xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Chuvas em 4 meses foram 30,1% abaixo da média histórica | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 julho 2015

Chuvas em 4 meses foram 30,1% abaixo da média histórica

Reportagem Especial

Fabiene de Paula

A quadra chuvosa de 2015 foi 30,1% abaixo da média histórica registrada no Ceará. A avaliação foi divulgada, nesta manhã, pela Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), em entrevista coletiva realizada na sede do órgão, localizado na Avenida Rui Barbosa, Aldeota. Com isso, os quantitativos  de chuvas para a quadra de 2015 ficou dentro das previsões dos meteorologistas anunciadas no início do primeiro semestre.

Segundo a Funceme, a avaliação da precipitação observada durante a quadra chuvosa (fevereiro a maio) de 2015 indica que as chuvas no Estado do Ceará ficaram abaixo da média, com desvio percentual de -30,1% em relação à normal climatológica (1980-2009). Maio foi o mês mais crítico, com -56,6% de desvio, seguido de abril (-40,4%) e fevereiro (-23,9%). Em março, a precipitação se aproximou da normal climatológica, porém o desvio percentual permaneceu negativo (-13,1%).

Em 2015, a região Jaguaribana foi a macrorregião mais afetada, com desvio percentual de -42,0%, seguida, proximamente, do Sertão Central e Inhamuns (-37,5%) e região da Ibiapaba (-32,7%). As macrorregiões do Cariri e do Maciço de Baturité apresentaram desvios percentuais semelhantes, de -28,6% e -28,2%, respectivamente. O Litoral Norte e o Litoral de Pecém se aproximaram de sua média histórica, porém, abaixo dela, ficando com desvios percentuais de -14,8% e -11,9%, respectivamente. O menor desvio envolveu a macrorregião do Litoral de Fortaleza (-9,2%), também próximo da média, mas, ainda abaixo dela. A precipitação observada, durante a quadra chuvosa de 2015 em todas as macrorregiões do Estado do Ceará ficaram, portanto, abaixo de suas médias históricas.

Diario do Nordeste - Regional

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30