xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 15/02/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

15 fevereiro 2014

Para você Refletir ! -Por Maria Otilia

Postaremos a seguir uma fábula que fala do amor incondicional de uma mãe. Nesta semana, um fato lamentável aconteceu. A nossa querida Margarete Maria, mãe de nossa  aluna  Kleitiane, faleceu após saber da  morte do seu filho. Para todos nós, esta foi uma das maiores provas do que o amor de mãe é imensurável, inclusive chegando a sangrar o coração  de tanta tristeza. Foi o que aconteceu com esta senhora, que amava incondicionalmente o seu filho. Para todas as mães que amam seus filhos, independente das qualidades, defeitos, temperamento,etc,, deixamos  esta mensagem. Boa leitura !

                                             A CORUJA E A ÁGUIA     
                                       

Conta uma fábula portuguesa que a coruja encontrou a águia, e disse-lhe:
— O águia, se vires uns passarinhos muito lindos em um ninho, com uns biquinhos muito bem feitos, olha lá não os coma, que são os meus filhos!
A águia prometeu-lhe que não os comeria; foi voando e encontrou numa árvore um ninho, e comeu todos filhotes. Quando a coruja chegou e viu que lhe tinham comido os filhos, foi ter com a águia, muito aflita:
— O águia, tu foste-me falsa, porque prometeste que não me comias meus filhinhos, e mataste-nos todos!
Diz a águia:
— Eu encontrei uns pássaros pequenos num ninho, todos depenados, sem bico, e com os olhos tapados, e comi-os; e como tu me disseste que os teus filhos eram muito lindos e tinham os biquinhos bem feitos entendi que não eram esses.
— Pois eram esses mesmos, disse a coruja.
— Pois então queixa-te de ti, que é que me enganaste com a tua cegueira.
Essa fábula é atribuída ao surgimento da expressão "mãe coruja "pois aos olhos das mães os filhos são sempre perfeitos e lindos, o coração de uma mãe é o lugar mais seguro do mundo e se precisar até sangra por um filho.
Existe um provérbio Iídiche (Israel) que diz: "Deus sabia que não poderia estar em todos os lugares, então criou as mães.", o provérbio significa que o amor de Deus se manifesta através do amor materno e a dimensão que representa ser mãe é algo tão grandioso que nós como filhos só entendemos o dia em que nos tornamos pais.
 Autor: desconhecido

George Macário - Urca lança nova campanha para acabar a Expocrato em seu espaço natural


ELES VOLTARAM! VAMOS À LUTA EM DEFESA DA EXPOCRATO!


O que nós queremos é a modernização do Parque para a EXPOCRATO e para outros eventos do Crato e da Região. Que ele seja ampliado para a utilização da população do Crato durante os 365 dias no ano, que ele seja aproveitado para ARTE e CULTURA, ESPORTE e LASER, FEIRAS e OUTROS NEGÓCIOS, a exemplo do Parque do Ibirapuera em São Paulo, entre outros. 

O Crato também merece um espaço de qualidade, com a natureza preservada, democrático, onde todos terão livre acesso. A URCA, INJUSTAMENTE, investe novamente na ideia de ocupar um espaço que pertence à população cratense, que há mais de 60 anos é DA EXPOCRATO e que ELA, também, poderia se utilizar dele. A URCA pode e deve buscar novas áreas do Município para fomentar o desenvolvimento com a sua atividade perene. 

Com certeza, no local onde estiver instalada qualquer estrutura universitária, esta terá sucesso e franco crescimento em suas cercanias . O que pode não ocorrer com a EXPOCRATO, que é sagrada para os cratenses. É como diz o ditado:"Com o que é sagrado não se mexe"... É por isto que voltamos a dizer: FICA EXPOCRATO!

George Macário de Brito 


Do Repórter Esso ao Rádio Repórter Antônio Vicelmo. Por: Mário Correia


E assim Parabenizamos a Rádio Educadora!

