xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 11/11/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

11 novembro 2013

Hora de saber - Por: Emerson Monteiro


Nem sempre podemos ignorar, pois existe a hora de saber, quando todo mistério se desfaz. Sobre essa hora queremos falar, apoiados na indispensável atenção do leitor.

Tanto disseram sobre tantas coisas, enquanto o essencial permanecia posto à margem, que isso agora vem a lume, parido na força visceral da precisão, no chamado enigma humano, centro e motivo deste ligeiro comentário. De início, abordemos o cérebro, que se compõe de uma figuração dupla, montado sob a estrutura dos dois hemisférios, que, articulados entre si, geram a sua função principal: o esquerdo e o direito, no dois da mesma concepção nas outras coisas naturais.

Chineses conheciam esses aspectos e os estudavam sob a designação de Princípio Único do Universo, ou Lei da Bipolaridade. Tudo tem que ter o seu contrário para poder existir - Yin/Yang. No Egito Antigo, o sábio Hermes Trismegisto examinara o assunto, considerando que um mesmo princípio perpassa todas as coisas que existem. Assim, obedecemos, mesmo que diante de aparentes desobediências, por nos achar submetidos à Lei universal.


Outros exemplos revelam as tais dicotomias complementares: mulher/homem; noite/dia; Lua/Sol; escuro/claro; doce/salgado; baixo/alto; negativo/positivo; frio/quente. Pares de equivalências se distribuem com perfeição, lições constantes dos valores eternos que os mantêm.


Onde pisarmos, cumpriremos as ordens eternas do Supremo Ser, criador do equilíbrio de tudo o que há.

Tais evidências persistem na energia elétrica, que apresenta os dois pólos: terra e fase, ou fogo. Terceira alternativa inexiste além da harmonia dessas lateralidades, totalizando a força. Quaisquer disfunções redundariam no desmantelamento e posterior inércia dos sistemas. Ao ocorrer desequilíbrio nos extremos, o barco da ordem irá a pique.

Quando falamos que o cérebro se estabelece nesses dois inter-complementos, vale observar também que são partes à procura do todo, conclusão dos estudiosos da alma nas várias escolas, isso que assegurar saúde mental por via de negociações conosco mesmos, na maior de paz interna e obtenção da almejada felicidade. Vertentes religiosas, igualmente, indicam o nosso outro lado como a trilha do encontro rumo à evolução, plano elaborado pelos milênios afora, no processo denominado de Individuação pelo psicanalista suíço Carl Gustav Jung.

Jesus de Nazaré marcou a história sob o signo de Cristo (o Ungido de Deus), o Eu verdadeiro que nos ensina; Sidarta Gautama, por sua vez, ficou conhecido como Buda, o Iluminado da Ásia. Na Canção Sublime, dos vedas, Arjuna ouviu Krishna, a Suprema Personalidade Divina, que o conduziria à vitória maior sobre os exércitos da Ilusão. Já Saulo de Tarso mudou até de nome (Paulo) após encontrar o Cristo em pleno caminho de Damasco. Isto para citar alguns dos fenômenos mais notáveis de transformações que marcariam a História.

- Descobrirás a Verdade e ela vos libertará -, recomendava Jesus, nas suas pregações ao povo ainda voltado quase só aos atos da vida transitória. Além destas, outras afirmações suas se voltam a esse esclarecimento: Se teu olho é bom, todo o teu corpo é bom. Se teu olho é mau, todo o teu corpo é mau, disse de acordo com os evangelistas. O espaço das palavras, ao seu modo, reclama a economia de detalhes. Hora de saber, título escolhido a fim de escrever sem qualquer subterfúgio. Portanto, eis o que achamos devesse constar recordando a assertiva dos sábios de que Deus é a simplicidade das coisas mais simples.

Por via de consequência, ao buscar novas perspectivas da realização pessoal, avaliemos o assunto dos lados da mesma moeda, então.

