xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 18/07/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

18 julho 2014

Notícias desta 6ª feira, dia 18 (por Armando Lopes Rafael)


Três candidatos ao Governo do Ceará visitam a Expocrato 2014 nesta 6ª feira



Além do presidenciável Eduardo Campos que vem nesta sexta-feira a Crato, acompanhado de sua vice, Marina Silva e de Aécio Neves que estará na Cidade de Frei Carlos amanhã, sábado, três concorrentes ao cargo de governador do Ceará estarão hoje percorrendo a ExpoCrato: Eliane Novais (PSB) , Aílton Lopes (Psol) e Eunício Oliveira (PMDB).

Onde anda o projeto para retorno da zona azul?

O mês de julho está chegando ao fim. E a volta da Zona Azul (estacionamento de veículos implantado no centro da cidade pela Prefeitura, na gestão passada, mas extinto pela atual administração no início do ano)  cujo retorno foi prometido pelo Demutran para inicio de março/2014 até agora não saiu do papel. Alguém ainda tem esperança?

Enquanto isso

A Prefeitura de Brejo Santo vai implantar o sistema Zona Azul para disciplinar o estacionamento no centro daquela cidade caririense... É como diz o povo: ô Crato sem sorte!

Santuário da Mãe Rainha: Brejo Santo vai ganhar sua maior igreja católica



Vista aérea de Brejo Santo


Está marcada para o dia 28 de setembro próximo, a inauguração e bênção litúrgica do Santuário Mãe Rainha, Três Vezes Admirável, o maior templo católico da cidade de Brejo Santo. Construído por iniciativa do monsenhor Dermival de Anchieta Gondim, pároco de Brejo Santo, a solenidade de sagração do Santuário da Mãe Rainha foi incluída na programação festiva do Jubileu do Centenário de Criação da Diocese de Crato. A sagração da nova igreja de Brejo Santo será presidida pelo bispo diocesano, Dom Fernando Panico. Toda a construção desse templo foi acompanhada pelo engenheiro responsável, Dr. Jurânio Gondim, sob a supervisão do Mestre de Obras, José Ribamar.

A devoção a Mãe Rainha

A devoção à Mãe Rainha, Três Vezes Admirável, cuja capelinha é recebida nos lares católicos durante um dia a cada mês, é fruto da espiritualidade do Movimento Apostólico Internacional de Schöenstatt. Trata-se de um movimento católico mariano fundado em Schönstatt, na Alemanha, em 1914, pelo Pe. Joseph Kentenich. Esta devoção foi difundida pelo mundo todo. Existem atualmente 195 santuários dedicados à Mãe Rainha em todo mundo. Desse total, 22 estão localizados no Brasil, especialmente no sul e sudeste do país. O santuário de Brejo Santo será o 23º do nosso país e o primeiro do estado do Ceará.

Inauguração do Centro Catequético Dom Fernando Panico


Será inaugurado no próximo sábado, dia 26 de julho, na cidade de Missão Velha o Centro Catequético Dom Fernando Panico. Trata-se de um prédio com oito salas, construído pela Paróquia de São José daquela cidade, por iniciativa do pároco, Pe. Joaquim Ivo Alves dos Santos. A inauguração do Centro Catequético Dom Fernando Panico foi incluída na programação festiva do Jubileu do Centenário de Criação da Diocese de Crato.
    Por outro lado, na mesma data – 26 de julho – a cidade de Missão Velha será palco da quarta peregrinação da imagem histórica de Nossa Senhora da Penha, padroeira da cidade e da Diocese de Crato. Estarão presentes à Missão Velha representações das 13 paróquias que compões a Região Forânea 3. Essas comitivas receberão, no Largo da Matriz, a carreata, vinda de Crato, conduzindo a imagem histórica de Nossa da Virgem da Penha. Este evento também foi inserido na programação pelo Centenário de Criação da nossa diocese. A solenidade em Missão Velha será encerrada com a celebração de uma missa campal  presidida por Dom Fernando Panico e concelebrada por cerca de 20 padres. Naquela ocasião serão entregues as 13 réplicas da imagem histórica de Nossa Senhora da Penha destinada as 13 paróquias que formam a Região Forânea 3, da Diocese de Crato.

Por: Armando Rafael
www.blogdocrato.com



Palco Sonoro Urca tem hoje muito forró pé de serra


Hoje, sexta, dia 18, na penúltima noite do V Palco Sonoro Urca, o autêntico forró nordestino é a atração. Ou seja, o terreiro do Palco se transformará num alegre arrasta-pé. E para animar essa grande festa três bandas de peso se apresentarão: Os Caba de Gonzaga, Forró de Raiz e Raphael Belo Xote.

