xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 28/02/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

28 fevereiro 2015

Sabor das horas que passam - Por:Emerson Monteiro

Submersos na condição inteligente do fenômeno vida, sentimos fluir as calhas da existência no pedido mais sincero de que devemos oferecer melhores respostas a tudo que nos cerca, as tais circunstâncias. E nisso resvalamos pelo corredor da sorte quais setas lançadas desde arco misterioso Ser, aonde e a quem seriam dirigidas as principais perguntas de buscar explicações. Da resposta que é o indivíduo na ânsia de acertar os próprios passos: Estou no lugar certo na hora certa? Faço o que me caberia neste exato momento, ou invento desnecessidades que apenas consomem meu potencial da energia de existir, quais seres alienados de si mesmo?

Contudo deve agir perante o poder de continuar no barco que nós somos na missão extrema de ser feliz. E desconfiados agimos todo tempo que nos fornece a existência, por vezes forçados cruzar mares tempestuosos; noutras, de alma lavada na liberdade do irresponsável, que sujeita a inúmeros exemplos dos que caem sob o peso de vícios e prazeres fáceis, gestos desencontrados a expor os que escolhem as contradições invés da virtude, da saúde e da paz.

Portanto, o projeto em elaboração que desfrutamos exercitar pede algumas coerências, nem sempre atendidas, de aceitar práticas abertas e sem alternativa de perder. Cavaleiros andantes dos sonhos harmoniosos consigo e com os outros, marcamos a longa história deixando nossas atitudes para significar o ponto a que pudemos chegar, limitados no saber e na arte de construir edifícios desta civilização.

O salto que daríamos sobre o abismo entre o real e o imaginário definirá por certo grau diferente da sabedoria já bem sofisticada dos que habitam o teto das existências desses dias. Que religiosidade nascerá de tudo isto apenas a luz da Consciência será capaz de indicar num futuro próximo que nos espera.

Buraco negro 12 bilhões de vezes maior que o Sol intriga cientistas

buraconegro

 

Astrônomos dizem ter descoberto um gigantesco buraco negro 12 bilhões de vezes maior que o Sol, mas seu tamanho desafia as teorias sobre como esses fenômenos cósmicos se expandem.

Segundo os cientistas, o novo buracro negro foi nomeado SDSS J0100+2802 se formou 900 milhões de anos após o "Big Bang", que teria dado origem ao universo.

Radiação energética

O extraordinário objeto se encontra no centro de um quasar, uma estrutura celeste que gera uma radiação energética um bilhão de vezes mais forte que o Sol.

O problema é que os astrônomos não conseguem explicar como um buraco negro desse tamanho se formou tão cedo na história cósmica, pouco depois do nascimento das estrelas e das galáxias.

A descoberta foi feita por uma equipe internacional de cientistas da Universidade de Pequim, da China, do Instituto Carnegie, dos Estados Unidos, e da Universidade Nacional da Austrália.

Fonte: BBC

Maior reserva de água doce do mundo, Lago Baikal, baixou para "nível crítico"

lagobaikal

O nível do Lago Baikal - no sul da Sibéria, na Rússia -, maior reserva de água doce do mundo, baixou para um nível considerado crítico, aumentando os temores de escassez para a população e de consequências negativas para o ecossistema.

“O nível caiu dois centímetros abaixo dos 456 metros acima do nível do mar, o mínimo aceitável de acordo com o governo", disse Arkady Ivanov, da ONG Greenpeace. As autoridades da Buryatia, uma das regiões russas que fazem fronteira com o lago, tinham alarmado para a situação em janeiro.

O departamento local do Ministério de Situações de Emergência russo anunciou que colocou o “estado de alerta” para monitorização do abastecimento de água das aldeias vizinhas, que estão em risco de escassez.

“Os primeiros seres afetados por este nível mais baixo são os peixes e todo o ecossistema”, explicou Ivanov, ressaltando que a diminuição do nível de água se deve à atividade humana e a um ano seco. “Não há nada a fazer. Esperemos que o próximo ano seja mais chuvoso”, concluiu.

Agência Brasil

Cartilha apresenta novas regras do seguro-desemprego e do abono salarial

emprego2

Uma cartilha com informações sobre as novas regras do seguro-desemprego e do abono salarial foi lançada nessa sexta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho. A partir de agora, o trabalhador terá que comprovar vínculo com o empregador pelo menos por 18 meses nos 24 meses anteriores à primeira vez em que requerer o seguro-desemprego. Na segunda solicitação do benefício, ele terá de ter trabalhado por 12 meses nos 16 meses anteriores. A partir do terceiro pedido, a carência voltará a ser de seis meses.

