xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 26/02/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

26 fevereiro 2014

Para você Refletir - Por Maria Otilia

A cada dia que passa só aumenta nossas expectativas diante de fatos lastimáveis, sobre algumas das  pessoas que se dizem nos representar nas diversas esferas da política.Principalmente na forma  neoliberal de  gestão.São muitos desmandos a nível de município, estado e união.E neste ano de eleição é preocupante para todos nós, de que maneira mais coerente podemos fazer nossas escolhas.Lembro aqui, uma fábula que  traz uma mensagem para todos aqueles que sonham com um poder autocrático, elitista,eterno.Cuidado! Todo poder é passageiro .Boa leitura  .
                                                
                                               O Galo de Briga e a Águia


                                                          
Não existe superioridade, mas apenas uma ilusória, aparente e temporária vantagem...

Dois galos estavam disputando em feroz luta, o direito de comandar o galinheiro de uma chácara. Por fim, um põe o outro para correr e é autoproclamado o vencedor. O Galo derrotado afastou-se e foi se recolher num canto sossegado do galinheiro. O vencedor, tomado de orgulho e vaidade, voando até o alto de um muro, bateu as asas e exultante cantou com toda sua força. Uma Águia, que pairava ali perto em busca de alimento, lançou-se sobre ele e com um golpe certeiro levou-o preso em suas poderosas garras. O Galo derrotado saiu do seu canto, e daí em diante reinou absoluto livre de concorrência.

Moral da História:

Orgulho ou Arrogância ainda é o caminho mais curto para a ruína e a perdição.
Respeito ao concorrente é respeito a si mesmo

       Não existe superioridade, mas apenas uma ilusória, aparente e temporária vantagem...
     

Os nossos parabéns ao Ministério Público e à PROCAP - Por: Dihelson Mendonça


No Crato, temos vivido nos últimos meses uma verdadeira avalanche de denúncias de corrupção que envolvem o legislativo e também o poder executivo. 

Não bastassem as clássicas denúncias feitas pelo ex-prefeito Samuel Araripe reveladas em um gravação onde o vereador Dárcio Luiz de Sousa aponta o atual prefeito do Crato Ronaldo Gomes de Matos como o cabeça de um esquema de compra de votos dos vereadores para a desaprovação das contas de governo referentes ao exercício de 2009 do ex-prefeito, outras coisas estão aparecendo em cena; Em recente briga na Câmara Municipal do Crato entre dois vereadores, acabou por se ter conhecimento de que cerca de 2 milhões de reais haviam sido desviados durante os anos de 2011 e 2012, quando a Câmara do Crato foi comandada pelo vereador Florisval Coriolano. Denúncias! Somam-se a isso as denúncias já feitas por professores ao Ministério Público e claro, as denúncias de funcionários da SAAEC, que acusam a presidenta da empresa de maus tratos aos funcionários, sem contar ainda com as denúncias feitas ao Ministério Público e ao TCM pelo Dr. Cesário Cavalcante, ex-presidente da SAAEC, de desvios de função, superfaturamento, e até compras sem licitações.

Parodiando um vereador do Crato, meus amigos, "Eu fico triste" quando vemos a cada dia, novas denúncias e provas sendo trazidas ao Ministério Público, e à PROCAP, que é a Procuradoria dos Crimes contra a administração Pública. Estamos no meio de uma reviravolta político/administrativa onde o Cratense comum não sabe onde tudo isso vai acabar, mas como não é diferente do resto do Brasil, Crato vive o seu próprio drama particular. Nos últimos anos, nossa nação tem sido palco de inúmeros esquemas, sendo o maior deles o Mensalão, onde recentemente, os criminosos receberam e estão recebendo as suas sentenças.  Talvez no Crato, estejamos passando por seu pior momento da histórica política, em que temos aí toda uma administração em vias de ser deposta a qualquer momento por ordem judicial.  