OS CABA DE GONZAGA - Criado no ano 2000, o grupo Os Caba de Gonzaga surgiu do projeto Fundação Aza Branca, em Exu, com intuito de dar seguimento à música de raiz nordestina criada por Gonzagão. 
Em 2001 gravou seu primeiro CD, "Protesto Nordestino", com repertório formado de xote, baião e muito forró, contemplando músicas de compositores locais. 
Em sua trajetória o grupo se apresentou em grandes eventos musicais, como Juá Forró, em Juazeiro do Norte; Viva Gonzagão, em Exu; São João da cidade de Salgueiro e em várias outras cidades da região.
Durante esses catorze anos de história Os Caba de Gonzaga vêm lutando por um espaço de destaque no cenário musical para levar cada vez mais longe a cultura gonzaguiana. 
No ano em que se comemoraram os cem anos de Luiz Gonzaga, o grupo lançou um novo CD com composições inéditas, prestigiando mais uma vez compositores locais e, como não poderia deixar de ser, fazendo uma bela homenagem ao Rei do Baião com canções como “Inesquecível Luiz” e “Forró no Araripe”.

FORRÓ DI RAIZ - Banda de forró autêntico, Forró di Raiz foi criada em 2009 com o intuito de divulgar o verdadeiro forró de raiz.
O repertório da banda é marcada por fortes traços do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e geralmente fala de amor e temas do Nordeste brasileiro.
A banda apresentará hoje no Palco Sonoro Urca o show “Chega pra lá”, que é uma produção musical da nossa região, enfatizando principalmente obras de compositores do Araripe, tanto cearense como pernambucano, como Luiz Fidélis, Jonas de Andrade, Xico Bezerra, Jackson Bantim, Flavio Leandro, Leninho de Bodocó e Luiz Gonzaga, dentre outros. A ideia é apresentar ao público as diversas espécies do gênero forró, além de divulgar a obra dos poetas caririenses.

RAPHAEL BELO XOTE – Fruto do trabalho abnegado do Monsenhor Ágio Augusto Moreira, que fundou uma orquestra formada por músicos camponeses no distrito do Belmonte, em Crato, Raphael Belo Xote iniciou-se musicalmente tocando violino e sanfona. Na sequência, resolveu dar seguimento à carreira dedicando-se somente à sanfona, quando, junto com outros jovens, formou uma banda de forró pé de serra para tocar o forró autêntico visando o público alvo adepto deste tipo de música. 
Atualmente, Raphael mantém a banda Belo Xote, que carrega com orgulho e muita dedicação a bandeira Gonzaguiana, a maior inspiração dessa grande nação forrozeira. 
Graças à simplicidade e ao talento nato de todos os componentes, a banda é bastante solicitada para tocar em diversas festas e eventos privados, cujo público a tem prestigiado bastante.

Palco Sonoro Urca ontem: MPB, Rock e Blues


Mais uma noitada de música no Palco Sonoro URCA. E, fazendo valer suas marcas características principais (resistência cultural, qualidade, diversidade e originalidade), a programação de ontem empolgou o público que ocorreu para o espaço da Urca em grande número e animadamente.

A noite foi aberta pelos barbalhenses d’Os Peleja, com um repertório misto de canções próprias e sucessos da MPB, como Lenine e Dominguinhos.

Depois, subiram ao Palco a banda de pop/rock da cidade de Antonina do Norte, Geração Ypisilone, que já tem discos gravados e que já se projetou nacionalmente quando, no final de 2010, se apresentou no programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo de Televisão, e foi produzido, em estúdio, pelo renomado Rick Bonadio, produtor e revelador da banda Mamonas Assassinas. Ontem, no Palco Sonoro, a banda empolgou o público tocando um repertório, que além de músicas autorais, contou também com hits de bandas reconhecidas como Charlie Brown Jr. e Raimundos.

Fechando a noite, apresentou-se a banda cratense que surgiu com o intuito de divulgar e celebrar o blues na região do Cariri, a Blues Cream. Na sua apresentação, a Blues Scream tocou um repertório baseado no blues rock com pitadas de rock e jazz. Destaque para os clássicos de Eric Clapton, Gary Moore e Stevie Ray Vaughan, sem perder, contudo, a sonoridade e a estética deixada pelos precussores desse estilo, como B. B. King, Muddy Waters e Fred King, dentre outros.

Texto e fotos: Carlos Rafael

Padres da Diocese de Crato aprimoram estudos – por Patrícia Silva (*)


Uma das grandes preocupações do Bispo Dom Fernando Panico é a formação dos padres da Diocese de Crato, para melhor atender as necessidades do rebanho de Deus. O investimento mais recente, feito pela Diocese de Crato,  está sendo a Pós- Graduação em Liturgia, primeira turma com esta especialização no Brasil, que está sendo concluída no próximo dia 19 de julho, em São Paulo- SP, pelo Pe. Joaquim Ivo dos Santos, pároco da Paróquia de São José, de Missão Velha- CE.
Outros padres da Diocese de Crato deram passos importantes em sua formação recentemente: o Pe. Antônio Edson Bantim e o Pe. Rocildo Alves Lima Filho concluíram doutorado em Roma; o Pe. José Ricardo Barros de Sales, mestrado na Espanha e o Pe. Tales Eduardo Santos Figueiredo mestrado na Itália.

