xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 21/09/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

21 setembro 2014

Eleições 2014: Em centro nordestino no Rio, Aécio apela ao Padre Cícero: “Me ajuda meu padim”...

(Jornal "O Globo")
Tucano afirmou que propostas da adversária Marina Silva são 'incoerentes'. E arriscou-se fazendo motes com um repentista, lembrando em  versos a memória do avô Tancredo Neves
Aécio Neves durante campanha no Rio de Janeiro 
O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, visitou neste domingo o Centro de Tradições Nordestinas Luiz Gonzaga, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro. Ao lado do compositor cearense Raimundo Fagner, o candidato do PSDB Aécio Neves cantou junto com repentistas, comeu queijo coalho e visitou o Museu da Religiosidade Padre Cícero Rom~so Batista. 
Aécio estava ao lado do vice na chapa do candidato ao governo do Rio de Janeiro,  Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do  senador Francisco Dornelles (PP), representante do movimento Aezão. Durante a visita, ele pediu benção de Padre Cícero, ao visitar um museu dedicado ao religioso, ora  em exposição no Rio de Janeiro.
— Sua bênção meu Padre Cícero, me ajude aí ! — pediu Aécio, ao visitar o museu.
Na ocasião, o diretor cultural da Feira na área cultural, Marabá, lhe mostrou o título de eleitor de padre Cícero, emoldurado num quadro. Aécio informou que quando foi a Juazeiro do Norte prometeu, que  se eleito presidente, iria trabalhar para resgatar a história do religioso, dentro do objetivo de início do processo de beatificação do Padre Cícero.
Fonte: jornal O Globo
Postado por Armando Lopes Rafael
                             

Agência de Notícias internacional "Gaudium Press'" divulga notícia sobre a Diocese de Crato

Ceará celebra centenário da Diocese de Crato
Gaudium Press - 2014/09/19
Crato - Ceará (01-09-2014, Legado Pontifício coroa imagem de Nossa Senhora da Penha (Gaudium Press)

"Foi a festa mais bonita de toda a história da Diocese", comentava a gente do Cariri, propulsora Região Metropolitana do Sul do Ceará.

A Diocese de Crato foi criada pela Bula Catholicae Ecclesiae do Papa Bento XV, de 20 de outubro de 1914, sendo a primeira do interior do Estado do Ceará, desmembrada que foi da então Diocese de Fortaleza.
Cinco Bispos formam o firmamento da Diocese até aqui: Dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, cearense do centro do Estado, Dom Francisco de Assis Pires, baiano, Dom Vicente de Paulo Araújo Matos, do norte do Estado, Dom Newton Holanda Gurgel, cearense do centro-sul, e o atual Dom Fernando Panico, italiano.
O vetusto Seminário São José, já anteriormente centenário, foi o primeiro estabelecimento de ensino superior no sertão nordestino. Aí formaram-se os sucessivos grupos de sacerdotes da Diocese, alguns dos quais lograram lugar de destaque no Clero do Brasil, haja vista o caso de Monsenhor Antônio Feitosa, que produziu o comentário, em latim, ao Código de Direito Canônico do Papa São Pio X. O Seminário São José vem também atendendo à formação de candidatos de outras dioceses do interior nordestino, e algumas figuras do Episcopado brasileiro ali tiveram sua formação.
Hoje a Diocese de Crato conta com 110 sacerdotes, 75 seminaristas, 18 Diáconos permanentes e 6 transitórios, servindo a uma população de 1.045.000 almas distribuída em 55 paróquias de 32 municípios, numa superfície de 17.648,4 km². A Diocese conta com 16 comunidades religiosas dos ramos masculino e feminino, inclusive uma fundação local, a Congregação das Filhas de Santa Teresa, e um mosteiro de Beneditinas.
Para marcar a grata efeméride do centenário, o Papa Francisco enviou, como legado pontifício, o Cardeal João Braz de Aviz que fez a solene coroação canônica da imagem de Nossa Senhora da Penha, padroeira da Diocese e da cidade de Crato. A linda histórica imagem barroca de mais de 200 anos, que veio de Recife, trazida pelos missionários franciscanos para a "Missão do Miranda", havia sido arrebatada aos corsários calvinistas que pilhavam os navios de missionários vindos da Europa para evangelizar as terras brasileiras.
Duas coroas encomendadas em Roma pelo Bispo Diocesano Dom Fernando Panico, cingiram as frontes da imagem de Maria e a de seu Filho Jesus pequenino, sob um aplauso efusivo da multidão de fiéis que lotavam a grande praça da catedral na noite de 1º de setembro último, dia oficial da Padroeira. Lindos paramentos dourados foram confeccionados especialmente para a ocasião.
Mitrados, todos os Bispos da Província Eclesiástica do Ceará, além do Bispo de Picos, Piauí, estavam presentes à solenidade, juntando-se ao Povo de Deus no louvor à Mãe de Deus e do gênero humano.
Na Missa Solene, pela manhã, foi lido o decreto da Penitenciaria Apostólica concedendo indulgência plenária pelo ano jubilar. E em sua homilia, o Cardeal Dom João de Aviz conclamou a todos, dizendo: "Vamos continuar a história dos 100 anos, vamos continuar amando Nossa Senhora e deixá-la iluminar toda nossa vida. E a felicidade que sempre desejamos para nós é Deus quem vai nos dar através de Nossa Senhora."
O encerramento das comemorações do centenário será no dia 20 de outubro vindouro com outras grandes celebrações religiosas populares.
Assim, vai o Ceará fazendo história, desde tempos imemoriais, como um dos mais católicos Estados da Terra de Santa Cruz. No próximo ano a Diocese de Sobral, no norte do Estado, também celebrará seu centenário.
Por Cicero Sobreira de Sousa, enviado especial

