xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Leigos vão festejar 70 anos de idade do Bispo de Crato | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

21 dezembro 2015

Leigos vão festejar 70 anos de idade do Bispo de Crato

Os movimentos leigos estão distribuindo o convite para a comemoração dos 70 anos de idade de Dom Fernando Panico (capa do convite acima)
PROGRAMAÇÃO
A programação constará dos eventos abaixo:
Dia 27 de dezembro de 2015
– 09:00 h. Missa na Catedral de Nossa Senhora da    Penha
– 19:00 h. Renovação da entronização e consagração da  residência episcopal ao Sagrado Coração de   Jesus, localizada na Rua Francisco Osório Ribeiro    Nº 101 – bairro Grangeiro – Crato (CE)
Dia 29 de dezembro de 2015
– 09:00 Inauguração das instalações físicas no Seminário   Propedêutico Dom Fernando Panico, localizado na Rua   Chevalier de Aquino, por trás da capela de Nossa Senhora  da Conceição, no bairro Grangeiro – Crato (CE)
-  12:00h – Almoço para o clero na residência episcopal
Dia 1º de janeiro de 2016  –   
-    09:00h. Missa na Capela da Mãe do Belo Amor, localizada no  Sítio Páscoa, localidade de Guaribas – Crato (CE)
 – 17:00h.  Comemoração do aniversário de Dom Fernando na  Colina do Horto, em Juazeiro do Norte, sob   coordenação dos Padres Salesianos
No convite, consta, ainda, o texto abaixo:
27 de dezembro de 2015
Nosso Bispo Diocesano Dom Fernando Panico, completa 70 anos de vida! Nós, membros das Paróquias, Pastorais, Movimentos, Comunidades Eclesiais, amigos e colaboradores deste bispo sentimo-nos felizes e gratos a Deus pela vida desse seu servo, uma existência toda dedicada à Igreja e ao próximo. Uma bela história de vida, de doação, de lutas e vitórias...
   Atingir este estágio de vida permite à pessoa olhar para trás com gratidão e para frente com fé! George Sand escreveu: “Cada um tem a idade do seu coração, da sua experiência, da sua fé”. Este é o caso de Dom Fernando Panico!
   Tudo começou em 27 de dezembro de 1945, na cidade de Tricase, localizada no sul da província de Lecce, na Itália. Naquele dia nasceu o caçula dos filhos de Antônio Vito Panico e Lucia Maria Carmela Piri. Deles recebeu o nome de Fernando. O pai era agricultor. A mãe cuidava da casa e dos cinco filhos. Ambos eram inscritos na Ação Católica e legaram uma profunda marca de religiosidade aos filhos. Por causa dos sofrimentos deixados pela Segunda Guerra Mundial, e para que o ano do término daquele conflito – 1945 – não deixasse marca na vida de Fernando, o Sr. Antônio Vito só fez o registro civil do filho no dia 1º de janeiro de 1946. Daí porque Dom Fernando comemora aniversário em duas datas: 27 de dezembro e 1º de janeiro.
    No dia 6 de janeiro de 1946, Fernando foi batizado. Recebeu a Primeira Eucaristia em 1º de maio de 1954. No ano seguinte foi crismado. Como todo caçula, Fernando foi um menino mimado. E logo sentiu inclinação para o sacerdócio. Foi coroinha na Igreja-matriz de Tricase. Em 24 de outubro de 1957 ingressou no Pontifício Seminário Menor de Roma. Desejando ser missionário ingressou, em 1962, na Congregação dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus–MSC. Foi ordenado padre em 31 de outubro de 1971, em Roma.
     Três anos depois foi mandado para trabalhar no Brasil, chegando à cidade de Pinheiro, no Maranhão, em 13 de dezembro de 1974. A partir daí o Brasil foi o palco do ministério do missionário Fernando Panico. No Maranhão foi pároco, professor, reitor de Seminários, Superior da sua Congregação... Cursou doutorado em Teologia Litúrgica, na cidade de São Paulo. Em 02 de junho de 1993, o Papa São João Paulo II nomeou-o Bispo de Oeiras-Floriano no Piauí. Em 02 de maio de 2001, o mesmo Papa transferiu-o como Bispo de Crato, onde se encontra até hoje.