(*) Patrícia Silva, Assessora de Comunicação da Diocese de Crato

Os artistas do Cariri estão de Luto ! - Morre o maior iluminador e especialista em sonorização do Cariri - DUDU do SESC


LUTO

As artes e os artistas do Cariri estamos enlutados em virtude do falecimento de Luiz Eduardo Campos (Dudu), iluminador do SESC Crato, vítima de infarto. 
Com certeza continuará a nos iluminar!
Nosso abraço de pesar e solidariedade à família do amigo.

Cacá Araújo 
Cia. Brasileira de Teatro Brincante 
Crato|Cariri|Ceará
Via Cacá Araújo


Fica em Paz, meu amigo!
Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com


Eduardo Campos vem hoje a Crato, Aécio Neves chega amanhã

(Fonte: Diário do Nordeste)
Este fim de semana deverá ser movimentado no Cariri. Depois da confirmação de que o candidato a presidente da República pelo PSDB, Aécio Neves, estará sábado e domingo na região, o também presidenciável Eduardo Campos (PSB), ex-governador de Pernambuco, divulgou agenda a ser cumprida hoje no mesmo local, acompanhado de Marina Silva, vice na chapa.
A visita de Campos ao Cariri estava prevista para o dia 9 de julho, mas foi cancelada na véspera do encontro. O ex-governador de Pernambuco fará uma caminhada hoje, a partir das 16h, na ExpoCrato, a maior feira agropecuária do Estado, ao lado da candidata a governadora pelo PSB, Eliane Novais, e da postulante a senadora Geovana Cartaxo, além do pleiteante a vice-governador Leonardo Bayma.
No início de junho, Eduardo Campos foi ao Cariri, onde recebeu títulos de cidadania nos municípios de Barbalha e Juazeiro do Norte. À época, ele esteve ao lado da então pré-candidata do partido ao Executivo cearense, Nicolle Barbosa. A candidatura de Eliane Novais foi oficializada no prazo final das convenções, 30 de junho, e gerou mal-estar na legenda. Convidada a ser vice na chapa, Nicolle negou o convite e renunciou ao cargo de presidente do PSB em Fortaleza.
Juazeiro
Já o candidato a presidente da República pelo PSDB, Aécio Neves, também vai visitar o Cariri neste fim de semana para participar de agenda no sábado e domingo. Esta será a primeira vez que o presidenciável virá ao Estado desde o início da campanha eleitoral, mas Fortaleza não fará parte do roteiro do tucano nos dois dias de estada.
Aécio Neves cumprirá agenda apenas em municípios da Região do Cariri. De acordo com a programação, ele pousará no Aeroporto de Juazeiro do Norte por volta das 18h do sábado. Em seguida, o tucano vai para a cidade do Crato, onde também vai visitar a ExpoCrato. Após a passagem por Crato, o senador retornará a Juazeiro do Norte para passar a noite. Já no domingo, às 6h da manhã, o senador Aécio Neves participará de uma missa campal em memória aos 80 anos da morte de Padre Cícero e visitará a estátua em homenagem ao religioso para encerrar a programação. O candidato do PSDB ao Senado, Tasso Jereissati, acompanha Aécio em toda a agenda no Estado. O postulante da chapa ao Governo Estadual, Eunício Oliveira (PMDB), não confirma presença na agenda do tucano, mas informou que vai hoje a ExpoCrato, antes da visita de Aécio.
                                                        

Após criticas de Aécio Neves governo do PT sai em defesa do “Mais médicos”


(Fonte: Johanna Nublat  em “Folha de S.Paulo)

