xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> No Brasil, gastos com a dengue chegam a R$ 2,7 bilhões | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

07 outubro 2015

No Brasil, gastos com a dengue chegam a R$ 2,7 bilhões

Dengue340595034594Em apenas um ano, a dengue custou ao País cerca de R$ 2,7 bilhões, mostra estudo publicado na edição de setembro da revista Plos Neglected Tropical Diseases e apresentada na 17ª Jornada de Imunizações, em Curitiba.

Com base em dados de 2.035 pacientes infectados pela doença em 2013, pesquisadores de dez instituições brasileiras e internacionais calcularam quanto a dengue pode custar para os sistemas de saúde público e privado e para a população. "Entram nesse custo social gastos com dias perdidos de trabalho, deslocamento e alimentação para unidades de saúde e outros encargos", explica João Bosco Siqueira Junior, professor do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Goiás (UFGO) e um dos autores do estudo.

Maiores

De acordo com a pesquisa, os gastos dos sistemas de saúde ficam em torno de R$ 1 bilhão por ano, enquanto as despesas indiretas da população com a doença chegam a R$ 1,7 bilhão. "E temos de lembrar que nem todas as pessoas com a doença procuram as unidades de saúde. Portanto, o número de casos e, consequentemente, os gastos devem ser muito maiores", diz o especialista.

No caso das despesas com saúde, os maiores gastos são com procedimentos ambulatoriais, que consomem R$ 843 milhões. Os custos com internações hospitalares são de R$ 172 milhões. Para Siqueira Junior, o governo federal deve considerar esses gastos para definir a efetividade de futuras estratégias de combate, como a compra de vacinas contra a dengue, ainda em fase de aprovação.

"A carga social da doença é muito alta. Esse valor equivale, por exemplo, ao dobro do que é investido com prevenção da dengue", diz o pesquisador.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão Conteúdo

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31