xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Comentários & Reflexões (por Armando Lopes Rafael) | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

13 novembro 2015

Comentários & Reflexões (por Armando Lopes Rafael)

Feriado deste domingo
Como sempre, quase ninguém vai lembrar (e isso acontece há 126 longos anos) que este domingo – 15 de novembro – é feriado nacional, comemorativo ao golpe militar que implantou a forma de governo republicana no Brasil. Além de não lembrar, ninguém tem nada a comemorar desse famigerado feriado! Em Crato, o povo festeja 7 de setembro, 21 de junho (mesmo com ausência useira e vezeira do prefeito Ronaldo nas solenidades)... festeja também São João,  Nossa Senhora da Penha, São José, São Francisco, São Miguel... O cratense, no entanto, nunca festejou o 15 de novembro. Vade retro...
E tem razão para não comemorar
Não há nada, absolutamente nada, a comemorar na data de 15 de Novembro.  O Brasil não nasceu República. Durante 389 anos, dos 500 anos de sua existência, o Brasil foi uma monarquia (1500-1889). A República foi implantada por uma quartelada que hoje os detentores do poder, em Brasília, denominam eufemisticamente de “Proclamação da República”. Foi graças a esse golpe, que hoje vivemos uma grave distorção: tornamo-nos uma rés-publica (ou seria rês-pública? Ou ré-publica?). A “Proclamação da República” foi uma quartelada que não contou com o apoio, nem mesmo dos militares. Na Marinha encontrou tão somente forte oposição. Seus primeiros anos foram caracterizados por uma profunda perseguição que não teve paralelo em nossa história, nem mesmo durante seus dois mais conhecidos períodos de exceção: O Estado Novo (15 anos da ditadura Getúlio Vargas) e o Regime Militar (20 anos). Só nesses dois 35 anos de ditadura.
2015 está chegando ao fim
Tempus fugit irreparabile (O tempo foge irreparavelmente). Segundo a Wikipédia; “Tempus fugit é uma expressão latina que significa "O tempo foge", mas que é normalmente traduzida como "o tempo voa". É uma expressão que aparece em muitos relógios. A expressão foi usada pela primeira vez nas “Geórgicas” do poeta romano Virgílio: Sed fugit interea fugit irreparabile tempus ("Mas ele foge: irreversivelmente o tempo foge"). Por conta disso:
Anteciparam o clima da “Magia do Natal”
Faltando um pouco mais de um mês para a data celebrativa do nascimento do Menino Jesus, a “Magia do Natal” já dá o ar da sua graça na conurbação Crajubar. Pelo menos nos shoppings a decoração natalina já é realidade. Em parte, essa antecipação tenta salvar os comerciantes brasileiros e caririenses da quebradeira, pois eles enfrentam a pior temporada de vendas natalinas, dos últimos 30 anos.  Esta semana, fontes do próprio governo reconheceram que a crise ora enfrentada pelo  Brasil é a pior desde 1930.
É verdade
Qualquer pessoa medianamente informada (e desde que não seja um fanático defensor do (decadente) fenômeno “lulo/petismo”; nem se enquadre como um ingênuo incurável), sabe que nossa pátria já enfrentou –– neste findante 2015 – duas crises: 1) a crise da falta de ética na política (que trouxe ao povo um sentimento de frustração e revolta contra classe política, que teima em pôr em xeque a democracia brasileira); 2) a crise econômica, que trouxe de volta a inflação, desempregou milhares de pais de família, paralisou as políticas públicas, fechou as portas de milhares de empresas, estagnou o Brasil e fez o PIB brasileiro virar um número negativo, em vermelho. Noutras palavras: o PIB do Brasil cresce igual a rabo de cavalo.
O que nos aguarda em 2016?
No entanto, o pior ainda poderá acontecer no próximo ano. A não ser que Deus tenha misericórdia do Brasil (bom não esquecer que estaremos em pleno “Ano da Misericórdia”, decretado pelo Papa Francisco) enfrentaremos, em 2016, uma crise, a Social. Ela será consequência das duas crises acima citadas (a crise da falta da ética; e a segunda, a crise econômica). Essa crise social virá quando a população sentir na pele, a degradação dos serviços públicos (por exemplo: falência da saúde pública, com falta de atendimento e de medicamentos nos postos), piora na segurança pública, greves generalizadas a começar pelos dos camionheiros; classe política cada vez mais desacreditada,  por ter empurrado pela barriga a cassação de Eduardo Cunha e o impeachment da “presidenta-incompetenta”.... Essa crise social fará o Brasil reviver aqueles episódios que foram vivenciados pelo povo da Argentina em 2001. Ou seja, teremos uma regressão social, com a massa ignara descendo dos morros e bairros miseráveis para arrombar lojas, saquear supermercados, depredar propriedades privadas etc.
Sábias palavras
Leio uma declaração feita pelo príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil. Trata-se de uma reflexão tão lúcida que não me furto de transcrever um parágrafo da mesma, dada sua pertinência. A conferir: “O Brasil atravessa talvez o momento mais grave de sua história, desde a Independência. Numa ruptura militante com nosso passado, a instabilidade republicana atinge um auge pouco imaginado. O País assiste, estupefato, uma degradação moral e institucional sem precedentes, enquanto nossa população tem manifestado um sadio e inesperado vigor na defesa de um Brasil autêntico e fiel a si mesmo”. Tem razão Sua Alteza! As manifestações do povo, principalmente as feitas na Avenida Paulista, em pleno centro de São Paulo, a maior cidade brasileira, são um atestado disso.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30