xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 31/12/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

31 dezembro 2013


FELIZ ANO NOVO, CRATO !!!!!!!!!!!!!

Crato-Natal-Seminario2a

 
Img_7067
 

Img_7031


Img_7003


Img_7001


Img_6957


Crato-Natal-Seminario


Img_6952



Img_6948


Img_6194
Img_6186


FOTOS: Dihelson Mendonça ( Com grande ajuda do meu querido amigo ED ALENCAR )
Proibida a Reprodução, cópia e uso sem autorização do autor. Para conseguir autorização, entre em contato através do e-mail blogdocrato@hotmail.com

www.blogdocrato.com
Desde 2005 registrando todo dia, a História do Crato para a posteridade


Prefeito do Crato, Ronaldo afirma que vetará projeto de lei que fere o meio ambiente.



Em entrevista hoje ( 31 ) pela manhã ao Blog do Crato, o prefeito Ronaldo Gomes de Mattos afirmou que a população pode ficar tranquila em relação a um projeto que tramita na Câmara Municipal do Crato,  que converte em Zona Residencial (ZR) as Zonas Especiais Ambientais. Ronaldo afirma que não tem cabimento a construção desenfreada em terrenos que podem ser inundados por enchentes, ou construções que representem qualquer perigo à população. Afirmou que o município do Crato possui uma área extensa e que a cidade pode crescer para outros lados, como o Bairro Barro Branco e outras áreas fora de terrenos pantanosos ou de áreas de brejo. Afirmou ainda que não é necessária qualquer campanha a fim de convencê-lo das grandes questões de preservação ambiental, pois sua própria empresa, a CGM, há muitos anos trabalha no sentido da preservação do meio ambiente através de reflorestamento e manutenção de áreas de preservação. Ressaltou ainda que não deseja transferir o fardo de cometer algum engano hoje para que as futuras gerações possam vir a culpá-lo por haver tomado uma decisão que comprometa as questões ambientais. 

Há poucos dias foi publicado na internet uma denúncia, pelo vereador Amadeu de Freitas de um projeto de autoria do vereador Luis Carlos Saraiva, que convertia em Zona residencial ( ZR ) as chamadas Zonas Especiais Ambientais. O vereador Amadeu propôs nos últimos dias inclusive uma mobilização e uma discussão por parte da sociedade no sentido de analisar melhor este projeto que se fosse aprovado, poderia trazer enorme impacto ambiental para a cidade do Crato. 

www.blogdocrato.com
Foto ilustrativa: Amadeu de Freitas


Nas lutas deste mundo - Por: Emerson Monteiro

Pelos variados campos, há lutas. Seja nos leitos de hospitais, seja nos ringues, há lutas. Elas são a tônica do viver. Nada de fraquejar, porquanto os segredos imperam aos lutadores. Sozinhos ou acompanhados, a escola revela os meios de crescimento nas estradas do destino.

Nas sociedades, por vezes existem protestos face ao jeito de conduzir os negócios do Estado. Críticos repassam aos dirigentes o peso dos insucessos, e que outros ofereçam alternativas aos discursos, mas na prática abandonam o barco, causando infelicidade às minorias e maiorias.

Esquecem aqueles os deveres do cidadão para com os seus direitos. Uns negam com facilidade as coletividades, quando o trabalho comum produziria melhores resultados. A luta diária da cidadania significa bons representantes, bons projetos e justiça social.

Nas famílias, assim também, conscientização e trabalho persistente, visando aprimorar as relações humanas. O paternalismo impõe enfraquecimento dos tecidos, motivo de dúvidas e súplicas. Houvesse menos alienação e as bênçãos seriam maiores.

Dentro disso, a lei da justiça, que provê sem cessar os frutos da árvore desta vida. Além de só implorar ou cantar loas a Deus, os indivíduos cuidassem de sua parte no bosque da Criação. Olhar os passos que dá e buscar os lugares sábios na construção da fortuna e da felicidade. Imaginemos quando acontecer tais previsões, e todos agirem de acordo com o certo quais maravilhas advirão.

