05 dezembro 2014

Morre, aos 76 anos, o monsenhor Vitaliano Mattioli, postulador do processo de beatificação de Benigna Cardoso – por Patrícia Silva

Faleceu na manhã de ontem, 04, o monsenhor Vitaliano Mattioli. Em nota a Diocese de Crato lamentou a morte do monsenhor, que teve intensa atuação missionária na região do Cariri, em especial, como postulador do processo de beatificação da jovem Benigna Cardoso. “A Diocese de Crato deve muito a Mons. Mattioli, pelo seu exemplo de sacerdote santo, zeloso, humilde e ajuizado. Em oração, unimo-nos aos familiares e amigos de monsenhor Vitaliano Mattioli e a igreja particular de Crato, com esperança na ressurreição e na vida eterna que em Cristo nos foi prometida” diz o texto.
O monsenhor morreu às 10h21min, no Real Hospital Português, localizado em Recife- PE, onde realizou ontem, 03, uma cirurgia de reparação da válvula mitral, localizada no coração. A cirurgia ocorreu com sucesso, porém, logo depois ele apresentou algumas complicações e necessitou passar por uma nova cirurgia, quando não resistiu, e chegou ao óbito na manhã de hoje.
O corpo estará sendo velado a partir de amanhã na Catedral Nossa Senhora da Penha, em Crato- CE, onde no decorrer do dia estará acontecendo celebrações de missas. Devido à tamanha importância do monsenhor para a Diocese de Crato, seu corpo será sepultado na própria Catedral, na Capela da Ressurreição, sábado, dia 06, após a celebração da missa exequial que acontecerá às 7h, presidida por Dom Fernando Panico.
Eterno Missionário
Natural de Roma, Itália, o monsenhor Vitaliano Mattioli nasceu no dia 11 de outubro de 1938, e foi ordenado presbítero em 10 de março de 1963 para a Diocese de Roma. Participou, enquanto seminarista, do Concilio Vaticano II. Recebeu o título de monsenhor em 8 de outubro de 1983.
Foi professor na Universidade Urbaniana e na Escola Clássica Apollinaire de Roma e redator da revista “Palestra del Clero”. Possuía doutorado em Teologia Moral e Bioética. Morava no Brasil a 11 anos, dos quais 6 deles foram na Diocese de Crato, onde estava atualmente.
Para a Diocese de Crato o monsenhor vinha prestando serviços muito importantes. Foi o postulador do processo de beatificação da Mártir da Castidade, Benigna Cardoso, que já recebeu o título de Serva de Deus, fato que anima o povo a acreditar em uma beatificação bem próxima. Também estava como assessor espiritual diocesano da Pastoral Familiar e lecionava no Seminário Diocesano São José, onde exercia a missão de diretor espiritual.
(Fonte: Site da diocese de Crato)
                                                                                                

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.