xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/05/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 maio 2014

O CRATO PRECISA SABER - Com Palavrões, Calúnias e Difamações, defensores da gestão municipal do Crato mancham a honra das pessoas em Crato


Chamando as pessoas de ASSASSINOS, LADRÕES, e tentando manchar a honra de quem se opuser à administração atual do Crato, é assim que são tratadas as pessoas que denunciarem qualquer malfeito em Crato. Vivemos numa espécie de ditadura branca. Ex-vereador também está envolvido, dando espaço a  FAKES cometerem crimes virtuais em grupo do Facebook. 


Há mais de 6 meses, após as denúncias do mensalão cratense, um grupo de cerca de 30 fakes defensores do atual administração do Crato invadiu grupos do facebook para caluniar, difamar, e fazer todo tipo e achaque a pessoas conhecidas na sociedade cratense que se opuserem ao que tem acontecido. O ex-vereador Sr. Edson Vilar, mais conhecido como Tutu é o administrador de um grupo chamado "O Crato é de Nós Todos", que possui mais de 10 mil membros. Os perfis falsos lá tem livre acesso para perpetrarem as mais caluniosas ações contra todos. As pessoas prejudicadas ao longo de vários meses recolheram provas ( printscreeen ) de todos os grupos implicados e dos seus administradores que permitiram essas ações e nenhuma providência tomaram, e foram devidamente autenticadas com a URL, e deram entrada na justiça. Pelas leis Brasileiras, e sob farta jurisprudência, os proprietários de grupos e sites de internet em cujos espaços são cometidos crimes virtuais, se responsabilizam criminalmente pelo ocorrido, pois tiveram a chance de excluir estes membros e não o fizeram, tornando-se cúmplices das suas ações. O caso está na justiça há vários meses e foi aguardado um prazo para divulgar após as vítimas haverem recebido alguns posicionamentos, do próprio Facebook. Algumas fotos de crimes contra a honra que ilustram o tipo de postagem que é feita no referido grupo impunemente.

Mas a justiça já está investigando todo o caso


CRATO - Zonas Especiais Ambientais - Por: João Gomes de Borba Maranhão



Não há dúvida que a criação das ZEA pela Prefeitura Municipal de Crato, através da edilidade e sansão do Sr. Prefeito, Dr. Samuel Araripe, utilizando-se da Lei 2590/2009, seria uma ótima medida para propiciar a preservação de encostas, morros, rios e vales úmidos para assegurar uma melhor preservação ecológica. É um projeto faraômico. São dez ZEAs que circundam a cidade. Demandam milhares e milhares de reais para sua execução.

É altruístico, no entanto, desde sua criação em 2009 nada se fez. Até hoje só divisamos prejuízos causados aos proprietários das terras, à população pela proibição de loteamentos, à expansão da casa própria e o crescimento da cidade. Tomo a liberdade, como cratense que sou, de enumerar algumas prioridades, segundo meu entender.

- A construção de um novo Centro de Tratamento das águas poluídas. Tivemos um Centro de Tratamento de águas servidas e poluídas nas proximidades do palmeiral. Nunca funcionou. Hoje não mais existe, somente vestígios. As águas poluídas da urbe, continuam contaminando os habitantes do Crato e os de onde até elas chegam através do Rio Grangeiro e o Batateira;
- A Prefeitura Municipal do Crato através da SAAEC vem despejando resíduos provenientes de esgotos de parte do Seminário no Rio Batateira. Exatamente na ponte que liga Crato-Batateira. São toneladas e toneladas de dejetos, de coliformes fecais que, sem dúvida, prejudicam ao ser vivo e à natureza. Tal fato ocorre há muitos anos;
- O Rio Grangeiro, poluído, vez por outra invade a cidade. A engenharia nunca conseguiu construir um canal adequado, desde seus primórdios, possivelmente os recursos foram insuficientes;
- Construíram uma tubulação com a finalidade de escoar águas servidas (Vila Alta e Seminário). O trabalho foi bem executado. Não houve manutenção, encontra-se entupido. É um absurdo;
- Nas áreas onde eram os canaviais do Dr. José Aldegundes e Prof. João de Borba existe um cano, de grosso calibre, pertencente à SAAEC, despejando diariamente toneladas de águas poluídas e dejetos fecais;
- O Rio Batateira corre a céu aberto transportando grande quantidade de águas poluídas. Da ponte da Batateira para baixo o percurso do rio está completamente assoreado. Não mais existe um leito fixo. Vagueia pelas terras onde eram os canaviais. Terras que eram humosas, “chans em que lá se plantando de tudo daria”. Em poucos anos teremos um verdadeiro deserto;
- Necessitamos de um Abatedouro Municipal. Evitando o abate “na moita”
- O Brasil é um país democrático, somos regidos pela Carta Magna que não manda, sem o justo pagamento, apropriar-se de nossas terras, de nossas propriedades, sem uma justa causa;
- Citarei algumas Leis da nossa Constituição:

Art. 5º - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e a propriedade nos termos seguinte:

XXII – É garantido o direito de propriedade;
XXIV – A lei estabelece o procedimento para desapropriação por necessidade, ou utilização pública, ou interesse social, mediante justa e prévia indenização em dinheiro, ressalvados os casos previstos nesta Constituição.
XXXVI – A lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada.
Art. 182 §3º - As desapropriações de imóveis urbanos serão feitos com prévia e justa indenização em dinheiro.