Pois as lutas são nossas, lutas de paz, no âmbito do trabalho justo, dos estudos e relacionamentos. Organizar os espaços interiores através das atitudes sinceras, fraternas, inteligentes, em forma de providências nascidas do sentimento solidário e harmonioso da união das multidões.

Abrir assim o caminho das vivências, o que lembra Jesus, Buda, os santos. O amor é solene. A dor da matéria é o prazer do espírito a desmistificar o tempo físico. Pensar, só pensar, resolve pouco. Já amar custa o preço do desapego. Desapego até dos pensamentos vacilados. Esta necessidade vem por dentro da carne, no enigma das existências. Sentir, buscar e praticar a certeza. Nem sempre fácil, pois dói e exige decisão.

Sem isto, nada a oferecer, só vaidade, hábito e costume. Lembra o óbulo da viúva de que Jesus fala. Sim, dá daquilo que nos faria falta, do prazer, da comodidade, das satisfações pessoais, dos momentos agradáveis. Oferecer um nós de pedaços de si em forma de doação pela conquista do Reino. A luta de sofrer consciente o que quer, porém sem perder o ponto de vista do Bem e do Amor.

(Foto: Jackson Bola Bantim).

Eduardo Campos diz que deixará o governo de Pernambuco no dia 4 de abril

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), confirmou nesta segunda-feira (30) que vai deixar o comando do Executivo no dia 4 de abril. Provável candidato à Presidência da República, ele deu a declaração à rádio Cultura, de Palmares, interior pernambucano.
"Vou ficar no governo até o prazo legal [de acordo com a Lei Eleitoral], que é dia 4 de abril", disse ele, segundo a assessoria do governo.
Ex-ministro de Lula, Campos rompeu com o governo Dilma e tem feito críticas à gestão do PT. Neste domingo (29), afirmou que o governo federal foi omisso no combate a enchentes. Campos admitiu que ainda é desconhecido em todo o país. "Eu sou conhecido em Pernambuco, mas fora [do Estado] nós só vamos vencer esse desconhecimento quando o debate da TV e do rádio for iniciado", afirmou.
Também disse que, por isso, irá percorrer todo o Brasil. Com a saída de Campos, o vice-governador do Estado, João Lyra Neto (PSB), vai assumir o comando em Pernambuco.
(Fonte:"Folha de S.Paulo")

Um grande bispo que revelou duas características da ação do demônio: divisão e violência – por Armando Rafael



Fulton Sheen (1895–1979) foi um dos grandes bispos católicos da América do Norte que ficou conhecido por sua pregação e, especialmente, o seu trabalho na televisão e no rádio. Foi sagrado bispo em 1951 e durante 28 anos exerceu o episcopado, a partir de 1969 atuou como arcebispo de Nova York, onde faleceu em 1979. Sua causa de beatificação está em estudos no Vaticano. Atualmente ele já pode ser chamado Servo de Deus, primeiro estágio para atingir a canonização.
Há mais de 40 anos, Fulton Sheen já dizia que a primeira ação do demônio é criar divisão. Dom Fulton Sheen escreveu que a palavra “diabólico” vem de duas palavras gregas “dia+Bolós”, significando: separar, dividir. O bispo norte-americano dizia que “nossas famílias são rachadas, nossos casamentos são rachados. Os divórcios são exaltados e compromissos de quaisquer tipos são rejeitados e considerados impossíveis. Pior: a Igreja Católica, com suas dioceses estão rachadas e divididas em facções, assim como divididos está o Estado, os políticos, as universidades... E assim satanás dança sua “dança intrometida”.