Uma vivência… Um Hábito! Ao ouvir, como de hábito, o Rádio Repórter Antônio Vicelmo algumas palavras que tocaram minha mente e fizeram–me lembrar de minha adolescência e a de meus irmãos, assim como, um trajeto de vida.

Façamos, por conseguinte uma pequena retrospectiva: Todas as manhãs éramos acordados com o noticioso do Repórter Esso. Vale lembrar que o Repórter Esso Nacional teve seu início em 28 de Janeiro de 1941, tendo como apresentadores os locutores Gontijo Teodoro, Luis Jatobá e Heron Domingues e seu encerramento em 31 de Novembro de 1969. Portanto, 28 anos de transmissão, conforme pesquisa. Contudo, outros historiadores dão como encerramento no Rádio, a data de 31 de Dezembro de 1968 e na TV, precisamente TV Tupi do Rio de Janeiro encerrou em 31 de Dezembro de 1970.

Pois muito bem! Nosso caminhar data de 1964 em diante. Então, meu pai “Seu Mário” não saia para o trabalho, sem antes ouvir o noticioso do Repórter Esso e por tabela, os filhos Mário, Antônio, Rômulo e Cleide (a mais nova); eram ouvintes assíduos. Portanto, hora de acordarmos para ir para o Colégio Diocesano do Crato. Uma vivência… Um hábito salutar que se impregnou em nossas vidas. Ainda se encontra em viva memória o dia 1º de Março de 1964, quando o locutor do Repórter Esso com voz grave e preocupante noticiou a Golpe Militar de 1964. Chamado, comumente pela Rádio de Revolução Brasileira. Neste dia “Seu Mário” nos deixou em seu Jeep, antes do horário normal, no colégio Diocesano e se dirigiu rapidamente para a Prefeitura do Crato, a fim de se inteira politicamente dos acontecimentos.

O tempo passa, a vida continua… E eis, que em meados do mês de Maio de 1965 surge uma voz nova, uma voz familiar, uma voz de nossa região: Antônio Vicelmo da Rádio Educadora do Cariri. É de suma importância o relato de fatos históricos, para entendermos o presente e prepararmos o futuro.

A vivência do Rádio… Um hábito… Levamos ao longo de nossas vidas… Do Repórter Esso ao Rádio Repórter Antônio Vicelmo. Acredito piamente, que este hábito de Radio está em nossos sangues, pois somos sobrinhos de “Seu Zé Cirilo”. Antônio, meu irmão tornou-se radialista. E o hábito do Vicelmo vém desde a adolescência. A história se repete. Paulo Ernesto, filho do Vicelmo seguiu a carreira do Pai- a comunicação.

E o Mário? O Mário, com a vivência, com o hábito de Rádio, também passou a acordar seus filhos; Mário Neto, Ana Hirlene e Hirlana Hévila com o noticioso do Rádio Repórter Antônio Vicelmo: É hora de notícia! Assim diz Antônio Vicelmo. E também, assim repetia Mário: é hora de acordar para ir para o Colégio Diocesano! Portanto, meus caros! O Rádio Repórter Antônio Vicelmo é o grande responsável por incutir em diversas gerações de nossa região este generoso hábito de “não sair de casa” sem antes ouvir a credibilidade do seu noticioso. O Crato, o Cariri, o Ceará tem dessas coisas boas. A vivência, o hábito, a boa amizade, etc. O destino segue. A história não para e as novas gerações surgem. Quem sabe? As netas do Mário; a Bianca, a Mariana e logo mais a Brice, também ouvirão em breve o Rádio Reporte Antônio Vicelmo?

Por último quero dizer: O Repórter Esso durou 28 anos no ar. Enquanto o Radialista, Repórter e Jornalista Antônio Vicelmo já passou dos 45 anos de profissão. Parabéns, Antônio Vicelmo pelo amor que você tem ao Rádio. “Somos eternamente gratos pela atenção que você sempre dispensou a nossa família.”

Mário Correia de Oliveira Júnior
Advogado



Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31