xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Hillary Clinton se afasta de Obama sobre Transpacífico | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

07 outubro 2015

Hillary Clinton se afasta de Obama sobre Transpacífico

hylariA candidata democrata à Casa Branca Hillary Clinton anunciou nesta quarta-feira sua oposição ao acordo de livre-comércio assinado nesta semana e negociado por Barack Obama com 11 países do Pacífico, uma surpresa que deveria entusiasmar a esquerda americana.

"Pelo que eu soube, no dia de hoje, não posso apoiar este acordo", declarou a candidata às primárias democratas em um comunicado.

Hillary mencionou, particularmente, dois defeitos do acordo anunciado na segunda-feira: a ausência de sanções contra os países acusados de manipular sua moeda, e as medidas que dão vantagens excessivas às companhias farmacêuticas, segundo ela, em detrimento dos pacientes e dos consumidores.

"Muitas vezes, no passar dos anos, não encontramos um bom equilíbrio nos acordos comerciais", justifica a candidata.

"Não podemos dar o benefício da dúvida aos novos acordos. Os riscos são muito elevados e, apesar da nossa boa vontade, acabam fazendo mais mal do que bem às famílias americanas, cujos salários apenas se mantiveram estáveis nestes últimos anos", completou a pré-candidata.

Este anúncio é especialmente surpreendente já que Hillary, que foi secretária de Estado de Barack Obama de 2009 a 2013, havia defendido no passado o interesse econômico do acordo de livre-comércio do Pacífico (TPP).

Mas as pressões políticas sobre a candidata aumentaram desde que o senador Bernie Sanders entrou na corrida das primárias e arruinou seu status de ultrafavorita.

O "socialista democrata" Bernie Sanders é um dos mais ferrenhos opositores ao TPP, assim como a maioria do Partido Democrata, que teme pelos empregos americanos e denuncia os acordos comerciais anteriores com o México e com a Coreia do Sul.

O Acordo TPP reúne 12 países (Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Cingapura, Estados Unidos e Vietnã) e ainda precisa ser ratificado. Nos Estados Unidos, o Congresso deve se pronunciar a respeito, mas a votação acontece apenas no próximo ano, em plena campanha das eleições primárias.

AFP

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30