerca de R$ 6 mil. Necessitamos, pelo menos, de R$ 20 mil para comprar o veículo", informou a diretora. Segundo ela, a unidade vem realizando atividades durante os fins de semana objetivando angariar recursos.

"Nós conseguimos firmar uma parceria importante com a direção do Parque de Exposições, no sentido de que, durante oito domingos, a bilheteria de um evento conhecido como "Forró dos Velhos" seja destinada à Apae. Três eventos foram realizados e isso nos rendeu algo em torno de R$ 8 mil".

Socorro Alves disse, ainda, que a entidade também recebe recursos advindos de parcerias firmadas com a Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (SAAEC) e com a Companhia Energética do Ceará (Coelce). Somados esses recursos adquiridos, a entidade lucrou no mês passado cerca de R$ 2,6 mil.

"Mesmo com essas atividades e parcerias, o recurso que existe é muito pouco. Continuamos acreditando ser possível mudar o atual quadro. Mas, para que isso aconteça, é preciso que haja maior envolvimento por parte do próprio governo municipal e organizações governamentais e não governamentais. Caso houvesse o retorno e a ampliação do convênio que possuíamos com o Município, teríamos a condição de trabalharmos com maior tranquilidade", avaliou a diretora.

O secretário de Saúde do Crato, Antônio Lucemilton de Sousa Macedo, informou que o Município estuda uma maneira de auxiliar a instituição por meio de novos convênios. Ele afirmou, no entanto, que os valores a serem firmados ainda não foram definidos e que uma reunião envolvendo outras secretarias deverá acontecer até o fim desta semana para discutir o assunto.

"O que ficou estabelecido foi a cessão de servidores para que houvesse a manutenção do trabalho realizado pela Apae. O prefeito Ronaldo Mattos solicitou que fosse feito um estudo sobre a possibilidade da criação de convênios pela secretaria de Saúde, Educação ou da Assistência Social. Até o fim desta semana, nós estaremos reunidos para definir as questões que ainda estão pendentes", disse.

FIQUE POR DENTRO

Para prestar serviços à pessoa com deficiência

A principal missão das Apaes é a prestação de serviços que possibilitem a melhoria da qualidade de vida da pessoa portadora de deficiência e a conscientização da sociedade no que se refere à necessidade da participação coletiva durante as ações desenvolvidas com este propósito, além da promoção e articulação das ações de defesa dos direitos das pessoas com deficiência e representação do movimento perante os organismos nacionais e internacionais visando a inclusão social de seus usuários.

A Apae do Crato foi fundada em 1969, pela professora Eunice Barroso Damasceno, então presidente da Sociedade Pestalozzi do Ceará, com a finalidade de buscar garantir atendimento, prestação de serviços e maior dignidade aos portadores de necessidades especiais. A entidade é pioneira em todo o interior cearense. Durante o início dos trabalhos, foram realizadas pesquisas objetivando o conhecimento das necessidades relativas ao tipo de atendimento a ser oferecido, bem como um chamamento aos diversos setores da sociedade local como forma de atrair a população à contribuir com o desenvolvimento dos trabalhos da entidade.

Mais informações:
Apae-Crato
Telefone (88) 3521-1823
Secretaria Municipal de Saúde
Telefone (88) 3523-3823
Crato-CE

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Empresa devolve R$ 1,5 mi para União

tubosAs adutoras de engate rápido, como as que somam 25 Km de extensão entre Acopiara e o Açude Trussu, em Iguatu, foram uma saída para atender com urgência demandas por água nas cidades mais castigadas pela seca

Foto: Honório Barbosa

Fortaleza. A Empresa Hydrostec Tubos e Equipamentos devolveu R$ 1,5 milhão aos cofres da União, referente a valor de equipamento adquirido pelo Governo do Estado para construção de adutora de engate rápido, com recurso federal. O depósito aconteceu na semana passada na conta da SRH, por meio de Termo Ajustamento de Conduta (TAC) firmado por representante da empresa.

O procurador da República Alessander Sales disse que a decisão foi tomada após apuração do Ministério Público Federal (MPF), com relação à discrepância do valor cobrado ao poder público e os preços dos componentes utilizados pela empresa vencedora do edital. "O MPF fez um estudo técnico e constatou que o valor cobrado estava superdimensionado. A empresa se convenceu com a nossa pesquisa e fez a devolução dos recursos", disse o procurador.