As alterações no seguro-desemprego foram anunciadas em dezembro do ano passado e começam a valer para quem for demitido a partir de amanhã (28). Segundo o ministério, o manual tem o intuito de esclarecer de maneira didática e prática as eventuais dúvidas dos trabalhadores e empregadores, por meio de perguntas e respostas

“Quem sofreu desemprego antes de 28 de fevereiro de 2015, será regido pela legislação anterior, segundo a qual é necessário ter recebido salário relativo a cada um dos seis meses anteriores à data da dispensa, tendo direito, nesse caso, ao benefício”, informa a cartilha.

A cartilha também traz informações sobre as mudanças na concessão do abono salarial. Segundo a publicação, “para o calendário que se inicia este ano, como o ano-base é 2014, as regras que valerão serão as que estavam em vigor anteriormente”. As novas regras “serão exigidas para o calendário de pagamento que tem início em julho de 2016 e que tem como ano-base o ano de 2015”. Antes, quem trabalhava somente um mês e recebia até dois salários mínimos tinha acesso ao abono salarial. Agora, o prazo será de no mínimo seis meses ininterruptos.

(Agência Brasil)

Com as chuvas, população deve aumentar cuidados com a dengue

denguemusquito_2015

Foram notificados este ano 2.547 casos suspeitos de dengue em 96 municípios cearenses. Conforme o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado divulgado em 20 de fevereiro, o Ceará tem no ano 421 casos confirmados da doença em 40 municípios. Com o quadro de chuvas irregulares, a população deve redobrar os cuidados para evitar que depósitos de água se transformem em locais de proliferação do Aedes aegypti, que também transmite a febre Chikungunya.

As ações são simples e precisam virar hábitos. É fundamental eliminar todos os potenciais focos do mosquito transmissor. Os depósitos de armazenamento de água sejam mantidos bem fechados e protegidos com telas e tampas adequadas. É preciso  evitar que água de chuva se acumule sobre a laje, guardar garrafas sempre de cabeça para baixo, encher com areia até a borda os pratinhos dos vasos de planta, eliminar adequadamente o lixo que possa acumular água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas, copos descartáveis e até cascas de ovos.

Os ovos da fêmea do mosquito são depositados nas paredes do criadouro, bem próximo à superfície da água, porém não diretamente sobre o líquido. Daí a importância de lavar, com escova ou palha de aço, as paredes dos recipientes que não podem ser eliminados, onde o ovo pode permanecer grudado. Em condições ambientais favoráveis, após a eclosão do ovo, o desenvolvimento do mosquito até a forma adulta pode levar um período de 10 dias. Por isso, a eliminação de criadouros deve ser realizada pelo menos uma vez por semana. Assim, o ciclo de vida do mosquito será interrompido.

 

Assessoria de Comunicação da Sesa

Novo presidente da Funcap será empossado na segunda-feira (2)

funcap

O secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, dará posse nesta segunda-feira (2) ao novo presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Francisco César de Sá Barreto, P.H.D em física e Professor Emérito da UFMG. A solenidade está marcada para as 16h30min, no auditório da Secitece (Av. Dr. José Martins Rodrigues, 150 – bairro Edson Queiroz). O nome de Francisco César de Sá Barreto para dirigir a Funcap foi anunciado nesta quinta-feira (26), pelo governador Camilo Santana.

Graduado em Física pela UFMG, o pesquisador cursou o mestrado e o doutorado em Física na Universidade de Pitsburgo, nos Estados Unidos. Na UFMG, ocupou os cargos de Pró-Reitor Adjunto de Planejamento (1990), Pró-Reitor de Pesquisa (1991-1994) e Reitor (1998-2002).

Foi, ainda, secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), em 2002. Pesquisador 1A do CNPq (1978/2004) e Diretor-Presidente do BH-TEC - Parque Tecnológico de Belo Horizonte (2009/2010), Francisco César de Sá Barreto recebeu a Medalha Jubileu do CNPq, em 1981; a Ordem Nacional do Mérito Científico, Grã Cruz, em 2000; e a Ordem Nacional do Mérito Educativo, Grande Oficial, em 2002, entre outras premiações.

No exterior, foi Professor Visitante nas Universidades de Freiburg (1975), Ljubljana (1983), Harvard (1988) e Houston (1993). Sua principal linha de pesquisa é a Mecânica Estatística de transições de Fase. De suas principais contribuições, destacam-se: dinâmica de modelos quânticos, modelo para ferroelétricos quânticos, dinâmica do pico central em ferroelétricos, resultados rigorosos para modelos de "spin" clássico e grupo de renormalização dinâmico.

Assessoria de Comunicação da Secitece

Secretários discutem Plano Estadual de convivência com a Seca com parlamentares

assembleialucio

Representantes do Governo do Estado discutiram nesta sexta-feira (27) com parlamentares e representantes da sociedade civil o 'Plano Estadual de Convivência com a Seca', apresentado pelo governador Camilo Santana na última quarta-feira, na Assembleia. O secretário de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração, Irani Braga Ribeiro, representou o Governo Federal no debate e destacou a importância de se planejar as ações contra a estiagem.

