xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 04/03/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 março 2015

Mortes violentas em Fortaleza caem 29,8% em fevereiro

RSSPDS

Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) recuaram 29,8% em Fortaleza em fevereiro de 2015, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O decréscimo comprova a consolidação das ações do Programa em Defesa da Vida, desenvolvido pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e por suas vinculadas – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense do Ceará. Os dados foram apresentados pelo titular da SSPDS, Delci Teixeira, na tarde desta quarta-feira (4/3), na sede da Secretaria.

Os CVLIs, que englobam homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, registraram queda também no Ceará: 13,5%. O índice é mais que o dobro da meta de redução de CVLI no Estado, que é 6%, superando-a em 7,5 pontos percentuais. Foram salvas 52 vidas. Aconteceram 334 crimes em fevereiro passado, enquanto no mesmo mês de 2014, 386. Em Fortaleza, a redução de 29,8% se deve à queda de 178 crimes, em fevereiro de 2014, para 125, em 2015, representando 53 vidas salvas.

O secretário Delci Teixeira destacou que a integração entre as forças de segurança contribuiu decididamente para a melhora nos índices no Estado. Houve trabalho das polícias focado nas áreas, horários e dias que apresentam maiores taxas de crimes e dos levantamentos realizados pelas áreas de inteligência, entre outras iniciativas. “Há uma dedicação de todos. Mesmo porque o governador Camilo Santana tem acenado com o reconhecimento a esse trabalho. E se percebe uma resposta integrada”, afirmou Delci, citando entre as medidas positivas recentes a promoção de praças e oficiais da PM, a equiparação salarial dos policiais cearenses com os demais do Nordeste e a convocação de novos concursos.

Todas as seis Áreas Integradas de Segurança (AISs)da Capital alcançaram diminuições muito acima da meta estabelecida pelo Governo do Estado. A campeã de redução foi a AIS 3 com -47,6%, seguida pelas AIS 5 (-41,9%), AIS 2 (-34,1%), AIS 6 (-33,3%), AIS 4 (-24,2%) e AIS 1 (-13%).

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), também houve diminuição. A queda foi de 20%. O mês terminou no território com 17 vidas salvas. No mês passado, foram 68 crimes registrados, contra 85 no mesmo período de 2014. As três AISs da RMF também apresentaram queda acima da meta. A AIS 9 teve 26,9% de redução, a AIS8 teve 22,2% e a AIS 7, 8,7%.

No Interior Norte, houve uma diminuição de 12,1%, indo de 58 para 51 CVLIs. Já no Interior Sul, houve aumento de 38,5%, passando de 65 para 90 casos. Com o objetivo de reverter os índices apresentados no Sul do Estado, o secretário Delci Teixeira designou uma força tarefa, sob responsabilidade do Comandante Adjunto da Polícia Militar, Coronel Hervano Macedo, para combater os crimes na região.

Das 18 Áreas Integradas de Segurança (AISs), 11 apresentaram redução em fevereiro (AISs 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 14 e 17), todas caíram mais que os 6% estabelecidos como meta.  A AIS 12 empatou. As demais apresentaram crescimento – AISs 10, 11, 13, 15, 16 e 18.

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

A partir de julho, Juazeiro ganhará voos da TAM

aviao

A partir do dia 1º de julho a empresa TAM Linhas Aéreas passa a operar no Aeroporto Regional de Juazeiro do Norte com modernas aeronaves tipo Airbus 319 ostentando capacidade para 144 passageiros.
Os voos sairão em Brasília às 10h45min, chegando em Juazeiro às 12h57min, decolando às 13h27min para Recife, onde chega às 14h34min. Decola da capital pernambucana às 15h10min, pousa em Juazeiro às 16h17min quando levanta vôo para Brasília às 16h51min onde chega às 19 horas.
(Com informações da Assessoria de Imprensa)

Kurt Vonnegut - Por: Emerson Monteiro

Em 11 de abril de 2007, na cidade de Nova York, morria o escritor norte-americano Kurt Vonnegut. De origem alemã, Vonnegut representa para a literatura americana autor rico de imaginação, cruzando pelo território da ficção científica de ampla aceitação, sobretudo no seio da juventude mundial no decorrer dos anos 70.

Ferrenho pacifista, viveu de perto o drama da Segunda Guerra Mundial, na Europa, quando, inclusive, preso viu-se recolhido a uma galeria improvisada em um matadouro em Dresden, durante o período final da conflagração.

Por esse motivo, testemunhou, junto de alguns outros soldados prisioneiros, na própria pele, o bombardeio de toneladas de bombas dos Aliados à Alemanha, servindo de inspiração para o seu primeiro livro Matadouro 5, sucesso nos tempos bélicos da Guerra do Vietnam, em 1969.

O seu modo peculiar de escrever envolve severas críticas à democracia estadunidense, que não deseja aos outros aquilo que quer para si, pondo por terra toda a mística de salvadores do mundo forjada por ocasião dos combates a Hitler e sua ideologia de dominação, à época da Segunda Guerra.

Aos 84 anos, Kurt Vonnegut consagrou-se perante os tempos modernos em face do jeito humorado, satírico e engajado nos principais problemas de sua época. Nascido em Indianápolis, Estado de Indiana, em 11 de novembro de 1922, trabalhou como jornalista e graduou-se em antropologia.