Segundo Alessander, não houve dolo, uma vez que os materiais utilizados para a confecção dos tubos não tinham, até então, "referência de preços para essa especificidade", afirmou. O caso foi identificado em setembro de 2014 e fez parte da fiscalização do MPF acerca de investimento do governo federal em obras públicas, particularmente, nos serviços demandados para o enfrentamento da seca no Interior do Ceará.

De acordo com o MPF, houve o acordo para conseguir "que a Hydrostec assumisse o compromisso de devolver, no prazo de 20 dias, o valor considerado excedente, totalizando R$ 1.516.881,60".

"O importante nessa decisão é que, mais uma vez, o Ministério Público não precisou recorrer ao Judiciário para que houvesse a devolução de recursos para a União. Isso vem sendo feito tanto por meio dos TACs quanto de outras decisões extrajudiciais", disse Alessander.

Com sede em Caucaia, a Hydrostec foi procurada pela reportagem, mas foi informada que o representante responsável se encontrava em reunião e não foi dado retorno até o fechamento desta edição.

Marcus Peixoto
Repórter

Diario do Nordeste - Regional

Eleição Suplementar em Araripe - Candidatos são oficialmente conhecidos após convenções partidárias

 

araripe

O ginásio ficou lotado para acompanhar a convenção da coligação PT/PR

Os candidatos que irão disputar a Eleição Suplementar no município de Araripe, no Cariri Oeste, já estão definidos. De um lado, a situação formada pelos partidos PSD, Pros e PC do B, que terá como cabeça de chapa o prefeito interino, Damião de Senhor e como candidato a vice, o ex-prefeito e vereador Hildo Pereira. Do outro, o líder politico da oposição no município, o odontólogo Geovani Guedes e o empresário Francisco Sales. Os dois integram a coligação entre o PT e o PR.
As convenções partidárias ocorreram nesta terça-feira (7) . e foram muito concorridas. Inicialmente, com as dependências da Câmara Municipal de Araripe lotada, o prefeito cassado Humberto Germano apresentou os nomes de Damião de Senhor e Francisco Sales como candidatos apoiados por seu grupo politico.
Algumas horas depois, cerca de 4 mil pessoas participaram da convenção da coligação PT/PR, onde Dr. Geovane Guedes foi confirmado para disputar a Prefeitura de Araripe. A coligação foi prestigiada por vários prefeitos do Cariri Oeste e pelo ex-deputado federal e ex-candidato a vice-governador Roberto Pessoa e pelo deputado estadual Capitão Wagner, ambos do PR.
A Eleição Suplementar em Araripe está marcada para o dia 17 de maio próximo. Em fevereiro passado, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, concordou com a decisão do Tribunal Eleitoral (TRE-CE), que cassou o mandato do ex-prefeito Humberto Germano (PSD), por contratação de 150 servidores terceirizados durante a campanha eleitoral de 2012. Na época, Geovani Guedes perdeu a eleição para Humberto Germano por pouco mais de 100 votos.

flavio pinto

O perfume e a flor - Por: Emerson Monteiro

Em um reino distante, na voragem infinita de longínquas lendas, existiu belo casal, o Perfume e a Flor, que se gostavam como nunca antes duas criaturas puderam a tanto sentimento chegar. Eles nutriam entre si afeto inigualável. A satisfação maior de suas vidas ocorria no retorno ao lar de paz, quando cumpriam os ofícios das horas de obrigação e trabalho.

Sabiam como ninguém o gosto um do outro, laborando com alegria no melhor jeito de se agradarem. Felizes olhavam-se nos olhos e nutriam a doce harmonia de quem descobre a pessoa certa, ideal de viver perto, formando par perfeito, ainda que cercados das indefinições típicas a que se sujeitam aquelas pessoas solitárias, descrentes.

Ao par de amantes apenas uma coisa causava preocupação: O que seria deles na vez de sumirem deste mundo e desaparecer nas sombras desconhecidas, de largarem seus corpos bem ajustados e voltar ao transe dos séculos? Ainda ver-se-iam de novo? Quando? Onde? Como? Ou tudo terminaria no suspiro final da inexistência?

Aquilo marcava de névoa seus passos, fonte de angústias e apreensão, fantasmas teimosos, resistentes, insolentes.

Certa feita, durante um sonho, eles dois se encontraram dentro de imensa floresta de seculares arbustos, diante de santuário esplendoroso, envolto nas raízes e nos troncos musgosos de parte do mundo misterioso das plagas eterna, domínios do Amor.

