07 julho 2014

Governo do Estado - Secult anuncia 16 CINEMAS em oito municípios cearenses e lança Edital Ceará de Cinema e Vídeo‏


Em parceria com Ancine, Secult lança Edital Ceará de Cinema e Vídeo e anuncia 16 novas salas de cinema, em oito municípios cearenses

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará está lançando o Edital Ceará de Cinema e Vídeo 2014. Em parceria com a Agência Nacional de Cinema (Ancine), o Edital terá R$ 7,66 milhões para investimento direto em projetos audiovisuais, incluindo R$ 4,45 milhões em recursos do Governo do Estado do Ceará e R$ 3,21 milhões em recursos da Ancine. Através de parceria entre a Secult e a agência, também estão garantidos R$ 20 milhões para a construção de 16 novas salas de cinema, em oito municípios do Interior cearense.

Firmada após diversas reuniões que contaram com a presença do secretário da Cultura, Paulo Mamede, no escritório central da Ancine, no Rio de Janeiro, a parceria garante recursos para importantes ações de impulso ao audiovisual cearense e ampliação e democratização do acesso à produção cinematográfica, nas diferentes regiões do Ceará. O Edital Ceará de Cinema e Vídeo volta a ser lançado, após três anos, desta vez com o triplo dos recursos, em relação ao valor investido na edição anterior. O novo edital, que contempla categorias como curta-metragem, longa-metragem e projetos para TV, concretiza o compromisso da Secult em garantir o lançamento de todos os editais em 2014 e assegura uma substancial injeção de recursos para o audiovisual cearense.

O Edital contará com três categorias. A primeira delas, “Produção”, compreende apoio a desenvolvimento de roteiro de longa-metragem (ficção, documentário e animação), curta-metragem, projetos para TV e novas mídias. O investimento total é de até R$ 5.828.000,00 A categoria “Desenvolvimento do Cineclubismo” assegura recursos para criação e manutenção de cineclubes, com investimento total de R$ 662.000,00. Já a categoria “Formação em Audiovisual” terá investimento de R$ 1.170.000,00, para formação de técnicos profissionalizantes, exibidores e cineclubistas e para eventos de formação em audiovisual.

“O Edital Ceará de Cinema e Vídeo está sendo lançado após um amplo e intenso debate com os realizadores, produtores e técnicos. A Secretaria procurou contemplar ao máximo as sugestões dos representantes do audiovisual cearense, que deram importantes contribuições para o aperfeiçoamento do edital”, destaca o secretário executivo da Secult, Paulo Victor Feitosa. “O retorno do Edital, com o triplo do investimento em relação à edição anterior, é uma ação importante para dar um novo fôlego à nossa produção”, complementa.

As inscrições para o Edital serão abertas na segunda-feira, 7/7, e seguem até 15 de agosto, sempre das 8h às 12h e das 13h às 16h30min, na sede da Secult (Rua Major Facundo, 500, Edifício do Cine São Luiz, Centro, Fortaleza), ou encaminhadas via Correios, na modalidade Sedex, com aviso de recebimento.

Cinemas para o Interior

A parceria entre Secult e Ancine também garantiu R$ 20 milhões em recursos para a construção de 16 novas salas de cinema, em oito municípios de diferentes regiões do Ceará: Aracati, Crateús, Canindé, Crato, Iguatu, Itapipoca, São Benedito e Tauá. As novas salas de exibição integram o programa “Cinema Perto de Você”, parte do programa “Brasil de Todas as Telas”, lançado na última terça-feira, 1/7, pelo Ministério da Cultura, em Brasília, em solenidade que contou com a presença do governador Cid Gomes e do secretário executivo da Secult, Paulo Victor Feitosa. Ao todo, o Governo Federal destinará R$ 1,2 bilhão para produção, distribuição e programação de conteúdo audiovisual, com o objetivo de aumentar o mercado interno e universalizar o acesso aos serviços audiovisuais no País.

“Cada complexo, instalado em cada um dos oito municípios, possui duas salas de cinema, uma com capacidade para 100 pessoas e outra para 200 pessoas, todas com equipamentos digitais de alta qualidade. O investimento em cada complexo é de R$ 2,5 milhões, sendo R$ 2 milhões da Ancine e 500 mil em investimento da Secult”, detalha Paulo Victor Feitosa.

“Serão salas públicas, construídas com recursos federais e estaduais e mantidas pelas Prefeituras, com recursos municipais. Será lançada uma chamada pública para receber propostas de exibidores interessados nos cinemas. O valor arrecadado com as bilheterias será destinado ao Fundo Municipal de Cultura, de cada cidade, para fomentar a produção local”, complementa Paulo Victor.

Para o gestor, a implantação de oito salas de cinema, em municípios de diversas regiões do Ceará, significará uma grande ação de descentralização do acesso à produção cinematográfica. “Apesar de avanços obtidos nos últimos anos, ainda são poucos os municípios que contam com cinemas. Com as novas salas abertas em parceria entre a Secult e a Ancine, teremos um mapa bem mais democratizado do acesso às exibições de cinema, com os municípios também atuando como polos capazes de atrair espectadores de cidades vizinhas”.

Formulado com base no Plano de Diretrizes e Metas para o Audiovisual, o “Brasil de Todas as Telas”, programa que compreende o “Cinema Perto de Você”, é uma parceria entre o Ministério da Cultura, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) e representantes do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). As ações do programa são estruturadas em torno de quatro eixos principais: desenvolvimento de novos projetos e obras audiovisuais brasileiras; produção e difusão de obras audiovisual brasileiras na TV e nos cinemas; capacitação e formação profissional; e implantação e modernização de salas de cinema.

Governo do Estado do Ceará


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.