14 setembro 2015

Mais da metade dos açudes do Ceará estão com menos de 10% da capacidade

Reportagem Especial

Dos 153 açudes do Ceará, 82 estão com a capacidade abaixo de 10%. Somando-se todos os reservatórios do Estado, que comportam ao todo 18,813 km³ de água, eles estão apenas 3,075 km³ cheios, o que corresponde a 16,4%. Os dados divulgado nesta segunda-feira (14) pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídrico (Cogerh).

A região que apresenta a menor quantidade de água armazenada é o Baixo Jaguaribe, onde o açude Santo Antônio de Russas tem apenas 0,88% do volume total. Não muito melhor está a área dos Sertões de Crateús. Lá, 6 dos 10 reservatórios têm menos de 1% de água. Sendo que um deles já secou e outros três praticamente zeraram a reserva.

As regiões de Curu e Banabuiú estão em situação semelhante, com 3,90% e 4,25%, respectivamente. As áreas com maior volume, ainda que preocupantes, são o Litoral (36,42), Alto Jaguaribe (32,65%) e Coreaú (30,08%). A região Metropolitana tem 28,76%.

Com isso, pelo menos 38 municípios correm o risco de entrar em colapso por falta d'água até o fim do semestre, especialmente com o aumento de temperatura nos últimos meses do ano. Se o quadro de seca não se reverter no próximo ano, a situação, já alarmante, deve piorar.

Numa ação emergencial, o governo tem perfurado poços profundos em todo o Estado. Entretanto,como 80% do subsolo do sertão é rochoso, o índice de perda de poços, ou seja, a possibilidades deles serem secos, é de 30%.

Outra solução emergencial são as adutoras. Mas se as precipitações não se normalizarem em 2016, garantindo uma recarga dos reservatórios, a alternativa também deverá se esgotar. Até o fim do ano, quatro adutoras de montagem devem ser instaladas em Arneiroz, Independência, Ibicuitinga e Quixeramobim, ao custo de R$ 49 milhões.

Veja a situação dos açudes por região:

 

Diario do Nordeste - Regional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.