Violência – Fulton Sheen escreveu que “Satanás ama a violência. Ele ama tacar fogo e ver-nos culpando uns aos outros enquanto nos queimamos. Hoje vivemos mergulhados na violência, até dentro de nossas casas. Basta ligar a televisão: toda a violência lá de fora é jogada como um lixo imundo no recinto sagrado da nossa morada. Estupros, assaltos, assassinatos, terrorismo, conflitos e guerras regionais, enfim, a violência chega-nos até em forma de entretenimento. Os filmes, as novelas, videogames, tudo transformados em violência como se isso fosse uma coisa normal. A cultura da morte começa no ventre, com o aborto, onde os inocentes indefesos são eliminados pelas próprias mães. Chamam isto de “direito” e “escolha”.
E a cada morte, satanás faz sua “dança intrometida”, pois este ser das trevas ama a violência. Satanás ama tacar fogo e ver-nos culpando uns aos outros enquanto nos queimamos".
Palavras atuais!

CRATO - Questões ambientais - "Acredito no Bom Senso do Prefeito Ronaldo", disse ex-secretário Nivaldo Soares


Nossa reportagem procurou ouvir a opinião do ex-secretário do meio ambiente do Crato, Dr. Nivaldo Soares, um profundo conhecedor das questões ambientais do município, onde disse estar bastante preocupado da forma como o “Plano Diretor do Município”, vem sofrendo alterações bem particulares, sem uma discussão mais aberta com os diversos segmentos da sociedade. 

Complementa Dr. Nivaldo: “O município dispõe de um sistema de Meio Ambiente montado com uma secretária, com um conselho de defesa formado com pessoas de bom nível técnico e  de conhecimentos, próprio para discutir estas questões tanto ambientais, como de urbanismo da cidade, e pelo que sei, não discutiram  estas alterações tão forte como propõe essa nova lei aprovada na câmara, que torna praticamente todo o brejo em área “HABITÁVEL”.  É preciso mais cuidado, para que se evite no futuro desastres enormes como o Crato já sofreu, em especial com a bacia do granjeiro, e vendo o que vem acontecendo pelo Brasil, como exemplo, Espírito Santo, por terem construído cidades mesmo em áreas mais apropriadas, em terrenos mais elevados, assim mesmo foram inundadas e não podemos seguir esses caminhos”. 

Continua Dr. Nivaldo: ”Acho que o prefeito Ronaldo, terá bom senso e não irá sancionar essa lei e sim, discuti-la, chamando os diversos segmentos, os estudiosos no assunto, as universidades, estudantes, para se discutir e ver partes dessas áreas que possam ser usadas, que os estudos venham a dizer isso e não cegamente tornarem áreas habitáveis em planícies de inundação como é o caso desse vale. Por isso é preocupante e acredito na inteligência do prefeito e na sua sabedoria, para que discuta isso, pois tem muita gente para contribuir, pois desejamos o melhor para o município, a melhor qualidade de vida para nossa população, pois seguir é uma temeridade”. Concluiu.

Por: Ed Alencar
Repórter/Membro do Blog do Crato


Serra do Quincuncá - Por: Valdemir Correia de Sousa


Li hoje no Blog do Crato um interessante artigo do Dr. Carlos Eduardo Essmeraldo, sobre uma inauguração de rede elétrica na vila de Quincuncá em Farias Brit. O artigo, me fez lembrar um fato que aconteceu, comigo há cerca de uns 40 anos atras.

Januario Feitosa, candidato a deputado estadual, agendou com Dona Neuza Leal, na epoca fazendeira e líder politica naquele distrito, uma visita aquele lugar, com o fim de programar a construçao da ladeira. D. Neuza era proprietária da fazenda que hoje pertence ao líder politico cratense Valter Peixoto. Pois bem, Januario chegou ao Crato, e perguntou se eu podia fazer o favor de fazer esta viagem com ele. Na epoca, eu possuía uma velha rural willis, caindo aos pedaços. Mas não querendo contrariar o nobre candidato, me prontifiquei em fazer a viagem.