“Estamos integrados com o Estado do Ceará e vamos atender as demandas apresentadas para garantir a convivência do povo do Estado com a estiagem”, afirmou Irani, que veio a Fortaleza para participar do debate na Assembleia. Ele destacou também que o Governo Federal está definindo uma política pública permanente para garantir ações efetivas de convivência com a seca em parceria com os estados. Na tarde de ontem, o governador apresentou o plano ao ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, em reunião em Brasília.

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, informou que as ações foram elaboradas em conjunto desde o dia primeiro de janeiro, coordenadas pela Seplag, e que as ações em andamento terão plena continuidade. “O governador Camilo Santana orientou os secretários e manter as ações que já estão acontecendo com foco no abastecimento d’água e assistência técnica ao homem do campo”. O secretário ressaltou ainda que a pasta está intensificando as obras de abastecimento d’água do Programa Água para Todos e São José III para garantir a segurança hídrica nas comunidades que mais precisam.

Adutoras

O secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, destacou as obras em andamento das adutoras de montagem rápida (AMR) para atender aos municípios cearenses. Emergencialmente será atendido o Vale do Jaguaribe.

“Vamos fazer uma pequena adutora interligando o eixão das águas interligando o Eixão das Águas à estação de tratamento de Morada Nova, o que vai normalizar o abastecimento no município e estamos preparando a dispensa de licitação para iniciar as obras da adutora de Jaguaretama, para garantir o abastecimento no município em no máximo 60 dias”, concluiu.

Teixeira ressaltou ainda que as obras de adutoras dos demais municípios também já estão em andamento e deverão ser concluídas até o final de setembro, para garantir o abastecimento às sedes municipais. “O recurso foi negociado diretamente pelo governador Camilo Santana com o ministro Gilberto Occhi e o secretário de Desenvolvimento Regional, Irani Braga Nunes, confirmou o pleito do Ceará”, disse o secretário.

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

Centro Dragão do Mar promove encontros antes de lançar os Editais Culturais 2015

dragaodomar1

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura promove, a partir desta segunda-feira (02), uma rodada de conversas com artistas e demais agentes da cultura no Ceará, afim de reunir sugestões e novas ideias para os Editais Culturais 2015.
Serão feitos encontros diários até 9 de março com os interessados de cada uma das nove linguagens artísticas contempladas pelos editais: teatro, dança, música, cinema, artes visuais, performance, circo, fotografia e literatura. As conversas serão realizadas no Auditório do Dragão e são abertas ao público.
Os Editais Culturais 2015/2016 são os novos editais de ocupação do Dragão do Mar. Juntos, os projetos vencedores formam a nova Temporada de Arte Cearense do Dragão e serão executados todos neste e no próximo ano. Entre as novidades, duas novas linguagens serão incluídas – performance e fotografia -, que serão lançados até o fim de março.
Confira abaixo o calendário dos encontros, que são abertos ao público:
Segunda (02.03)
Circo – 15h

Terça (03.03)
Música – 19h
Quarta (04.03)
Performance – 15h
Quinta (05.03)
Cinema – 15h
Artes Visuais – 19h
Sexta (06.03)
Teatro – 15h
Fotografia – 19h
Segunda (09.03)
Dança – 10h30
Literatura – 19h
Relembre
Os últimos Editais Culturais contemplaram 99 projetos de artistas, grupos, companhias, bandas, autores e produtores cearenses, totalizando 246 apresentações entre novembro de 2013 e outubro de 2014.
Em relação à última edição, os valores investidos no pagamento de cachês dos Editais Culturais 2013/2014 passaram de R$ 145 mil para R$ 600 mil, chegando a um montante global de R$ 1,3 milhão. As linguagens artes visuais, literatura e cinema foram introduzidas, assim como um programa de lançamento de livros e de shows literários adultos e infantis.
27.02.2015
Assessoria de Comunicação do Instituto Dragão do Mar

Buracos continuam quase os mesmos

estradadafruta

Juazeiro do Norte Um ano após a divulgação de levantamento realizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), relativo a intervenções em pelo menos seis trechos de rodovias federais que cortam o Ceará, quando foi apontada a existência de crateras no asfalto e locais com sinalizações irregulares ou ausência de placas, a situação parece ser a mesma em alguns pontos das BRs 222, 116 e 230, próximas aos municípios de Sobral, Tianguá, Icó, Ipaumirim, Brejo Santo, Várzea Alegre e Farias Brito.

Conforme motoristas que trafegam pelos trechos danificados, os riscos de acidentes são iminentes e os prejuízos por quebra de peças são frequentes. As reclamações também apontam o crescimento da vegetação à beira das estradas, que impede a visualização da sinalização, e grande número de animais soltos pelas pistas de rolamento.

