xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Não entendem o nosso pensamento – por Pedro Esmeraldo | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

28 novembro 2015

Não entendem o nosso pensamento – por Pedro Esmeraldo

    Há muita maldade nessas palavras que propõem o respeito e a veneração da cidade do Crato. Não entendem o pensamento nosso que contamos com as ideias elevadas a fim de relevar o espirito que nos interrompe o entendimento das conversações. Falamos do desespero do desenvolvimento cratense. Por isso, arrancaram de nós as representações materiais, os bens para conservar a prática seu esforço e conseguir reverte-los através do tempo.
    Todas as qualidades serviço que entram em ação para assegurar o desempenho de alta formação de trabalho. Foi-se desapropriado na marra pelo povo usurpador do desenvolvimento equilibrado. Não sabemos por qual razão não houve uma solução em conjunto com o direito de alevantar a clássica experiência do esforço de seu trabalho.
    Mas não há acordo com o fito de acelerar o movimento amistoso com os vocábulos que venham contribuir e com desenvolvimento deste município. Tudo deve ser praticado com amor ao próximo, com equilíbrio, com lutas, e acertos.
    Infelizmente, não há ajuste de equilíbrio: o povo vizinho anda ás turras, só pensam em apregoar sem nexo, o movimento progressista para si mesmo.
    Somos provocados pela desigualdade dos cratenses. Considerados um povo afastado das normas governamentais. Devemos tomar cuidado, já que em discurso feito há poucos dias, um politico do poder executivo do estado não prometeu coisa alguma ao Crato, a não ser, agradecer os votos que recebeu. Para se ter ideia, aquele homem público não ofereceu nada para nós. Precisamos pedir que nos traga reconhecimento e somos também cearenses e merecemos lugar ao sol.
    Não possuímos “união”, isto é ligação de verdade. De vez em quando, aparecem aqui os inimigos “de mansinho” colocando movimentos em ação continuada. Com o tempo, desprezando esse povo, mas conduz com maneira ardilosa a dilaceração deste município. Querem levar de roldão um naco de terra deste município. Por tudo isso, o Crato tem que reagir com força. Apesar dos protestos, não temos forças politicas e não podermos sufocar o desespero desse povo que nos tratam com escárnio, e não ficaremos perdidos no reino da Dinamarca.
    Por esse motivo, o município do Crato é arrefecido, mas temos o poder de reagir, com proposito de evoluir com grande estilo. Ficamos a margem dos protestos, sofrendo agruras, sentindo dor do desespero, saboreando o sabor do profundo desanimo.
    Temos confiança em Deus que nos acolherá com amor e nos fará enfrentar a luta com trabalho árduo e amor profundo na grandeza do município.
    Pedimos também ao bondoso Deus que nos faça continuar com esses serviço defendendo a igualdade e a fraternidade. E este povo tenha coragem de poder enfrentar com ânsia de articular junto aos demais municípios, favorecendo o crescimento econômico com igualdade.
    Senhor governador lembre dos nossos mercados que estão pedindo misericórdia, Crato também merece melhorar condições de venda a varejo e trará  por certo, criação de emprego  favorecendo a muita gente.
    Afinal de contas o povo precisa pedir consistentemente ao governador.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31