Naquela hora, perceberam que chegava a resposta das perguntas que lhes empanavam o futuro, e entregaram-se, de mãos unidas, ao prazer indizível da vista de Eros abençoando-os a dizer:

- O sonho de andar sempre junto é possível. A sinceridade que os domina produzirá esse milagre – ouviram a voz e se jogaram ao solo, lívidos de uma emoção profunda.

Despertados, na manhã seguinte, as primeiras palavras que trocaram confirmavam a realidade do sonho da véspera com a deusa-mãe.

Moravam afastados, em casinha humilde, próxima das plantações que os mantinham. Raras vezes avistavam as pessoas de pequena vila próxima.

Quando, então, chuvas se intensificaram de verdade, rios encheram, lagoas inundaram o vale e subiram nos montes. Viram poderes de acontecimentos impossíveis a tomarem conta de tudo, em forma de incontrolável destruição dos objetos palpáveis.

A casinhola, decerto, também não resistiria ao fenômeno incessante das chuvas torrenciais. Os raios do Sol de há muito sumiam sobre nuvens escuras.

Então, abraçaram-se frementes numa atitude derradeira; e agarrados permaneceram e soçobraram nas ondas lamacentas que engolfavam a superfície da Terra...

Algumas semanas passaram na mais completa calma. O chão principiava a mostrar o rosto, quando, no mesmo lugar onde houvera a choupana do casal, os primeiros claros da Lua iluminaram uma flor perfumada, destacada no meio do bosque verdoso.

Linda rosa vermelha espargia ao vento raro fragor, enquanto vulto suave reunia-se-lhe ao corpo na figura etérea do olfato. Eram os dois, agora ente único, transformados em visão e cheiro, imagem inefável reanimada ao encontro dos que dali se aproximassem para admirar a beleza e o perfume floridos.

Tá feia a coisa: inflação em 12 meses chega a 8,13%, e é a maior desde 2003

Fonte: jornal “Folha de S.Paulo” – 08/04/2015

A inflação oficial do país, medida pelo IPCA, foi de 8,13% nos 12 meses terminados em março. Ela foi pressionada principalmente pela alta de alimentos e de energia, que subiu 60,42% em 12 meses. A variação do IPCA é a maior em 12 meses desde o período encerrado em dezembro de 2003.  O índice de inflação para 12 meses até fevereiro havia sido de de 7,7%. Os indicadores foram divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira (8) e estão entre as principais referências usadas pelo governo para determinar a taxa de juros. "A taxa em 12 meses superou a barreira dos 8% em março e os principais aumentos são de itens essenciais de consumo das famílias, especialmente energia elétrica", disse Eulina Nunes dos Santos, coordenadora do IBGE.

CRATO está com certidões positivas, e não pode receber verbas federais, segundo CAUC - Cadastro Único de Convênio


Nosso município não pode receber verbas federais, pois está com certidões positivas, mas a gestão passada entregou o município apto a receber verbas. Na imagem: Documento comprobatório do CAUC ( Cadastro Único de Convênio ), do ano de 2015, que atesta que o município de Crato apresenta certidões positivas:



Os Cratenses amargam mais uma das muitas e péssimas notícias para a nossa cidade. Descobriu-se que, segundo o CAUC ( Cadastro Único de Convênio ), que reúne e consolida todas as responsabilidades dos Estados e Municípios perante o Governo Federal, o município de Crato-CE, está apresentando certidões positivas, tornando-o inapto a receber Verbas Federais. Segundo o advogado Davi Araripe, o atual prefeito disse ao ser empossado, que o Crato estava com certidões positivas, quando na verdade, o município foi entregue com tudo em dia, conforme documentos abaixo, publicados no dia 30 de Janeiro de 2013, logo após a posse da nova gestão.

CRATO FOI ENTREGUE REGULARIZADO:

Nas imagens abaixo, do início de 2013, a situação do Crato, entregue à atual gestão de forma regularizada:





De lá para cá, aparentemente, muita coisa mudou. CAUC é a sigla do Cadastro Único de Convênio que reúne e consolida todas as responsabilidades dos Estados e Municípios perante o Governo Federal. É alimentado por diversos órgãos diariamente e basta que haja um atraso na prestação de contas de um convenio ou no pagamento do INSS para que o município fique impedido de receber verbas federais, sejam elas a fundo perdido, ou até mesmo decorrente de operações de crédito.

