xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Brasil está 'aberto' aos investidores estrangeiros, diz Dilma nos EUA | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

30 junho 2015

Brasil está 'aberto' aos investidores estrangeiros, diz Dilma nos EUA

dilma_com_empresarios_nos_eua_cma
Presidente participou, em Washington, de encontro de empresários.
Ela disse ainda que Brasil tem 'estabilidade' para atrair investimentos.


A presidente Dilma Rousseff, durante encontro com empresários em Washington (EUA) (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (30), durante a cerimônia de encerramento da Cúpula Empresarial Brasil-Estados Unidos, em Washington (EUA), que o Brasil está "aberto" aos investidores estrangeiros. Ao longo de seu discurso, que durou 25 minutos, ela apresentou aos empresários norte-americanos o Plano de Investimento em Logística, que prevê concessões em aeroportos, portos, rodovias e ferrovias.

 

Dilma chegou ao país no último sábado (27) e, ao longo dos últimos dias, teve série de encontros com investidores brasileiros e estrangeiros. Nesta terça pela manhã, ela se reuniu na Casa Branca com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Conforme a agenda oficial, ela ainda terá compromissos nesta quarta (1º) em São Francisco, na Califórnia.
"O Brasil quer o setor privado atuando de forma clara em todas as áreas [do plano de concessões]. Oportunidades existem e nós estamos atraindo investidores. Investidores de vários países e, espero, também daqui dos Estados Unidos. [...] O Brasil está aberto. O Brasil é um país aberto à diversidade dos investidores estrangeiros que, assim como a diversidade das nossas relações com o mundo, expressa os costumes que temos no Brasil", disse a presidente.
Conforme o Ministério das Relações Exteriores, estão entre os objetivos da viagem de Dilma aos EUA, além da retomada do diálogo com o governo do país, a atração de investimentos norte-americanos ao pacote de concessões, que prevê a injeção de R$ 198,4 bilhões ao longo dos próximos anos em infraestrutura.
Durante o encerramento da cúpula empresarial, a presidente afirmou que todas as ações do Plano de Investimento em Logística refletem o "compromisso" do governo com o desenvolvimento do Brasil e com as oportunidades que devem ser oferecidas ao setor privado.
"Quero aproveitar para convidar os investidores deste grande país a somarem-se ao grande esforço de modernização e ampliação da economia brasileira e, notadamente, da nossa infraestrutura. Podem ter certeza que existem oportunidades de investimentos no Brasil. Podem ter certeza que existem condições e estabilidade para esses investimentos", disse.

 

"Nós queremos conquistar novas fronteiras com base em experiências bem sucedidas. Os projetos no Programa de Investimento em Logística tê como objetivo ampliar a competitividade do país, ampliar a competitividade da economia, reduzindo custos e facilitando o fluxo de mercadorias", concluiu.
Interesse dos EUA
Nesta terça, após se encontrar com Dilma na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama demonstrou interesse do país de disputar as concessões previstas no plano do governo federal.
"A presidente e eu achamos que há muito mais que podemos fazer juntos. Dilma, agradeço seu compromisso pessoal de dar o próximo passo em nossa parceria. Por isso, trabalhamos nesse sentido. Estamos anunciando série de novas etapas para melhorar o comérico, investimentos e empregos em nossos países", disse o presidente.
"Com o anúncio recente sobre infraestrurua no Brasil, empresas norte-americanas terão mais oportunidade para concorrer em projetos que desenvolvam as rodovias, aeroportos, portos e ferrovias do Brasil", completou Obama.
Plano de Exportações
No encontro com empresários, a presidente apresentou o Plano Nacional de Exportações, lançado na semana passada, e afirmou que a medida do governo tem como objetivo "estimular" o comércio exterior brasileiro, transformando o setor em "vetor ainda mais importante de crescimento da economia" brasileira.

Do G1, em Brasília

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31