Como já bem sustentam alguns dos nossos maiores cronistas, talvez seja tempo de passar o Crato a limpo, ou de como já disse o Professor Jorge Emicles, de refundar o Crato, antes que este se afunde de vez. Talvez seja época de repensarmos no futuro da nossa terra, lar de bravos combatentes, berço de heróis, como Bárbara de Alencar, Tristão Gonçalves e José Martiniano de Alencar e tantos outros que conseguiram proclamar a independência do Brasil já em regime republicano, diga-se de passagem, 5 anos antes do restante do país e 72 anos antes do Marechal Deodoro da Fonseca.

Crato precisa urgentemente de uma reforma. Mas uma reforma profunda, uma reforma política, uma reforma administrativa, uma reforma de idéias e de ideais. Precisa repensar as suas grandes vocações. Nós estamos com 30 anos de atraso no desenvolvimento; Crato se acomodou no tempo, imerso num orgulho tolo, que era modismo nos anos 70, onde ainda fulguravam as últimas estrelas decadentes de uma era hollywoodiana de glamour vivido nos anos 40 e 50 quando nossa cidade era líder na região do Cariri, o "tijolo de buriti", o "coração do cariri". Acontece, que este coração está hoje em vias de parar, por infarto, e aí, o que será da nossa cidade ? Pensemos um pouco: Que futuro existe hoje para os nossos jovens ? Crato não pode mais viver de promessas não cumpridas, uma cidade sem representatividade alguma no âmbito estadual e federal ( salvo casos esporádicos ). Uma terra do faz de contas, em que só defendem esta realidade que estamos vivendo hoje, quem está num cabide de emprego, quem está mamando no poder e está com medo de perder as suas tetas! Mas o grande público, este quer justiça. 

De maneira mais abrangente, o povo Brasileiro já não se permite mais viver num eterno "Mensalão" nacional, onde os corruptos ficam na impunidade e apenas os peixes pequenos é que são punidos. O país está finalmente acordando. Por todos os rincões, eclodem manifestações contra os desmandos, os descasos, a corrupção generalizada. E nessa conjuntura nacional, as velhas Ratazanas do Legislativo também já não poderão mais ter seus cargos, suas mamatas, fazer seus conchavos, ficar passeando em Brasília pelos corredores do congresso. Esta síndrome é nacional. Ela não se restringe a uma cidade, a um vilarejo, a um estado. E para que possamos passar a limpo tudo que tem acontecido, é preciso que sejamos firmes e destemidos, e juntamente com a Justiça Brasileira, combater a impunidade. 

Por isso é inevitável o "chororô" e a lamentação de alguns. Os tempos são outros, e embora os cães continuem a ladrar e ainda vão ladrar muito, a caravana certamente, que vai passar, porque as pessoas de bem, que constroem este país com o seu trabalho e o suor do seu rosto, acreditam num tempo muito melhor. Um tempo onde os corruptos irão parar no lugar destinado a eles: A cadeia. Mas não somente isso: É preciso devolver em todas as esferas, aquilo que foi surrupiado do erário público.

Por isso, queremos aqui prestar a nossa solidariedade à Justiça Brasileira, para que esta não esmoreça, que não se desvie do foco de apurar todas as denúncias, de apurar todos os fatos. Mais especificamente em relação ao Crato, queremos parabenizar o excelente trabalho dos promotores de justiça, o Ministério Público e a PROCAP, porque nós acreditamos que tudo isto que aí está não vai acabar em Pizza como alguns pensam. Nós, POVO, acreditamos que o Ministério Público e a PROCAP farão um trabalho exemplar, separando o joio do trigo, inocentando os inocentes e punindo exemplarmente os culpados. Só assim, nossa cidade, e por extensão, o Estado, e por extensão, o Brasil, começarão a se livrar deste pesadelo chamado corrupção, e só assim poderemos pensar em dias melhores para este grande país.