Seus livros, a maioria romances, denunciam com sofreguidão as guerras e as ditaduras.

Eis uma lista breve de seus livros publicados no Brasil e que bem merecem leitura por parte de quem aprecia a literatura engajada com os dramas da civilização destes tempos difíceis do capitalismo ocidental: Matadouro 5, Ardil 22, Um homem sem pátria, Destinos piores que a morte, Hocus-Pocus, A cama de gato, Breakfast dos campeões  e Timequake - Tremor de tempo. Pelo menos duas dessas obras constituíram argumentos cinematográficos de largo êxito mundial.

Dentre suas tiradas irônicas, cabe aqui um exemplo, a saber: Humanista é uma pessoa com grande interesse pelos seres humanos. Meu cachorro é humanista.

Em 2003, pronunciou-se contrário à invasão dos americanos e ingleses ao Iraque.

Esses pobres amantes - Por: Emerson Monteiro

Desde as pompas preparatórias, danças lotavam de nobres os salões iluminados e deslizantes casais. Os dois, a lady e o príncipe, semelhavam pássaros alegres, reflexos dos olhares longos de damas e cavalheiros, imagem milenar das monarquias, saracoteando sedas no efusivo ambiente.

Puro sonho, festa de casamento que durou três dias. Ela chegara à real família pelo amor romântico tecido nas teias da candura. Nobre, linda, porém fruto de linhagem paralela onde a fidalguia concedera-lhe o sétimo céu de ser princesa no reino da Inglaterra.

Essas emocionadas fases, conquanto depois contraditórias, cobravam da família detalhes essenciais à preservação das condições iniciais. Diana Spencer existiu para o marido, seus dotes e filhos herdeiros. Repetidas vezes, quis se arremeter de encontro ao destino que lhe tirara da história plebeia, largado-a no paço. Entretanto reservara-se discreta no silêncio das alamedas, submissa ao cerimonial, das viagens de ofício e compromissos outros.

Fluíram longos dez, doze, quinze anos de regularidade protocolar.

Numa bela manhã de primavera, na discreta cavalariça, próxima de James Hewitt, oficial instrutor dos príncipes, viu o que lhe fez recordar os livros infantis, as histórias de encanto, no reservado coração adormecido.

Dispararam em si tontas emoções retidas pelo contrato nupcial das máscaras oficiais. O castelo hostil veio no seu encalço. Saber disso jamais poderia, visto fugir da lei e, estoica, abandonar as calandras escuras do preço que pactuara.

Nalgum impulso, as carnes rasgaram a tradição do sossego. Apaixonada, a princesa amou quanto necessário, quiçá pela primeira vez. Sentimentos ganharam corpos. Dois amantes pecaram no palácio imperial. Ela jogou ao solo muralhas carcomidas de todas as convenções. Charles também derivou noutras aventuras e o conto de fadas virou crônica galante. Os filhos, sempre eles, pagam o desamor dos pais.

Separada a união do século XX, feridas abertas aos tabloides sensacionalistas, repercutiram escândalo e dramas particulares, na roupa suja lavada nas praças. Viajou pelos países, a servir de emissária que tutela os exilados desse mundo torto. África. Ásia. América.

Uma noite a todos de novo surpreende. Em 31 de agosto de 1997, em Paris, morre Diana junto de outro namorado, após baterem com o carro nas estruturas urbanas da capital francesa.

Cinco anos do desaparecimento, jornal inglês traz a notícia de que o ex-amante da princesa fixou preço para suas cartas de amor. O diário londrino News of the World, na edição de 15 de dezembro de 2002, disse que o oficial James Hewitt buscou vender pelo valor de 10 milhões de libras (US$ 15,6 milhões) a correspondência amorosa. Esta é a primeira vez que um membro da família real escreve a um soldado que está no front, disse Hewitt, que recebeu as cartas de Diana durante a Guerra do Golfo, ao servir no Kuwait. Isso num besto desvairado de quem acolheu o amor imperial e perdeu a licença possível que houvesse para os amantes verdadeiros nos tribunais da Eternidade.

Assaré ganha novo sistema de abastecimento d'água

AguaPara_Todos1

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), vai inaugurar o sistema de abastecimento d'água, dentro do Programa Água para Todos na comunidade de Sítio Volta, no município de Assaré, na próxima quinta-feira (5), às 16 horas. O evento vai contar com a presença do Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana e do Secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira.

A obra vai beneficiar 34 famílias e contou com investimento de R$ 179 mil, recurso oriundo dos Governos Federais, através do Ministério da Integração Nacional e do Governo Estadual, através da SDA.

211 projetos de abastecimento d'água já foram entregues em 2014, beneficiando 9.529 famílias. Outros 600 estão em andamento ou em licitação. Até o final de 2015, há previsão de investimentos de R$ 277 milhões.

O secretário Dedé Teixeira destacou o investimento em abastecimento d'água como prioridade da gestão do Governo Camilo Santana e que as obras em andamento do Programa Água para Todos vão ser concluídas até o final deste ano. “O programa vai deixar bem mais saúde para as comunidades beneficiadas, pois garante água de qualidade para quem no passado sofreu com o fantasma da mortalidade infantil”, disse.

