xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 28/12/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

28 dezembro 2014

Notícias & Comentários (Armando Lopes Rafael)

Crato vai ganhar novo supermercado
Localizado no final da Avenida São Sebastião, por trás da Escola Dom Vicente Matos, será inaugurado nos primeiros meses de 2015 uma nova loja do Supermercado Econômico. Trata-se de um grande prédio, construído no término do bairro Ossian Araripe e início do bairro Parque Grangeiro – dotado e amplo estacionamento para veículos no subsolo, moderno supermercado no 1º piso, e um restaurante e lojinhas no 2º piso. O novo supermercado atenderá à população dos bairros Ossian Araripe, Pantanal, Sossego e Parque Grangeiro.

Católicos lembrarão monsenhor Mattioli no próximo dia 4 de janeiro
No próximo domingo, após a missa de um mês do falecimento do monsenhor Vitaliano Mattioli, os católicos cratenses iniciarão uma nova tradição que terá lugar – todo dia 4 de cada mês – na Capela da Ressureição, da Sé Catedral: a reza do terço em sufrágio da alma daquele saudoso sacerdote italiano, que dedicou os últimos anos de vida à Diocese de Crato. Impressiona como um padre humilde, discreto e virtuoso tenha angariado tantos amigos em tão curto tempo, pois ele residiu apenas seis anos na cidade de Crato...                                                           

Crato precisa de nova agência dos Correios
Crato, uma cidade com 130 mil habitantes, dispõe no momento somente de uma única agência da Empresa Brasileira dos Correios: a que funciona no velho prédio da Rua Tristão Gonçalves, construído em 1932, na vigência da ditadura de Getúlio Vargas, aliás, a segunda mais longa ditadura da história republicana, pois durou 15 anos. Naquela Agência dos Correios as filas são grandes e intermináveis. E quando acontece de ser dia de outros pagamentos prestados pelos correios – pagamentosmuitas vezes fora do foco da sua finalidade, o que vem acontecendo com frequência – torna-se impraticável um cliente expedir cartas ou encomendas via Sedex, pois o pequeno espaço da área de atendimento fica tomado pela multidão.
Crescendo igual a rabo de cavalo
Até cerca de dois anos atrás, a cidade de Crato dispunha de outra agência dos Correios, que funcionava na Rua João Pessoa. Tratava-se de uma unidade franqueada pelo Sr. Edísio Martins, e atendia melhor à clientela do que a agência estatal, da Rua Tristão Gonçalves. No entanto aquela agência franqueada fechou, devido à burocracia exagerada dos Correios e os 130 mil cratenses voltaram a utilizar a única unidade que restou, a que funciona há 84 anos, na esquina da Rua Tristão Gonçalves. Acreditamos que de todas as cidades brasileiras com mais de 130 mil habitantes, Crato é a única a permanecer com somente uma agência dos Correios.
Capacitação de padres
Dentro da sua decisão de capacitar os novos sacerdotes da Diocese de Crato, o bispo Dom Fernando Panico, enviará no início de 2015 dois jovens padres para cursarem Mestrado e Doutorado. Pe. Georgerlânio Brito, ex-pároco do município de Salitre, vai fazer um mestrado sobre a História da Igreja, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, e o Padre Máximo Farias vai residir em Roma onde cursará mestrado e doutorado sobre a Bíblia. Ambos serão, posteriormente, professores do Seminário São José quando concluírem seus estudos.
Vem aí mais um número da revista “A Província”
A revista “A Província”, uma publicação que vem mantendo o nome do pioneirismo de Crato na área das revistas culturais, deverá circular no mês de janeiro o seu número 33. Infelizmente há 15 anos a revista “Itaytera”, do Instituto Cultural do Cariri não é publicado. O último número de “Itaytera” foi editado em 2000. No entanto, o  atual presidente do Instituto Cultural do Cariri, o advogado Emerson Lacerda promete para breve o retorno da publicação da revista daquela academia. Voltando “A Província”: no seu próximo número, esta revista trará importantes trabalhos da lavra de vários intelectuais do Cariri.

