xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Governo vai liberar R$ 500 milhões das emendas dos parlamentares | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

25 agosto 2015

Governo vai liberar R$ 500 milhões das emendas dos parlamentares


Com essa liberação, o governo espera reconquistar o apoio no Congresso.

 

camarafederal2

O governo vai liberar R$ 500 milhões das emendas dos parlamentares na tentativa de recuperar o apoio no Congresso.

O vice-presidente Michel Temer chamou os líderes dos partidos governistas para explicar como fica o seu papel na articulação política.

“Eu acho que a questão, digamos assim, que é importante, que é a chamada entrega de cargos, de emendas orçamentárias, praticamente já solucionada, nessa parte eu não vou entrar mais”, disse.
A decisão de Temer deu força para o ministro Eliseu Padilha, também do PMDB, ganhar uma queda de braço com a equipe econômica que se arrastava há mais de um mês. Desde que ele e Temer assumiram a tarefa de reconquistar o apoio de deputados e senadores com a distribuição de cargos e dinheiro das emendas.

Eliseu Padilha esteve na Câmara para anunciar que o governo vai liberar R$ 500 milhões das emendas dos parlamentares. Dinheiro que deputados e senadores destinam para obras em suas bases eleitorais, e que, em alguns casos, estava retido há três anos.

O ministro explicou a importância da liberação:

“Esse é o dinheiro mais barato que tem, esse dinheiro é na veia da economia, porque vai lá na ponta do municipiozinho pequeno de 10 mil habitantes, 15 mil habitantes”, afirmou.
Com essa liberação, o governo espera reconquistar o apoio no Congresso. Por enquanto deu certo. Nesta terça-feira (25), conseguiu adiar na Câmara a votação de um projeto que diminuiria a arrecadação do governo, ao ampliar o Supersimples, o regime tributário especial das micro e pequenas empresas.

G1

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30