O Cadastro Único de Convênio (CAUC) trabalha juntamente com o Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI) e o mesmo tem a objetivo de dar transparência nas transferência voluntária de recursos da União. No cadastro, são avaliados 14 pontos que passam pelas obrigações de adimplência financeira, de transparência e constitucionais e pelas prestações de contas de convênios.  Quem desejar acompanhar diariamente a situação da nossa cidade é só acessar o link abaixo: 

https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/transferencias_voluntarias_novosite/index.asp

www.blogdocrato.com
Com informações do CAUC ( Cadastro Único de Convênio ).




Valdemir Correia e os pilotos que deixam as cabines em pleno vôo...



Florianópolis, dia primeiro de abril, pego um vôo da gol em Juazeiro do Norte as 3,40 da manhã, passo por Sao Paulo, e as 8:20 da manhã, estou em Florianópolis. No meio da viagem lá pras 4 e tanto, o piloto sai da cabine, vai ao banheiro.o avião com as luzes apagadas, quase todos os passageiros dormindo, e eu que vinha na primeira fila, fiquei observando, e me lembrando do avião alemão, cujo co-piloto, não abriu a porta da cabine,para que o piloto., que estava no banheiro entrasse, e aconteceu uma tragédia. Morreram 149 passageiros incluindo tripulantes, inclusive o assassino que estava no comando do avião.

Aí é que vem a questão. o passageiro para entrar num vôo daqui para fortaleza, 40 minutos, passa por uma fiscalização rigorosa, tirando até os sapatos. Agora no aeroporto de lisboa, só faltei tirar a roupa, pois passei 3 vezes pela segurança e  a luz vermelha acendia. Não tendo mais o que tirar revirei todos os bolsos, e encontrei um envelope com dois comprimidos para dor de cabeça, cujo invólucro era de alumínio; Pronto, estava descoberto o crime, ai embarquei para o Brasil...


Mas voltando à viagem a Floripa, o piloto demorou um bom tempo no lavatório, e eu de olho, e me lembrando do avião alemão, até que ele  saiu, deu um toque na porta, e a mesma abriu. Veja meus amigos leitores, como a nossa vida não só nos pertence, mas a diversos fatores,como este que aconteceu com os passageiros do avião alemão, cujas vidas estavam nas mãos de um psicopata, louco felizmente, que as companhias aereas já  autorizaram que tem que ficar duas pessõas na cabine todo tempo.foi uma medida acertada. Mas estava ontem  num  Happy Hour, tomando uma taça de vinho, quando chegou um cidadão, dizendo que a TAP, a companhia de aviaçao de portugal, já emitiu um boletim para todos os pilotos, dizendo que sempre que um  sair da cabine o outro tem que sair tambem. 

Tenham todos uma boa semana,
Valdemir Correia
Florianópolis



400 milhões para o Crato ? - MENTIRA OU VERDADE ?


Ora, ora...ora!!!



PAROU...

Em uma entrevista concedida ao Blog do Crato no dia 13 de novembro de 2013, ao repórter Ed Alencar, o prefeito Ronaldo Gomes de Mattos afirmou que já foram conquistados 400 milhões de reais em projetos para o Crato. Disse o prefeito: “Para o saneamento de água e esgoto, foram 212 milhões de reais, dos quais 81 milhões já estão aprovados, só perdemos para Fortaleza, proporcionalmente foi a cidade do Crato, que mais recebeu recursos. O projeto "minha casa, minha vida" do Governo Federal, de 2.000 mil casas, já foi assinado com a Caixa Econômica, com a participação de três construtoras e já iniciada a terraplanagem no Barro Branco, e  o poço para o abastecimento de água, já foi cavado".

Estamos em Abril de 2015, cidade destruída, faltam remédios essenciais à população desde o início de 2013, cidade completamente esburacada, tem até semáforo há duas semanas parado, escândalos de toda espécie, e o Crato se encontra com certidões positivas, o que faz com que não possa receber recursos federais, conforme documentação amplamente divulgada na imprensa. 

Sendo que alguém nas redes sociais chutou a bola de que o Crato ainda teria 95 milhões para investimentos, questionei ao especialista Olímpio Arraes:

DM - Mas foi anunciado pelo prefeito Ronaldo que que tinha aí 400 milhões para o Crato, foi ou não foi ? 

