xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> PIB cresce acima da média nacional em Juazeiro do Norte | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 julho 2015

PIB cresce acima da média nacional em Juazeiro do Norte

juazeirocFoto: Elizângela Santos

O comércio varejista de Juazeiro do Norte se destaca como o maior do Interior do Estado e um dos mais promissores do Brasil. Os números que acompanham essa realidade a cada ano demonstram, mesmo diante de uma retração no mercado econômico nacional, uma consolidação de um processo que já ultrapassou várias fases, desde o mercado do ouro, como grande impulsionador da economia nos anos 60 e 70, ao varejo popular.

Enquanto se registrou queda na economia, no ano passado, em todo o País, no Ceará, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) foi de 0,9% e, em Juazeiro do Norte, de 3,5%; acima, portanto, da média cearense e nacional. Uma grande rede de supermercados, o Extra, entra para completar o rol de empresas atacadistas a se instalar nos próximos meses na cidade.

Crescimento

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Juazeiro do Norte, Michel Araújo, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstram esse potencial de crescimento há alguns anos. Mesmo com uma desaceleração econômica, o dirigente lojista afirma que, em 2010, houve crescimento de 18%; acompanhado, no ano seguinte, com 13%; 2012, 7%; e 2013, com 5%. "Apesar da retração, o crescimento continua em cima de um "boom" crescente. Talvez, mediante as circunstâncias, maior que os 18% em 2010", avalia.

Araújo fala de uma demanda reprimida no contexto desenvolvimentista de Juazeiro do Norte. A cidade, segundo ele, começa a se verticalizar e, diante de muitos municípios do mesmo porte, está apenas iniciando esse processo, com dezenas de edifícios em construção. Tudo isso se reverte em melhores condições para o mercado. "Temos uma boa perspectiva diante do setor público, que passa a enxergar o Município no sentido de promover infraestrutura", comenta.

Ele destaca os últimos investimentos na área de segurança pública, na Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e no Batalhão de Divisas e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), em Juazeiro do Norte, que conta com 77 equipes para a região do Cariri, uma reivindicação antiga da cidade, principalmente para conter a onda de assaltos em muitos estabelecimentos da cidade.

Para Michel Araújo, essa é uma forma de exemplificar como o Cariri vem sendo bem visto. "A perspectiva é de mais crescimento para a cidade, diante de vários fatores que acabam colaborando para que esse processo se tornasse viável", salienta.

Há quase duas décadas instalado na terra de Padre Cícero, o Cariri Garden Shopping teve que duplicar o número de lojas para atender à demanda do mercado consumidor local, com abrangência de mais de 150Km. É que Juazeiro se tornou um polo de convergência, principalmente quando se trata do centro de compras. Só no fim do ano passado, circularam pelo empreendimento mais de 1 milhão de pessoas. Foi registrado aumento de público em dezembro, fase de maior movimentação, de 15% em relação ao ano anterior, enquanto a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) apostou em um aumento de 8,5% neste período.

Mas, diante dessa nova realidade que se desenha, ele destaca o grande investimento do setor privado como importante impulsionador do processo de desenvolvimento, que continua pesado na Economia. Prova disso, acrescenta Michel, é a vinda das maiores empresas atacadistas do Brasil como o Atacadão, Maxxi Atacado e o Assaí. Com isso, o mercado comercial de Juazeiro se expandiu mais fortemente até o Centro-Sul do Ceará e municípios dos Estados vizinhos de Pernambuco, Piauí e Paraíba.

Valorização

Ele avalia que a perspectiva de continuidade desse processo de crescimento atravessa os 15 anos à frente. Para se ter uma ideia da valorização desse mercado comercial, Michel afirma que o setor absorve 70% da mão-de-obra no Município envolvendo os mais diversos segmentos, chegando a arrecadar, junto com a área de serviços, 84%. "Na verdade, temos um setor muito forte que ainda precisa enxergar a força que tem", alerta.

Com esses índices tão favoráveis, o presidente da CDL admite que essa realidade "enche os olhos" dos investidores e até do mercado internacional, como vem ocorrendo com as grandes redes que estão se instalando em Juazeiro do Norte. No caso do Extra, destaca que os empresários estão, nesse momento, prospectando espaço para definir em que local o supermercado será instalado. "Caso consiga até o fim do ano, uma nova rede atacadista de grande porte estará na cidade", complementa.

Para o presidente do Sindicato dos Lojistas (Sindlojas) em Juazeiro, Francisco Alberto Bezerra, esse crescimento ao qual chegou o município faz parte de um processo contínuo e irreversível. Para ele essa é uma realidade consolidada.

Mais informações:

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Juazeiro do Norte

Avenida Padre Cícero, 576

Juazeiro do Norte

Telefone: (88) 3512-2260

Diario do Nordeste - Regional

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31