Por: Emerson Monteiro

Quinta Cultural no ICC


Curso de Eneagrama


Coisas da república: educação em escombros

 (Editorial do jornal "O Estado de S.Paulo", 11 de novembro de 2013)


Se ainda faltasse alguma prova da crise educacional brasileira, o novo relatório da Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre a escassez de pessoal para a construção seria mais que suficiente. Durante muito tempo as construtoras foram uma das principais portas de entrada para o trabalho urbano. Absorviam enormes contingentes de mão de obra de baixa escolaridade e ofereciam ocupação mesmo a analfabetos. Programas de investimento em obras de infraestrutura e em construções habitacionais contribuíam de forma importante para a criação direta e para a manutenção de empregos. Hoje essa porta é muito menos ampla, porque a tecnologia mudou e a atividade requer outro tipo de trabalhador. Mas a política educacional foi incapaz de acompanhar essa mudança e o descompasso é evidenciado, mais uma vez, pela sondagem da CNI.

Mesmo com o ritmo de produção abaixo do esperado, o setor da construção continua encontrando muita dificuldade para contratar mão de obra adequada às suas necessidades. O problema foi apontado por 74% das 424 empresas consultadas na sondagem recém-divulgada. Há dois anos a queixa havia aparecido em 88% das respostas, mas o nível de atividade era bem mais alto e isso se refletia na procura de trabalhadores. Mas o detalhe mais alarmante é outro. A falta de pessoal para as atividades básicas - pedreiros e serventes - foi apontada por 94% das firmas com problemas para preenchimento de quadros. Parcela pouco menor (92%) indicou escassez de funcionários técnicos para ocupações ligadas diretamente à obra.

As indústrias consultadas mencionaram problemas para preenchimento de postos em todos os segmentos e em todos os níveis administrativos. Em relação à gerência, por exemplo, queixas foram apresentadas por 69% das empresas com dificuldades de contratação. De modo geral, os níveis de insatisfação quanto às condições do mercado foram tanto mais altos quanto maior o porte da companhia consultada. A falta de trabalhadores qualificados - a questão mais genérica - foi apontada como problema importante por 81% das empresas grandes, 77% das médias e 64% das pequenas. A média dessas respostas ficou em 74%.

A qualificação de pessoal na própria empresa é a solução mais comum, mas também a aplicação desse remédio está longe de resolver o problema. Alta rotatividade, pouco interesse dos trabalhadores e baixa qualidade da educação básica foram os principais obstáculos apontados pelas companhias consultadas. Mas o terceiro item apontado, a educação básica deficiente, talvez seja a explicação mais provável tanto do desinteresse dos trabalhadores como da rotatividade.A sondagem do setor da construção complementa com um toque especialmente dramático o cenário mostrado, há poucos dias, na última pesquisa sobre os demais segmentos da indústria. Também neste caso é relevante levar em conta o baixo nível de atividade do setor: mesmo com a lenta recuperação registrada depois de um ano de retração, as empresas continuam com problemas para preencher seus quadros.

Praticamente dois terços das firmas (65%) indicaram dificuldades para encontrar pessoal qualificado. Desse grupo, 81% procuram qualificar os trabalhadores na própria empresa. Mas também neste caso a tarefa é dificultada pela falha da escola. A baixa qualidade da educação básica foi apontada como a maior causa de dificuldade por 49% das empresas com problemas de preenchimento de postos. Esses dados esclarecem facilmente um paradoxo aparente. Por que - muitas pessoas têm perguntado - as empresas têm evitado demitir, apesar do baixo nível de atividade a partir de 2011? A resposta é evidente. Além dos custos da demissão, os administradores levaram em conta as dificuldades para recompor os quadros.

Durante quase dez anos a administração petista deu prioridade à ampliação do acesso às faculdades, para facilitar a distribuição de diplomas. Quase nenhuma atenção foi dada aos outros níveis. A escassez de mão de obra com a formação mínima é uma das consequências desse erro, ao lado, é claro, da perda de competitividade.

Noticias da 2ª feira


Crato se expande! O município tem hoje  uma população estimada em 130 mil habitantes. As novas construções pontilham em todos os quadrantes da cidade. Na foto acima, parte do centro da cidade e – ao fundo – a chamada  zona sul de Crato que abriga os bairros Ossian Araripe, Sossego, Parque Grangeiro, Parque Floresta, Grangeiro e Coqueiros.