No evento também vai acontecer a assinatura das ordens de serviços da Associação Comunitária de São José e da Associação Comunitária de Tamboril de Dona Leidir, no valor total de R$ 270 mil reais, atendendo 55 famílias de Assaré.

Serviço

Dia 05/03 - 16h Inauguração do novo sistema de abastecimento d'água da comunidade Sítio Volta
Local: Comunidade Sítio Volta (Em frente ao Balneário Canoas) – Assaré/CE

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

Estado do Ceará conta com apenas seis aterros sanitários

lixao

Juazeiro do Norte Seis meses após o fim do prazo concedido pelo governo federal para que os municípios se adequassem à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) a maioria das cidades do Estado do Ceará não conseguiu, ainda, elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), peça primordial na garantia do recebimento de recursos da União para dar fim aos lixões e instalar aterros sanitários, por meio de sistemas consorciados.

Dos 184 municípios que formam o Estado, apenas a capital, Fortaleza, cumpriu o prazo estabelecido para criação do PGRS. Até o fim do ano passado, somente os 27 municípios inseridos na Bacia do Poti, nas regiões de Crateús e Inhamuns, também tinham conseguido elaborar seus planos de gerenciamento.

Nos últimos anos houve pouco avanço em relação à criação de aterros sanitários no Estado. O Ceará passou cerca de 16 anos com apenas quatro aterros, localizados nos municípios de Caucaia, Aquiraz, Maracanaú e Sobral. Recentemente, dois novos aterros foram construídos, nos municípios de Mauriti e Brejo Santo, ambos na região do Cariri. O número de aterros existentes no Ceará, no entanto, é insignificante em relação ao que determina a legislação em vigor.

De olho nos atrasos, o Ministério Público do Ceará (MPCE) cobra dos municípios o cumprimento da PNRS, realizando, em muitos casos, Termos de Ajustamento de Condutas (TACs). Pela Lei, o lixo tem que ser encaminhado para um aterro sanitário, forrado com manta impermeável, para evitar a contaminação do solo. O chorume deve ser tratado e o gás metano tem que ser queimado. Quem não cumprir a legislação estará submetido às punições previstas na Lei de Crimes Ambientais, que prevê multa de R$ 5 mil a R$ 50 milhões.

Falta de recursos

Os municípios, por sua vez, alegam falta de condições financeiras para elaboração dos PGRS e instalação dos aterros sanitários. "Não há um único município de pequeno e médio porte no Ceará que consiga elaborar seu Plano de Gerenciamento e construir, individualmente, um aterro sanitário. Toda a demora em relação ao cumprimento da Política Nacional se dá por falta de recurso nos municípios. Quando criaram a legislação esqueceram de disponibilizar mecanismos que garantissem o aporte de recurso para os municípios brasileiros", avaliou o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento.

Prefeito do município de Piquet Carneiro, na região do Sertão Central, ele observou que a entidade está buscando parceria com o governo do Estado para que o problema seja solucionado em definitivo. "Sem a participação do Estado é impossível para os municípios cumprirem o que a Lei determina. Nós estamos dialogando sobre o assunto e, ainda nesta semana, deveremos nos reunir com o secretário das Cidades, Ivo Gomes, para buscarmos avançar na elaboração dos planos de gerenciamento", disse.

O presidente da Aprece também salientou a necessidade da participação da iniciativa privada como outra forma de solucionar as demandas existentes. "Há empresas Portuguesas, e de outros países, inclusive, interessas em instalar usinas de reciclagem no Ceará. Essa seria uma excelente oportunidade para que os custos de elaboração de projetos fossem diminuídos", observou Expedito do Nascimento informando, ainda, que neste ano serão realizados oito seminários para discussão do tema. O primeiro deles, sem data informada, acontecerá no município de Gramado, no Rio Grande do Sul.

Prioridade

Conforme técnicos ligados à Secretaria de Cidades do Ceará, a criação de mecanismos que possam auxiliar os municípios cearenses a solucionar o problema, em definitivo, é vista como prioridade dentro do atual governo.

A secretária executiva do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), Maria Dias, informou que o Estado irá custear as despesas para elaboração dos PGRS. Os planos serão regionalizados e atenderão a todos os municípios do Ceará. "Nós entramos na fase licitatória para criação dos planos regionais. Ao todo, serão construídos 14 planos de gerenciamento que, segundo nossa expectativa, deverão estar prontos até o fim deste ano", disse.

O Estado também já iniciou a busca por modelos de implantação de consórcios entre municípios para gestão de aterros sanitários. O assunto foi discutido, recentemente, pelo secretário de Cidades, Ivo Gomes, junto a consultores do Banco Mundial, por meio de videoconferência.

A partir da consultoria realizada pelo Banco Mundial, foram apresentadas alternativas de governança para o aterro do sanitário da Região Metropolitana do Cariri (RMC), que já possui projeto de execução elaborado, restando, apenas, recursos para sua aplicabilidade, que poderão ser implementadas em outros consórcios formados no Estado.

