xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 10/06/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 junho 2014

O Mascarado - Por Carlos Eduardo Esmeraldo



Jogador de futebol mascarado era um termo usado há mais de 50 anos, quando se desejava classificar um atleta que jogava exclusivamente por dinheiro, não por amor à camisa, como se dizia então. Além do salário recebido, tal jogador exigia um pagamento extra para entrar em campo, principalmente em jogos decisivos. Hoje esse termo está em desuso. Talvez porque num futebol em que milhões de dólares são reles quinquilharias, não ser mascarado, tornou-se uma grande exceção. Até início dos anos setenta, os clubes de futebol rejeitavam jogadores com essa fama. E não se ouvia falar que qualquer grande clube brasileiro tivesse um jogador mascarado. Quantos craques deixaram de vestir a camisa da seleção brasileira, aspiração máxima de qualquer jogador, por causa da maldita fama de mascarado! Naquela época, os jogadores eram retratos das organizações cujas cores defendiam com muito amor, suor e sangue. Passavam mais de vinte anos numa mesma equipe. Não havia este troca-troca de camisas que se vê atualmente. Quando se falava em Ademir da Guia, lembrávamos logo do Palmeiras; Pelé era a encarnação do Santos, assim como Dida e Zico, Ademir Menezes e Roberto Dinamite foram sinônimos de Flamengo e Vasco. 

O futebol do Crato de ontem também teve seus casos de jogadores mascarados. No meado dos anos sessenta, quando Anduiá ainda reinava absoluto no velho campo do Sport, surgiu um menino franzino, baixinho, de futebol muito vistoso. Imediatamente recebeu o batismo de Chico Curto. Do campo do Sport para a quadra bi-centenário foi uma ascensão rápida. Era um craque nas duas modalidades do futebol: salão e campo. Daí para nossa seleção que iria disputar o Campeonato Intermunicipal foi um piscar de olhos. Sem ele no time, as vitórias se tornariam muito mais difíceis. De repente, a fama do nosso craque ganhou as manchetes dos jornais de Fortaleza. Era a revelação do Intermunicipal. A nossa seleção estava classificada para semifinal contra a seleção de Maranguape. O jogo era no Estádio Presidente Vargas.

Conforme me contou o saudoso médico Valdir Oliveira, que presidia a delegação cratense de futebol que fora a Fortaleza, Chico Curto foi para ele motivo de grandes aborrecimentos. Por questões de custos, ele hospedou nossos atletas no Hotel Passeio, localizado à Rua Dr. João Moreira, bem defronte ao Passeio Público, conhecido ponto de encontro de prostitutas. A área, portanto, não era muito adequada para concentração de jogadores de futebol e, por isso, a vigilância deveria ser redobrada. No sábado, véspera do jogo, dirigentes do Ceará e do Fortaleza acorreram ao Hotel Passeio na busca de contratarem Chico Curto, a nossa revelação. O nosso Chico Curto se encheu de “pose” por saber que estava tão valorizado. No domingo pela manhã, o café dos atletas estava servido. Mesa farta, como nunca acontecera antes naquele hotel: mamão, melancia, laranja, cuscuz, tapioca, carne assada, leite, coalhada, bolos, sucos diversos e café. Verdadeiro banquete! Serviço cinco estrelas, longe dos padrões habituais do Hotel Passeio. Ao sentar-se à mesa, o nosso craque pediu maçã. O proprietário do hotel lhe informou que infelizmente não tinha maçã. Naquela época, até em Fortaleza era difícil encontrar maçã. Fruta que ainda não era cultivada no Brasil, vinha da Argentina, e devido às muitas restrições impostas aos produtos importados, poucas lojas de Fortaleza dispunham de maçãs à venda. Então Chico Curto se dirigiu ao Dr. Valdir e falou decidido: “Só jogo hoje se tiver maçã!” Foi um Deus nos acuda! Correria por todos os mercados de Fortaleza e nada de se encontrar uma maçã sequer. Já próximo do meio-dia, o dr. Valdir lembrou-se de que na Cooperativa dos Bancários do Crato tinha maçã, então, pensou ele, na de Fortaleza deveria ter também. Procurou um amigo bancário e junto com este foram atrás do gerente da Cooperativa para conseguir as maçãs exigidas pelo craque Chico Curto. Desejo atendido, às quatro horas da tarde em ponto, a nossa esperança entrava em campo. Tamanho sacrifício, entretanto, foi inútil. Nossa seleção foi humilhantemente eliminada. E o craque Chico Curto se arrastava em campo com o futebol do seu tamanho, provavelmente acometido de insidiosa indigestão, pois comeu maçãs até se fartar. Quanto ao meu saudoso amigo Valdir Oliveira, acredito que depois dessa experiência, não mais passou por perto de um campo de futebol.  