No trecho da BR-116 que liga os municípios de Milagres e Brejo Santo, o número de buracos assusta motoristas que utilizam a rodovia diariamente. Os acidentes são constante e mortes já aconteceram em áreas próximas ao perímetro urbano de ambos os municípios. Nas proximidades das localidades de Vila Esperança e Vila Conceição, em Brejo Santo, a situação é preocupante. "Não tem condição de rodar por uma estrada nessa situação", avalia o caminhoneiro Luís Antônio de Oliveira que afirma já ter tido prejuízos.

O motorista Carlos Alberto de Medeiros, que diariamente transporta passageiros até Juazeiro do Norte, disse que os acidentes ocorrem principalmente no fim do dia. "Quando começa a escurecer, fica pior. Não tem sinalização que preste e nem sempre dá pra enxergar os buracos", observou.

A situação também preocupa motoristas que trafegam pela BR-116, nas proximidades de Ipaumirim e Icó, após a entrada para Umari, onde não foram terminados os serviços de tapa-buraco. "A estrada já foi recuperada umas três vezes. O problema é que o material utilizado não parece ser de qualidade. Já tem muito buraco e muita ondulação próximo a Ipaumirim. Quem vai até Icó também reclama de buraco e muito animal na pista", diz o motorista José Cícero Pereira.

Centro-Sul

O trecho de 40 Km da BR-230, entre Iguatu e Farias Brito, no Sul do Ceará, permanece esburacado desde o fim de 2013. As poucas chuvas que caíram neste ano provocaram reabertura de antigos buracos, danificando o asfalto. No fim de 2012, a via foi recuperada com operação tapa-buraco, mas dois anos depois voltou a apresentar problemas.

Entre 2006 e 2012, o trecho estava em péssimo estado de conservação, com muitos buracos. A Superintendência Regional do Dnit anunciou a recuperação da via em fevereiro de 2012 e o serviço foi concluído em parte do trecho de Várzea Alegre até o entroncamento com a BR-116. Na época, autoridades locais se mobilizaram para a recuperação da rodovia, que é considerada de grande importância para o trânsito, fluxo de pessoas e o comércio entre as cidades das regiões Centro-Sul e Cariri.

Foi realizado um serviço de melhor qualidade, com recapeamento geral da via entre Várzea Alegre e a BR-116, mas no trecho até Farias Brito foi feito serviço de tapa-buraco e apenas em alguns pontos recapeamento. Em pouco tempo os antigos buracos foram reabertos e novos surgiram. A empresa faliu, abandonou a obra e não foi feita nova licitação, uma vez que as demais construtoras desistiram de continuar os serviços. Houve alegação de defasagem orçamentária. Os buracos exigem dos motoristas atenção e paciência. Em alguns pontos é preciso trafegar em ziguezague para desviar das crateras. "Isso é uma vergonha para o Ceará", disse o representante comercial, Pedro Quirino, que sempre percorre a rodovia.

Em Sobral, o principal motivo de reclamações dos motoristas são os dois trechos. O primeiro entre os Km 179,9 e 228,7 da BR-222 que ainda se encontram em reforma, ocasionando transtornos para quem se desloca por lá. No local, são realizadas obras de recuperação e de alargamento de pontes e de drenagem superficial. O outro trecho é no acesso a Tianguá, do Km 311,5 ao 314,4, com obras de duplicação paralisadas, buracos na pista e desvios de tráfego.

Estaduais

Além das BRs, também é apontada a necessidade de recuperação de alguns pontos de CEs. Na CE-292, entre Crato e Nova Olinda, os motoristas reclamam da grande quantidade de buracos e de ondulações na pista. O volume de animais soltos é outro risco apontado. "Acidente com animais aqui nessa região é frequente. Sem falar na quantidade de buracos e na qualidade da pista", avaliou o vendedor Marcos Rolim de Andrade, que viaja pela rodovia, pelo menos, três vezes por semana. "Já prometeram melhorar a situação diversas vezes. Até já houve obras por aqui. Só que o serviço fica tão mal feito que acaba quebrando tudo de novo".

Outra estrada cearense que vem ocasionando transtorno aos motoristas do Cariri é a CE-060, entre Juazeiro do Norte e Caririaçu. O local passa por obras de alargamento da pista que, segundo motoristas, já dura bastante tempo. "Já era para ter terminado isso. O atraso parece até que é de propósito. Esse povo faz é prejudicar a vida da gente", diz o mototaxista Evandro Sales.

Estrada da Fruta

Na CE-356, conhecida como Estrada da Fruta, as obras de alargamento ocorrem a passos lentos. Segundo o gerente comercial Rodrigo Torres, a rodovia, principal acesso de Russas a Mossoró, no Rio Grande do Norte, apresenta áreas onde a buraqueira prejudica muito o fluxo de veículos. "Da saída da cidade até a subida da Serra do Vieira não dá pra rodar com mais de 40 Km/h e tem muitos caminhões que acabam trafegando na contramão. Em alguns pontos o pessoal da obra fez a terraplanagem, mas em nenhum trecho tem asfalto recuperado", reclamou. A ordem de serviços foi assinada em outubro. Com a reforma, a pista deverá ser alargada e passará a ter sete metros, além de 1,5m de acostamento.