Uma homenagem necessária - Por: Joaquim Gonçalves

Hoje, Dia do Radialista, não poderia eu, Joaquim Gonçalves da Silva, deixar de homenagear os homens do Crato que fazem o Rádio. Homens estes que levam todos os dias para dentro de milhares de lares das famílias caririenses a alegria, as notícias de todo mundo, sejam elas esportivas, sociais, políticas, religiosas e até policiais. São estes que ficam trabalhando nas ruas, nas altas horas da noite, colhendo e selecionando notícias  que chegam até nossas casas com muito respeito e consideração.

Quero, pois, hoje, lhes desejar muito sucesso e crescimento profissional, o não é tão fácil como se pensa fazer rádio, jornal e televisão. É uma tarefa árdua  que requer inteligência , capacidade, acompanhada de muita segurança e competência!!!

Com muito respeito e consideração, parabenizar a todos vocês é um dever de todos, em prova de agradecimento por tão bons serviços prestados não somente ao município e, sim, a toda nossa Região, e porque não dizer à Região Centro Sul do nosso Estado e aos Estados vizinhos, provas essas como inúmeras vezes assisti desde Bacabal, no Maranhão, o programa de Therezinha Siebra, na voz saudosa de Nélson Gonçalves.

E por falar em tudo isso, nada mais justo do que parabenizar o nosso amigo Heron Aquino pela sua aposentadoria do rádio. Meus parabéns a seus familiares e a ele dizendo: Heron, você é um dos patrimônios do nosso Município. Nossa consideração, muito respeito e muita amizade, a você, que nunca irá faltar a qualquer hora se necessário for aos nossos bons momentos de radiofonia.

Notícias do domingo (Armando Lopes Rafael)



Novos empreendimentos imobiliários em Crato

No bairro Novo Horizonte, localizado logo após o bairro Parque Grangeiro, em Crato, encontra-se em fase de conclusão o Kariri Ville ( foto à esquerda). São 4 blocos de apartamentos, cada um com 4 andares, totalizando 64 apartamentos, dotados de estacionamento, jardins, Central de gás, piscina coletiva, portaria 24h, porteiro eletrônico e bela vista panorâmica voltada para a Chapada do Araripe. Pouca gente sabe que na língua indígena Araripe significa "lugar onde nasce o sol". Mais poético, impossível.  Já na Rua André Cartaxo, próximo ao Sesc,no centro de Crato, está sendo iniciado o edifício Kariris Blue (foto abaixo), com 19 andares, destinados a escritórios e  consultórios médicos, com sala de eventos na cobertura e  lojas no térreo.


Construções em todos os lugares

Aliás, causa admiração o ritmo de construções de edifícios de apartamentos em todos os bairros de Crato. São edifícios do mais alto padrão. Entretanto as edificações de casas de padrão popular também é fato. No bairro Nossa Senhora de Fátima (antigo Barro Branco) 1.884 residências do Programa Minha Casa, Minha Vida estão sendo construídas. Os gozadores cratenses já estão chamando o programa habitacional de “Minha Casa, Minha Dívida”. Independente disso a fila para comprar esses imóveis é grande...