OBS.: Minhas homenagens ao saudoso amigo e médico Valdir Oliveira. Quanta falta faz sua alegria irradiante!

Por Carlos Eduardo Esmeraldo

4 BILHÕES PARA VIRAR SUCATA ?



Vendo a reportagem hoje na CNN que ainda existem estádios que não ficaram prontos para a COPA 2014 no Brasil, e que o Brasil não cumpriu as determinações acordadas para esta copa, com reportagem completa. Vou tentar postar depois aqui a matéria.Que absurdo! Quem não pode com o pote, não pega na rodilha ! Além de gastarem 4 bilhões com esta copa...que vergonha!

Dihelson Mendonça


SESC - Mostra de Cinema Alemão em Crato



Fonte: SESC


Cid admite que PSD se bandeou para Eunício mas tenta reverter



Na reunião de segunda-feira à noite no Marina Hotel com os 22 partidos da sua base, o governador Cid Gomes confirmou informação publicada com exclusividade pelo portal Ceara News 7: “Realmente, o presidente (regional) do PSD, Almicir Pinto, se encantou com a candidatura a deputado federal”.

Com essa declaração, Cid deu a senha assegurando contudo que apesar do desejo de Almicir em apoiar a candidatura do senador Eunício Oliveira, o presidente cearense do PSD esqueceu “que eu tenho a maioria do diretório do partido no Estado”. E com esses votos, o PSD retornará para a base garante o Governador.

Contudo, o desejo de Cid esbarra no artigo 32 do Estatuto do PSD. Por essa norma, compete ao presidente Gilberto Kassab a palavra final sobre a política de alianças nos estados. Há sete dias, Cid procura Kassab através de ligações telefônicas, e o ex-prefeito de São Paulo se mantém distante, respaldando assim a decisão do presidente Almircir Pinto.

Ceará News 07


Governo do Estado realiza formatura de 927 novos Policiais Militares


O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e sua vinculada a Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), realizou a cerimônia de formatura de 927 policiais militares, aprovados no Curso de Formação Profissional para o cargo de soldado da carreira de praças da Polícia Militar do Ceará (CFP/PMCE). A solenidade aconteceu nesta terça-feira (10), às 10 horas, no Centro de Eventos do Ceará (CEC), e foi presidida pelo governador Cid Gomes. O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Servilho Paiva, e demais autoridades do Sistema de Segurança Pública do Ceará também estiveram presentes.

O curso de formação técnico-profissional teve uma carga horária de 1.020 horas-aula, dividido em três módulos: Ensino Fundamental, Ensino Profissional e Ensino Complementar. Cada modalidade foi contemplada com aulas teóricas e práticas, envolvendo diversas modalidades como Gestão de Conflitos e Eventos Críticos, Armamento (letal e não letal) e Equipamento, Defesa Pessoal, Inteligência Policial, Estágio Supervisionado de Ação Policial, entre outras disciplinas. O efetivo recém-capacitado está pronto para desempenhar de forma eficientes suas atividades, contribuindo para uma melhor prestação de serviço junto à sociedade. A SSPDS e a AESP/CE procuram oferecer uma formação eficaz, objetivando profissionais mais comprometidos com os princípios éticos de cidadania, promovendo uma segurança pública de qualidade.

Capacitação

Essa é a terceira turma de formação de novos policiais contemplados no último concurso público para soldado da Polícia Militar. Durante todo ciclo de capacitação do Curso de Formação Profissional para o cargo de soldado da carreira de praças da Polícia Militar do Ceará (CFP/PMCE), foram nomeados um total de 2.983 profissionais, divididos em três turmas com 943, 1.097 e 927 alunos formados, respectivamente.