Marcamos o dia, e Januario chegou com seu pessoal: Dois agrimensores,  e dois mateiros, que somados comigo, faziam 6 pessoas. Partimos antes, tive que comprar 3 latas de gasolina, pois naquele tempo, nao tinha postos de gasolina na regiao. Quando chegamos a farias brito, um amigo meu chamado neguinho, me preveniu, que eu tivesse cuidado, pois a ladeira era muito perigosa. Carro cheio não subia, vazio também não, pois patinava. Para nossa segurança, ele mandou um seu ajudante acompanhado de um cepo, isto mesmo, cepo. Um pedaco de madeira triangular que o ajudante colocava atrás do pneu, quando o carro estava voltando. Para me prevenir, tomei logo três lapadas de cachaça, e fomos subir a danada. Liguei a primeira, a tração nas quatro rodas, mas no meio do caminho, o motor comecou a ferver. Januario suava que corria em bicas. Pegado numa protecao que tinha no painel, comecou a tremer, eu dizendo, tenha calma, Januario, tenha calma! Enquanto isto, o ajudante com o cepo na mao, bota não bota, a rural fervendo, mas conseguimos chegar.

Lembro-me bem que parei a Rural embaixo de uma frondosa árvore, Januario desceu esfregando
as mãos, Dona Neusa nos esperava com umas 30 ou 40 pessoas. Nisto Januario se benzeu, agradeceu a Deus e disse...tou eleito. O candidato que conseguir chegar aqui tá eleito. E realmente,  ele foi eleito deputado

valdemir correia
Nova York, 30/12/12


Sobre a foto histórica do saqueamento do Crato pelas tropas de jagunços - Por: Zé Nilton de Figueiredo



O nosso conterrâneo Zilberto Cardoso de Oliveira, da estirpe dos benfeitores de nossa terra, fez estampar esta foto histórica quando do saqueamento do Crato pelas tropas de jagunços (não militares) de Juazeiro, na famosa querela chamada "sedição de Juazeiro". Cem anos em janeiro próximo. Uma veia aberta na conta do Padre Cícero. Não há mais segredos sobre o acontecido. Temos o clássico do historiador cratense Irineu Pinheiro, temos teses de mestrado, temos a reportagem do nosso famoso Lira Neto. Temos também chagas abertas de famílias cratenses que passaram os vexames daquilo que uma só palavra poderia ter mudado os rumos dos acontecimentos por aqui. A história é cruel mas é a história.

Ainda sobre de 1914. É fato que a insânia de Floro Bartolomeu abençoada e encaminhada pelo Pe Cicero fizeram um arraso no Cariri. Acho que ninguém de boa cepa retire a importância do padre nos conflitos. Baseado em que vão lhe isentar de sua fervorosa contribuição? Só quero ver. Ele que vinha ganhando espaço politico desde 1911 guando foi guindado a prefeito, selou o pacto dos coronéis, e virou em deles, na sua devotada e pensada imersão na política pós-batina quando perdeu tudo de padre pra Roma. É a história, gente. Nada contra. Acho até que todos os santos da Igreja foram homens com defeitos e virtudes. É olhar pra historia. Agora, vir dizer pra mim que é preciso isentar o Pe. Cícero do seu estrago na refrega de 2014 quando pendeu pros descalabros das forças dos coronéis por ele assumido, e quando se acomunou com mais um doido, o Floro Bartolomeu, é querer demais pra minha cabeça. É a história escrita deste Irineu Pinheiro, Pe. Gomes, Marcelo Camurça. Della Cava, Mons. Feitosa, Luitgarde, Paulo Elpidio, Otacílo Alcelmo, Lira Neto, e todos do passado, e bota escrita nisso, estão aí pra dizer. Rogo pelos quantos se quedaram sobre 1914 tentando retirar o Pe Cícero de todas as cenas da pilhagem sobre o Cariri. Que venham agora nos 100 anos do inevitável massacre explicar com zis malabarismos a contribuição sob a contagem das contas do rosário do padre e as balas emitidas sobre o Cariri: Crato, Barbalha e arredores. A história é cruel, mas é a história.

