12 abril 2014

Notícias & Comentários (por Armando Lopes Rafael)

Crescendo igual a rabo de cavalo

Já estamos praticamente na metade do mês de abril. E nada de sair o prometido retorno da Zona Azul, a mesma que até o início de 2014 disciplinava o estacionamento de veículos no centro de Crato. Semáforos estão sem funcionar, como é o caso do existente na Rua Nossa Senhora de Fátima, esquina com a Pracinha dos Jambos, no bairro do Pimenta. Parece que a Prefeitura não tem mais serviço de manutenção dos semáforos.  O que se observa hoje é um sentimento generalizado de pessimismo tomando conta da população cratense. Muitos dizem: “Já se passaram 1 ano e 4 meses da nova administração e o que foi feito até agora para melhorar a cidade?” Ganha um doce quem citar alguma obra feita nos últimos 16 meses,com recursos próprios da atual gestão municipal...

Vôte!

A esta altura do campeonato – faltando apenas dois meses e meio para o dia 21 de junho – dificilmente os cratenses terão uma comemoração à altura, motivada pelos dois séculos e meio de existência da sua cidade. Quando muito, acontecerá alguma sessão pífia, com a inevitável presença de políticos, e estes com suas credibilidades a cada dia mais em baixa, embora continuem prenhes de promessas ocas, tendo como moldura suas loas costumeiras.


Boa notícia

Conhecida como uma cidade pobre em monumentos, Crato vai ser beneficiado com três novas obras artísticas. A estátua de Nossa Senhora de Fátima, no bairro Barro Branco, iniciativa do deputado Ely Aguiar está praticamente pronta. Graças à iniciativa de alguns idealistas dois novos bustos estão para ser inaugurados: um de Madre Feitosa, no Colégio Pequeno Príncipe e outro de monsenhor Pedro Rocha de Oliveira, no pátio interno do Seminário São José.

Ruiu parte do teto da igreja de Nossa Senhora Aparecida

As fortes chuvas que vêm caindo na cidade de Crato trouxeram grande prejuízo para a população do bairro Batateiras. Parte do teto da igreja-matriz de Nossa Senhora Aparecida, localizada naquele subúrbio de Crato ruiu numa noite da semana passada. O pároco Pe. Paulo Borges enfrenta agora a falta de recursos para fazer as obras de restauração daquele templo católico que teve sua construção iniciada em 1958. Apela-se para toda a comunidade católica de Crato para ajudar os trabalhos de reconstrução da igreja de Nossa Senhora Aparecida.

Sineval Roque cochilou

Pois é. O deputado estadual Teodoro Soares (que já foi reitor da URCA) -- foto à direita --está consultando os alfarrábios e preparando um bem elaborado discurso -- a ser feito na Assembleia Legislativa do Ceará, nos próximos dias  --  abordando o centenário de criação da Diocese de Crato, e incluindo – de quebra – uma homenagem pelo centenário de nascimento de monsenhor Pedro Rocha de Oliveira, data que será festejada em Crato – principalmente no Seminário São José – no próximo dia 22 de maio.
Lembrando monsenhor Rocha - 1

Humilde de origem, pois filho de um modesto ferroviário da extinta Rede de Viação Cearense, Monsenhor Pedro Rocha de Oliveira ocupa lugar na história da Diocese de Crato, como um dos seus mais valorosos sacerdotes. Um homem vocacionado por Deus para a missão de educar e servir aos semelhantes. Foi ordenado presbítero com 23 anos e seis meses de idade. Viveu apenas 57 anos, 34 dos quais exercendo um profícuo ministério sacerdotal. Tão logo foi ordenado sacerdote, Monsenhor Rocha passou a lecionar no Seminário São José, o que fez por seis anos, findos os quais assumiu o cargo de reitor dessa instituição, lá permanecendo por mais 15 anos. Mas suas atividades não se limitavam só a isso.

Lembrando monsenhor Rocha - 2

Mons. Pedro Rocha de Oliveira foi, por 24 anos, Provedor do Hospital São Francisco de Assis, sendo que, nos últimos 12 anos da sua vida, residiu no próprio hospital. Por essa atividade ficou conhecido como “O Apóstolo da Caridade”. Simultaneamente, foi jornalista e diretor do jornal “A Ação”, órgão oficial da Diocese de Crato; orientador espiritual da Liga Feminina da Ação Católica; radialista, produtor e apresentador do programa “Consultório da Família”, levado ao ar pelas emissoras de rádio da cidade de Crato; Diretor Diocesano da Obra de Vocações Sacerdotais, entidade responsável pelo financiamento dos estudos de muitos sacerdotes. Sem falar que sempre foi muito requisitado para pregar retiros espirituais.

Peregrinação da imagem da Padroeira de Crato


Dentro das comemorações pelo centenário de criação da Diocese consta uma peregrinação da imagem histórica de Nossa Senhora da Penha, nas 55 paróquias da Igreja Particular de Crato. A imagem escolhida para peregrinar foi a segunda venerada como padroeira de Crato (ver foto ao lado) a mesma que sai nas procissões do dia 1º de setembro. Esta estátua foi venerada de 1745 – à época da ainda Missão do Miranda – até 1938, quando foi substituída pela atual representação da Virgem da Penha que pontifica nos dias de hoje no altar-mor da catedral cratense.

Toda paróquia da Diocese de Crato terá uma réplica da imagem peregrina

Para perpetuar essa peregrinação da histórica estátua de Nossa Senhora da Penha foi encomendada – a uma fábrica de imagens sacras – a confecção de 60 (sessenta) réplicas dessa estátua. Elas estão sendo feitas artesanalmente, em fibra de vidro, com excelente acabamento e primorosa pintura, medindo cada uma cerca de 80 centímetros. No dia 1º de setembro próximo cada paróquia receberá uma imagem, a qual será colocada em local de destaque nas 55 igrejas-matriz das paróquias que compõe a Diocese de Crato.

E os fiéis cratenses verão a imagem histórica todos os dias

A imagem histórica da padroeira será coroada – na cidade de Crato – no próximo dia 1º de setembro, por um representante do Papa Francisco e depois ficará exposta, a partir daquela data, num nicho que será construído no interior da Catedral de Nossa Senhora da Penha. A cada dia que passa a Catedral de Crato consolida sua posição de ser o  edifício mais importante dentro do que resta do patrimônio histórico, artístico e cultural da Cidade de Frei Carlos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.