Caros leitores,

Ao se elaborar um projeto para torna-lo Lei se faz necessário e imprevisível a análise dos possibilidades econômicas, jurídicas, indenizatórias, impacto à população para sua execução. O município não dispõe de verbas, nem dinheiro suficiente para arcar com o gasto nas Zonas Especiais Ambientais, ferem o direito de propriedade, a construção civil diminui e prejudicam o crescimento urbano. Tenho certeza que o IBAMA, SEMACE e SEMAC possuem técnicos capazes de discernir, de julgarse um loteamento tem ou não condições de ser autorizado. Quando um loteamento não está completamente correto em consonância com as normas ambientais, terá que se adequar. Caso contrário será negado seu licenciamento. Tais procedimentos são comuns.

Crato/CE, 05 de maio de 2014
João Gomes de Borba Maranhão
Colaborador - Blog do Crato - www.blogdocrato.com


A SAGA DE RATO BRANCO NAS TERRAS DE JOÃO DE BARRO - Por: Samuel Siebra



Vou contar-lhe uma história , que chega a me dar pigarro
A saga de rato branco nas terras de joão de barro
Rato Branco e medonho, nojentim e asqueroso 
chegou numa Cidade com pinta de orgulhoso,
robando, afanando tudo,esse aí é que é dos bons 
com pinta de corajoso com cores de todos tons
Um rato agente conhece já sabe seu proceder
Mexe alí e remexe, procurando o que comer
Mas desse rato que falo só jesus pra proteger
De lixo ele entende, ganha dinheiro em pó
e depois carrega tudo sem piedade nem dó
Rato branco é esperto e pensa que tudo pode
Entrar na cidade grande, bebe na água do pote
Mexe com gente da terra da noite ao amanhecer
Se achando o rei do cangaço comprando quem se vender
Tem gente que tem seu preço , mais outros eu tô pra ver
Rato Branco é inteligente a música que mais lhe atrai
Fala de poesia , da mulher e cantoria isso sim, é que distrai
Não fala de cabaré , nem de pedaço puta, isso aí é como fel
Sua música é refinada é um grande menestrel
Tanta virtude num rato que esqueci de joão de barro
As terras de joão de barro nos faz pena até contar
De tanto buraco grande e o povo a reclamar, foi preciso
Um flautista, usar de sua malícia para o povo libertar
Da sanha de rato branco que num inconformado pranto
Começava a chorar

“Não me tirem esse buraco, onde eu posso me esconder
Se eu deixa de roubar, e o povo enganar como é que vou viver”
João de barro alma pura do rato se apiedou,

”vem pra cá meu Rabudinho que lhe trato com amor, 
só lhe peço uma coisa, e é pedido sem dor
deixe meu povo quieto você é muito esperto
se aquete, com seu furor.

Mal sabia Rato branco que tudo foi combinado
Um flautista bem de longe já se havia contratado
Para acabar com a peste na cidade alastrado
Mesmo sem saber de nada, começou a ladroeira
Era queijo parmesão,gorgonzola da lameira
E depois de tudo pronto em um grande pacotasso
O flautista musicista lhe pegou pelo braço
E disse “ rato branco da mulestia, os seu dias tão contado
Vou cantar uma música e voce já encantado
Vai pular no precipício na serra do outro lado

Se você dessa história, ao menos dela gostou
Compartilhe e publique pois fale quem já calou
Foi assim que se acabou por isso não tire sarro
Da sanha do rato branco nas terras de joão de barro

Por: Samuel Siebra


Jovem é preso por matar dez cães


Um jovem de 23 anos, morador do Município de Valença no Estado do Rio de Janeiro, foi preso na tarde da última sexta-feira, após ser denunciado por populares como sendo o autor do envenenamento de dez cães. Segundo a Polícia, Iuri Mamede de Oliveira estava em Abaiara (498Km de Fortaleza), onde foi preso, visitando os pais.

Conforme informações da PM, Oliveira teria preparado uma mistura de veneno e carne e espalhado pelo sítio de seu pai. Pelo menos dez animais que provaram da mistura foram encontrados mortos.

Ao ser conduzido para a Delegacia Regional de Brejo Santo, ele alegou que os bichos estariam matando os ovinos que eram criados na propriedade de sua família. Um tio de Iuri que tentou impedir sua prisão, também foi encaminhado à delegacia de Brejo Santo, por ter desacatado os militares.

A condução dos dois suspeitos foi feita por patrulhas da Companhia de Polícia de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte, que estiveram em Abaiara recolhendo os animais mortos.

Autuação

O jovem foi ouvido e autuado pela delegada Waleska Basílio Feijó, que presidirá o inquérito. Ele irá responder pelo Art. 12, da Lei de Crimes Ambientais, que prevê detenção de três meses a um ano e multa para quem praticar abusos, maus-tratos, ferimentos ou mutilações em animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A reportagem tentou entrar em contato com a delegada, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: DN


Comunidade que trata de DEPENDENTES QUÍMICOS precisa da sua ajuda !



Somente quem tem um dependente quimico ou alcoolatra na familia sabe a dor que causa, e casas de recuperação como essas que ajudam aos dependentes , principalmente aqueles que estão na rua, merecem todo o apoio da sociedade. Infelizmente a casa precisa de colchões de solteiro, 8 no total , alem de outras necessidades como material de limpeza e alimentos, mas nesse momento a urgencia são os colchões, pode ser usado, desde que esteja em bom estado.

Pessoal, vamos ajudar, faça uma caridade, ajude essas pessoas a se livrarem do vicio.
Ligue para : 

(88)8843-2044
(88) 8742-4224



Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31