24 outubro 2014

Crônica - Dona Nilza, por Jorge Carvalho


No próximo dia 24, sexta-feira, as famílias Lucas e Alves de Sousa, com uma missa na Sé Catedral, às 17 horas, lembrará a professora, mestra, educadora Maria Nilza Alves de Sousa. Há um ano, nos deixava para habitar outra dimensão deste imenso universo, e a saudade, a memória, a lembrança física é sempre presente não só nos familiares e sim em toda a cidade que a viu caminhar por suas ruas, presenciou seu tirocínio empreendedor para a profissão do magistério, exercendo-o com o mais nobre comportamento religioso, humano e fraterno, deixando em cada um, em cada uma que teve a virtude de com ela conviver a marca singular do amor fraterno, da ternura humana, do convívio gratificante. 

Exemplo de caráter, honradez... como seus genitores, irmãos, tias, tios, fazendo dessas qualidades referência familiar cratense, bem maior que muitos políticos “aves de rapina” que essa cidade possui e possuiu tendo assim realizado as famílias acima mencionadas muito mais por esta cidade, obstante a indiferença da mídia e de meia dúzia de puxa-sacos locais.

Jorge Carvalho
Membro do Blog do Crato


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.