xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/03/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 março 2014

Processo feito pela Diocese de Crato pedindo a beatificação de Benigna será usado em curso promovido no Vaticano


   O professor Vittorio Capuzza, postulador da causa de beatificação da Serva de Deus Benigna Cardoso da Silva – no âmbito do Vaticano – vem de informar ao monsenhor Vitaliano Mattiolli, postulador da mesma causa na Diocese de Crato, que a Sagrada Congregação para a Causa dos Santos promoverá em breve um curso visando à capacitação de 100 novos postuladores e juízes diocesanos. A pedido da mesma Congregação, o Dr. Vittorio Capuzza irá explanar aos alunos desse curso os requisitos exigidos de um Tribunal Eclesiástico Diocesano para enviar ao Vaticano um pedido de beatificação dentro das exigências na fase diocesana do processo.
A Congregação das causas dos Santos confiou ao Dr. Vittorio Capuzza a tarefa de descrever e ilustrar como deve ser realizada a fase da investigação diocesana. Agora a boa notícia: O exemplo a ser estudado nessa capacitação será o dossiê da abertura do processo de beatificação da Serva de Deus Benigna Cardoso da Silva feito pela Diocese de Crato. Deste modo, a vida e o testemunho de santidade de Benigna poderão vir a ser divulgados no mundo inteiro.
 Saiba mais
   O processo pedindo a beatificação da menina Benigna foi aberto oficialmente em 16 março de 2013, tão logo a Diocese de Crato recebeu o “Nihil Obstat” da Sagrada Congregação para a Causa dos Santos aprovando o inicio dos estudos. A partir daí a comissão nomeada por Dom Fernando Panico começou a recolher declarações das testemunhas que conheceram Benigna, além  de depoimentos que relataram milagres e graças alcançadas por intercessão da menina-mártir. Essa etapa se constituiu na fase diocesana do processo, a qual foi encerrada num prazo recorde: em 21 de setembro de 2013.
   Toda a documentação produzida pela comissão foi levada para Roma e protocolada junto a Sagrada Congregação para a Causa dos Santos. Em 14 de outubro de 2013, Dom Fernando Panico teve audiência particular com o Papa Francisco quando tratou do processo de beatificação de Benigna, bem como do pedido de reabilitação canônica do Padre Cícero. Ambas as iniciativas partiram do Bispo de Crato.

180 anos da morte de Pinto Madeira -- por Armando Lopes Rafael (*)


Neste dia 28 de novembro de 2014 completa-se 180 anos do fuzilamento de Joaquim Pinto Madeira, fato acontecido depois de um simulacro do que deveria ter sido um júri popular. Este fato passou à história como uma das maiores aberrações jurídicas do Ceará. Vivêssemos numa cidade que cultua seu passado, ou fosse a atual elite cratense igual à de 50 anos atrás, a efeméride não passaria em branco...

Recordemos, por oportuno, aquele fatídico dia.

“O dia 28 de novembro de 1834 amanhecera movimentado, na Vila Real do Crato. Qualquer coisa de anormal ali se passava. Os populares não se cansavam, rua abaixo, rua acima, num vaivém contínuo, às vezes formando grupos, em comentários furtivos, outros acalorados, quase degenerando em discussão. Um dos exaltados chegara ao auge de, em plena rua e em altas vozes, recitar um soneto alusivo ao ato, cujo primeiro quarteto, “em versos repassados de ódios”, era assim concebido:

“Exultai de prazer, vila do Crato,
Que o monstro mais cruel da humanidade
Pagará de uma vez a crueldade
Como ímpio, feroz e insensato”...

Era aquele o dia da execução de Pinto Madeira.
     
Oito badaladas soam no relógio do Paço Municipal da vila do Crato. Os sinos da igreja-matriz, desde a tarde anterior, dobravam a finados. (...) E continuava o badalar dos sinos. O movimento nas ruas recrudesce, aumenta cada vez mais nas imediações do local onde fora levantada a forca, no alto Barro Vermelho. Formara-se o préstito, observadas as disposições legais. De jaqueta de riscado, traje em voga na época, e calça de brim branco, uma corda de tucum presa ao pescoço e pelas pontas segura pelo carrasco, passo calmo, mas firme, segue o condenado em direção ao patíbulo.