Serviço:

Solenidade de Formatura do Curso de Formação Profissional para o cargo de soldado da carreira de praças da Polícia Militar do Ceará (CFP/PMCE)

Leste – Acesso pelo Portão B.
Assessoria de Comunicação da SSPDS


Barbalhense de 7 anos se torna campeão sul americano de Karatê


Um garotinho de apenas sete anos se tornou campeão sul-americano de Karatê. Ele é natural de Barbalha e sua família solicita apoio dos setores público e privado para que ele dispute o mundial que deve ocorrer em novembro na Polônia.

No dia primeiro de junho Guilherme Lavor, de apenas sete anos, venceu a disputa em São Paulo ficando com o título na categoria individual. Ele ainda foi vice-campeão na categoria entre equipes.

Para a viagem a São Paulo, segundo o seu pai Clécio, “nem o poder público nem o privado ajudaram. Na Polônia, em novembro, vamos precisar de mais apoio já que nesse período as passagens são bem mais caras”.

Guilherme pratica Karatê há um ano e meio e já conquistou diversos títulos como o de campeão cearense, os acima citados, entre outros. “A prefeitura, por exemplo, apoiou futebol, futsal. Porque não pode apoiar o Karatê?”

Fonte:  Barbalha On-line



Irmãos Aniceto e Orquestra Eleazar de carvalho - Marcha da chegada



Sugestão do amigo Glauco Ribeiro


Ceará é um dos estados mais transparentes do Brasil segundo Contas Abertas



O Estado do Ceará está entre os estados mais transparentes do Brasil, segundo a edição de 2014 do projeto Índice de Transparência da Associação Contas Abertas, que avalia os portais de transparência dos governos estaduais. O projeto tem como base a Lei Complementar 131/2009, que determinou a divulgação, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira. O Ceará ocupa o oitavo lugar com pontuação final de 6,80.

O Índice de Transparência, que está na terceira edição, leva em consideração três grandes temas para avaliação: Conteúdo, Série histórica e Frequência de Atualização, e Usabilidade. Entre os aspectos destacados na avaliação da Usabilidade do Portal da Transparência do Estado do Ceará, está a delimitação temporal das consultas, que permite que o usuário escolha a data de início e fim da pesquisa em todos os formulários de execução orçamentária. Desse modo, todas as formas avaliadas são atendidas: mensal, bimestral, trimestral, semestral e anual. O usuário pode ainda fazer download de todas as consultas de despesa em formato “xls” (Excel).

Em relação ao Conteúdo, no portal é possível encontrar todas as fases da execução orçamentária em sistema informatizado, desde dotação inicial a restos a pagar em “Despesa por Poder Executivo”. Desce ao nível máximo de detalhamento do gasto, a nota de empenho e a ordem bancária. Para ambos os documentos, são apresentados todos os dados requeridos pelo Índice de Transparência. Quanto ao processo licitatório, o portal possibilita ao usuário fazer download do edital, oferece informações sobre a razão social das empresas que concorreram e praticamente todos os dados do contrato avaliados. Outros aspectos positivos destacados pela análise do Índice de Transparência foram o “Banco de Ideias” e o “Acompanhamento de Obras”. No Banco de Ideias, o cidadão pode deixar sugestões que contribuam para as políticas públicas do Estado. Após enviadas, as ideias são expostas no próprio site, sujeitas a votos.

Em “Acompanhamento de obras”, o portal oferece sistema de monitoramento de obras rodoviárias do governo. É possível conhecer a situação dessas obras, com informações detalhadas a respeito dos empreendimentos em cada município, entre elas, o órgão responsável, a empresa contratada, o valor da obra e a data de conclusão prevista e realizada. O portal ainda remete ao site do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), onde é possível encontrar fotos e outras informações sobre as demais obras do governo.