Na quinta-feira (26), o governo do Estado anunciou que está investindo mais de R% 1 bilhão na recuperação das estradas. Segundo o governo, existem atualmente 1.339,3 Km de obras em andamento. Deste total, 659,9 Km são ligados a obras de pavimentação e 679,4 Km de restauração. O montante investido é de R$ 1.096.596.044,35. A previsão é que parte das obras seja entregue ainda neste ano.

As obras apontadas pelo Estado estão localizadas nos municípios de Uruberatama, Cariús, Palhano, Aurora, Piquet Carneiro, Varjota, Viçosa do Ceará, São Benedito e Massapê. Também estão sendo realizadas ações em outras regiões do Ceará, como é o caso do Anel Viário com implantação e duplicação de 32 Km, que beneficiará a Região Metropolitana de Fortaleza e a duplicação da CE-010, Ponte da Sabiaguaba-Entroncamento da CE-040, com 13,18 km.

O Dnit admitiu que, entre as rodovias federais que cortam o Estado, merecem atenção diversos das BRs 304, 116 e 230. Confira no quadro ao lado.

Roberto Crispim / Sucursais
Colaboradores

Diario do Nordeste - Regional

Açude Gavião chega a 100% e começa a sangrar

chuvasce2Clique para ampliar e confira a previsão do tempo

Fortaleza O açude Gavião, em Pacatuba, chegou a 100% da capacidade e começou a sangram na quinta-feira. Ele faz parte do sistema que abastece Fortaleza e foi o primeiro monitorado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) a sangrar. Segundo a Cogerh, para evitar desperdício, a vazão do Pacoti - reservatório que alimenta o Gavião - foi fechada.

Com isso, a recarga da barragem reduz a transferência de água, facilitando o acúmulo nos outros açudes do sistema. A Capital é abastecida por um conjunto que conduz água a partir do açude Castanhão, segue para o Pacoti, que está interligado a outro reservatório, o Riachão. Depois, a água chega à barragem Gavião e segue para a Estação de Tratamento (ETA). A sangria não altera o abastecimento da Capital, segundo a Cogerh. A recomendação é que a população continue economizando água e evitando desperdício.

O volume armazenado pelos 129 açudes monitorados pela Cogerh está em 19% da capacidade total. Apenas o Gavião apresenta volume de 100%. Os 128 restantes estão com volume inferior a 30%.

Entre 7 horas do dia 26 e 7 horas de ontem choveu em apenas 18 municípios, conforme foi atualizado ao meio-dia de ontem pelo site da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As três maiores precipitações foram Barroquinha (29 mm), Cruz (28.2 mm) e Bela Cruz (23.0 mm).

A previsão do tempo para hoje é de que as condições atmosféricas deverão ficar favoráveis à ocorrência de precipitações. Por isso, o Ceará deverá ficar com nebulosidade variável e ocorrência de chuvas. No domingo, o setor norte do Nordeste brasileiro deverá permanecer sob influência de áreas de instabilidade que deixam o céu com nebulosidade variável e possibilidade de chuvas em todas as regiões no decorrer do dia.

Diario do Nordeste - Regional

Pasto ressurge e criadores soltam animais na Caatinga

gadocaatingaCom os animais retirando da natureza sua alimentação, a expectativa geral na região é de que os preços das rações sofram uma redução, mesmo que pequena

Foto: Antonio Carlos Alves

Canindé Mesmo sem estar configurado o inverno, a Caatinga em Canindé, no sertão cearense, agora já tem folhas espalhadas pelo chão. O pasto cresceu. Em toda região dos Sertões de Canindé, área incluída no Semiárido nordestino, já choveu pelo menos 200 milímetros neste ano. O cenário mudou completamente. O seco deu lugar ao verde. Por isso, os criadores do Município voltaram a demonstrar otimismo.

Eles querem recuperar as perdas, já que, no ano passado, quase metade das 45 mil cabeças de gado estimadas nos municípios de Canindé, Caridade, Itatira e Paramoti morreu por conta da seca. Faltou comida e água.

Com o novo cenário que surge, Higino Luís deixa os animais no campo e poupa ração. "Neste ano, mesmo ainda pequeno, o pasto está melhor", diz o criador da Fazenda Facão, no Distrito de Ipú Monte Alegre, em Canindé.

O criador José Maurício tinha, no ano passado, 30 cabeças de gado. Chegou a ficar com cinco, mas já está conseguindo se recuperar. Parte do dinheiro que antes gastava com ração, agora está comprando animais. Já está com 12. Por cabeça, pagou em média R$ 300.