Mainha (José Francisco Pereira Maia), "alma de toda essa tragédia", como comandante geral das tropas, à frente desta, marchava após o juiz de paz, Antônio Vicente de Moura, e o Capitão Antônio Ferreira Lima, funcionando neste aparatoso ato como substituto do juiz de direito interino, José Vitoriano Maciel, que lhe passara o exercício. Pinto Madeira, “que nunca se acobardou, portando-se sempre com altivez”, suplica:

Poupe-me a ignomínia de ser enforcado! Prefiro o fuzilamento.

O ato do enforcamento seria uma afronta aos seus brios, dizia... Passado pelas armas era um privilégio a que tinha direito como oficial superior que julgava ainda ser, embora sua patente de há muito houvesse sido cassada. Há divergências de opinião. Discutem, com veemência, os executores. Por alguns instantes ficam indecisos ante o desejo expresso do condenado. Pinto Madeira vence”. (Cfe. Eusébio de Sousa no artigo: “Não tem apelo nem agravo...”. Publicado na Revista do Instituto do Ceará. Fortaleza. Edição XLIII). 

“Sentaram o réu numa cadeira presa a uma das traves da forca. O Comandante Maia ofereceu-lhe um lenço para cobrir o rosto. Pinto Madeira recusou-o, desdenhoso, com estas simples palavras:
   – Eu também tenho.

O cabo tirou-lhe um de seda de ramagem, dos que chamamos de Alcobaça, do bolso da jaqueta, com que lhe tapou a cara. Com a ordem de – Fogo! A descarga ecoou, prostrando-o. Suas últimas palavras foram de fé, que sempre o guiou, embora com seus erros.

– Valha-me o Santíssimo Sacramento!

O soldado da tropa de linha, Gonçalo Roldão, deu-lhe o "tiro de misericórdia" (Cfe. J.de Figueiredo Filho, Vol. III de “História do Cariri”).

“Morreu virilmente Pinto Madeira! Durante anos a fio, fez-lhe promessas o rude povo dos sertões, considerando-o um mártir, isto é, um santo”, (como escreveu Irineu Pinheiro num opúsculo publicado em 1946, pela Imprensa Oficial do Ceará).

“Sepultaram o corpo (de Pinto Madeira) na matriz de Crato. Mais tarde, revolvida a catacumba, não se sabe bem como nem por que, encontraram o crânio, que até o ano de 1848 andou rolando pelo chão, no lugar onde ficava a pia batismal (cfe. João Brígido in “Estudos biográficos de cearenses ilustres”, edição de 1882).

A memória de Pinto Madeira – na qual convivem qualidades e defeitos – merece todo o nosso respeito, sobretudo porque ele nunca escondeu o que era e o que defendia. Não foi um dissimulado, como muitos contemporâneos do seu tempo, e como se tornou regra nestes tristes dias atuais...

(*) Armando Lopes Rafael é historiador

URCA cria Núcleo Permanente de Conciliação da Comarca do Crato


Universidade Regional do Cariri (Urca) firmou convênio de cooperação técnica com o Fórum Hermes Parahyba, do Crato, com a finalidade de atuar com projetos em diversas áreas. O primeiro deles, é pioneiro, com a criação do Núcleo Permanente de Conciliação da Comarca do Crato. O convênio foi assinado na última terça-feira (11), pela direção do fórum e a administração da Urca. 