Por: Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com


Domínio solitário - Por: Emerson Monteiro

Nas tardes mornas, quando os pardais xamegam no silêncio de outubro há pouco refolhado, e o rádio toca velhas canções de saudade, o coração sacoleja no peito falas de jeito surdo, nas apreensões da solidão. Da lucidez, algo sagrado reponta pelas frestas calorentas. Nisso, andarilhos param nas esquinas em busca de rever amores perdidos, barba por fazer, sacos encardidos às costas, de dramas acesos nos olhos tristes. Apenas ausência de outras horas, outras terras, enquanto o relógio monótono desconta cada segundo, passo cadenciado dessas moendas que pedem paciência de mãos estendidas ao infinito.

Aqui dentro, nesta sala enorme de vazios preenchidos de trastes, na luz da esperança contida, uma fome sorrateira de novidades se arrasta pegajosa pelas galhas retorcidas do jardim. Lágrimas em poças ainda recentes cintilam tinta brilhosa dos carrões de luxo que deslizam entre motos e semáforos, rápidos bólides, nas malhas frias das ilusões, enquanto uns silêncios impacientes de novo apresentam credencias às portas do calor.

Quer-se fazer de modo à toa coisas antes feitas de forma inútil, para reter o tempo em nós, porém as faces do presente reclamam folhas novas às árvores da vida. Amores flutuantes ainda persistem, acalmando a sede do prazer, clamor de rês desmamada, sabendo, contudo, ser eterno o direito dos prazeres que permanecem feitos fiapos durante o percurso do espírito ao caminho da luz, frias madrugadas abissais.

Quereres atrozes na carne... Doces espasmos de culpas... Descem os bichos à represa para beber água no sumir do dia. Eu, aqui, vulto pensante de ser sofisticado, me olho por dentro do que sou e revejo possibilidades na sombra que se desprende longa no estirão do sol. Quero a tranquilidade do voo cósmico das garças ao longe, espantos que respigam tintas brancas no azul esmaecido, que moldura a tarde.

Cá em mim essa oficina que desentorta pontos de interrogação em soberbas exclamações dispostas perante as peças do cômodo em que me acho prisioneiro, no entardecer impaciente. Olho o eu que resiste e sabe que sairá do outro lado das cercas, no velho trilho do gado que volta. 

Pensamentos assim escorregam altivos pelas dobras da ausência, e insistem continuar fiéis ecoando nas paredes do tórax ansioso, gritos compassados de sabiás distantes, a reverberar a mata cinza de sertão sofrido, pelas vozes misteriosas da noite.

Aviso claro escreve no círculo  solar de brasa rubra tudo isso: Amor e paz que desfiam certezas diante do modo de viver que nos é dado com força e persistência, nas certezas definitivas da mais pura verdade.

(Foto: Jackson Bola Bantim).

Padre fazia sexo com menores em casa paroquial, regado à bebida alcoólica, na Paraíba


Arquidiocese confirmou que o padre Adriano José, de Jacaraú, está suspendo de ordem, ou seja, impedido de realizar missas

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Promotoria de Jacaraú, vai interrogar nesta quarta-feira (26), adolescentes que tiveram relações sexuais com o padre Adriano José, pároco de Jacaraú, no Litoral Norte do Estado. De acordo com o promotor Marinho Mendes, as orgias sexuais, que ocorriam dentro da casa paroquial e motéis, eram regadas à bebidas alcoólicas. A Arquidiocese da Paraíba confirmou que ele está suspenso de ordem, ou seja, impedido de realizar missas. O padre Jaildo Souto também teve às ordens suspensas suspeito de abuso sexual.

O promotor revelou que as investigações contra o padre Adriano José iniciaram em novembro de 2013, quando furtos foram registrados na casa do sacerdote. “Os menores suspeitos pelos crimes foram interrogados e daí eles revelaram que não roubaram, mas que receberam do padre após relações sexuais com ele”, disse Marinho Mendes.