Atuação de Dom Fernando no Sul do Ceará
 É extensa a folha de serviços prestada por Dom Fernando Panico na Diocese de Crato. Algumas de suas iniciativas: 
•    Consolidou o seu projeto pastoral de caracterizar nossa Diocese como “Romeira e Missionária”.
•    Criou treze paróquias e ordenou 68 sacerdotes diocesanos. 
•    Ordenou os primeiros Diáconos Permanentes da Diocese de Crato
•    Criou o Curso Superior de Teologia no Seminário São José de Crato, que hoje forma sacerdotes para cinco dioceses: Crato e Iguatu, no Ceará; Salgueiro e Petrolina, em Pernambuco, e Cajazeiras, na Paraíba.
•    Entregou à Ordem dos Camilianos a administração do Hospital São Francisco de Assis de Crato, que vem experimentando sucessivas melhorias no seu funcionamento.
•    Construiu os dois blocos que compõe a atual Cúria Diocesana de Crato.
•    Construiu o novo Seminário Propedêutico localizado no bairro Grangeiro de Crato.
•    Criou três Santuários Diocesanos: o da Igreja-Matriz de Nossa Senhora das Dores de Juazeiro do Norte; o Santuário Eucarístico que funciona na igreja de São Vicente Férrer em Crato, e o Santuário da Divina Misericórdia, na Igreja-Matriz de Santo Antônio, na cidade de Barro.
•    Conseguiu, junto ao Vaticano, a elevação da Igreja-Matriz de Nossa Senhora das Dores de Juazeiro do Norte à condição de Basílica Menor. 
•    Foi o responsável pelos estudos, junto ao Vaticano, do Processo de Reconciliação da Igreja com o Padre Cícero Romão Batista.
•    Deu início ao Processo Diocesano pela Beatificação da Serva de Deus Benigna Cardoso da Silva, ora em estudo no Vaticano.
•    Construiu a Fazenda da Esperança Padre Cícero, no município de Mauriti (CE), destinada à recuperação de dependentes químicos.
•    Foi o responsável pela vinda da Comunidade Boa Nova, que trabalha na recuperação de dependentes do álcool e de drogas, com uma unidade em funcionamento num sítio, localizado na estrada Crato-Santa Fé. 
•    Trouxe para a Diocese as seguintes instituições religiosas: Companhia dos Padres de São Sulpício (Sulpicianos) e Freiras Contemplativas da Ordem Fraternidade Missionária (para a cidade de Crato); Monjas Contemplativas da Ordem de São Bento (Beneditinas) que construíram o Mosteiro de Nossa Senhora da Vitória, Congregação das Irmãs Catequistas do Sagrado Coração, Irmãs Salesianas Filhas de Nossa Senhora Auxiliadora e as Servas da Caridade de Jesus Cristo (todas em Juazeiro do Norte); Associação Aliança de Misericórdia (que trabalha na recuperação de toxidependentes, em Barbalha), Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração (para Antonina do Norte); Irmãs Filhas da Imaculada Conceição de Buenos Aires (para Lavras da Mangabeira) e Humildes Servas do Senhor (na cidade de Aurora).
•    Deve-se a Dom Fernando a realização do 13º Encontro Nacional das Comunidades Eclesiais de Base-CEBS, evento levado a efeito na cidade de Juazeiro do Norte entre os dias 07 e 11 de janeiro de 2014, o maior evento católico já realizado em terras do Cariri cearense.
Agradecemos a Deus pelo envio de Dom Fernando Panico à Diocese de Crato, onde se encontra há quase quinze anos... Ele representa um presente que veio enriquecer a galeria de bispos desta já centenária igreja particular do Sul do Ceará.


0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31