O governo do Estado pretende viabilizar a elaboração dos Planos de Gestão Integrada de Resíduos e a construção de aterros sanitários, por meio de consórcios. "É desejo do governador Camilo Santana que os municípios cearenses realizem os consórcios, sem impormos a eles um modelo, mas sim, uma construção conjunta e discutida", ressaltou, em nota oficial, o secretário Ivo Gomes, acrescentando que um piloto do projeto deverá ser feito ainda neste ano.

Em setembro de 2013, o Diário do Nordeste publicou dois cadernos especiais sobre o contexto do Estado do Ceará dentro da PNRS. De lá para cá, no entanto, quase nada mudou no cenário, a não ser a intenção manifestada pelo governo do Estado em financiar a construção dos aterros.

FIQUE POR DENTRO

Legislação visa mudança de comportamento

A Lei Nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) pretende reduzir a geração de resíduos, a partir desenvolvimento de hábitos de consumo sustentáveis e de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos (pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (não pode ser reciclado ou reutilizado).

Dos 184 municípios do Ceará, apenas Fortaleza elaborou seu Plano Municipal de Resíduos Sólidos no prazo. Outros 27 municípios inseridos na Bacia do Poti, na região dos Inhamuns, também já tiveram seus planos confeccionados. No entanto, falta recurso para aquisição de terrenos e construção dos aterros sanitários. Por enquanto, o Estado só tem aterros sanitários em Caucaia, Aquiraz, Maracanaú, Sobral, Mauriti e Brejo Santo.

Roberto Crispim
Colaborador

|Diario do Nordeste - Regional

Anúncio gera repercussão na região

iguatupracaA população de Iguatu realizou uma queima de fogos nas ruas da cidade para festejar o anúncio feito pelo ministro Cid Gomes

Fotos: Honório Barbosa

Iguatu O anúncio de implantação de uma Faculdade de Medicina nesta Cidade, localizada na região Centro-Sul do Ceará, feito pelo ministro da Educação, Cid Gomes, obteve ampla repercussão entre os moradores, estudantes, lideranças políticas e comunitárias. O tema rapidamente foi ampliado em emissoras de rádio locais, nas redes sociais e gerou até disputa entre duas alas partidárias locais - cada uma mostrando que trabalha em prol do empreendimento.

Além de Iguatu, o estudo do Ministério da Educação (MEC) prevê autorização para implantação de cursos privados de Medicina em Quixeramobim, Crateús, Itapipoca e Russas. No ano passado, houve permissão para implantação de uma Faculdade de Medicina na cidade do Crato, na região do Cariri, que ainda está pendente.

Ontem, pela manhã, houve queima de fogos nas ruas de Iguatu para festejar o anúncio feito pelo ministro Cid Gomes. A deputada estadual, Miriam Sobreira (PROS), comemorou a decisão e ressaltou que apresentou diretamente ao ex-governador do Ceará reivindicações para a implantação de uma Faculdade de Medicina em Iguatu.

"O ministro ligou para mim dando essa notícia, que recebi com grande alegria, pois estamos trabalhando para trazer melhoria para os setores de Educação, de Saúde e para a vida dos cearenses", frisou. "Somos aliados do ex-governador e do atual ministro e lutamos por viabilizar essa faculdade para Iguatu".

Miriam Sobreira observou que havia uma enorme expectativa entre as lideranças locais e estudantes da região Centro-Sul acerca da vinda da Faculdade de Medicina para esta cidade. "A decisão do MEC contempla Iguatu, mas é preciso que o Município atenda aos requisitos exigidos, ofereça as condições necessárias", frisou a deputada. "Uma cidade não compete com outra".

Autorizada pelo MEC, em 2014, a cidade de Crato está em fase de adequação dos critérios estabelecidos pelo MEC e pelo Ministério da Saúde. Um dos pontos é a criação de novos leitos hospitalares e a abertura de maior número de postos de atendimento médico para a população. A implantação da tão sonhada Faculdade de Medicina permanece pendente.

Em Iguatu, nos últimos três anos, várias mobilizações - caminhadas, audiências públicas e concentrações - foram realizadas com o objetivo de reivindicar do MEC autorização para instalação de uma Faculdade de Medicina, implantação de um campus da Universidade Federal do Ceará (UFC), ampliação da oferta de cursos em nível superior, a conclusão e inauguração das obras do campus multi-institucional da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade Regional do Cariri (Urca) e Faculdade de Tecnologia (Fatec).

A última mobilização ocorreu em junho de 2014, quando milhares de estudantes e dezenas de lideranças políticas e comunitárias percorreram ruas desta Cidade, após o anúncio de que a cidade de Crato, na região do Cariri, ganharia uma Faculdade de Medicina. O deputado estadual, Agenor Neto (PMDB), lembrou que, desde 2003, quando exerceu o primeiro mandato parlamentar, sempre promoveu mobilizações reivindicando a ampliação da oferta de cursos de nível superior nesta Cidade. "Consegui trazer cursos da Urca, quando era deputado, e, na função de prefeito, durante oito anos, a nossa luta foi a favor de um campus federal e da Faculdade de Medicina", destacou.