José Nilton de Figueiredo


Corrupção corre solta no Programa Bolsa Família


(excertos de matéria publicada no jornal “O Estado de S.Paulo”, em 31-12-2013)
 

Uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) mostrou que os desvios e o mau uso de recursos públicos destinados ao pagamento do Bolsa Família e a outros programas federais no interior do País são uma prática generalizada e persistente. Graças às informações contundentes recolhidas pelos auditores, desfaz-se o mito segundo o qual essas irregularidades seriam apenas pontuais.

Mas é no Bolsa Família que o descontrole do dinheiro público é mais evidente. Dos 60 municípios sorteados na última fiscalização, nada menos que 59 apresentaram irregularidades na administração do dinheiro destinado à transferência de renda. Tal proporção indica que se está diante de uma situação comum e recorrente - na verificação anterior, constataram-se irregularidades em 58 das 60 cidades. Os problemas resultam basicamente do desvio de dinheiro por parte das prefeituras, que são responsáveis pela aplicação dos recursos e que devem prestar contas ao governo federal.

Há casos escandalosos. Em Abaiara, região do Cariri, no Ceará, os beneficiários incluem o sócio de um posto de gasolina - que, conforme a auditoria ressalta, é fornecedor da prefeitura, num contrato que lhe deu entre R$ 240 mil e R$ 433 mil por ano desde 2009. Em Cipó, interior da Bahia, a CGU constatou que diversos servidores municipais com renda superior ao teto do Bolsa Família recebiam o benefício. Além deles, a própria filha do prefeito ganhava R$ 102 mensais do programa federal.

Em Boca da Mata (AL), funcionários públicos também recebem o benefício, assim como a integrante de uma família de comerciantes. Há diversos casos de beneficiários do Bolsa Família que não poderiam receber o dinheiro porque são também aposentados ou pensionistas. Em Maracás (BA), constatou-se o pagamento a 54 famílias que apresentaram essa irregularidade.
   

Artigo do Prof. José Nilton de Figueiredo obtém repercussão

Surpresa! Sedição de Juazeiro de 1914 pode ter sido arquitetada pelo prefeito de Crato 

Sob este título o professor e historiador juazeirense Daniel Walher de Almeida Marques publicou o texto abaixo, no Blog História de Juazeiro, baseando-se em pesquisas do escritor norte-americano Ralph D'ella Cava:

