xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> A luz da honestidade - Por: Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 julho 2015

A luz da honestidade - Por: Emerson Monteiro

Primeiro há tons fortes de um silêncio sideral que circunscreve a imagem da gente com a gente mesmo que trabalha no salão enorme da consciência, dia após dia. Depois, bem depois, busca de preservação cerca nossos passos, cuidado clínico de viver aquilo que nós mesmos trabalhamos, talvez só séculos adiante, de sermos melhores do que antes quando fazíamos o que nos dava na vontade, irresponsabilidade crônica espalhada nas ressacas das madrugadas, passados os baratos no auge da angústia que ficava após porres e viagens. Porém existe ordem no Universo independente de a gente pensar assim. Persistem valores imutáveis de perfeição que pedem coerência de propósitos no trato das ações junto aos demais e junto de nós. Ninguém labora ao bel prazer sem ter de acertar contas e pagar no tempo que sempre virá. 

Conquanto desejos enormes, bichos pré-históricos, invadiam as alcovas daquelas irresponsabilidades, melados fetos de partos apressados das taras, e clamam vitórias inúteis de prazeres indébitos, esses réus em juízo seguiam aos tribunais da sinceridade com suas marcas infames do desespero inconsequente. 

Destarte, largados nos corredores de masmorras agressivas, aventureiros das sortes se arrastavam atirados na lama e desciam aos julgamentos de si próprios, na lei da consciência que arde e pede perdão ao coração. Quanta esperança de resgate na alma que chora erros cometidos nas estradas da infâmia?! Ânsias de vômito dos desacertos de outras horas, lágrimas, rangem de dentes nos atos torpes que saíram daquelas múmias apressadas. Ladrões de inocências, credulidades, paixões alimentadas da carne alheia...

No entanto a luz da honestidade renovará os gestos dos tantos de onde lá certo dia o horizonte brilhará nas trevas e paz triunfal nascerá do zelo da verdade que alimenta todas as pessoas. Longe, pois, das perdidas ilusões, claridade poderosa advirá ao encontro do pensamento com o sentimento, e as práticas do amor bem longe das traições escreverá nova história de desejos e sinceridade.  

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30