Após depoimentos, o Ministério Público da Paraíba e a Polícia Civil abriram investigações e já confirmaram o envolvimento do padre Adriano José com 10 adolescentes. “Os rapazes entre 12 e 17 anos, disseram que recebiam entre R$ 50 e R$ 200 para se relacionar com o padre. Eles ainda disseram como ocorriam os encontros sexuais e as farras tanto na casa paroquial como em motéis da região. Os menores confirmaram que recebiam também presentes e sempre viajavam com o sacerdote”, comentou o promotor de Justiça.

O MP ainda disse que um material publicitário começou a circular na cidade denunciando o envolvimento do padre com rapazes menores de idade. O escândalo tomou proporção e o padre foi afastado das funções de sacerdote.

A Arquidiocese da Paraíba confirmou que o padre Jaildo Souto também foi afastado das funções eclesiástica suspeito de manter relações com um menor. Antes a entidade religiosa afirmada que o desligado do sacerdote era por motivo de saúde. Ele está suspenso de realizar missas e fazer batismo.

Padre Jaildo é investigado por abuso sexual na cidade de Pitimbú, Litoral Sul do estado. A Polícia Civil investiga o envolvimento dele com um rapaz, que hoje tem 21 anos, mas na época dos encontros sexuais o jovem tinha 15 anos.

Fonte: Portal Correio


O QUE DISSERAM OS VEREADORES QUE FORAM CHAMADOS DE TRAIDORES PELO EX-PREFEITO SAMUEL ARARIPE - Por: Ed Alencar


PODERIA ASSIM DIZER O SAUDOSO WALDIK SORIANO “ EU NÃO SOU COVARDE NÃO”. 


Sem querer, os depoimentos colhidos  por nossa reportagem junto aos acusados de traição, dariam um “plágio” da musica do saudoso Waldik Soriano: “Eu não sou covarde não”, foi o que responderam os vereadores, quando na sexta feira passada (21/fev), esteve aqui no Crato, o ex-prefeito Samuel Araripe para depor no Ministério Público e na PROCAP, e disse para a imprensa que veio para falar, diferentemente dos vereadores que ficaram mudos, e realmente falou, citou  até nomes dos  vereadores que covardemente lhe traíram na desaprovação de suas contas, nomes de pessoas aliadas e do seu próprio partido.  

E o que disse o vereador  Henrique Leite: "Eu não quero falar não, mas vou esperar o momento certo para dar a resposta". O que disse Expedito Anselmo: "Fiz minha parte na campanha do candidato do Samuel, do começo ao fim, ele falou que eu vivia dentro da casa dele, negativo, eu só andava na casa dele quando ia tratar assunto da campanha, e não conversamos sobre esse assunto de votar nas contas dele de forma alguma, ele disse o seguinte, se vocês quiseram seguir o prefeito Ronaldo, pode ficarem a vontade, mas ele nunca me pediu voto e depois que fui eleito e assumi, não vi mais ele nem uma vez, eu não fui covarde”.  

Resposta do presidente da câmara  Luis Carlos também citado disse: "Eu quero dizer que veio o parecer do TCM aprovando as contas, no meio do decurso apareceu uma denúncia, que foi aberto espaço para o advogado dele fazer a defesa, o advogado entendeu que a sessão era nula e se restringiu a falar somente contra a nulidade, ele não entrou em defesa das cantas do Dr. Samuel, poderá haver uma segunda sessão em virtude de qualquer nulidade, se imaginando isso que é o que o advogado defende, e se havendo uma nova sessão, podemos  mudar nosso voto”. 

Sobre o vereador  Darcio Luiz, citado por Samuel como o principal traidor e pivô de tudo, não foi encontrado e também não fala com a imprensa. Quanto ao vereador Fernando Brasil, assim respondeu:  "Qual o vereador que tem o nome que eu tenho aqui no Crato, com uma família honesta, que vai fazer acordo pra votar nas contas dele? Eu não fiz acordo com ele,  ele  me pediu que eu lhe ajudasse, e eu disse que ia ajudar, conte comigo Samuel, como é que eu tenho coragem de votar num cara desse se eu nunca pedi um tostão a ele, sou um homem sério”.