O projeto será de grande importância, conforme a direção do Fórum Hermes Parahyba, por possibilitar a conciliação de problemas e a redução da demanda de processos na comarca do Crato.
A partir de abril os alunos já iniciam as atividades no fórum, por meio de uma seleção com lançamento de edital, para os acadêmicos de Direito, das disciplinas práticas. Os estudantes terão suas ações coordenadas por meio do fórum. Os selecionados serão remunerados pelas atividades. O estágio terá duração de um ano, prorrogável por mais um. Segundo o assessor jurídico da Urca, Professor Jorge Emicles, todas as comarcas serão beneficiadas com o Núcleo, principalmente a Vara da Família, com exceção da penal. O intuito é iniciar os trabalhos com oito estagiários.
Para o diretor do Fórum, o Juiz José Flávio Bezerra Morais, o convênio com a Universidade tem um caráter multidisciplinar e visa atingir outras áreas de estudo, como forma de criar uma assistência técnica. Essa proposta já vinha sendo estudada pelo fórum, visando a sua implantação e assim poder prestar serviços de forma mais ampla à sociedade, nas áreas social, psicológica e no segmento jurídico, entre outras atividades.

Com o Núcleo, haverá uma dinâmica maior no andamento dos processos, além de possibilitar maior número de conciliações, com o tempo ampliado a ser destinado às partes envolvidas. “Para a justiça vai ser muito bom, com causas humanitárias”, afirma o diretor. Para o juiz Rômulo Veras, é importante salientar a experiência adquirida pelos estagiários em processos conciliadores, já que a formação na universidade possibilita mais litigadores. “Com isso, pode-se mudar um pouco do pensamento do profissional, com uma experiência fundamental para a sua carreira”, afirma. No final do estágio, o aluno receberá um certificado de extensão em conciliação. 

O ato contou com a representação do fórum, por meio do diretor José Flávio Bezerra, e do Reitor em Exercício da URCA, Professor Patrício Melo, da Pró-Reitora de Assistência Estudantil, Cileide Araújo, e o assessor Jurídico da Instituição, Jorge Emicles, além do juiz Rômulo Veras, da Vara da Família.

Universidade Regional do Cariri (URCA)


Jovem é morto por policial, após confronto, no Crato


Uma ocorrência de briga de rua terminou com uma pessoa morta e outra baleada, ontem, no Crato. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o suspeito da morte seria um soldado do Ronda do Quarteirão, que atendeu à ocorrência, e teria disparado contra um dos envolvidos na confusão, tentando contê-lo.

A PM recebeu uma denúncia de que estaria havendo tumulto na Rua Elias Siqueira, no bairro Seminário, e a viatura RD-1233 foi deslocada para atender o caso. Os policiais se depararam com Wellington da Silva Lima, o ‘Toucinho’, 22, que estaria causando a desordem, por motivos ainda desconhecidos. Segundo os militares, o rapaz portava uma faca. Wellington Lima teria entrado em luta corporal com os policiais e tentado lesioná-los à faca. Conforme o CPI, um PM teria atirado contra ‘Toucinho’, quando ele tentou agredir a composição. Ítalo da Silva Lima,27, que teria atingido um dos militares com um tijolo, também foi baleado e levado para o Hospital São Francisco. Um adolescente de 17 anos foi apreendido.

Fonte: Diário do Nordeste



Prefeitura do Crato faz ajustes finais para o cadastramento do programa federal "Minha Casa, minha Vida".


Uma boa noticia para as famílias carentes que sonham com a casa própria, a nossa reportagem foi conversar com a coordenadora dos projetos habitacionais da sec. da cidade do municipio, Luciana Vieira Marques, onde disse  já  está de posse do cronograma parcial das inscrições, porque o cadastro será feito nos bairros, para melhor atender o interessado na hora de  se cadastrar.

Disse Luciana: "Estamos fechando o cronograma, estamos visitando as instituições que vão ceder os espaços nos bairros, estamos selecionando a equipe que vai trabalhar, são pessoas cedidas pelas  secretarias da educação, assistência social e saúde onde vamos fazer um treinamento para que possam ficar bem capacitadas na hora do cadastramento, para que seja bem feito e termos um diagnostico ideal”.

Pergunta: Estão preparadas para as influencias políticas?

