xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 07/06/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

07 junho 2014

Roteiro - Por: Emerson Monteiro

Nesta semana, desenvolvi prática de coragem que nunca antes pensara precisar ver acontecer.  Fiz da fraqueza a força e cumpri exercício que agora buscarei contar.

É que me achei na condição de rever a casa de meus pais depois que eles haviam partido deixando vazio o lugar onde passaram 50 anos, mais um pouco. De cômodo em cômodo, circulei. Sem móveis, o interior das casas aumenta de ressonância, mostrando a carência de preenchimento das paredes afastadas do mundo lá de fora.

Sozinho, desenvolvia o itinerário sentimental de tantas outras oportunidades que as pensava para sempre, verificando também por dentro de mim momentos vividos, ora espalhados no ar rarefeito da manhã. Vagaram notícias antigas, pensamentos, falas, risos, fisionomias, alegrias, apreensões, ações e reações das pessoas, horas difíceis, instantes felizes no seio da família, tudo no manto da transitoriedade que ficara tão só no instrumento psicológico que somos nós. O carinho de minha mãe. A disposição incansável de trabalhar de meu pai, anos a fio.

Naquelas circunstâncias, pude resoluto examinar de perto o compromisso de andar o espaço que servira de morada à nossa família por mais de meio século, testemunhando o segredo da existência, neste chão prenhe de ausências e presenças, que se repetem no fluir das gerações. Algo viajara comigo no tempo deixado em fiapos ocultos das horas reais da família durante missão de receber os filhos e prepará-los na vida, e resistir até onde chegam os frutos do que gerou; às vezes, machucados; outras, sadios, realizados.

Dali, algumas cogitações ainda permanecem escarcaviando por dentro da alma na gente, feitas células, lanternas de sobrevivência da saudade contundente nas histórias que ganharam formato de árvores imensas espalhadas nas colinas verdes do Infinito.

Olho, então, com respeito o mistério da fé, quais dizem os padres na celebração da missa. Há, bem naquele canto, uma fronteira nítida entre dois planos, o visível e o invisível, disposta a receber os que aqui vêm sob leis de mortalidade/imortalidade. A compreensão dos indivíduos representará, nessa hora, o nível de certeza, que cresce na medida em que adquire experiência de superar a dor e mergulhar nas condições dessa temporalidade só e inevitável.

Protestos do “Não vai ter Copa”: Governo Federal apela para o patriotismo dos brasileiros


BRASÍLIA – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o patriotismo poderá ajudar a reduzir os protestos dos metroviários de São Paulo e de outras categorias que estão em campanha por reajustes salariais. Segundo ele, algumas categorias profissionais sabem da importância deste momento, véspera do início da Copa, e tentam obter ganhos. Mas, no devido momento, vão entender que é necessário projetar uma boa imagem do país.

- Todos nós queremos que a imagem do pais esteja lá fora de maneira a nos orgulhar. Queremos ter orgulho do nosso país. Portanto, quem for brasileiro vai estar lutando muito para ganharmos a Copa dentro do campo, mas também fora, mostrando que nós somos capazes - disse Cardozo.
Enquanto isso, a Anistia Internacional protocolou nesta quinta-feira, no Palácio do Planalto e no Congresso, um abaixo-assinado em defesa do direito de manifestação pacífica durante a Copa, cobrando das autoridades brasileiras que as polícias não façam uso indevido da força durante os protestos. Com o slogan "Dê a eles o cartão amarelo", a campanha foi lançada em 8 de maio e já coletou mais de 91,5 mil assinaturas pela internet. O próximo passo será levar o documento aos respectivos governos estaduais nas 12 cidades-sede da Copa.
("O Globo")


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31