Romaria do Caldeirão


Acontece neste domingo, 21 de setembro, a 11ª Romaria ao sítio Caldeirão da santa Cruz do Deserto, palco da perseguição ao Beato José Lourenço. O tema da romaria de 2014 é  "A vida em primeiro lugar". Às 07:00h será celebrada a tradicional missa, pelo bispo diocesano de Crato, Dom Fernando Panico.  Segundo o Pe. Vileci Vida, coordenador da Pastoral da Terra, na Diocese de Crato, “O movimento popular no Sítio Caldeirão se confunde com a história do beato líder José Lourenço, que organizou a comunidade com padrões de comportamento e forma de relacionamento que resultaram numa rica produção de saberes".  A Romaria ao Caldeirão vem crescendo a cada ano que passa...
Ao lado, e abaixo, fotos da Romaria de 2013

No Cariri, prestígio da Virgem Maria está em alta
É muito forte a devoção à Santíssima Virgem Maria, Mãe de Jesus, no sul do Ceará.  Uma prova disso foram dois pedidos feitos ultimamente ao bispo diocesano de Crato. Fiéis e padres das cidades de Crato e Barbalha formularam a Dom Fernando Panico a oficialização de Nossa Senhora como “Co-padroeira” de duas paróquias do Cariri.

O caso de Barbalha

Atendendo a uma solicitação dos seus diocesanos, Dom Fernando Panico vai oficializar – no próximo dia 7 de outubro – Nossa Senhora do Rosário como “Co-padroeira” da Paróquia de Santo Antônio de Barbalha. No decreto que vai ser lido, durante a festa de Nossa Senhora do Rosário, Dom Fernando lembrará que a devoção à Virgem do Rosário surgiu, naquela cidade, no início do século 19, entre os escravos negros – pessoas sofredoras e piedosas – as quais, anos mais tarde, formariam a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de Barbalha. Como esses escravos eram paupérrimos, somente em 1860 conseguiram eles cavar os alicerces da capela, logo soterrados pelas rigorosas temporadas de chuvas que aconteceram no Cariri naquele ano.

Povo encampa a ideia dos escravos

Consta no decreto de Dom Fernando Panico que “Somente em 1892 o padre Manoel Cândido dos Santos, vigário de Barbalha, resolveu enfrentar a construção da Igreja do Rosário. Naquele ano ele deu a bênção da pedra angular do futuro templo. Existem registros de que em 1906, a igreja já tinha as paredes levantadas Entretanto, devido – novamente – ao rigor das chuvas daquele ano, as colunas centrais desabaram. No verão, as obras foram reiniciadas e em 1907 o corpo da igreja estava coberto e rebocado no lado sul”.

Objetivo cumprido
Em 1918, dois leigos católicos barbalhenses resolveram enfrentar a conclusão do templo: Antônio Correia Sampaio Filgueiras e José de Sá Barreto Sampaio (mais conhecido por Zuca Sampaio).  Finalmente, no dia 2 de fevereiro de 1921, o primeiro bispo de Crato, Dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, acompanhado de vários padres, procedeu à benção do majestoso templo, (foto acima) cujas festividades se prolongaram por três dias, com a participação de toda a população barbalhense, aquele época cem por cento católica. De lá para cá a devoção a Nossa Senhora do Rosário só fez crescer. No próximo dia 7 de outubro ela será oficializada “Co-padroeira” da Terra de Santo Antônio.

Também em Crato
Os fiéis e o pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, localizada no Conjunto Habitacional Novo Crato, (foto ao lado) também pediram ao bispo diocesano que oficializasse Nossa Senhora da Conceição Aparecida como “Co-padroeira” daquela localidade. E lembraram que a devoção à Rainha e Padroeira do Brasil nasceu desde a construção do Conjunto Habitacional Novo Crato, em 1979, devido ao empenho e à divulgação que era feita por um morador daquela localidade, o Sr. Adão Ribeiro, devoto fervoroso da Virgem Aparecida. A partir daí desenvolveu-se a Nossa Senhora Aparecida intensa devoção naquele bairro de Crato. 

A história
Em 1983, os moradores daquele bairro, após receberem um terreno doado pela Prefeitura, iniciaram a construção – em regime de mutirão – de uma capela dedicada a Nossa Senhora Aparecida. Posteriormente, em 1999, para atender a uma conveniência do Seminário São José foi extinta a Paróquia de São José – cuja igreja-matriz funcionava naquele educandário – sendo criada uma nova paróquia, dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, que passou a ter sua sede na capela de Nossa Senhora Aparecida,padroeira do progressista bairro,  agora denominado  Novo Crato.

O decreto do Bispo 
No próximo dia 12 de outubro – festa de Nossa Senhora Aparecida – será lido o decreto de Dom Fernando Panico onde consta que: “A população do Conjunto Novo Crato, apesar da veneração pelo novo padroeiro – o Sagrado Coração de Jesus – jamais deixou o fervor pela invocação a Nossa Senhora Aparecida e, por isso mesmo, os párocos que se revezaram na administração da nova paróquia, informalmente, passaram a considerar a Virgem Aparecida como “Co-padroeira” daquele bairro. No dia 12 de outubro ela será solenemente oficializada “Co-padroeira” daquela paróquia.