Resposta: "Estamos sim, porque  vai ser um processo “transparente”, o público vai ter acesso através de publicações nos órgãos públicos, nos equipamentos privados, a lista de quem se inscreveu e estava dentro dos critérios  nesse momento a comunidade vai ter acesso de fato  das famílias que se inscreveram, e após o encaminhamento a Caixa Econômica e ela nos retornar com as famílias possíveis contemplações, agente publica de novo”.

Pergunta: O governo municipal já deu o aval para que não haja essa interferência de vereadores com suas indicações?

Resposta:  "Já sim, nos deu carta branca  para que agente trabalhe de forma transparente e correta, e que o processo seletivo, seja  de forma “CRITERIOSA”.

A coordenadora Luciana, disse que o inicio dos trabalhos para o cadastramento, está prevista para o final desse mês de março. Afirmou que estão  sendo construídas 980 casas no Barro Branco, e mais 596 para ser iniciada, esses são os dois projetos  mais adiantados, porem, estão lutando junto ao Ministério das Cidades ,para chegar às 4 mil casas, um desejo do prefeito Ronaldo.

Por: Ed Alencar - Repórter
Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


Produção industrial do Ceará tem maior crescimento do Norte e Nordeste, em Janeiro



O aumento no ritmo da produção industrial na passagem de dezembro de 2013 para janeiro de 2014 no Ceará alcançou o maior crescimento do Norte e Nordeste e o segundo maior do Brasil, com crescimento de 5,4%, ficando atrás apenas de Minas Gerais, que ficou com 7%. O  percentual do crescimento do setor no Ceará ficou também maior que a média da região Nordeste, que foi de 3,4%, em janeiro. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados nesta sexta-feira (14).

Essa foi a segunda boa notícia nesta semana no setor da economia. Na última terça-feira (11), o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) divulgou que a  economia cearense em 2013, medida pelo Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no Estado – cresceu 3,44% em relação a 2012, superando novamente o desempenho da brasileira, que ficou em 2,3% no ano passado.  

Com o crescimento de 3,44% em 2013, o PIB do Ceará, que em 2012 era de R$ 96,5 bilhões (valores correntes), passou para R$ 105,7 bilhões – em 2007 o valor era de R$ 50,3 bilhões. O PIB é um indicador que mostra a tendência do desempenho da economia cearense no curto prazo, com base nos resultados dos três setores: Agropecuária, Indústria e Serviços.

O resultado do PIB do Ceará no quarto trimestre de 2013 (fechando o ano passado) de 2,57%, também superou ao desempenho nacional no mesmo período, de 1,9%. Aliás, o PIB cearense, desde o segundo trimestre de 2010, quando o índice foi de 8,8% e o do Brasil de 8,76%, apresentou, até o quarto trimestre de 2013, taxa de crescimento acima da nacional.

 O setor industrial do Ceará, dentre os três segmentos que compõe o PIB, foi o que apresentou melhor desempenho em 2013, com um crescimento de 5,62% (o nacional ficou em 1,3%). Neste segmento, as atividades que mais contribuíram para o resultado foram extrativa mineral, com 25,39% de participação; eletricidade, gás e água, com 7,75%; transformação, com 4,71%, e construção civil, com 3,12%. O setor de agropecuária ficou, em 2013, com 2,61%.
    Já o setor de serviços cresceu, no ano passado, 2,89%. Dentre as atividades que compõem o segmento, a de atividade intermediação financeira  apresentou melhor desempenho, com 4,39%; seguida por transportes, com 4,28%; outros serviços, com 3,49%; alojamento e alimentação, com 3,21%; comércio, com 2,5%, e administração pública, com 1,82%. Na participação dos setores no PIB cearense em 2011 – pelo valor adicionado bruto – o de serviços detém 73,08%; a indústria 22,22% e o agropecuário 4,70%.