O parlamentar, entretanto, mostrou-se preocupado, considerando que outros anúncios foram feitos e não cumpridos, pelo governo federal. Citou, como exemplo, a Refinaria Premium II. "Estamos calejados, cansados de anúncios não cumpridos", frisou. "Não podemos nos acomodar. Precisamos permanecer mobilizados para a consolidação da Faculdade de Medicina".

O deputado federal Odorico Monteiro (PT) disse ser a favor da implantação de um curso de Medicina nesta cidade. "Mesmo que, inicialmente, alguns critérios não sejam atendidos, é um processo que se vai construindo ao longo dos anos, como ocorreu em Sobral e em Barbalha, quando receberam cursos de Medicina da UFC", observou. "Laboratórios, salas de aula, leitos regulares e de UTI foram alcançados posteriormente".

Cursos

Atualmente, o Município oferece cursos de licenciatura em Letras, Pedagogia, Matemática e Física, pela Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (Fecli), unidade da Universidade Estadual do Ceará, e de Direito, Enfermagem, Educação Física e Economia pelo campus da Universidade Regional do Cariri, além de outros cursos ofertados pela UVA e por instituições privadas.

Em abril próximo, deve ser inaugurado um moderno campus multi-institucional, que já está concluído e equipado. A unidade vai abrigar cursos ofertados pela Universidade Regional do Cariri; Universidade Estadual do Ceará e da Faculdade de Tecnologia.

Mais informações:
Campus da Urca em Iguatu
Fone: 3581- 3552
Campus da Uece em Iguatu
Fone: (88) 3581- 4558

Honório Barbosa
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Prefeita altera senha de acesso ao wi-fi gratuito

wi-fi

Depois da polêmica denunciada neste blog, a prefeita de Santana do Cariri, Danieli Machado (PSL), modificou a senha de acesso ao wi-fi gratuito no município. No final de fevereiro passado, a prefeitura entregou o sistema com pleno funcionamento na praça dos quiosques, na entrada da cidade, considerada um dos pontos de maior concentração do município.
A senha de acesso, inicialmente era "prefeita Danieli", e agora foi modificada para "santana". Com isso milhares de jovens podem se conectar com o resto do mundo pela rede mundial de computadores.
Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, a gestora ressaltou ser uma de suas metas possibilitar que a população tenha uma internet de boa qualidade.
Vamos nós:
Falta agora a prefeita dar uma resposta à comunidade de Santana do Cariri quanto ao retorno do wi-fi à praça localizada vizinha a prefeitura, que está sem funcionamento desde o início do ano passado.

flavio pinto

Preço da cesta básica sobe em 14 capitais, mostra Dieese

supermercados_vale_esta

 

Em fevereiro, a cesta básica mais cara entre as capitais analisadas foi a de São Paulo, com preço médio de R$ 378,86Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em fevereiro, o preço da cesta básica subiu em 14 das 18 capitais brasileiras analisadas pela Pesquisa da Cesta Básica de Alimentos, divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

As maiores altas ocorreram em Natal (4,36%), seguida por Salvador (4,17%), João Pessoa (2,69%) e São Paulo (2,06%). As capitais que apresentaram quedas foram Porto Alegre (-2,02%), Campo Grande (-0,96%), Florianópolis (-0,24%) e Aracaju (-0,06%).

Em fevereiro, a cesta mais cara entre as capitais analisadas foi a de São Paulo, com preço médio de R$ 378,86, seguido pela de Florianópolis (R$ 359,76) e a do Rio de Janeiro (R$ 357,27). As cestas mais baratas foram observadas em Aracaju (R$ 264,67), João Pessoa (R$ 286,22) e Natal (R$ 289,65).

Entre os produtos que apresentaram as maiores altas estão o feijão (que subiu em 17 das 18 capitais analisadas), o tomate (que subiu em 16 capitais) e o café em pó (15 cidades). Os produtos que tiveram as maiores retrações foram o açúcar (redução de preço em 11 capitais) e a batata (nove cidades).

Levando em conta a determinação constitucional que estabelece que o salário mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e de sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, o Dieese apontou que o salário mínimo ideal em fevereiro deveria ser R$ 3.182,81, valor 4,04 vezes maior que o mínimo atual, de R$ 788,00.

Agência Brasil

Eduardo Cunha analisa seis pedidos para criação de CPIs e aceita três

eduardo-cunha_1491947-625x360

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitou hoje (4) três pedidos de criação de comissões parlamentares de inquérito (CPIs). O primeiro trata da investigação para apurar a violência contra jovens negros e pobres; o segundo para investigar a realidade do sistema carcerário no Brasil; e o terceiro para apurar a máfia de órteses e próteses. Ainda falta a leitura do ato de criação no plenário.

Cunha também rejeitou igual número de pedidos para CPIs. Ele negou os pedidos para investigar o reflexo da divulgação de pesquisas eleitorais no resultado das eleições; para investigar irregularidades nos planos de saúde; e para se debruçar sobre as causas da violência no Brasil, sob o argumento de ausência de fato determinado que justificasse as investigações.

Até o momento foram protocolados na Câmara 11 pedidos de abertura de CPIs, quatro pedidos ainda aguardam decisão do presidente e tratam da crise hídrica no Brasil, desestruturação do setor elétrico, violência contra as mulheres e dos crimes cibernéticos.