Renan Calheiros– O engavetador oficial de Dilma Rousseff – por Victor Germano Pereira (*)

Cada presidente da República  tem o engavetador que merece... Entra ano, sai ano e nós, brasileiros, continuamos mantendo um réu como presidente do Senado. Renan Calheiros (PMDB-AL), sete anos atrás, depois de parar o funcionamento do Legislativo durante um ano inteiro, renunciou a esse mesmo cargo para escapar da cassação do seu mandato por improbidade administrativa - era o caso em que despesas pessoais dele e de sua amante foram pagas pela empreiteira Mendes Júnior. Agora, o presidente do Senado volta a movimentar as manchetes criminais: além de ter sido denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por improbidade administrativa naquele mesmo caso da renúncia, o engavetador oficial de CPIs comprometedoras de dona Dilma Rousseff está também na lista de recebedores de propinas do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa. Enquanto esse tipo de gente continuar dando as cartas no Congresso Nacional, enquanto gerentes e presidentes sem representatividade continuarem sem ler ou saber o que assinam, enquanto continuarmos elegendo incompetentes sem experiência, sem moral e sem ética, vamos continuar fingindo que somos um país e que vivemos numa das maiores democracias do mundo. Porém não passamos de um cenário...
(*) Victor Germano Pereira – e-mail:  victorgermano@uol.com.br

Centenário da Diocese: Dom Fernando Panico é homenageado na abertura do “Jubileu dos Seminaristas” – por Patrícia Silva (*)



Como uma forma de agradecimento pelo apoio à formação dos futuros padres, os seminaristas do Seminário Diocesano São José, em Crato- CE, realizaram, na abertura do Jubileu dos Seminaristas, dia 19, com uma homenagem ao Bispo da Diocese de Crato, Dom Fernando Panico. Na oportunidade foi lida uma carta de agradecimento e realizada a foto oficial com os formadores, seminaristas e o bispo para a placa que será introduzida no Seminário por ocasião do centenário diocesano.
O Jubileu dos Seminaristas acontece de 19 a 21 de setembro com uma programação voltada para oração e agradecimento pela caminhada centenária. Nestes dias todos os seminaristas se reunirem para refletir a vivencia dos 100 anos da Diocese, se fortificando para dar continuidade à igreja, como faziam os apóstolos de Jesus Cristo na igreja primitiva.
Hoje o Seminário da Diocese de Crato conta com 64 seminaristas sendo eles da própria Diocese e também da Diocese de Cajazeiras- PB, Diocese de Petrolina- PE, Diocese de Salgueiro- PE e Diocese de Iguatu- CE.





A esquerda Pe. Antônio Edson Bantim Oliveira, Reitor do Seminário Diocesano São José, e a direita Dom Fernando Panico, Bispo da Diocese de Crato. (Foto: Reprodução)

Segue a Carta de Agradecimento na íntegra:
Crato- CE, 19 de setembro de 2014
Ex.ª Revma. Dom Fernando,
Em nome de todos os seminaristas que vivem e se munem da formação propícia ao sacerdócio neste casarão de São José, queremos manifestar, no início de nossa celebração jubilar, a nossa imensa gratidão por vossa solicitude em acolher a nossa resposta ao chamado de Deus e nos proporcionar as condições necessárias para que o nosso sim seja completo, sincero e decisivo.
Ao mesmo tempo queremos manifestar a nossa admiração pelo vosso espírito de Pastor e Missionário que nos inspira no nosso caminho vocacional. Muitas vezes, o pastor deve galgar montanhas íngremes, caminhos tortuosos; deve superar inúmeros desafios, enfrentar lobos ferozes que querem devastar o rebanho e isto pode fazer pensar ao pastor que o rebanho é indiferente ao seu penar. Queremos que V. Excelência saiba que este pequeno rebanho de vocacionados acompanha com a oração sincera e a amizade verdadeira os caminhos que o Senhor da Messe tem posto diante dos passos de vosso pastoreio e, se caminhamos firmes e sem temor, é porque vemos o vosso testemunho de perseverança e fidelidade.
Pedimos à Virgem da Penha e ao nosso augusto padroeiro São José nos mantenha unidos, pastor e rebanho, para que sejamos sempre impelidos a proclamar em alta voz e intrepidamente o Evangelho de Cristo que afugenta e submete o poder das trevas à luz da vitoriosa Cruz do Redentor.
Gratidão, eterna gratidão pelo vosso cuidado e pelo vosso ministério de pastor no meio de nós!
                                                                                                                                
(*) Patrícia Silva, da Assessoria de Comunicação da Diocese de Crato

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30