Gov. Do estado Ce


Crato-CE: Água depende da floresta preservada



Espécie criticamente ameaçada de extinção, o Soldadinho do Araripe é exclusivo do território cearense (Foto: Ciro Albano)É na vegetação úmida, mata mais verdejante que fica na encosta da Chapada do Araripe e próxima às nascentes, o ambiente, onde o Soldadinho do Araripe (Antilophia bokermanni), o pássaro global mais ameaçado de extinção, busca refúgio da onda de destruição que quase dizimou sua espécie. Único pássaro, exclusivo em território cearense, a pequena ave da família dos piprídeos, com sua plumagem branca, rabo preto e um espetacular topete vermelho que cai sobre o bico é a prioridade máxima para conservação da biodiversidade no Estado do Ceará, com apenas 200 casais observados.

O Soldadinho do Araripe, como afirma o biólogo da Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis) e um dos descobridores da espécie, Weber Girão, é um símbolo para conservação das águas e matas da Chapada do Araripe, que são justamente os fatores que fazem do Cariri um oásis.

Essa “ilha verde” – resquício de Mata Atlântica entre a mata branca da Caatinga – está inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) Chapada do Araripe. O gerente da APA, Paulo Fernando Maier Sousa, afirma que a APA Chapada do Araripe, ainda tem dificuldades com limites em seu 1 milhão e 63 hectares. “É descrita como uma curva de nível: começa em Pernambuco, aos 640 metros de altitude; aqui no Ceará chega aos 500 metros; e, no Piauí, a 480 metros. Estamos reconstruindo os limites, apesar das dificuldades de encontrar alguns documentos e estamos fazendo isso junto ao conselho com representantes dos três Estados”. Ele lamenta que, por isso, o Plano de Manejo da APA esteja atrasado oito anos. Maier destaca que a APA tem um problema considerado grave que são as queimadas. Em 2009, por exemplo, foi segunda unidade de conservação no País em número de focos de calor, que é diferente de área queimada. “Como é uma região muito ocupada, de uso sustentável, não é estranho porque isso é uma prática tradicional. As vezes o fogo perde o controle. A gente tem um monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), satélites com sensores térmicos que registram diariamente o número de focos de calor. Segundo Meier, ano passado foram mais de 2.000 focos de calor nos municípios que compõem a APA, mas 838 dentro da APA. “Neste ano, estamos tentando conseguir um conjunto de equipamentos que possam ser colocados à disposição de trabalhadores, nos diferentes municípios, para o combate aos incêndios florestais”.

Floresta Nacional

Dentro da APA, temos a primeira Floresta Nacional (Flona) do Brasil, a Floresta Nacional do Araripe. Segundo William Brito, chefe da Flona e funcionário do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Unidade de Conservação (UC) tem, com a área incorporada da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), 40 mil ha. Brito explica que a Flona foi criada em 1946, mas só foi demarcada em 1973, 27 anos depois.

Passear durante a manhã por esse ambiente verde e enevoado é uma experiência única. Brito revela que a umidade que vem das chuvas, vai para as fontes, e faz com que a vegetação seja subperenifolia, ou seja, mesmo na época mais seca, ela não perde as folhas totalmente, como acontece na Caatinga. “Boa parte das plantas que vivem na encosta estão adaptadas para aproveitar o orvalho, a umidade que está nessa névoa. Isso é o espelho dos brejos úmidos do Nordeste. A neblina se dissipa por volta das 10 horas, mas as plantas já absorveram a umidade”, resume alegremente.

Conforme o chefe da Flona, os brejos de altitude têm como principal característica a diversidade: “nós temos, na encosta da Chapada, a mata úmida. Quando começamos a subir a Chapada e nos afastamos dessa mata úmida, essa umidade vai diminuindo e a mata se transforma em cerradão, aquilo que, no bioma cerrado, aparece nos cursos d´água. Ao se afastar um pouco mais, a secura aumenta e temos o Cerrado, onde predominam o pequizeiro e a janaguba. Se afastando mais, você tem o Carrasco, um ecossistema muito específico da nossa região, só existe no Araripe e na Ibiapaba. Ao passar para o outro lado, temos a Caatinga. Mata Úmida, Mata Seca, Cerradão, Cerrado, Carrasco e Caatinga. É um complexo. A Chapada do Araripe é uma ´Ilha de Mata num mar de Caatinga”, filosofa Brito.