"Caso continue chovendo e o inverno se configure, vamos trabalhar para aumentar o número de cabeças. No próximo ano, quem sabe, a gente não tem 30 ou mais?", comenta o criador.

Os criadores de Canindé que têm um pouco mais de recurso já estão se prevenindo para não depender apenas de ração. Como houve chuva, muitos optaram pelo plantio do sorgo para a alimentação do rebanho. Ele será usado principalmente quando acabar o período de chuva e começar os longos meses de seca. No Município, foram distribuídos, pelo Programa Hora de Plantar, 870 quilos de sorgo.

A torcida é para que a chuva continue caindo até pelo menos o mês de junho. "Estamos pedindo a proteção de Deus e São Francisco para que não falte chuva no Sertão, porque, se isso acontecer, vai acabar a miséria que se instalou nos últimos anos", comenta Higino Luís, que já foi prefeito de Canindé.

Mesmo sem ser um grande produtor de leite, o Município é conhecido no Estado do Ceará por ter uma bacia leiteira de pequeno porte.

Na pequena associação dos criadores de Conceição, a câmara segue resfriando o produto trazido por eles. O produtor recebe atualmente R$ 0,97 pelo litro de leite. No ano passado, recebia R$ 0,65 por litro. No comércio, custa R$ 2,00.

Sem esforço

O criador Valdemar Soares é um exemplo. Hoje ele está conseguindo fornecer 15 litros por dia, o dobro do período equivalente do ano passado. "Além de ajuda na renda de casa, a gente tem um sossego, porque hoje o meu rebanho está todo solto no pasto, não estou fazendo nenhum esforço para manter o leite e carne", declara Soares.

Outro que comemora a mudança de clima e melhoria no pasto é Francisco Teixeira Gomes, do distrito de Esperança. "Ainda não estou vendendo o leite, mas já soltei meus animais. Antes era um sofrimento só: tinha que cortar mandacaru, comprar água do carro-pipa para não ver o que sobrou da desgraçada da seca. A coisa começa a mudar, observa Francisco.

Maria Ivonete dos Santos, que mora na comunidade de São Bernardo, disse que não aguentava mais ver suas vacas passarem por tanta necessidade.

"Cheguei ao ponto de pensar em vender as cinco por R$ 2.000,00, mas depois voltei atrás e agora, graças a Deus, tem pelo menos o que elas comerem por alguns dias".

Essa nova realidade pode mudar um quadro desolador na pecuária da região. Há menos de dois meses, uma saca de resíduo custava no mercado R$ 48,00. Um saco de milho R$ 42,00. Um saco de farelo R$ 30,00. Uma carga de capim R$ 20,00 e uma saca de soja R$ 78,00.

Investimento

Os preços podem permanecer, mas uma coisa o comerciante tem a certeza. Poucos são os criadores que ainda terão que sacrificar um pouco de sua renda para investir nesses produtos.

"Muitas vezes tirei dinheiro do comércio para salvar o gado. O leite que as vacas produziam durante a semana não dava para nem pagar o que elas comiam. Era triste", recorda o criador Pedro Tavares, da localidade de Japuara.

Antonio Carlos Alves
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Parto humanizado vai ganhar mais espaço

camadepartoO hospital pretende aumentar o número de procedimentos normais

FOTO: ELLEN FREITAS

Limoeiro do Norte A partir da próxima segunda-feira, gestantes dos onze municípios integrantes da 10ª Regional de Saúde, que tem este município como sede, poderão contar com uma estrutura moderna de parto humanizado. A iniciativa é da Sociedade Beneficente São Camilo, que investiu na construção de uma ala específica para realização de partos normais.

As futuras mamães poderão optar por um das onze posições de parto normal, incluindo o parto na água. Atualmente o Hospital São Raimundo, mantido pela beneficência, realiza 130 procedimentos por mês, sendo apenas 53% normais. Na nova ala do hospital, foram construídos cinco apartamentos, todos equipados para realização dos partos de forma mais natural, sendo o mais indicado para a saúde da mãe e do bebê.

Além disso, houve reforma no centro cirúrgico para dar suporte às mães, caso ocorra alguma complicação durante o nascimento dos bebês. Toda a estrutura é para atender as pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), moradoras dos municípios de Limoeiro do Norte, Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaribara, Jaguaribe, Potiretama, Pereiro, Quixeré, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte.

De acordo com a diretora administrativa do hospital, Helaine Loura, a construção da ala e a reforma do centro cirúrgico duraram nove meses e custaram à entidade R$ 650 mil, financiados pelo BNDS. O objetivo, segundo a administradora, é que o hospital possa ser conveniado ao Ministério da Saúde para receber recursos para manutenção da unidade.

