xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Lewandowski diz que aumento de 41,47% para Judiciário foi o acordo possível | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

18 agosto 2015

Lewandowski diz que aumento de 41,47% para Judiciário foi o acordo possível

 

Lewandowski

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, disse hoje (18) que a proposta de aumento de até 41,47% para os servidores do Judiciário foi o acordo possível com o Ministério do Planejamento.

Na semana passada, durante sessão administrativa, o Supremo definiu em 41,47% a proposta de reajuste para os servidores que será enviada ao Congresso, por meio de projeto de lei. Os ministros também definiram a proposta de aumento de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil para os integrantes da Corte.

Segundo o presidente, o novo projeto foi discutido com os sindicatos e é uma alternativa ao reajuste de até 78,56%, vetado pela presidenta Dilma Rousseff.

“Esse foi o acordo possível dentro desse momento econômico que vivemos. Foi muito estudado pelos técnicos do Planejamento e do Supremo. Conversamos informalmente com várias lideranças sindicais e vários sindicatos. Embora haja vozes contrárias, tenho a sensação, a convicção de que há uma grande maioria de servidores satisfeita com o que foi apresentado alternativamente ao primeiro projeto enviado ao Congresso”, disse o ministro.

Sobre a proposta que aumenta os salários dos ministros para R$ 39,2 mil, Lewandowski afirmou que o reajuste objetiva recompor as perdas inflacionárias. Ao contrário do aumento dos servidores, o reajuste dos ministros não foi discutido com o Ministério do Plenejamento.

"Com relação aos magistrados, apresentamos aos poderes Executivo e Legislativo as perdas salariais que sofremos ao longo dos últimos cinco anos. Claro que eles é que definirão, tendo em conta não só as forças do Orçamento, mas também a conjuntura político-econômica, porque isso é que se faz normalmente.”

A nova proposta para os servidores foi rejeitada pelo sindicato da categoria. Por isso, os servidores querem derrubar o veto da presidenta Dilma Rousseff. No mês passado, a presidenta vetou o projeto de lei aprovado pelo Senado que reajustava os salários dos servidores em até 78,56%. A Presidência da República alegou inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público.

Em busca da derrubada do veto da presidenta, servidores do Judiciário fizeram hoje (18) manifestações em frente ao Congresso Nacional e do Supremo.

Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30