Recursos hídricos

De acordo com ele, mais de 70 pesquisas estão em andamento na Flona do Araripe. O extrativismo beneficia 1.500 famílias, que, nesta época, coletam Pequi. “A Floresta cumpre seu papel social e ecológico. Podemos dizer, hoje, que o maior fornecedor de água para a Região Metropolitana do Cariri é a Flona do Araripe. É uma área de 40 mil ha, cada hectare são 10 mil m2. Se imaginar que em cada metro quadrado cai mil litros de água por ano e 90% disso, no mínimo, infiltra, quem bebe água em Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Missão Velha tem que agradecer todos os dias a existência da Flona”, afirma. Mas a água não é só solução na Chapada do Araripe. O biólogo Weber Girão alerta que o Soldadinho é considerado ameaçado de extinção pela degradação florestal, desmatamento e mau uso dos recursos hídricos. “A legislação brasileira diz que você não deve fazer encanamento total de nascente. Você deve respeitar os 50 metros e muitas nascentes aqui são encanadas 100%. O cara faz uma caixa de alvenaria em torno da nascente e sai um cano. Se o passarinho quiser beber água só se ele for um pica-pau para furar o cano para pegar água. O que acontece com isso? A vegetação da nascente seca, a vazão da água diminui”, alerta.

Na Nascente do Batateira, um dos habitats do Soldadinho, existem 59 outorgas para uso da água. São canos que retiram a água do local e levam para uso em lavoura, consumo e lazer. Segundo Claire Anne Viana, geóloga e analista em gestão de recursos hídricos e águas subterrâneas da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), hoje, no Crato, se usa 380 litros de água por habitante por dia, quase quatro vezes o que recomenda a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). “São 29 poços funcionando 20 horas por dia”, alerta.

O nível, apesar de não ser o ideal, ainda não é o problema principal. “O problema não é quantidade, mas qualidade (da água). Nós temos observado que está crescendo a alteração no nível de nitrato. No começo do nosso projeto (60 poços analisados), em 2009, tínhamos cinco poços que apresentavam alteração de nitrato. Cinco anos depois, passamos ter 12 poços com alteração, o que não significa dizer que não se pode usar. Mas isso está crescendo”, enfatizou.

FIQUE POR DENTRO

Nascentes sofrem com encanamento desordenado

Ambientalistas denunciam o problema dos encanamentos nas nascentes da Chapada do Araripe. A nascente da Batateira é uma delas. Atualmente existem 59 autorizações (outorgas) para uso da água. Segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), a maior outorga é da Sociedade Anônima da Água e Esgoto do Crato (SAAEC), que utiliza a água para abastecimento humano. Os técnicos da Cogerh explicam que não é qualquer um que pode fazer uma ligação da fonte para sua casa ou propriedade. É necessário preencher uma ficha. Para cada uso, existe uma especialidade. A primeira é a de abastecimento humano; a segunda é para uso para animais; a terceira, indústria; a quarta, irrigação; e a última é lazer. Conforme a Cogerh, 65 famílias e mais 20 mil pessoas do bairro Seminário usam a água, que possui uma comissão gestora.

Fonte: Diário do Nordeste 


Inscrições abertas para a Corrida Ecológica em Santana do Cariri


O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Edvan Pereira, avisa que já estão abertas as inscrições para a grande Corrida Ecológica em comemoração a semana da Arvore, que acontecerá no dia 28 de março de 2014, no município de Santana do Cariri – , com largada às 9:00h saindo de Araporanga até a Sede.