EM SUMA:  COM A PALAVRA NOSSOS LEITORES.

Por: Ed Alencar - Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


Roberto Pessoa diz que só conversa com Ciro depois que ele parar com as drogas - Por: Ed Alencar


Na manhã desta terça-feira 25/fev, o veterano político cearense Roberto Pessoa, em visita ao Crato, tomou café com a imprensa local e da região, onde falou que na sua estada aqui, visitou velhos amigos, assim como do seu partido Zé Adega, o jornalista Antonio Vicelmo, visitou  também o Bispo Dom Panico, abraçou a amigo Tio Bibi, do partido, e o encontro com a imprensa livre e solto.

Perguntado sobre essas indefinições no quadro pilítico do nosso Estado e região, e quem está embolando o “meio de campo”, respondeu: "quem está embolando o meio de campo é o calendário eleitoral,  porque só no dia 04 de abril será o dia fatal para o desincompatibilização daqueles que detém cargos no executivo, indo direto ao assunto, o governador Cid Gomes, terá que deixar o governo para se candidatar a deputado federal ou senador, então, esse é um dia importante se ele sair, para a política cearense isso vai dar uma reviravolta muito grande assim temos que esperar, se ele for candidato a senador e não apoiando Eunicio é um rompimento certo com o PMDB e talvez com o PT, até o ex-governador Tasso está esperando por esse dia.

AS BAIXARIAS SOFRIDAS DOS FERREIRAS GOMES

Perguntado sobre os palavrões, as baixarias recebidas dos Ferreiras Gomes, respondeu: "A família Ferreira Gomes, principalmente o "Pescoção Ciro Sarampe Gomes, já é conhecido em todo o Ceará, por sua baixa competência, baixa educação cívica e política, isso que vem de baixo não me atinge, tenho muita pena dele que está viciado em droga, e depois que ele se curar da doença dele, eu posso conversar com ele. 

Perguntado o que ele almeja se já tem uma escolha, respondeu: "Eu fui convidado pelo ex-senador Tasso, para ser governador, e eu disse que aceitava com muita honra, na condição que ele fosse candidato a senador nessa chapa, também o povo me pergunta se eu seria vice do Eunicio, eu nunca fui convidado por ele nem por ninguém, então vamos esperar 04 de abril até mesmo que outros me querem como deputado  estadual e não posso decidir só”.

O  ESCÂNDALO POLÍTICO  NO CRATO

Disse Roberto pessoa, sentir saudades do prefeito “Primo, Valtim, Dr. Macário, tantos outros ex-prefeitos que honraram seu mandato, assim como tantos vereadores que honraram também seu mandato na Câmara Municipal do Crato, onde a cultura do Ceará, nasce aqui no Crato, tem um papel político muito importante e agora com essa onda de corrupção que a câmara está em debate, parece que está em disputa com Juazeiro, para ver quem é a mais corrupta e entra também agora, a câmara de Santana do Cariri, com o escândalo do “colorau”, isso é um absurdo e o povo do cariri tem que saber em quem vai votar, não podemos desacreditar na democracia, a famosa independência dos poderes legislativo e executivo, não existe, quem tem o poder econômico financeiro é o executivo, ai  a câmara dos vereadores fica fácil presa, para os  prefeitos de plantão, não vou dizer do agora, o prefeito Ronaldo, pessoa boa, mais é difícil essa convivência câmara e executivo por que as vezes tem o "toma lá da cá", e isso não é só no Crato nem em Juazeiro.

