xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Fatores negativos na economia se refletem no menor consumo de energia, diz ONS | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 setembro 2015

Fatores negativos na economia se refletem no menor consumo de energia, diz ONS

eletricidaderede

Os valores de carga de energia gerada no país, no total de 61.041 megawatts (MW) médios, no mês de agosto de 2015, apresentam queda de 3,4% em relação aos valores verificados no mesmo mês do ano anterior.

De acordo com o Boletim de Carga Mensal do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) houve um aumento de energia em agosto de 1,6% em relação ao mês anterior. Já no acumulado dos últimos 12 meses, o Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentou uma variação negativa de 0,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já o nível de utilização da capacidade instalada recuou 0,5 ponto percentual entre julho e agosto, ao passar de 78,2% para 77,7%, o nível mais baixo  desde outubro de 1993, quando registrou 77,1%.

Segundo o ONS, apesar de agosto ter registrado temperaturas mais elevadas em relação ao ano anterior, nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul, fatores desfavoráveis, como o baixo desempenho da indústria, diante dos estoques excessivos e da demanda interna fraca, contribuíram amplamente para o comportamento da carga. Além disso, contribuiu também para esse resultado a redução no nível do setor de comércio e serviços.

O boletim do ONS destaca ainda que a elevação das tarifas de energia elétrica decorrente das bandeiras tarifárias, da revisão tarifária extraordinária e do reajuste anual das tarifas, vem se refletindo nos padrões do consumo de energia, contribuindo para a redução da carga, principalmente nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul, onde o peso dos reajustes tarifários tem sido maior.

Nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, a queda na carga de energia gerada em agosto chegou a 4,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior, apesar de uma variação positiva em relação a julho passado. O Operador Nacional do Sistema Elétrico explica que a variação negativa neste subsistema deve-se, principalmente,   ao modesto desempenho da indústria, cuja participação na carga do Sistema Interligado Nacional é de cerca de 60%.

Na região Sul, a queda no consumo total de energia em agosto foi de 5,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior, com queda de 1,4% em relação a julho último. A taxa de crescimento negativa, dever-se, segundo o ONS, ao cenário econômico atual e à redução do consumo de energia decorrente do aumento das tarifas de energia elétrica.

No Nordeste, houve crescimento de 1% no consumo de energia em relação ao mesmo mês do ano passado e de 1,5% em relação a julho último. De acordo com o ONS, a região vem sofrendo menor impacto da conjuntura econômica e da elevação das tarifas de energia do que nas outras regiões do país.

No Norte, o crescimento do consumo de energia em agosto foi ainda maior, com 2,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior e uma variação positiva de 4,1% em relação a julho. No acumulado dos últimos 12 meses, o Norte apresentou uma variação negativa de 1,0% em relação ao mesmo período anterior.

Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31