A única que já está em funcionamento é a CPI para investigar irregularidades na Petrobras, entre 2005 e 2015. Na última segunda-feira (2), primeiro dia de funcionamento, após a instalação da comissão, foram recebidos 245 requerimentos de depoimentos, requisição de documentos, criação de sub-relatorias e compartilhamento de informações. Os requerimentos estão sendo apresentados, em sua maioria, por deputados de partidos de oposição. Mas há, também, requerimentos de deputados da base governista.

Pelo Regimento Interno da Câmara, só podem funcionar ao mesmo tempo no máximo cinco CPIs. Entretanto, se for apresentado um projeto de resolução, outras comissões poderão ser instaladas. O prazo para a o término das investigações de cada CPI é de 120 dias, podendo ser prorrogado por mais 60 dias. Para ser criada, a CPI precisa das assinaturas de pelo menos 171 deputados.

Agência Brasil

Tolos que se Julgam Sábios


Por Cristiano Caporezzo

Eis uma pergunta para aqueles que possuem o mínimo de consciência a respeito da lastimável conjuntura intelectual em que se encontra o povo brasileiro: Dentre vocês quem não conhece alguém que, assim como graúda parte da população tupiniquim, está envolto pela mais deprimente ignorância, porém que em determinado momento teve a necessidade de aprender algo específico e, ao fazê-lo, passou a sentir-se tão superior aos demais ao ponto de colocar a si mesmo em um pedestal de arrogância e julgar-se como modelo de elevado padrão para todos os outros?

Pois bem, infelizmente a mentalidade (ou mendacidade) acadêmica no Brasil é responsável por criar um dos ambientes que formam milhares de indivíduos aptos a se portar dessa maneira. São alunos que aviltam o conhecimento ao utilizá-lo como mero meio para conseguir um fim como, por exemplo, quando desejam apenas ganhar um título que lhes possibilite prestar um concurso público (eles simplesmente ignoram o fato de que o conhecimento, per se, já deve ser o mais nobre fim para quem o estuda). Então, após realizar as suas efêmeras intenções, colocam-se como suprassumos de suas respectivas sociedades. Em síntese, pelo conhecimento meramente específico que possuem em relação aos demais populares de seus convívios julgam-se, pateticamente, superiores em todos os sentidos reais e hipotéticos. Apesar disso a grande maioria dessas pessoas costumam ser taxadas como arrogantes pelos demais, mantendo, deste modo, os seus imaginados prestígios apenas para a esfera das suas próprias imaginações.

Dos vários indivíduos com este tipo deplorável de comportamento, pouquíssimos se tornam proeminentes nas suas respectivas áreas do saber. Sujeitos diferenciados como esses não demoram a se destacar na sociedade e a serem envoltos por ignaros bajuladores que os ajudam a desenvolver uma certa quiromania narcisista entorno dos seus respectivos atributos. Estes, assim como o tipo que descrevi no parágrafo anterior, também se enxergam como modelo para sociedade, porém existem três substanciais aspectos que os diferem.

Primeiro: eles são melhores naquilo que se propuseram a fazer. Segundo: em decorrência disso pensam, de maneira flagrante, que podem ou devem opinar em todos os tipos de assuntos, mesmo aqueles que fogem claramente as suas limitadas esferas de conhecimento. Terceiro: infelizmente eles costumam ser levados muito a sério pelas demais pessoas por estas não possuírem percepção suficiente para notar certos erros afirmativos que os denunciam (como a contradição), bem como por não possuírem parâmetros comparativos diretos e interesse investigativo.

Para dar um exemplo concludente desse tipo de sujeito é necessário retornar ao ambiente universitário, só que dessa vez eles não serão facilmente encontrados entre alunos, mas sim entre aqueles que exercem o magistério. Exemplos não faltam: é o professor de contabilidade que resolve interromper sua aula para falar que a legalização do aborto é necessária; é a professora de história que, após um discurso sobre justiça social para grupos LGBT, resolve passar um questionário para saber se os alunos são favoráveis a aprovação de leis mais rígidas contra a homofobia; é o palestrante que deveria falar sobre direito romano e acaba divagando sobre a importância das cotas raciais para mitigar a desigualdade social que oprime os pobres pretos desprivilegiados, etc.

É evidente que todos os exemplos acima possuem algo em comum: são pessoas que defendem os lobbies existentes na militância esquerdista atual. Por causa disso o leitor já deve estar imaginando que aqueles que o proferem são militantes do socialismo. Acontece que o presente texto não trata sobre esse tipo distinto de indivíduo que utiliza, conscientemente, uma posição privilegiada que ocupa para fazer proselitismo ideológico. Se assim o fosse, provavelmente, ao decorrer do presente já haveria citado nomes como o da Marilena Chauí, que é “professora” de filosofia da USP.

O tipo específico de professorado ao qual me refiro não são pessoas que possuem militância política alguma, entretanto são aqueles que, por possuírem um conhecimento distinto, se acham detentores de grande sabedoria e, por isso mesmo, agem como proficientes entendedores de quase todos os assuntos possíveis. Essas pessoas lêem os periódicos, assistem a palestras de certos doutores que exercem militância velada, e alguns até mesmo lêem os livros do momento que foram aprovados pelo Ministério da Educação. Tudo isso objetivando, em seguida, regurgitar para os seus despreparados alunos um monte de informações altamente tendenciosas e questionáveis até o último caractere como se fossem verdades irrefragáveis.