Olimpio Arraes:  Homi esse prefeito diz o que quer e acha que o Crato é cheio de idiotas que acreditam. Rebato as afirmações dele com números, divulgados pela própria prefeitura no SIM (Sistema de Informações Municipais) que é o programa que alimenta o TCM. Se eles mandam dados ao TCM de um modo e o prefeito diz outra coisa, é mais um desmantelo desta administração. Os dados são públicos, qualquer um pode ter acesso, eu apenas divulgo aqui, como fiz com os investimentos em obras, que o prefeito afirmava ser 200 milhões e que na verdade em 2103 foi pouco mais de 3 e em 2014 não chegou a 5 milhões. Agora vem com essa de 95 milhões para investir e no Balanço de 2014, se juntar todo o dinheiro da prefeitura (incluindo uns 25 milhões da PREVICRATO) só dá 52 milhões, ou seja, tá falando besteira de novo.

....
Enquanto isso, o Crato ó...basta ver a foto...
Foto: Diego Anastácio e Moisés Rolim.

www.blogdocrato.com


Secretário de Educação dá explicações sobre transporte escolar no Crato.


roberio

Robério Alves esteve na Câmara. 
O secretário de Educação do Crato, Robério Alves, foi sabatinado nesta terça - feira (7), pelos vereadores da Câmara Municipal do Crato.  O requerimento foi do vereador Amadeu de Freitas (PT), que indagou sobre a questão do transporte escolar do município.
Em março passado, um incidente envolvendo um ônibus que atendia a rede de transporte escolar, por pouco não acabou em tragédia. O eixo traseiro do ônibus foi sacado fora, quando transportava quase 60 alunos.
Por sua vez, Robério Alves, disse aos vereadores que assumiu a pasta em setembro do ano passado e que por esse motivo, já pegou os contratos dos transportes em andamento. Robério salientou ainda que em relação ao incidente, a empresa proprietária do ônibus foi notificada a prestar esclarincimentos. A empresa apresentou laudos da revisão do transporte e determinou maior vigilância para o setor.
Sem falar em valores,  o secretário disse que a frota do transporte escolar do município é mantida com recursos oriundos dos governos federal e estadual com contrapartida do município.
A fala do secretário não foi esclarecedora porque Robério não apresentou números e nem valores que foram gastos com o transporte escolar no último ano. No entanto,  se prontificou a remeter relatório com esses dados à Câmara Municipal nos próximos dias.

flavio pinto



DEMUTRAN CRATO e POLÍCIA MILITAR realizam ação na cidade





No dia 03/04/2015 o DEMUTRAN Crato tomou conhecimento de um acidente de trânsito na av.Perimetral Dom Francisco acesso ao bairro mirandão,chegando ao local a equipe se deparou com três pessoas ao solo,um homem, uma mulher e uma criança de aproximadamente 6 anos. A equipe visualizou a placa do veículo causador do acidente, que ficara no chão após o impacto com a motocicleta. Naquele momento com cinco agentes na ocorrência dois agentes decidiram fazer fazer diligências em todos os bairros da cidade em busca do veículo causador do acidente. Por meio de uma denúncia anônima foram informados que o mesmo tinha passado p/ vila São Bento em direção a vila Guilherme(próximo a ponta da serra).No trajeto populares confirmaram a denúncia,quando se depararam com o veículo os agentes acionaram a Polícia Militar. O infrator foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro do Norte. O infrator foi autuado p/ art. 165,176-I do CTB. Ao ser submetido ao teste de bafômetro foi identificado 1,05Mg/L de teor de álcool no sangue.


Fonte: Demutran - Crato-CE


PLACA DO CRAS SE ENCONTRA LARGADA NO CHÃO - População reivindica.



"Peço a gestão municipal q mande pegar a placa da inauguração do Cras q se encontra abondonada no chão, ela ainda tem um grande valor para nós"

Janiely Americo



O Crato está parando - Semáforo parado há duas semanas !



Semáforos continuam danificados após um acidente há duas semanas aqui em Crato.Detalhe: um dos sinais caiu com o impacto e ainda continua no chão.Esse fato ocorreu na rua Tristão Gonçalves com a Cel.Luis Texeira.

Moisés Rolim ( Grupos do Facebook )

LEIAM BEM: UM DOS SINAIS CAIU COM O IMPACTO E AINDA CONTINUA NO CHÃO...É mole ?




Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30