xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> São esperadas 2 mil negociações | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

13 junho 2015

São esperadas 2 mil negociações

feriradeimoveisFoto : Elizangela Santos

Juazeiro do Norte. Promovido pelo Sindicato das Construtoras do Ceará (Sinduscon-CE), em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF), o Feirão de Imóveis vai até o próximo domingo (14). Nada menos que 22 construtoras participam. O valor dos imóveis apresentados durante o evento varia em relação às camadas sociais que formam a população de Juazeiro do Norte. Os preços, conforme a organização, deve oscilar entre R$ 100 mil e R$ 1 mi.

Técnicos da Caixa Econômica Federal estão auxiliando futuros compradores durante as negociações. No estande da instituição é possível realizar simulações de crédito e contratações, garantindo, desta forma, maior comodidade aos interessados em adquirir a moradia própria. Além de casas de diversos preços e padrões, apartamentos e salas comercias também estão sendo negociados.

Afora garantir a ampliação do mercado imobiliário em Juazeiro do Norte, o evento também tem por objetivo facilitar a compra de imóveis junto à população inserida nas classes C e D que utilizam o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) na aquisição das moradias. Em algumas regiões do País, o Governo Federal ampliou o teto do FGTS para que este tipo de público tenha acesso a imóveis mais amplos e confortáveis. No Ceará, o teto atual é de R$ 145 mil. O valor, no entanto, deve ser ampliado a partir do segundo semestre do ano. A expectativa do setor é que o novo valor alcance algo em torno de R$ 250 mil.

A ampliação do volume de recursos inseridos no mercado para realização de financiamentos, anunciado recentemente pelo governo Federal por meio de um compulsório, também vem sendo comemorado. Neste mês de junho, o governo Federal está injetando cerca de R$ 22,6 bi no mercado, possibilitando, desta forma, um aumento significativo nos índices de financiamentos de imóveis.

Outro fator considerado pelas construtoras, imobiliárias e por diversos corretores de imóveis que também participam do Feirão é o aumento da renda da população brasileira. Segundo o presidente do Sindsucon-CE, André Montenegro de Holanda, o crescimento financeiro ampliou a classe média no Brasil. A nova realidade, aliada ao maior acesso ao crédito, dentre outros fatores, a exemplo das políticas sociais do Governo Federal, gerou uma ambiência favorável ao desenvolvimento do mercado imobiliário em diversas regiões do País. "No Interior do Estado do Ceará não foi diferente, em especial a região do Cariri, que recebeu, nos últimos anos, investimentos dos mais variados segmentos econômicos, que vão desde a chegada de supermercados e grandes redes atacadistas, shoppings e lojas de diversos setores, aliado à implantação das instituições de ensino superior. Esses fatores contribuíram para o crescimento acima da média do Nordeste e do Brasil", disse.

Conforme André Montenegro, o Feirão possibilitará inúmeras oportunidades de negócios aos interessados: "O interessante é que, além de ser possível encontrar, em um único local, diversas opções de imóveis, as construtoras que estão conosco também estão garantindo a realização de negócios que só serão possíveis de serem realizadas durante o período do evento".

O gerente regional da CEF, Marcelo Rodrigues, explicou que as análises de crédito dos interessados pode ser realizada dentro do próprio Feirão e que, em caso de aprovação, as cartas de crédito poderão ser utilizadas posteriormente. "A pessoa poderá sair do Feirão com a carta de crédito, que poderá ser utilizada em até 180 dias. As condições que estão no feirão também estão sendo disponibilizadas nas nossas agências do Cariri", informou. Segundo ele, na aquisição de imóveis com valores mais elevados, algumas mudanças precisarão ser observadas. "Para financiamentos com recursos do FGTS e do Minha Casa Minha Vida, não houve qualquer alteração. Houve, no entanto, uma adequação de mercado que a Caixa e outros bancos fizeram para imóveis de valor um pouco mais elevado, onde existiu uma redução do percentual de financiamento e uma pequena adequação na taxa de juros, que é de 0,3%. Acredito, no entanto, que não seja algo que influenciará nas vendas deste ano", concluiu.

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31