xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 09/02/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

09 fevereiro 2014

Monsenhor Àgio lança mais um livro



Mons. Ágio Augusto Moreira vem de lançar mais uma livro: “A espiritualidade do Padre Cícero Romão Batista – Cronologia”. A obra é composta por 90 anotações cronológicas, com início em 1844 – ano do nascimento do Pe. Cícero – e concluída em 1934, ano do falecimento deste sacerdote. As notas citam, ano a ano, as autoridades eclesiásticas (Papa, bispo da diocese, vigários) governo civis do Brasil, Ceará, Crato e Juazeiro, contendo ainda fatos importantes acontecidos entre 1844-1944. Entremeadas por essas anotações, monsenhor Ágio incluiu rápidas notas sobre a espiritualidade do Padre Cícero, ao longo da existência do Patriarca de Juazeiro.
Sobre o autor do livro
Mons. Ágio Augusto Moreira completou, no último dia 05 de fevereiro, 96 anos de idade. Ele nasceu em Assaré (CE), filho de Augusto Moreira e Raimunda Moreira. Estudou no Seminário dos Salvatorianos em Jundiaí (SP), mas retornou ao Ceará onde foi ordenado sacerdote, em 1943, após concluir o curso de Teologia no Seminário da Prainha, em Fortaleza. Em 1944, recém-ordenado, veio para Crato, como professor no Seminário são José, onde lecionou canto Gregoriano, Italiano, Grego e Francês. Foi professor de vários colégios de Crato. Foi diretor e regente da Schola Cantorum do Seminário São José. Foi Vigário-Cooperador nas cidades de Jardim, Icó, Farias Brito e Iguatu, todas – à época – pertencentes à Diocese de Crato.
Aposentado, monsenhor Ágio fundou a Sociedade Lírica do Belmonte, em Crato, instituição que mantém a Escola de Educação Artística Heitor Villa Lobos e a Orquestra Sinfônica Padre Davi Moreira. Nas horas vagas escreveu e publicou 12 livros. Além da recente obra sobre o Padre Cícero, já foram lançados: “Cancioneiro Religioso”, “O Domingo é Dia do Senhor”, “O Dízimo”, “Água Benta”, Símbolo Litúrgico”, “Um sonho realizado”, “O Cajueiro”, “Padre Davi Moreira: vida e obra”, “Escola de Educação Artística”, “Preciosíssimo Sangue de Cristo”, “Purgatório: O fogo que purifica” e “Quem pedala não envelhece”.
(Armando Lopes Rafael)
   

Natureza íntima - Por: Emerson Monteiro

Numa de suas parábolas, o sábio hindu Ramakrishna conta que, certa vez, uma tigresa prenhe realizava caçada em busca de alimento, e corria atrás de rebanho de carneiros apavorados, quando, na plena função de sobrevivência, acabou por dar cria. No esforço de parir, misturado com a pressa da perseguição desarvorada, a fêmea não resistiu e morreu. Ao saltar, cairia exangue ao solo.

Deixou vivo, entretanto, o filhote, de imediato cercado pelos ovinos, que se viram na condição de lhe oferecer elementos necessários à subsistência, consequência disso, o integraram ao rebanho, daí tocando adiante o tempo.

Logo copiaria o felino os hábitos daqueles com quem convivia, fruto da observação e do sustento. Nutria-se de vegetais, balia feito borrego na face do perigo e dormia nos estábulos, em harmonia com parceiros amistosos, sem desconfiar do que ele fosse.

Largos dias se passaram, quando, numa outra perseguição empreendida por tigre adulto que localizou os carneiros, este descobriu o tigre-carneiro, que viu ser observado pelo feroz predador. Admirado com a descoberta, a fera resolveu modificar a situação.

Perseguiu o raro animal, o prendeu pela nuca, cercando-o de cuidados extremos, e buscou lhe indicar a condição de parente seu, levando-o às margens de um lago tranquilo para mostrar, no espelho da água, os traços da parecença entre eles dois.

- Veja, sua forma é semelhante à minha! Somos selvagens. Seja, por isso, um tigre igual a mim. Coma carne invés de folhas e palha!

Desconfiado, todavia ciente dos argumentos, o tigre novo, criado pelos carneiros resolveu abandonar o rebanho amigo e se embrenhar nas matas, seguindo o tigre adulto.