Segundo o historiador americano Ralph Della Cava, em seu livro Milagre em Joaseiro, reportando-se à Sedição de Juazeiro “Contrariamente à maioria das interpretações tanto contemporâneas quanto atuais, parece certo que o cel. Antônio Luís (foto ao lado)  foi o arquiteto principal do plano no Cariri; Floro foi o executor-chefe e Padre Cícero, seu cúmplice atônito e indeciso. É hoje evidente que não poderia ter sido de outra forma. Antônio Luís, primo-irmão do ex-governador Accioly, chefe deposto do Crato, antigo deputado estadual e outro "Grande Eleitor" de todo o Vale do Cariri, era quem mais tinha a lucrar com a "revolução". Além disso, tratava-se de um político experiente, enquanto que Floro não conhecia uma única personalidade política do Ceará e jamais estivera em Fortaleza! Somente depois de ter ido ao Rio de Janeiro, em agosto de 1913, travou relações com os Accioly, com o senador Cavalcante e com o próprio Pinheiro Machado!
Quanto ao Padre Cícero, era ele prisioneiro dos boatos que corriam sobre os incontáveis atos de hostilidade de Franco Rabelo, objeto de adulação por parte dos poderosos e egoístas exilados do Rio de Janeiro e o penhor confiante de Floro e Antônio Luís. Tornaram-se estes, juntamente com seus subordinados, os principais porta-vozes do solitário clérigo no referente à crise política de 1913. Até que ponto era sincera a confiança implícita que o Patriarca depositava em Floro e em Antônio Luís só se pode julgar pelos fatos posteriores, especialmente pelo seu último testamento.
Nesse documento, o clérigo designou Floro e Antônio Luís testamenteiros de seu legado, o que representava uma indiscutível prova de confiança numa sociedade em que somente os amigos podiam garantir o cumprimento da lei. Admite-se que Antônio Luís e Floro não foram os únicos conspiradores. Havia, ainda, o imprevisível João Brígido, redator-chefe do jornal Unitário, a primeira pessoa a partir para o Rio de Janeiro em 1913 com o fim de conspirar contra o governo de Franco Rabelo.” Adianta ainda Della Cava:  “O alter ego (Dr. Floro) e o "oligarca mirim" (Cel. Antônio Luís) tornaram-se grandes  amigos e aliados políticos. Uma prova dessa camaradagem foi a importante atuação de Antônio Luís garantindo a nomeação de Floro para deputado estadual na chapa derrotada do PRC-C marreta, nas eleições de novembro de 1912.
Desse momento em diante, as relações entre Floro e Antônio Luís ficaram mais íntimas; Floro visitava, com freqüência, a casa de Antônio Luís no Crato. Um encarnava a ambição e a audácia, o outro a esperteza política e o gosto pelo poder; juntos, galvanizaram o desespero dos chefes da velha guarda do Vale, levando-os a se comprometerem com a revolta dirigida contra o governo de Franco Rabelo.”

Ônibus padronizado para viagens do Crato Esporte Clube



Parceria entre o Crato Esporte Clube e a empresa Transfreire de Crato poderá resultar em ônibus padronizado para as viagens do time cratense aos jogos do campeonato cearense de 2014. Pedimos o apoio financeiro de todos os cratenses para que isso se torne realidade.

Do perfil de Eduardo Júnior do Nascimento
No Facebook


Padre Cícero, um Bezerra de Menezes (por Renato Casimiro e Daniel Walker)

Alguns ancestrais do Pe. Cícero pertenciam à Família Bezerra de Menezes. Quem lê estudos mais aprofundados sobre a biografia de Cícero Romão Baptista, o padre secular que revolucionou a Povoação do Joazeiro, entre 11 de abril de 1872 - quando chega na povoação para residir, na companhia de sua família (a mãe Joaquina Vicência – chamada Dona Quinô, duas irmãs – Mariquinha e Angélica, e uma escrava, Terezinha) e 20 de julho de 1934, quando falece - deve ter encontrado alguns destes registros.

As suas tetravó e trisavó paternas, respectivamente, Petronila Bezerra de Menezes e Ana Maria Bezerra de Menezes, filha de Petronila, eram relacionadas por genealogistas como oriundas da contribuição étnica da família, dos troncos existentes entre velhos povoadores da Bahia, de Pernambuco e de Sergipe, especialmente. Contudo, as ressalvas eram feitas, admitindo-se que eventualmente fossem estes ancestrais consanguíneos. Levantamentos mais recentes mostram de forma inequívoca, as relações familiares destes avoengos com as mesmas heranças espanholas e portuguesas já referidas para a ancestralidade do Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro. O nono filho do casal Bento Rodrigues Bezerra e Petronilla Velho de Menezes, se não teve uma grande importância no povoamento do Cariri, menor não é o significado de sua descendência, especialmente, para Juazeiro do Norte, pois representou o berço do patriarca da extensa Nação Romeira, o reverendíssimo padre Cícero Romão Baptista . Assim:

1. João Bezerra de Menezes matrimoniou-se com Maria Gomes, e foram os pais de:
2. Petronila Bezerra de Menezes que casou com o Cap. João Carneiro de Morais, e geraram:
3. Ana Maria Bezerra de Menezes, que desposou o Cap. Francisco Gomes de Melo, pais de:
4. José Gomes de Melo, capitão, de cujo enlace com Ana de Farias, tornaram-se pais de:
5. Vicência Gomes de Melo, que uma vez casada com José Ferreira Castão, foram os pais de:
6. Joaquina Vicência Romana (ou Joaquina Ferreira Castão – Dona Quinô), de cujo casamento com Joaquim Romão Baptista Mirabeau, foram os pais de:
7. Padre Cícero Romão Baptista.

