13 agosto 2015

Extremistas do Estado Islâmico teriam data para tentar matar a rainha Elizabeth

elizabeth


Depois do papa Francisco, o Estado Islâmico encontrou outro alvo para tentar apavorar o Ocidente: a rainha Elizabeth, do Reino Unido. O atentado ocorreria no próximo sábado, quando os britânicos irão às ruas para comemorar os 70 anos do fim da Segunda Guerra.
Segundo as fontes ouvidas pelo jornal Daily Mail, a rainha foi alvo de uma ameaça bastante específica — o que aumentou o senso de urgência para mudar os esquemas de segurança —, mas toda a família real estaria na mira dos jihadistas. Isso porque todos estarão reunidos com mil veteranos de guerra e o premiê David Cameron.
O relatório citado pelo Daily Mail ainda afirma que o ataque seria realizado por terroristas britânicos que deixaram o país, treinaram na Síria e retornaram ao Reino Unido para esta data. Até o momento, o Palácio de Buckingham se negou a comentar as notícias.
A informação dos alvos foi ainda reiterada pela rede Sky News, que passou quatro meses conversando com um terrorista do EI. Através de um perfil falso, ele conversou com o jihadista e obteve a informação de que há um número de potenciais extremistas no Reino Unido.
Mesmo sem os comentários de Buckingham, a polícia britânica reconhece há meses que o país enfrenta ameaças reais de terrorismo.

Por Redação Yahoo! Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.