26 dezembro 2014

Ceará já investiu R$ 657 milhõesna Refinaria

Refinaria_Banner

Desapropriações, reassentamentos, doação de terrenos e construção de infraestrutura foi o que se realizou para a Premium II de 2009 até hoje. Nada disso feito pela Petrobras

O POVO em abril de 2009 noticiou que o Governo do Estado iniciava negociação para compra de terreno

O Governo do Ceará já investiu R$ 657 milhões em obras de infraestrutura para a instalação da Refinaria Premium II, da Petrobras, no período de 2009 a 2014. Os recursos também foram destinados para a construção de um centro de treinamento e readequação do Porto do Pecém. Até o momento, o empreendimento da estatal continua sem data prevista para iniciar as obras.

A terceira fase de expansão do Porto do Pecém é o maior investimento feito pelo Estado, com R$ 568 milhões. As obras estão com 48% de conclusão, conforme a Cearáportos. Especialmente para a refinaria, estão sendo construídos 600 metros de cais, com dois berços de atracação de navios cargueiros ou porta-contêineres.

Há também a ampliação do pátio da retroárea de aproximadamente 69 mil metros quadrados. O orçamento total da terceira expansão é de R$ 1,3 bilhão.

Conforme a Secretaria da Infraestrutura do Ceará (Seinfra), o cronograma de expansão do porto está dentro do previsto no projeto. A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e a Transnordestina devem usufruir dessa nova etapa do porto.

Estradas

Outra obra do Governo do Estado para a concretização da refinaria é o desvio da CE-085, que, em seu traçado original, passa por dentro do terreno que abrigará o empreendimento.

Conhecido como Trecho 2, envolve 12,56 quilômetros entre a ponte sobre o Rio Cauípe e a variante da refinaria. Foi orçado em R$ 22 milhões.

No leque de realizações, consta também o Centro de Treinamento do Trabalhador Cearense Lauro de Oliveira Lima (CTTC), para atender a necessidade de qualificação da mão de obra de empresas que queiram se instalar no Complexo Portuário do Pecém, além da refinaria e da CSP.

Com investimentos em torno de R$ 40 milhões, o equipamento possui condições de uso. No entanto, ainda não foi inaugurado pelo Estado.

Projeção

O gerente de Negócios da Refinaria Premium II, Raimundo Lutif, afirmou que continua trabalhando na execução do projeto., mesmo após o anúncio da presidente Graça Foster de que as Refinarias Premium I e II seriam afetadas pela Operação Lava Jato, que investiga desvio de dinheiro da estatal,

No entanto, referiu-se somente às obras do porto do Governo do Estado. “A gente está na fase de projeto. O principal é o do governo do estado. Estamos seguindo sem grandes transtornos, dentro do cronograma”, afirmou.

A expectativa é que a Premium II produza de 300 mil barris/dia. O investimento é de R$ 11 bilhões. Estima-se que o empreendimento gere 90 mil empregos (diretos e indiretos).

O POVO procurou a Petrobras desde o dia 18 de dezembro para saber quanto a estatal investiu na Refinaria Premium II nos últimos anos. Não houve retorno até o fechamento desta edição. (colaborou Átila Varela)

Números

568 milhões de reais serão gastos na terceira fase de expansão do Porto do pecém

28,7 milhões de reais serão gastos até o total reassentamento de famílias que moravam no terreno da futura refinaria

O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.