18 agosto 2014

Nave espacial Cygnus se desintegra ao voltar para a Terra


Uma nave espacial Cygnus, da Orbital Sciences, desintegrou-se neste domingo, conforme previsto, ao reentrar na atmosfera terrestre, após missão de um mês, que levou provisões à Estação Espacial Internacional (ISS).

A nave tinha se desacoplado da ISS na sexta-feira às 07H40 de Brasília e depois se manteve em uma órbita independente por dois dias, antes de ligar seus motores para retornar à atmosfera terrestre. A operação de descida, na qual a nave se incendiou, foi programada para durar 30 minutos. A tripulação a bordo da Estação Espacial observou e documentou a queda da nave espacial, publicando no Twitter fotos que mostram o veículo como uma espécie de cometa. Lançada em 13 de julho passado, a Cygnus levou à ISS 1.657 quilos de materiais, incluindo novos satélites, experimentos para cultivar rúcula no espaço e uma bomba para o módulo japonês que substituirá outra que parou de funcionar.

Diferentemente das naves da SpaceX - outra empresa americana -, que pousam no mar ao voltar para a Terra, as cápsulas da Orbital se incendeiam ao ingressar na atmosfera terrestre.
A missão de reabastecimento era parte de um contrato de um bilhão de dólares com a Nasa para realizar várias viagens à ISS. A Nasa não retornou ao espaço após encerrar, em 2011, seu programa de ônibus espaciais, que durou 30 anos.

AFP - Via Yahoo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.