A princípio, encontrou imensas dificuldades com a ração de carne que o outro apresentava das primeiras vezes, fazendo-o comer quase à força. Superados os esforços iniciais, sentiu prazer nas refeições sangradas, o que reforçou a condição que só naquela hora tinha a certeza de haver descoberto.

Mais algum tempo adiante, se adaptou aos valores originais da raça, cumprindo formalidades adormecidas do instinto, qual se antes nunca houvesse agindo de modo diferente.

Então, refeito do susto, o tigre mais velho a ele se dirigiu considerando:

- Agora você compreende que é semelhante a mim? Venha, siga-me nos caminhos da floresta.

...

Ao contar essa história, o místico indiano quis mostrar aos discípulos a importância da orientação a quem deseja descobrir o seu verdadeiro Eu, nada semelhante ao que imaginam os que vivem sob o domínio do ego no itinerário ascendente da busca espiritual.

Grande chuva cai nesta madrugada em Crato



05:15 - Uma grande chuva se abateu sobre a cidade do Crato na madrugada deste domingo, dia 09 de fevereiro, e começou por volta das 03:00. Não recebemos nenhum relato de vítimas ou acidentes. Mas, percorrendo de automóvel o bairro Vilalta, pude ver que o volume de água foi enorme, arrastando objetos, formando imensas poças e alagando ruas. Fazia um bom tempo que não chovia assim na nossa cidade, inclusive com raios e trovões. Maiores detalhes, logo mais aqui no Blog do Crato.

P.S - Às 05:37 a chuva já tinha praticamente parado.

www.blogdocrato.com


O fracasso do programa"Mais Médicos": cubanos moram em república, vivem de cesta básica e pagam ônibus


Profissionais do Mais Médicos trazidos por meio de convênio com o governo de Cuba reclamam da falta de repasse das prefeituras para despesas básicas
Pablo Pereira e Fabiana Cambricoli - O Estado de S. Paulo
Cubanos do programa federal Mais Médicos, responsáveis pelo atendimento em unidades básicas de saúde nas periferias de grandes cidades e no interior do País, têm trabalhado sem receber o dinheiro da ajuda de custo prometido pelas prefeituras. Para driblar o atraso, eles improvisam repúblicas, vivem de cestas básicas, recebem "vale-coxinha" e pagam, do próprio bolso, a passagem de ônibus para fazer visitas do Programa Saúde da Família (PSF).
Embora o Ministério da Saúde pague as bolsas, cabe às prefeituras arcar com os custos de moradia, alimentação e transporte. A cláusula é uma exigência do governo federal para a participação no programa.
"Em Cuba, disseram que teríamos facilidades que não estamos encontrando aqui. Prometeram, por exemplo, que haveria um carro nas unidades para levar para as visitas domiciliares, mas isso não existe. Temos de pegar ônibus e pagamos a passagem", diz uma médica cubana que atende em uma UBS da capital paulista.
Os médicos têm despesa extra de pelo menos R$ 24 com as tarifas. "Parece pouco, mas faz diferença porque recebemos só US$ 400, e o custo de vida aqui é alto", afirma. A bolsa em torno de R$ 900, ante a de R$ 10 mil paga a profissionais de outras nacionalidades, foi um dos motivos apresentados por Ramona Matos Rodríguez, de 51 anos, para abandonar o programa, no Pará, na semana passada.
Os médicos reclamam também do vale-refeição. "São R$ 180 por mês, dá R$ 8 por dia de trabalho. Onde você almoça em São Paulo com esse dinheiro?", pergunta um médico trazido por meio do convênio entre a Organização Pan-americana de Saúde (Opas), o governo federal e o governo cubano, que fica com a maior parte da bolsa.
Nenhum cubano ouvido na capital quis ter seu nome divulgado com medo de represálias.

O DESRESPEITO E A INDIFERENÇA COM A NOSSA PRÓPRIA HISTÓRIA...



LEI DO RESGATE HISTÓRICO DO CRATO E OUTROS VALORES CÍVICOS. Lei No. 2.707/ AGOSTO DE 2011. Sancionada. Entrou em vigor no mês de agosto de 2012.
Resumo: Torna obrigatório o ensino da HISTÓRIA DO CRATO nas escolas públicas municipais e, facultativamente, para as particulares e públicas estaduais e federais. 

Autor: Ex-Vereador George Macário de Brito.






Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30