xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Esse tempo de amar - Por: Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 dezembro 2015

Esse tempo de amar - Por: Emerson Monteiro

Quantos presos aos apegos vazios desse chão... Tantos entregues à velocidade das superfícies cinzentas, esquecidos que um propósito maior de eternidades sobrevoa voo livre os planos da imensidão. Contudo o tempo persiste bem no âmago das consciências, tinta acondicionada sob os tecidos da Salvação. E quão raros admitem algo além das aparências, escafandristas da felicidade pulsante. Espécie de águias solitárias, distendem asas no sonho real do imaginário, e com isso percorrem a distância transcendental entre o eu e Si mesmo, aprendizes nos córregos da certeza, furor acima de qualquer suspeita.

Daí vem o silêncio, que guarda consigo a precisão das angústias e acalma desejos surdos dançando na flor da alma, e amor fortalece a sobrevivência dos projetos divinos de que somos e muitos nem isso ainda compreendem. 

O Universo, no entanto, neutraliza os equívocos e oferece consistência necessária a continuar determinações infalíveis da Lei dentro do que todos habitam feitos condição inevitável de compor o quadro multicolorido das manhãs ensolaradas. 

Somos sementes, sim, flores e frutos da árvore dos destinos. O querer apenas noticia a forma das notícias vagas daquilo que vem nos braços do minuto que avança traço a traço, através da carne da gente. Um pouco disso a preencher de infinitos átomos a profusão dos olhos, na esperança do que fizermos do que hoje trabalhamos. 

Meras e valiosas partículas do incessante movimento, tais seres errantes no acerto das existências, cá iremos tanger o rebanho das pessoas individuais, porém coletivos blocos de realizações humanas em múltiplos corações acesas chamas de luta e vitória.

Amar, sobretudo amar, a isso se destina o faiscar das horas sob o senso do Poder acima de todos eles. Nunca, jamais, agora e sempre o calendário dos dicionários em busca de paz. Há milênios de verdades definitivas aguardando, pois, atitudes de quem respirar esse clima de suprema claridade no sentimento dessa festa, nalgum dia. 

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31