Serviço:
Portal da Transparência do Governo do Estado: www.transparencia.ce.gov.br
Canais de atendimento da Ouvidoria:
155 (telefone gratuito)
www.ouvidoria.ce.gov.br
www.twitter.com/OuvidoriaCeara


Ministério Público acusa chefe da Casa Civil de improbidade pelo show de Placido Domingo em Fortaleza


O tenor Placido Domingo fez show de inauguração do Centro de Convenções de Fortaleza

O Ministério Público do Estado do Ceará, através da promotora de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, Ângela Teresa Gondim Carneiro Chaves, ajuizou, dia 02/06, uma ação de improbidade administrativa cumulada com ressarcimento ao erário contra o empresário e secretário chefe da Casa Civil do Estado do Ceará, Arialdo de Mello Pinho. De acordo com a promotora de Justiça, a contratação do tenor espanhol, Placido Domingo, teria ocorrido de forma irregular.

Além do secretário da Casa Civil, também figuram como promovidos no processo a assessora jurídica da Secretaria da Casa Civil do Estado do Ceará, Camila Costa de Oliveira, e o representante legal da pessoa jurídica D&E Consultoria e Promoção de Eventos Ltda., Douglas Teles Santos. A ação requer que seja decretado o ressarcimento ao Erário no valor de R$ 3.098.556,58; a perda da função pública do secretário-chefe da Casa Civil e da assessora jurídica representada; a suspensão dos direitos políticos dos representados por três anos, bem como o pagamento de multa civil de 20 vezes o valor da remuneração percebida pelos agentes, nos termos do artigo 12, II e III da Lei 8.429/92.

O Núcleo de Defesa do Patrimônio Público do Ministério Público Estadual iniciou a investigação dos gastos efetuados com recursos públicos acerca do evento denominado Giro Cultural, realizado na inauguração do Centro de Eventos de Fortaleza, em agosto de 2012, baseado numa denúncia formulada, na época, contra o Governo do Estado do Ceará.

Tão logo foram recebidos os autos, a representante do MP determinou a expedição de ofício ao Ministério Público de Contas (MPC) junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), para que prestasse informações acerca de eventuais procedimentos existentes, em torno da inauguração do novo Centro de Eventos do Estado do Ceará. Em resposta, o MPC enviou cópia da representação e documentos que a instruíram, visando à análise da contratação direta do tenor espanhol, Placido Domingo, para apresentação em evento fechado para convidados do Governo do Estado, na inauguração do novo equipamento público.

Em síntese, o Ministério Público de Contas questionou, inicialmente, a legalidade da contratação direta do tenor espanhol Placido Domingo (Contrato nº154/2012), especificamente solicitando a análise pelos especialistas do TCE sobre o valor pago e a  justificativa do preço cobrado pelo artista internacional. Também foi questionada a comprovação da relação contratual de exclusividade existente entre o contratado e a empresa que o representa em caráter de exclusividade.
Outro questionamento se reportou à forma de aquisição dos diversos materiais e serviços contratados para a realização de cerimônia de apresentação do novo Centro de Eventos, entre eles aqueles associados à decoração à iluminação, à estrutura, aos membros da orquestra, às passagens e à contratação de centenas de profissionais.

Apesar de regularmente notificadas, para apresentarem suas justificativas e defesas, tanto a assessora jurídica como a coordenadora de eventos da Casa Civil do Estado não se manifestaram no procedimento de inquérito civil, deixando fluir o prazo destinado às suas defesas.

Conforme um dos pedidos da ação, o recolhimento das multas aplicadas devem ser destinadas ao Fundo de Direitos Difusos (FDID), de acordo com o artigo 13 da Lei 7.347/85 – Lei de Ação Civil Pública e artigo 3º, incisos II e XVII da Lei Complementar à Constituição Estadual nº 46/2004.
(MPCE)


6ª GUERRILHA 2014 realizará planejamento em julho


A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é um foco de resistência e afirmação cultural, tendo o teatro, a dança e o circo como linguagens centrais, e se realiza a partir da ação conjunta e gestão compartilhada entre grupos e companhias da região, num movimento permanente e também através da celebração da arte realizada todos os anos no mês de novembro.

Com informações de Cacá Araújo - Coordenador da Guerrilha do Ato Dramático



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30