Por conseguinte, o Pe. Cícero Romão Baptista é um Bezerra de Menezes. Neste caso, sem nenhuma dúvida, este parentesco com os povoadores do Sítio Joazeiro se verifica bilateralmente, pelos lados materno e paterno. (Daniel Walker e Renato Casimiro)

Nova York proíbe uso de cigarros eletrônicos em lugares públicos


Nova York, 30 dez (EFE).- O Conselho Municipal de Nova York aprovou nesta segunda-feira a proibição do uso de cigarros eletrônicos em lugares públicos, aplicando as mesmas restrições dos cigarros produzidos com tabaco.

A fumaça, tanto se for de tabaco como de vapor de nicotina, passa assim a estar proibida nos espaços públicos da cidade, mediante à chamada lei "ar sem fumaças" ("Smoke-Free Air Act") que foi assinada por Michael Bloomberg em seu penúltimo dia como prefeito. "Os cigarros eletrônicos são uma solução química e emitem um vapor no qual o usuário tem contato com a mesma quantidade de nicotina dos cigarros convencionais. A próxima geração de potenciais fumantes poderia ficar viciada na nicotina através deste tipo de produtos", assegurou Bloomberg.

A medida foi aprovada com 43 votos a favor e 8 contra e Bloomberg realizou esta modificação na lei assegurando que responde ao mesmo objetivo com o qual proibiu o tabaco, que era, em última instância, "melhorar a saúde de todos os nova -iorquinos".

Além da proibição do cigarro eletrônico em lugares públicos, o Conselho Municipal de Nova York assinou outras 21 normas, como o anexo da lei de reciclagem que estudará se o poliestireno é reciclável e se, em caso contrário, deveria ter seu uso permitido, especialmente com relação aos alimentos cozinhados.

"Se a comissão determinar que o poliestreno não é reciclável, a partir de 1 de julho de 2015 nenhum negócio poderá vendê-lo ou oferecê-lo para o uso individual. Esta proibição não afetará a comida empacotada que tenha sido embalada antes de chegar ao centro comercial ou no estabelecimento, assim como o poliuriteno utilizado para armazenar comida crua", disse o prefeito em fim de mandato. EFE


Deputado irmão de José Genoino diz que PT irá calar a mídia à força depois das eleições





Em entrevista gravada para o site do PT, o deputado federal José Guimarães (PT-CE), irmão do réu do mensalão José Genoino, disse que após as eleições o partido iniciará o processo de “regulamentação das comunicações”, “quer queiram, quer não queiram”. A declaração pode ser vista no vídeo que publicamos acima.

De acordo com o parlamentar, o partido foi vítima de uma “ação orquestrada pela mídia”. A crítica referia-se à reportagem publicada pela revista Veja que associou Lula ao crime do mensalão. Guimarães disse ainda que a situação “foi além do limite”, e que, por causa disso, o PT teria que enfrentar a questão.

Pra quem não se lembra, Guimarães ficou conhecido nacionalmente em 2005, quando seu então assessor foi detido no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, carregando R$ 200 mil em uma mala e US$ 100 mil na cueca. O deputado também é alvo de uma ação deflagrada pela Polícia federal que investiga desvios de mais de R$ 100 milhões do Banco do Nordeste.
Como vocês podem perceber, “regulamentar a mídia” é, acima de tudo, uma questão de sobrevivência para os ilustres petistas.




Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30