60 anos da visita da Imagem Peregrina de N.Sra. de Fátima

Nesta 4ª feira, 13 de novembro, os católicos cratenses comemorarão  60 anos da histórica visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, a esta cidade, fato acontecido em 1953. Segundo o historiador Irineu Pinheiro essa foi a maior manifestação religiosa acontecida até hoje nesta Mui Nobre e Heráldica Cidade de Frei Carlos. Para comemorar esses 60 anos, haverá procissão, na tarde de 4ª feira próxima, com a imagem de Nossa Senhora de Fátima saindo da Catedral até a igrejinha do Pimenta. A imagem de Nossa Senhora de Fátima, pertencente à Sé de Crato é uma belíssima escultura de madeira, medindo cerca de um metro de altura, esculpida em Portugal, em 1953, por Guilherme Thedin, o mesmo escultor da imagem-peregrina. Para a confecção dessa imagem – ofertada à catedral pelo Sr. João Bacurau – seguiu de Crato para Portugal um toro de cedro.

Em ritmo de PAC- 1

E ainda tem quem reclame do atraso das obras iniciadas (e nunca concluídas) dos governos do PT! Depois de quase 05 anos, desde o primeiro anúncio da duplicação da Avenida Virgílio Távora (a que dá acesso ao Aeroporto Regional Orlando Bezerra, em Juazeiro do Norte) somente agora – neste início de novembro de 2013 –, um pequenino trecho – de apenas 01 km – teve a prometida duplicação iniciada. Mas, por conta desse trecho nanico, o trânsito para aquele Aeroporto virou um caos. Para atingir a estação de passageiros o motorista tem que fazer uma volta, sendo obrigado a passar pelo bairro Pedrinhas... Vôte!

Em ritmo de PAC- 2

A nota abaixo foi reproduzida – ipsis literis – da coluna de Edilmar Norões, publicada no “Diário do Nordeste”, edição de 10-11-2013:
“Cinturão das Águas no Cariri: desafio – As obras da Transnordestina, que deveriam estar concluídas em 2013 em todo o Nordeste, estão paradas há um ano no Ceará, enquanto "caminha a passos largos em Pernambuco". Daí porque o deputado Welington Landim quer que a Assembleia constitua uma Comissão Parlamentar para uma visita às obras do Cinturão das Águas no Cariri. Por se constituir em grande conjunto de canais e adutoras que vai levar água do sudeste do Ceará, em Jati, e circular, para servir a um maior conjunto de pessoas, envolvendo 160 quilômetros (de Missão Velha a Nova Olinda) nesta fase inicial, mais se justifica a preocupação do parlamentar caririense. Orçada em R$ 7 bilhões, na primeira etapa do Cinturão das Águas no Cariri serão investidos R$ 1, 5 bilhão, sendo R$ 1,1 bilhão da União e R$ 393,5 milhões do governo do Ceará”.

Progresso de Brejo Santo

A indústria Dilly Sports, que está sendo construída em Brejo Santo, num investimento de mais de R$ 80 milhões, vai fabricar os produtos da grife italiana Diadora, dentre eles: tênis, meias e mochilas. Esses produtos já estarão à venda no primeiro trimestre de 2014. Entretanto as instalações da nova indústria brejo-santense só estarão totalmente concluídas em 2016. 

(Texto: Armando Lopes Rafael)


Câmara Municipal do Crato vai repor sessões a partir desta Segunda-feira dia 11



Em entrevista à nossa reportagem, o presidente da Câmara Municipal do Crato, Luiz Carlos Saraiva, disse que a partir desta segunda e terça-feira (11 e 12), fará sessão dupla para compensar as duas sessões não realizadas por conta da ocupação da câmara, pelos manifestantes "sem-teto". 

Para Luiz Carlos, a desocupação da câmara foi vista como maturidade do movimento, através do dialogo, junto ao Executivo e Legislativo, chegamos a um consenso e composição que o movimento agora vai procurar o Governo do Estado ou qualquer outro órgão que financie a construção das casas; O município doará o terreno, e que sejam construídas, obedecendo os requisitos urbanísticos do município.