Por: Ed Alencar - Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe
Foto ilustrativa: Iguatu.net


Se Padre Cícero ainda fosse o prefeito de Juazeiro do Norte –– Por: Daniel Walker


(Publicado no blog “Portal do Juazeiro”)

O presidente Lula, a presidente Dilma, o deputado Guimarães e o PT asseguraram que era ponto de honra, prioridade máxima, a ampliação do Aeroporto Regional Orlando Bezerra de Menezes, localizado em Juazeiro. Mas nada disso adiantou para impedir que a Infraero suspendesse a liberação da verba de 15,8 milhões de reais destinada aos trabalhos de ampliação do nosso aeroporto. Isso é o que acontece quando se deposita confiança em político no Brasil. Porém, se Padre Cícero ainda fosse o prefeito de Juazeiro esta cidade teria sido escolhida como sede de jogos da Copa, ganharia um novo e luxuoso Romeirão e o nosso aeroporto seria internacional e já estaria concluído. Ah, Como Padre Cícero faz falta!

Daniel Walker


O clamor dos contribuintes: Para que serve o Demutran? – por Armando Lopes Rafael


Este abuso divulgado em postagem  logo abaixo – pelo repórter Ed Alencar – é semelhante ao que eu, denunciei dias atrás neste Blog do Crato (e nos jornais noticiosos das emissoras de rádio desta cidade). 
No meu caso foi ainda pior, pois o caminhão estava quebrado e atravessado no meio da ladeira da Rua Carolino Sucupira, A ÚNICA VIA que dá acesso ao centro da cidade, para quem vem descendo pela Av. São Sebastião, proveniente dos bairros: Ossian Araripe, Parque Grangeiro, Parque Floresta, Grangeiro, Coqueiros e outros.
O Demutram – repito: que só sabe multar e não coíbe abusos como este abaixo – mesmo sabendo que eu não tinha outra opção para chegar ao centro da cidade, a não ser seguir outros carros que já desciam pela ladeira da Rua São Sebastião, multou-me em R$ 191,54 e ainda aplicou 7 pontos na minha carteira debochando com uma anotação: “GRAVÍSSIMA”.
É bom lembrar que no dia seguinte ao ocorrido, eu fiz uma defesa lógica, honesta e – feito um besta, que ainda acreditava no bom senso da diretoria do Demutran – escrevi uma defesa relatando a ocorrência, onde fiz constar: “No dia 27 de agosto de 2013 (há mais de cinco meses), por volta das 13 horas, vinha eu descendo no meu veículo a Avenida São Sebastião, bairro Ossian Araripe. Aquela via , como todos sabem, é mão e contramão, exceto o pequeno trecho da ladeira, quando – quem vai em direção ao centro de Crato – tem de descer a ladeira pela Rua Carolino Sucupira. Pois bem, descendo por esta última rua constatei que a mesma estava interditada por um caminhão, atravessado e quebrado ao meio da via pública. Este caminhão impedia o fluxo do tráfego de veículos, num flagrante desrespeito às normas de trânsito. O motorista do caminhão sequer colocou cones de advertência. Devido ao imprevisto, e como tinha hora marcada no oculista, dei marcha-ré e me dirigi a Pracinha do Pimenta utilizando os poucos metros da ladeira da Avenida São Sebastião”.
Moral da opereta buffa: CINCO (5) meses depois da minha defesa recebi a multa e a penalidade na carteira. Acho que nem leram minha defesa... A partir daquela data, o Demutram perdeu todo o respeito que eu tinha por ele. Como vivemos num país onde o contribuinte é sempre desrespeitado e os donos temporário do poder se julgam infalíveis e acima de tudo, só me restou denunciar à opinião pública esta ocorrência.
Mas o mundo dá muitas voltas. E nas voltas que o mundo dá um dia a justiça e bom senso vão prevalecer... Já dizia Santo Agostinho: "Deus ouve-nos quando ninguém nos responde, está conosco quando nos vemos a sós, ama-nos quando tudo nos abandona".

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30