Então por que todos os exemplos que citei se referem à militância esquerdista? Simples: Porque no Brasil a mídia, o ambiente escolar desde o maternal até as universidades, os filmes, as novelas e tudo mais são claramente dominados pela pérfida mentalidade socialista. E não é de se estranhar que, em um país onde a oposição ao socialismo seja a sua co-irmã social democracia, isso aconteça. Logo, torna-se natural que o tolo professor acredite, pela repetição extenuativa, que tais lobbies são dogmas intocáveis e que se no mundo existe alguém capaz de contestá-los, essa deve ser uma pessoa que não estudou o suficiente ou que é mal intencionada. Frente a um contestador desse tipo o tolo propagandista se vê plenamente apto para defender aquilo que não entende, dessa forma, cumprindo o seu papel como um grande idiota útil que é.

Para esses tolos que se julgam sábios, eu encerro esse texto deixando um trecho da Bíblia Cristã que encontra-se em Provérbios, capítulo 26, versículos 11 e 12:

“Um cão que volta ao seu vômito: tal é o louco que reitera suas loucuras. 
Tu tens visto um homem que se julga sábio? Há mais a esperar de um tolo do que dele”. 

Fonte: http://www.ocoyotenet.com/

Comunidade da Vilalta se reúne em protesto contra a qualidade da água - ALGUNS VEREADORES DO BAIRRO NEM DERAM AS CARAS.





CRATO - Uma multidão de aproximadamente 80 pessoas se reuniu na noite desta terça-feira na praça defronte à associação do bairro Vilalta, para protestar contra a qualidade da água servida pela Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato ( SAAEC ). Segundo os moradores, a água que sai das torneiras, muitas vezes tem a cor completamente adulterada, sendo às vezes preta, rósea, e até amarela, da cor de urina. Através de várias páginas na internet, os moradores têm feito denúncias e postagens de vídeos em que mostram uma situação que já beira o caos não só na Vilalta, bem como em outras localidades. Como se isto não bastasse, recentes laudos do CENTEC encomendados pelo Hospital São Raimundo, corroboraram a informação já denunciada pelos moradores, de que a água que chega ao hospital, situado na parte baixa da cidade, apresenta um número elevado de coliformes totais, sendo totalmente imprópria para o consumo. 

Na reunião, estiveram presentes os vereadores de oposição Bebeto Anastácio e Amadeu de Freitas, além de líderes de bairro, que discursaram para uma multidão cada vez mais revoltada com a situação, enquanto outros vereadores que são do próprio bairro, resolveram simplesmente não aparecer, a fim de defender os interesses do povo, principalmente aqueles que sabidamente, só tem compromisso mesmo é com a atual administração do Crato, numa atitude que causou indignação. Um carro de som volante foi providenciado, e os presentes realizaram um verdadeiro "desfile" de desabafos; Alguns, com ânimos bastante exaltados. Diversas garrafas com águas de cores diferentes ficaram à mostra para quem quisesse observar o que anda circulando pelos canos e torneiras da Vilalta. 


Acima: O líder do movimento, Carlos Eduardo Pereira


Segundo o vereador Bebeto Anastácio: "Isso é muita covardia para quem está com a caneta na mão, e é fácil resolver este problema: Foi licitada, aqui, contratada, uma máquina de asfalto pelo valor de 720 mil reais. A prefeitura contratou, fez esta compra, e nós pedimos para um empresário aqui do Crato entrar em contato com a concessionária, e a concessionária disse que essa máquina era só 600 mil reais. Então, a prefeitura do município do Crato superfaturou em 120 mil. Com 120 mil reais cava-se um poço aqui e a água sai cristalina que vocês nem imaginam." ( A população aplaudiu ).


Acima: O cidadão Franzé Sousa também concedeu entrevista à nossa reportagem, que estará no ar, logo mais no programa FATOS em FOCO, pela WebTV Chapada do Araripe. 

Os moradores do bairro receberam apoio de moradores de outros bairros, do repórter Franzé Sousa ( enquanto cidadão ), que veio prestar a sua solidariedade, além de outras reconhecidas figuras da sociedade. Os organizadores do movimento, mais especificamente o Sr. Carlos Eduardo Pereira, lembrou que somente com a união do povo em torno desta causa será possível forçar a SAAEC a encontrar uma solução, e ao final, ficou acertado entre os presentes, que a associação irá entrar com uma denúncia junto ao Ministério Público contra a SAAEC, por vender e entregar uma água imprópria totalmente para o consumo à população cratense. 


Acima: O advogado Erlânio Rodrigues falou sobre a negligência do poder público nestes casos

LÁ VAMOS NÓS...