"Em março, receberemos a visita de representantes do Ministério da Saúde, que irão avaliar a estrutura para que possa nos conceder o credenciamento. Torcemos para que isso ocorra e possamos manter o hospital". Para isso, os investimentos obedecem a todas as normas do Ministério de adequação e credenciamento. Ela informou que, dos oito hospitais que a beneficência mantém no Interior, as unidades de Crateús, Tauá e Limoeiro do Norte, obedecem 100% às exigências do Ministério, sendo que o hospital de Tauá possui três dos cinco leitos credenciados para receber os recursos.

"Ainda de acordo com administradora, o objetivo do investimento é reduzir bastante o número de partos cesáreos feitos no Município, oferecendo profissionais qualificados no acompanhamentos até o nascimento dos bebês. A ala de parto humanizado é a primeira a se instalar na região Jaguaribana, que abriga, ainda, as 9ª e 7ª Regional de Saúde nas cidades de Russas e Aracati, respectivamente.

As três regionais fazem parte da Rede Cegonha, que é uma estratégia do Ministério da Saúde com o objetivo de implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Ellen Freitas
Colaboradora

Diario do Nordeste - Regional

Inscrições para EEEP encerradas neste sábado

escola-araripe

Juazeiro do Norte Interessados em participar do processo seletivo para contratação de professores e assistentes, sob regime da CLT, para as Escolas Estaduais de Educação Profissional do Ceará (EEEP), têm até este sábado (28) para realizarem suas inscrições pela Internet. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 25, poderá ser feito até o dia 2 de março, por meio de depósito identificado.

O certame, realizado por parceria firmada pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) e a Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Seduc), visa o preenchimento de 12 vagas para os cursos de Administração (Amontada), Agronegócio (Cascavel), Aquicultura (Lavras), Contabilidade (Bela Cruz), Enfermagem (Tabuleiro do Norte e Paracuru), Informática (Tamboril e Morada Nova), Inglês (Milagres e Itapipoca), Nutrição (Barbalha) e Redes de Computadores (Novo Oriente).

Pesquisa

Os aprovados no concurso realizarão trabalhos voltados ao ensino de conhecimentos teóricos e práticos de determinada área profissional para jovens e adultos; pesquisas sobre mudanças no campo de ensino para transformação de conhecimento em aulas e situações laboratoriais; desenvolvimento de recursos didáticos e produção de registros escritos e gráficos; orientação de estágios na área profissional; e a coordenação de cursos técnicos de Nível Médio.

Diario do Nordeste - Regional

Comunidade cava poço até mesmo na porta de casa

quixeramobimpososO SAAE e a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) não sabem o número certo de perfurações sem outorga oficial

FOTO: ALEX PIMENTEL

Quixeramobim O número de poços artesianos está se multiplicando na área urbana de Quixeramobim, uma das maiores cidades do Centro do Estado, onde estão concentrados mais de 40 mil habitantes deste município. Para escapar do colapso no abastecimento de água, previsto para meados de maio, moradores e comerciantes estão solicitando a perfuração dos poços até nas portas de suas casas e lojas, nas calçadas e nas ruas. O trabalho das máquinas perfuratrizes está chamando a atenção e causando polêmica. A opinião da população está dividida.

Parte dos moradores cobra fiscalização e regras, mas quem está começando a ficar sem água, como Francisco Melo de Lima, apoia a iniciativa. Um dos poços foi perfurado na frente à casa de um vizinho próximo. Na sua opinião, os moradores estão agindo porque não confiam nas medidas a serem adotadas pelos órgãos públicos, dentre elas a construção de uma adutora, do Açude Pedras Brancas, em Banabuiú, para Quixeramobim.

No Centro, outro poço atingiu a vazão de 10 mil metros cúbicos por hora. O morador desembolsou R$ 4.500,00 na perfuração. Os empreiteiros estão cobrando em média R$ 90,00 pelo metro de perfuração, mesmo assim, ficou feliz com o resultado. "Ele também não vai se importar em distribuir água para os vizinhos se realmente o abastecimento da Cidade for interrompido. Tem mais gente fazendo o mesmo a cada dia", contou Francisco.

Conforme alguns consumidores, que pediram para não serem identificados, eles começaram a tomar a iniciativa de perfuração dos poços no início de fevereiro, quando o SAAE passou a realizar o racionamento de água na Cidade, às sextas-feiras. Além do Açude Fogareiro, principal reservatório do Município, atualmente com pouco mais de 2 milhões de m³, cerca de 1,6% de sua capacidade, o Açude Quixeramobim, de onde a água é captada para distribuição na rede, está com menos de 50% do seu volume. Seu aporte hídrico é de 54 milhões de m³, mas atualmente está com 48,83% da sua capacidade, o equivalente a 26,3 mi de m³.