Famílias que serão retiradas do bairro do Seminário visitaram suas novas residências
As Famílias que serão retiradas de áreas de risco pelo projeto de requalificação e urbanização do Bairro Seminário em Crato, estiveram visitando os dois conjuntos habitacionais em construção pelo Governo do Estado, na Princesa do Cariri. Essas casas receberão também as famílias que serão removidas das áreas de risco existentes no bairro do Seminário. Os dois conjuntos em construção na cidade de Crato são o Residencial Monsenhor Montenegro e o Residencial Filemon Limaverde, integrantes do “Programa Minha Casa, Minha Vida”.

Surge um imenso bairro
O Residencial Monsenhor Montenegro está sendo erguido no antigo Bairro Barro Branco – hoje oficialmente denominado Bairro Nossa Senhora de Fátima – que terá 596 unidades habitacionais, ao custo total de R$ 40 milhões e 200 mil reais. Já o Residencial Filemon Limaverde terá 985 unidades habitacionais ao custo total de R$ 62 milhões e 700 mil reais. As casas desses dois conjuntos terão cerca de 46 metros quadrados, divididos em sala, cozinha, dois quartos, banheiro e área de serviço, todos eles com revestimento em piso cerâmico.

Prosseguem as obras do bairro do Seminário
Enquanto isso o Governo do Estado do Ceará dá prosseguimento à construção do projeto da Encosta do Seminário, com um investimento total de R$ 18 milhões de reais, distribuídos ao longo de 14,3 hectares. O bairro do Seminário, localizado na parte alta da cidade, é o maior e mais populoso do município do Crato e será contemplado com trabalhos de contenção da encosta, recomposição da vegetação, além da criação de uma avenida paisagística com extensão total de 1 quilometro e 200 metros. No local serão realizados ainda serviços de drenagem, terraplenagem, iluminação, paisagismo, sinalização e construção de espaços para contemplação da paisagem (mirantes). Está previsto ainda o reassentamento de famílias e serviços de esgotamento sanitário de parte da bacia do bairro, que atenderá 12 mil e 500 famílias com a construção da Estação de Tratamento de Esgoto.                                                                   
O nível da política partidária no Brasil
 As eleições de 2014 foram as mais sujas de toda a (triste) história republicana brasileira. E não me refiro apenas ao “massacre” feito pela propaganda enganosa (e mentirosa) do PT/Dilma contra os adversários Marina Silva e Aécio Neves. Aqui mesmo no Ceará, o candidato da oposição, senador Eunício Oliveira, denunciou que baderneiros do MST foram convocados para invadir uma fazenda, localizada no estado de Mato Grosso, de propriedade do senador cearense, com o fim de desgastá-lo perante o eleitorado do Ceará. Eunício realmente perdeu a eleição para o candidato do PT. Mas sua fazenda continua ocupada até hoje,  como se depreende da notícia abaixo, publicada no último dia 24, em http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br/2014/12/24/com-segurancas-armados-mst-fatura-r-30-mil-em-fazenda-de-senador/ A conferir.
“Quem passa pela rodovia que liga Brasília a Alexânia (GO) às margens da Fazenda Santa Mônica, se assusta com a cena: guaritas em torres de eucalipto com ‘seguranças’ armados com espingardas. São os sem-terra que ocuparam há meses a mega propriedade do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). O Movimento Rural dos Trabalhadores Sem Terra–MST já cadastrou cerca de 1.500 famílias interessadas em um pedaço de terra em caso de desapropriação, e cada uma delas paga R$ 20 por mês para manter o nome na lista.
Os sem-terra acusam o senador de omitir informações sobre a fazenda, que tem cerca de 20 mil alqueires. De acordo com o MST, Eunício pagaria ITR – o Imposto Territorial Rural sobre apenas 200 alqueires. Para o leitor ter noção do tamanho, cada alqueire goiano mede 48,4 mil metros quadrados – ou quase 5 campos de futebol. A Fazenda Santa Monica aportaria então 100 mil ‘campos”. 
                                                                                                                                         

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30