05 setembro 2014

Bispos do Regional Nordeste 1 da CNBB encerraram encontro realizado em Crato – por Patrícia Silva

Encontro contribuiu para maior unidade dos bispos do Ceará
De 1º a 4 de setembro os bispos do Regional Nordeste I da CNBB, que compõe o território do Ceará, estiveram  reunidos na cidade de Crato, para um encontro de convivência comunitária, visando promover a unidade na diversidade e estreitar os laços entre as dioceses  do estado. O encontro contou, nos dias iniciais, com a presença do Cardeal Dom João Braz de Aviz, que veio a Diocese de Crato, em nome do Papa Francisco, para coroar a imagem da padroeira diocesana, Nossa Senhora da Penha, dentro das festividades comemorativas ao centenário de criação da Diocese de Crato.
Na programação do encontro dos bispos cearenses teve momentos de espiritualidade, visita à cidade de Santana do Cariri, onde os pastores puderam conhecer o local do martírio da Serva de Deus Benigna Cardoso da Silva. Os bispos conheceram ainda  o Museu de Paleontologia de Santana e participaram da inauguração da nova  Cúria Diocesana Bom Pastor, além da solenidade de coroação da imagem-histórica  de Nossa Senhora da Penha, pelo legado pontifício cardeal Dom João Braz de Aviz.
Ao final do encontro, e na qualidade de anfitrião, Dom Fernando Panico falou da alegria que sentiu por estar acolhendo seus irmãos no episcopado na cidade de Crato. Dom Fernando disse que o convívio nesses quatro dias estreitou os laços entre os bispos cearenses na meta pela unidade, proporcionando os bispos  conhecerem por depoimento dos sacerdotes cratenses a realidade da Diocese de Crato e as dificuldades aqui enfrentadas.

Medalha do Centenário da Diocese de Crato entregue aos bispos do Regional NE I e ao Cardeal Dom João Braz de Aviz. (Foto: Patrícia Silva)
Sobre a importância do encontro o Bispo Dom José Haring, OFM, presidente do Regional NE I da CNBB, explicou que “Cada um de nós bispos está na sua Diocese. A gente se encontra para trabalhar, então já há uns anos atrás surgiu à ideia de fazer uma semana de convivência, onde falamos sobre as nossas dioceses, problemas pessoais, estudamos também um pouco e se trabalha até mais, como se fosse uma reunião de trabalho, mas sempre tem o lazer, a presença, o dia e noite que estamos juntos, e isso cria laços profundos entre todos nós, conseguindo aproximar as igrejas cada vez mais, promovendo a unidade na diversidade. Todos somos igreja de Jesus Cristo, mas cada uma tem um rosto todo especial pela geografia, pela história, pelo bispos, padres ou pelos fiéis questão na diocese mas não deixamos de ser um em Cristo”, afirmou.
Dom José Haring também falou da importância do ano jubilar que a Diocese de Crato esta vivenciando desejando que todos permaneçam unidos nesta igreja. “O mundo precisa de união. Têm tantas ideias diferentes, tantas propostas diferentes. Que possamos nos apoiar um no outro aceitando a diversidade, aceitando o jeito de cada um e sabendo que temos a mesma fé e estamos na mesma igreja. Assim estamos dando um testemunho do próprio Deus que um e três na sua diversidade, na sua unidade, Somos assim um espelho, reflexo, uma imagem da Santíssima Trindade e que essa imagem fique cada vez mais luminosa, brilhosa no mundo em que estamos vivendo. Parabéns a Diocese de Crato por estes 100 anos”, disse.
Por ocasião do centenário da Diocese de Crato todos os bispos receberam uma medalha com a logotipo do centenário e a imagem de Nossa Senhora da Penha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.