xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Neymar não é especial e deve ser investigado pela Receita Federal | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

29 setembro 2015

Neymar não é especial e deve ser investigado pela Receita Federal

 

Parece bem óbvio o título deste texto. No entanto, por mais elementar que algumas coisas sejam, ainda há quem tenha um senso conveniente de realidade.  Esse é um dos modos de compreender as declarações destemperadas do agente de Neymar, Wagner Ribeiro.
O empresário fez um desabafo em seu perfil do Instagram que beira o absurdo.  Entre outras coisas, Ribeiro aconselha o pai de Neymar a colocar todo o dinheiro da família em paraísos fiscais e acabar com essa ‘mania de pagar impostos no Brasil’.  Eis um trecho da carta aberta: “Conselho: Pega a sua grana, manda tudo para paraísos fiscais, legalmente é claro. Para com essa mania de pagar imposto no Brasil! Fecha as suas empresas, o Instituto na Praia Grande e vai curtir a vida nas praias do Mediterrâneo. Você e sua família”.
A manifestação indignada de Ribeiro diz respeito ao bloqueio de R$ 188,8 milhões determinado pela Justiça Federal. Os auditores detectaram omissão de rendimento de trabalho, omissão de rendimento de fontes no exterior, omissão de rendimentos pagos pelo Barcelona e falta de pagamento de imposto de renda entre outras coisas.
Evidente que o caso deve ser investigado e nem Neymar e sua família são culpados de nada até que se prove o contrário. Contudo, alguns trechos da carta aberta de Ribeiro me chamaram bastante atenção. Em dado momento, Ribeiro insinua que o pai de Neymar errou em não ficar com o seu filho em Madrid e  não ter feito Neymar ter se naturalizado espanhol. O empresário insinua que Neymar faz algum tipo e favor ao defender a seleção brasileira.
Acredito que cada indivíduo tem todo o direito de se naturalizar, mudar domicílio fiscal de forma legal  e defender as cores do país em que for aceito e bem entender. Tudo isso é válido. O que me incomoda na manifestação em questão é a crença nas entrelinhas de que por ser o melhor jogador brasileiro em atividade Neymar tenha algum tipo de direito especial.
Neymar —que não se manifestou sobre a carta de Ribeiro sejamos justos— deve ser tratado como qualquer cidadão brasileiro perante a Receita Federal. Pode ser investigado sim e caso não tenha cometido nenhuma irregularidade não pague nada. A coisa é bem simples e direta assim.
Um dos piores defeitos de parte dos brasileiros é acreditar que por fazer parte de uma elite econômica, intelectual ou artística mereça ser tratado de forma especial.  Um direito divino. Como se um médico, um professor ou advogado que seja excelente em sua área de atuação —assim como Neymar dentro de campo— esteja em um patamar superior ao resto dos pobres mortais.
Todo o dinheiro ganho por Neymar jogando futebol ou usando sua imagem como garoto propaganda é lícito. Assim como é lícito o craque ficar na ‘malha fina’  caso seja encontrada na contabilidade da família do craque alguma  inconsistência. Qualquer brasileiro pode ter que prestar esclarecimentos ao fisco. Neymar também. Ele só é especial (e muito) jogando bola.

ESPORTE - PALESTRA EMPRESÁRIO WAGNER RIBEIRO - 02/10/2008Wagner Ribeiro aconselhou o pai de Neymar a levar dinheiro da família para o exterior.

Leia abaixo a carta aberta de Wagner Ribeiro:
“Carta ao Neymar pai

Este fim de semana, setores da imprensa, judiciário e executivo nacional e, em particular, alguns torcedores (des)interessados no bem do seu clube “de coração”, comemoraram o bloqueio de bens que foi imposto a você e suas empresas. Mas tava na cara que isso ia acontecer, né Ney?

Você nunca topou “pagar” para o Juninho jogar. Decidiu atender a vontade “infanto-juvenil” dele e voltar pro Brasil em vez de jogar no Real Madri (hoje atua no seu rival!!). Não quis contratar um dos jornalistas que se ofereciam para assessorar seu filho em 2009. Brigou com empresário e seu séquito de bajuladores no “Dia do Monstro” por considerar que não agiram profissionalmente com o Juninho naquela semana.


Pior Ney, o Juninho, craque, responsável e carismático começou a ter sua “IMAGEM” solicitada por empresas no Brasil e exterior e isso te deixou “rico”!! E no Brasil, quando pobre fica rico, tem que ser burro. Sabe “você sai da favela, mas a favela não sai de você” ? Isso tem um significado intrínseco para parte da sociedade que esta acostumada a “ganhar sempre”. Eles querem que você continue “favelado”. Mas você é teimoso igual teu pai, né ? PLANEJOU a carreira do Juninho dentro de campo e publicitariamente, constituiu empresas para isso. Tudo dentro da lei. Fez tudo certo e esse foi seu erro.
Toda a grana que ganham é “nacionalizada e carimbada” quando entra no país. Mania de ser “brasileiro” que tua família tem… Pra fechar: De forma honesta, manifestou apoio ao candidato derrotado nas últimas eleições a presidente.


Mas se você tivesse agido diferente, não tivesse brigado com empresário (e bajuladores), tivesse ficado em Madrid e o Juninho tivesse se naturalizado ESPANHOL e tivesse se recusado a apoiar quem sua consciência mandava esses caras não estariam contra você.


Conselho: Pega tua grana, manda tudo pra paraísos fiscais, legalmente é claro. Para com essa mania de pagar imposto no Brasil!! Fecha tuas empresas, o Instituto na Praia Grande e vai curtir a vida nas praias do Mediterrâneo. Você e sua família.


Mas deixa o Neymar jogar mais uns aninhos… e que ele encerre a carreira na Europa, preferencialmente no Real Madri”.

Yahoo Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30