02 outubro 2014

A missão de Dom Fernando Panico exige continuidade – por Patrícia Silva (*)



A Diocese de Crato vive a expectativa do seu primeiro centenário. Cem anos de luta pela paz, pela fraternidade e pela justiça social. Um legado comprometido em servir a Deus e ao povo, que vem sendo construído com a grande contribuição do pastor diocesano Dom Fernando Panico, o quinto bispo.
Para conduzir o rebanho que lhe foi confiado, Dom Fernando conclama um planejamento da direção pela qual a diocese romeira e missionária deve se orientar. Sua presença como pastor se destaca na preocupação em fazer frutificar, no coração da Igreja e dos fiéis caririenses, os mais singelos ensinamentos de Cristo, sendo designado pelo próprio povo como o Bispo Bom Pastor, pois possui em suas ações o compromisso de ser a ponte que aproxima os cristãos do coração de Deus, com a simplicidade calma e serena que lhe é própria. A presença do bispo na Diocese gera grande satisfação pelos fiéis e do clero, que trabalha em comunhão em busca do melhor para a evangelização.
Ciente de que essa missão requer continuidade, Dom Fernando Panico, auxiliado pelo Espírito Santo de Amor, conduz, entre os dias 6, 7 e 8 deste mês, os passos que vão dar sequência à caminhada pastoral nos próximos anos, complementando o que foi iniciado no Seminário Diocesano de Pastoral realizado em setembro.
São muitos os planejamentos e grandes os passos que o pastor diocesano tem como meta para os anos vindouros, em que ele conduzirá esse rebanho, e quem ganha com tudo isso é o povo, as comunidades, o clero, enfim toda a igreja e sociedade por ter um sacerdote comprometido com a causa da missionariedade e dos pequenos, como pede o próprio Jesus. Um bispo que doa cada segundo de sua vida pelo próximo e que no ápice de sua missão dar ao outro o lugar privilegiado.
A caminhada continua e junto ao clero diocesano, a presença firme de Dom Fernando, fará com que a região do Cariri e toda a igreja seja sempre vista como espaço sagrado onde o amor de Deus reina perante todas as dificuldades. A meta do encontro é trilhar caminhos. Para a diocese centenária. Para os fiéis. Para a vida. Para Deus.

(*) Patrícia Silva, jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.