O Blog do Crato desde meados de 2014 denuncia através de um vídeo que se encontra permanentemente no topo do site, o estado em que se encontra a água da Vilalta, que ainda em setembro do ano passado, já apresentava cor PRETA. Na verdade, este problema, vem de muito longe, porém não com a intensidade e a morbidez com que se apresenta agora. Temos acompanhado o problema da água na Vilalta por décadas, afinal, este repórter reside lá desde 1980, e confesso que nunca em toda a história, vimos água de tão péssima qualidade para o consumo. Para que o leitor tenha uma idéia, somente de 2014 para cá, já tive que contratar uma empresa desentupidora por 3 vezes. arcando com todos os custos, porque a SAAEC, que era pra entregar um produto de qualidade, já que se paga caro para isso, não cumpre a sua parte. Essa empresa de economia mista, que já foi um símbolo de eficiência na gestão passada, agora vive a penar, já que se tornou um antro de denúncias de corrupção veiculadas através do seu ex-presidente, Dr. Cesário Cavalcante, pelas inúmeras denúncias de maus-tratos a seus funcionários, processos judiciais diversos, inclusive no Ministério Público, e agora, como coroação de um descaso administrativo e um troféu de sua ineficiência, a venda e distribuição de água imprópria para o consumo humano. O pior disso tudo é ver que a atual administração da empresa, a cada denúncia feita, ao invés de resolver os problemas, se faz de vítima e corre às estaçoes de rádio onde a administração municipal tem guarida certa, acompanhada de  funcionários para bater palmas, onde monta um verdadeiro CIRCO para encantar a população do Crato, numa atitude indigna para quem dirige uma empresa do porte da SAAEC. Que vergonha, Sra. Presidente! Atenda às reivindicações da população e passe a trabalhar direito no sentido de resolver os problemas da empresa! A única vítima que temos aqui, é o próprio POVO DO CRATO. 

As pessoas que ocupam cargos públicos precisam entender que elas foram eleitas pela população para resolver os problemas do povo, e não para se esconderem por trás de subterfúgios, dando as costas à aqueles que os elegeram. Vemos um exemplo clássico disto, os problemas da famosa Rua da Vala, que há 50 anos aflige a população do Crato. Será que porque o problema não foi gerado nesta gestão que nunca será resolvido ? Nós povo elegemos pessoas a fim de resolver os problemas que afligem a nossa cidade. Ninguém pediu para político algum se candidatar, mas já que são a bola da vez, que tratem de cumprir a sua parte e tratem de resolver os problemas que afligem a população. 

Reportagem: Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com
Desde 2005 registrando todo dia a História do Crato para a posteridade.







A Mentira do Brasil sem inflação...


A HISTÓRIA RECENTE DO BRASIL... O que fazer para combater a mentira espalhada pelo governo que insiste em dizer que não existe inflação no Brasil, se a cada dia você compra menos ? A tática deles é a seguinte: Se não podemos controlar a inflação, vamos MENTIR, e mostrar estatísticas mentirosas com gráficos de que a inflação não existe. É a mesma mentira de sempre.




Ceará terá cinco novos cursos de medicina. Crato está fora...


O anúncio das cinco cidades foi feito pelo presidente da Assembleia Legislativa e gerou debate entre deputados que articularam receber os cursos em suas cidades de maior representação

O Ceará receberá cinco novos cursos de Medicina distribuídos em cinco cidades. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 3, pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Zezinho Albuquerque (Pros). Na noite da segunda-feira, 2, o ministro da Educação, Cid Gomes, já havia anunciado a abertura de curso em Iguatu. As outras cidades a serem contempladas serão Crateús, Itapipoca, Quixeramobim e Russas. A negociação para a instalação dos cursos é feita desde que o ministro da Educação era Aloízio Mercadante, hoje chefe da Casa Civil do Governo Federal. O anúncio das cidades, no entanto, gerou debate entre deputados que articularam os cursos para seus municípios de maior representação.

O deputado Ely Aguiar (PSDC) criticou o fato de o município do Crato, na Região do Cariri, não ter recebido o curso, apesar de ter sido uma dos primeiros a se mobilizar para receber a faculdade. Conforme Ely, as informações obtidas junto ao Governo estadual foi que a gestão municipal não cumpriu com a documentação necessária para se viabilizar como receptora. 

A deputada Augusta Brito fez pronunciamento ressaltando a importância da faculdade para a região da Serra da Ibiapaba. A deputada Mirian Sobreira (Pros) destacou as articulações no município de Iguatu para receber a faculdade. Ely Aguiar, em a parte, ressaltou que o projeto é federal e não uma ação individual do ex-governador do Ceará. Ele ressaltou que, no total, foram 49 municípios do Brasil a receberem as faculdades. 

Ely pontuou que, inicialmente, o governo anunciou a faculdade de medicina para o Crato e, posteriormente, o Iguatu entrou na disputa. “Na época, eu fiz um pronunciamento, não sei se a senhora (Miriam Sobreira) lembra, em que eu disse que não sou contra que Iguatu tenha uma faculdade de Medicina, que a senhora lute para o Iguatu ser contemplado, mas não queira tirar do Crato”. Para Ely, houve negligência do prefeito do Crato, Ronaldo Gomes de Mattos (PMDB) para cumprir com as exigências do Governo Federal. Miriam Sobreira pontuou que não se tratou de tirar a faculdade de um município para atender outro e ressaltou que Iguatu se organizava há anos. 

Redação O POVO Online





Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30