BRASÍLIA, DF - Em nota divulgada na noite desta quinta-feira (17), o Ministério da Saúde saiu em defesa do modelo adotado pelo governo federal para criar o programa Mais Médicos, fórmula criticada ontem pelo candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves. Em sabatina realizada pela Folha, pelo portal UOL, pelo SBT e pela rádio Jovem Pan nesta quarta (16), o tucano afirmou que, se eleito, manteria o Mais Médicos, mas faria alterações para garantir salários integrais aos profissionais de Cuba e a necessidade de revalidação do diploma dos médicos estrangeiros.
Pelo formato adotado, o Brasil paga uma quantia à Opas (braço da Organização Mundial da Saúde nas Américas) para receber os profissionais cubanos - cerca de 80% do total de médicos participantes. A Opas, por sua vez, repassa a Cuba cerca de R$ 10 mil mensais por médico a Cuba, e a ilha paga R$ 3.000 aos médicos que envia ao Brasil. Já os demais médicos do programa que ganham bolsas diretamente do governo, recebem integralmente o valor de cerca de R$ 10 mil. Para garantir a vinda de médicos, o governo também dispensou a necessidade de revalidação dos diplomas. Nas provas anuais de revalidação do diploma médico estrangeiro, a taxa de reprovação tem alcançado os 90%. Justamente esses dois pontos foram rebatidos em uma "nota de esclarecimento" divulgada pelo ministério, que não cita a origem dos questionamentos.
"A participação de profissionais cubanos no programa Mais Médicos ocorre por meio de cooperação com a Organização Pan-Americana de Saúde, que é responsável pela interlocução com o governo de Cuba. Esses profissionais atuam no Brasil em modelo similar ao adotado em convênios com outros 63 países. Todos os acordos são coletivos e o pagamento dos médicos é feito pelo governo cubano", diz a nota. Em outro trecho, a pasta argumenta que os médicos do programa são formados em "instituições reconhecidas por seus países" e que a revalidação dos diplomas "prejudicaria" a fixação dos profissionais, que teriam a liberdade de atuar em qualquer cidade do país –pelas regras do programa, o médico só pode atuar na cidade para onde é indicado pelo governo.
Por fim, a nota faz uma defesa explícita da necessidade dos cubanos para a manutenção do Mais Médicos. "O programa possui 14,4 mil médicos. Se inscreveram por adesão [individual], 1.846 brasileiros e outros 1.187 médicos formados fora do Brasil, o que representa apenas 20% dos profissionais (...) O acordo internacional supre 80% da ação. Portanto, se o programa contasse apenas com inscrição individual de médicos, cerca de 40 milhões de brasileiros continuariam sem acesso à atenção médica", diz a nota.
 Antes do lançamento do programa, em julho de 2013, o governo adotou o discurso de que o programa era voltado aos médicos brasileiros. E que os estrangeiros seriam chamados apenas caso não houvesse interesse dos profissionais nacionais. Essa posição foi adotada para minar o discurso das entidades médicas, que criticavam a intenção de atrair médicos estrangeiros. Após as críticas de Aécio, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, já havia saído em defesa do programa, criado durante sua gestão. Segundo Padilha, as alterações propostas pelo tucano inviabilizariam o programa.
                   

Pesquisa pós-Copa acende luz amarela para Dilma – por José Roberto de Toledo

Como está dentro da margem de erro da pesquisa, a oscilação negativa de Dilma Rousseff (PT) no Datafolha, de 38% para 36%, pode ser uma simples variação estatística, mas é um sinal amarelo para a campanha petista. Aliás, são vários sinais amarelos. O saldo de avaliação do governo Dilma caiu de 9 para 3 pontos em duas semanas. Tanto o ótimo/bom diminuiu 3 pontos quanto o ruim/péssimo subiu na mesma proporção. Além disso, os adversários estreitaram a diferença em relação à candidata à reeleição nas simulações de segundo turno. Dos 7 pontos do começo de julho, Aécio Neves (PSDB) tirou 3 e está agora apenas 4 pontos atrás de Dilma. Eles estão tecnicamente empatados. Já Eduardo Campos (PSB) viu sua distância para a petista diminuir de 13 pontos para 7 em apenas duas semanas.
Durante a Copa, o governo federal e estatais como Petrobras e Caixa Econômica ocuparam grande parte dos intervalos dos jogos e dos programas esportivos com propagandas. Somava-se a isso o fato de as atenções estarem voltadas para a competição, de haver um clima de festa e de o noticiário sobre a organização do evento ser positivo – além do aumento da auto-estima dos brasileiros por causa da aprovação dos estrangeiros. Com o fim da Copa, imediatamente as atenções se voltam para os problemas do dia-a-dia, em especial a perda de poder de compra acarretada pelo aumento continuado de preços. A desaceleração do ritmo de criação de empregos formais é outro sinal preocupante para a economia e, por tabela, para Dilma.
Nada disso deve melhorar até agosto. O período entre a Copa e o começo do horário eleitoral no rádio e na TV é crítico para Dilma Rousseff (PT). As estatais e o governo estão proibidos de anunciar enquanto os indicadores econômicos continuam piorando. A esperança da presidente é ter direito a muito mais tempo na propaganda eleitoral do que os rivais. Os resultados cada vez mais parelhos das simulações de segundo turno são uma boa projeção de como esta campanha deve ser disputada e de como a diferença tende a ser apertada. A eleição presidencial de 2014 está muito mais para Argentina 0 x 0 Holanda do que para Alemanha 7 x 1 Brasil.
(*) José Roberto de Toledo, jornalista de “O Estado de S.Paulo”
                                                        

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30