xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Prefeito de Assaré reduz salário pela metade | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

17 setembro 2015

Prefeito de Assaré reduz salário pela metade

dinheirosalario

Assaré. O prefeito Samuel Freire afirmou que a crise financeira chegou a este município e já começa a comprometer a sua gestão. A situação, segundo o gestor, é preocupante, mesmo depois da adoção de medidas como os cortes para redução de gastos, suspensão da locação de veículos e a realização de eventos festivos. Por isso, resolveu reduzir seu salário pela metade.

Samuel Freire seguiu o exemplo de outros gestores. Ele enviou à Câmara Municipal mensagem para a redução do próprio salário e dos vereadores em 50%. O gestor alega que os poderes executivo e legislativo precisam ser solidários com a população nesse momento de crise. De acordo com o prefeito, esse dinheiro que vai sobrar será útil, e poderá ser investido, por exemplo, na compra de medicamentos ou no frete de um transporte.

O prefeito argumenta que os vereadores também precisam ter essa consciência. "Com essa redução salarial, muita coisa pode ser feita em prol do povo do Assaré. Com a redução, Samuel passará a receber R$ 10 mil reais por mês.

"Pode parecer pouco, mas é um dinheiro que, investido em alguma ação de saúde, pode ajudar muitas pessoas. E se os representantes do legislativo também estiverem dispostos a adotar a medida, já será de grande ajuda para os mais necessitado. Esse dinheiro economizado pode ser usado também para cavar um poço profundo, ação de grande utilidade em tempos de seca".

O prefeito informou ainda que está analisando a possibilidade de realizar cortes em vários setores da administração, mantendo apenas o que for prioridade. O setor cultural deve sofrer ainda mais redução. "Hoje pagamos cerca de 50 mil reais para uma banda de forró realizar um show na cidade. Esse tipo de investimento pode esperar. É um dinheiro que será usado de forma mais responsável: nos programas saúde da família, por exemplo. "Sabemos que vamos receber muitas críticas da juventude, que hoje tem um pensamento diferente, mas temos que ter a real responsabilidade diante da situação que os municípios estão enfrentando. A crise é nacional e algumas coisas devem vir em primeiro lugar. Não é justo, por exemplo, realizar uma grande festa e deixar atrasar o pagamento dos servidores. Até agora, mesmo com a redução do FPM, temos conseguido manter o pagamento da folha em dia, mas, para isso, temos sacrificado outras ações importantes. E a administração espera que a juventude e a população de maneira geral compreenda as medidas que estamos tomando".

Outra área afetada é a de esportes, que terá cortes também em torno de 50 %. De acordo com o prefeito Samuel Freire, a folha de pagamento dos servidores em Assaré é em torno de R$ 1 milhão e duzentos mil reais. "Será preciso diminui-la, unificar algumas secretarias para reduzir custos com aluguel, luz, funcionários, material de expediente". O gestor acrescentou que está propenso a tornar o prédio do antigo fórum da Cidade um complexo administrativo, para os fins já citados.

Samuel Freira aguarda o retorno dos vereadores em relação à proposta de redução dos salários. Mesmo assim, garantiu que, a partir do próximo mês, reduzirá o próprio salário, bem como dos secretários municipais e cargos comissionados. O prefeito pretende se reunir com todos para uma conversa franca, na qual exporá a situação e apelará pela compreensão e colaboração de todos. Samuel ainda lembrou que o município herdou uma dívida da gestão passada em parcelamento de precatórios, FGTS e INSS, que gira em torno de R$ 162 mil reais mensais, uma dívida que vai se arrastar por 15 anos. Por esse motivo, ele pensa na possibilidade de instituir o sistema de previdência própria.

O prefeito informou que, só no mês de setembro, os recursos das receitas municipais em Assaré caíram em torno de 39%. No total, de acordo com o chefe do executivo, a Prefeitura recebe cerca de R$ 1.600.000,00. "Sobra muito pouco para todo o restante, depois de pagar a folha de funcionários. Ainda temos que lidar com o fantasma da seca, que acarreta mais gastos com perfuração de poços, distribuição de água em carros-pipa, dentre outras despesas".

Preocupação

A situação é preocupante, pois o Açude Canoas, principal reserva hídrica do município, se encontra com apenas 14 % de sua capacidade. "Por outro lado, tive ainda que cortar gastos com a policlínica de Campos Sales, pois tínhamos uma participação de R$ 42 mil reais como cota, além dos gastos com transporte. Esse gasto se tornou inviável, e creio que a solução seria os municípios de Assaré, Nova Olinda, Tarrafas e Santana do Cariri fazerem um consórcio para realizar os atendimentos especializados, que sairia mais em conta para todos", finalizou Samuel.

Mais informações:

Prefeitura de Assaré

Endereço: Rua Doutor Paiva, 415- Centro

Assaré (CE)

(88) 3535-1613

Diario do Nordeste - Regional

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30