Perguntado quanto às outras reivindicações que ficaram pendentes, disse Luiz Carlos:  "Quanto as águas das Guaribas, um representante do governo municipal e possivelmente com Samuel Siebra, irão solucionar esse problema, nós nos comprometemos também chamar algumas pessoas concursadas de acordo com a demanda, em especial foram estes três pontos principais na linha das negociações.

QUANTO A “CPI”.

O presidente Luiz Carlos, disse sim, ser favorável a criação da CPI para investigar as denúncias que abalaram a opinião pública. Elogiou a atitude do prefeito Ronaldo em ser também favorável a abertura da CPI na câmara e a apuração dos fatos pelo Ministério Público e que os culpados paguem, "se é existam os fatos” concluiu Luiz Carlos.

NÃO DÁ PARA ENTENDER!!

Lá vamos nós - Não dá para entender, tanto nos bastidores da imprensa e da população cratense, porque diante destes bons exemplos dos chefes do Executivo o prefeito Ronaldo e do Legislativo Luis Carlos, nove (9) vereadores juntos e misturados como sempre digo, “embolam” o meio de campo, sem seguir o exemplo dos dois? Por coincidência, foram nove vereadores que pediram a retirada de suas assinaturas, quando no calor das  discussões da última sessão do dia 29 de outubro, onde muitos vereadores, de microfones em punho, de viva voz e “brados” falaram para o povo que eram a favor da CPI, e que não tinham medo porque não “DEVIAM”! E agora nove são contra a criação da CPI retirando suas assinaturas, deixando muitas suspeitas, até mesmo por ser a mesma soma dos denunciados por Dárcio Luiz. Então vamos esperar o que vai acontecer na sessão desta segunda feira com o reinicio dos trabalhos da câmara, pois dos dezenove  (19) vereadores, sobraram dez, (10), será que mais alguém vai debandar também?!. Então eu só posso dizer.., até segunda para sabermos! 

Não é de lascar?

Por: Ed Alencar
Repórter/Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


Manifestações nas ruas é tema de seminário, na XV Mostra Sesc Cariri de Culturas



O evento acontece no Memorial Padre Cícero e Círculo Operário, em Juazeiro do Norte

A Mostra Sesc Cariri de Culturas, que acontece de 8 a 13 de novembro de 2013, carrega consigo um amplo histórico ligado à formação voltada para artistas e também para a população. Diversos teóricos brasileiros já estiveram presentes ao evento com o intuito de compartilhar saberes e levantar posicionamentos sobre cultura e sociedade. 

Este ano, mais uma vez, o eixo formativo do evento ganha espaço através do seminário Arte & Pensamento: A Reinvenção do Nordeste, que acontece dias 11 e 12 de novembro, no Círculo Operário e no Memorial Padre Cícero, em Juazeiro.

Os debates este ano reúnem professores, teóricos, gestores e artistas que atuam no campo da cultura e do pensamento. A ideia é possibilitar novos olhares sobre o Nordeste a partir dos espaços urbanos e rurais, ampliando e ressignificando o Cariri cearense. O seminário tem o compromisso de produzir conhecimento artístico e reflexivo que projete luz sobre a conjuntura urbana brasileira, explorando possibilidades de mudá-la para melhor. O seminário está na sua quinta edição e este ano o tema é “Qualidade de Vida nas Cidades”. 

No último dia 11 de setembro, durante o encontro que o presidente do Sistema Fecomércio e do Conselho Regional do Sesc Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, realizou com prefeitos de 28 municípios caririenses, foi reforçada a importância da parte formativa da Mostra. O seminário busca refletir sobre a relação direta entre o mal estar social contemporâneo e a qualidade de vida da população, passando pelas manifestações nas ruas que aconteceram a partir de junho de 2013.

Serviço
Mostra Sesc Cariri de Culturas
Período: 8 a 13/11
Informações: (88) 3512-3355
www.mostracariri.com.br  



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30