Pelos cálculos do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e da Cogerh, mantida a situação hídrica atual, o abastecimento realmente estará garantido no máximo até o fim de maio. Apesar dos números oficiais apontarem cerca de 13 vezes o volume de água do Fogareiro, a barragem construída na década de 1960 foi assoreada ao longo dos anos. Estudos de batimetria foram realizados, mas os resultados não foram revelados pelos dois órgãos. Todavia, pelos cálculos, garantirá o abastecimento por três meses.

Sobre os poços artesianos, o SAAE e a gerência regional da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) não sabem o numero certo de perfurações sem outorga oficial em Quixeramobim, sob responsabilidade da Cogerh. Os levantamentos serão realizados em breve. A estimativa de servidores do SAAE é de no mínimo 10 desde o início do mês.

Alex Pimentel
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Aqui se faz, aqui se paga (por Armando Lopes Rafael)

   Não foi só um dia de cão, foi uma semana inteira de cão para a “gerentona” Dilma, que enfrentou (sem sucesso) a greve dos caminhoneiros; que amargou a decisão do Moody's de rebaixar todas as notas da Petrobras, e a ex-maior empresa do Brasil perdendo grau de investimento.
    Piorou ainda com a divulgação da prévia do aumento da inflação para o mês de fevereiro em 1,3% segundo dados divulgados no último dia 24 pelo IBGE. (Atenção 1,33% é só em fevereiro de 2015). Isso sem falar no anúncio do aumento da conta de energia, que nada mais é do que os requintes de crueldade aos aumentos de tarifas, de impostos e de juros, além do veto à correção do Imposto de Renda pela “presidenta” dos petistas.
   Mas a presidente Dilma Rousseff também teve seu quinhão. Mulher solitária, ela está cada vez mais só. Mesmo assim na esperança de minimizar a queda abrupta de sua popularidade, conforme última pesquisa do Datafolha, dona Dilma resolveu fazer uma viagem à Bahia. Todo este cenário lembrou-me os últimos dias do governo Collor de Melo, quando a profunda deterioração política era assunto constante da mídia.  Mas dona Dilma não cairá. A depender de muitos brasileiros ele ficará até o último dia do seu mandato, pois a Justiça Divina é clara: aqui se faz, aqui se paga...
                               

Vem mais novidades na roubalheira da Petrobras: Delação de executivos da Camargo Corrêa trará novos nomes da Petrobrás


(Fonte: Estadão)
Dalton Avancini e Eduardo Leite, presos há 103 dias pela Operação Lava Jato, decidem contar o que sabem da corrupção na Petrobrás; novos nomes da estatal poderão ser citados
Após 103 dias presos na custódia da Polícia Federal no Paraná, base da Operação Lava Jato, dois altos executivos da empreiteira Camargo Corrêa fecharam acordo de delação premiada, na noite desta sexta-feira, 27, com a força-tarefa que investiga cartel e corrupção na Petrobrás. Além de revelarem novos nomes de funcionários da estatal envolvidos no esquema, as novas colaborações têm como objetivo ampliar o foco da investigação para outras estatais e para obras do setor elétrico.
Em troca de uma eventual redução de pena e da liberdade quase imediata, o diretor-presidente da Camargo Corrêa Construções e Participações S.A., Dalton dos Santos Avancini, e o vice, Eduardo Hermelino Leite, o Leitoso, resolveram contar o que sabem sobre o cartel que teria controlado contratos bilionários da Petrobrás entre 2004 e 2012. Cada um concordou em pagar multa de R$ 5 milhões.

                                      

Virou rotina: a partir de segunda-feira, dia 2, conta de energia sobe 10,3%. no Ceará

(Fonte: “Diário do Nordeste”)
Brasília/Fortaleza. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem a nova Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) de 58 distribuidoras de eletricidade do País, com impacto nacional médio de 23,4% nas contas de luz. Entre as distribuidoras, está a Companhia Energética do Ceará (Coelce), na qual, segundo a Aneel, a Revisão Tarifária Extraordinária terá um efeito médio de 10,3%.
Em nota, a Coelce informou que o reajuste para os consumidores de baixa tensão será de 9,05%. Já para os clientes de alta tensão e média tensão, o índice será em torno de 12,9%, "principalmente porque esses consumidores têm na composição de sua fatura uma parcela maior associada ao consumo de energia, quando comparado ao residencial". O novo índice passa a valer a partir de segunda-feira (2).
De acordo com o diretor de Regulação da Coelce, José Alves, a revisão é necessária para cobrir o aumento dos custos com a compra de energia dos geradores, principalmente em função da situação hidrológica desfavorável do País.
E ainda vêm novos aumentos este ano
O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, lembrou que ao longo do ano ainda acontecerão, normalmente, os processos de reajuste tarifário ordinário das empresas, cada um numa data específica. "Mas os reajustes ordinários deste ano tendem a ser menores, já que a revisão absorve parte dos custos", disse. Romeu Rufino, porém, não estimou qual deve ser a ordem de grandeza dos reajustes.

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30