22 março 2014

Juazeiro do Norte - MP denuncia outro "escândalo das vassouras" ainda maior em Juazeiro


A investigação abrange a gestão de Zé de Amélia, entre 2009 e 2010. Irregularidades, portanto, ocorreram antes da gestão de Antônio de Lunga, quando estourou o primeiro escândaloNOTÍCIA5 

O Ministério Público de Juazeiro do Norte entrou com ação contra o ex-presidente da Câmara Municipal, José Duarte Pereira Júnior (PSL) – conhecido como Zé de Amélia – e outros sete envolvidos em casos de improbidade administrativa. As denúncias são as mais diversas, desde fraudes em licitações até superfaturamento na compra de produtos para o Legislativo. O caso pode ter prejuízos de até R$ 1,5 milhão e é semelhante ao “Escândalo das Vassouras”, que estourou no Município em agosto passado.

A investigação abrange a gestão de Zé de Amélia, entre 2009 e 2010. Irregularidades, portanto, ocorreram antes da gestão de Antônio de Lunga, onde estourou o “Escândalo das Vassouras”. Segundo o MP, irregularidades ocorriam durante aquisição de materiais de consumo, serviços de assessoria, locação de veículos e até no imposto de renda. Ainda de acordo com o MP, esquema teria gastos ainda maiores do que o relevado em 2013.

Fonte: O Povo