Premiações:

1º lugar 300,00
2º lugar 200,00
3º lugar 100,00

Os interessados devem procurar a Secretaria de Esporte e Juventude, no estadio municipal o Lacerdão e fazer suas inscrições, levando um documento com foto.
Realização: Secretaria Municipal de Meio Ambiente Apoio: Governo Municipal e Secretaria Municipal de Esporte e Juventude.

C1


Nota de risco do Brasil só depois das eleições


A agência de classificação de risco Moody’s vai esperar passar as eleições presidenciais para divulgar sua nota de classificação de risco do Brasil. A informação foi dada pelo vice-presidente e analista sênior da agência, Mauro Leos, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Segundo ele, as eleições deverão limitar a disposição do governo em ajustar sua contabilidade e, por isso, há uma compreensão da agência que está disposta a esperar passar o pleito. Uma mudança antes disso, diz ele, somente se os dados de crescimento brasileiro e contas públicas vierem muito abaixo do esperado. Mauro Leos afirmou que o mais interessante para a Moody’s é que o governo brasileiro está mais realista em termos de números e metas. Há, segundo ele, um crescimento menor do PIB, menor crescimento das receitas e um superávit menor em termos de recursos. Mas esses indicadores vieram de acordo com as expectativas dos analistas e indicam que o governo está se movendo no sentido de se aproximar dos mercados.

Leos também ressaltou que o superávit de 1,9%, mesmo sendo o esforço mínimo, alcançá-lo não será tarefa fácil para o governo.Segundo ele, vai exigir um grande esforço do governo. Mas, ressaltou que não é um grande superávit primário. “O Brasil já foi capaz de entregar superávits mais robustos, de até 3% do PIB. Mas, nas circunstâncias atuais, de menor crescimento econômico, chegar a 1,9% não será automático”, disse ele.

Jornal do Brasil


Avião desaparecido foi desviado de rota intencionalmente, diz primeiro-ministro


O avião da Malaysia Airlines voou durante horas de forma “consistente com uma ação deliberada” após desaparecer dos radares, mas não foi possível confirmar a hipótese de sequestro, disse hoje (15) o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak. A última comunicação por satélite com o avião, que transportava 239 pessoas, chegou mais de seis horas e meia depois de ter desaparecido do radar, explicou Razak neste sábado.

O movimento da aeronave no período intermediário – durante o qual mudou de direção e seguiu rumo ao Oceano Índico – é “consistente com uma ação deliberada de alguém no interior do avião”, disse o primeiro-ministro, indicando que os sistemas de transmissão de dados do Boeing 777 “foram desativados”.

Apesar das indicações de que o avião tenha sido sequestrado, o primeiro-ministro da Malásia foi claro ao dizer que outras razões para o sumiço ainda não estão descartadas. ” Continuamos a investigar todas as possibilidades relativamente ao que terá levado o [voo] MH370 a desviar-se da sua trajetória”, acrescentou. Najib Razak disse que as últimas avaliações têm como base novos dados de contato com o avião por satélite e informações colhidas por radares militares.
A combinação dessas informações sugere “um elevado grau de certeza” de que os dois sistemas de comunicações automatizados do avião – o Acars (Aircraft Communications Addressing and Reporting System) e o seu transponder – foram desligados, um seguido do outro, antes de alcançar o ponto acima do mar do Sul da China, onde o radar civil perdeu o contato. O aparelho inverteu então a marcha e voou em direção a Oeste de regresso à Malásia peninsular antes de virar para Noroeste.

Considerando que a última comunicação por satélite com o avião da Malaysia Airlines chegou às 8h11 locais – e que o voo decolou à 1h30 -, os investigadores tentam agora calcular até onde o Boeing 777 pode ter chegado.

Até o momento, especialistas localizaram o último ponto de contato entre dois grandes corredores geográficos: um ao Norte – que se estende da fronteira do Cazaquistão e do Turquemenistão até o Norte da Tailândia – e outro ao Sul – que vai da Indonésia ao Sul do Oceano Índico.

*Com informações da Agência Lusa
Agência Brasil



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30